Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

Este tópico está classificado nas salas: Eventos | Famílias | Heráldica | Património | Pessoas

Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#295540 | João Borges | 24 Jan 2012 15:51

O chefe de Estado assinou hoje o despacho que confere a Ordem de Mérito a Maria Adelaide Manuela Amélia Micaela Rafaela de Bragança, neta do nosso Rei Dom Miguel I e Infanta de Portugal. Resistente ao nazismo, que a condenou à morte por haver acolhido em sua casa muitas pessoas perseguidas pela Gestapo, foi salva in extremis graças à intervenção do Professor Salazar. Depois, dedicou décadas à promoção da ciência e da investigação médica, antes de se consagrar, até limites inumanos de entrega, aos pobres e excluídos. Foi uma mãe para milhares de crianças: recolheu-as das ruas, vestiu-as, alimentou-as, educou-as; em suma, foi assistente social, foi enfermeira, foi cozinheira, foi lavadeira e o apoio moral e espiritual para quantos, condenados pela insensibilidade à rua e à vagabundagem, se tornaram homens e mulheres decentes. São estas as pessoas, de actos e não só de palavras, que salvam a humanidade. São estas pessoas que merecem subir aos altares dos que crêem e aos pedestais daqueles que não crêem. A Infanta Dona Adelaide, cujo aniversário centenário se celebra no próximo dia 31 é merecedora da nossa humilde e insignificante gratidão. Será, talvez, a mais importante portuguesa viva.
Uma homenagem que há muito se impunha.

In Combustões

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#295557 | DSS | 24 Jan 2012 18:45 | Em resposta a: #295540

Caro João Borges,

A meu ver o Presidente da República e os nossos governantes demostram mais uma vez, com esse acto, a sua pequenez como pessoas e como governantes. Num país em que se atribuem ordens honoríficas a políticos corruptos, jogadores de futebol e seleccionadores nacionais, só agora resolvem fazer isso, e atribuindo a mais baixa ordem honorífica (creio que é a mais baixa), a uma mulher que foi uma verdadeira defensora da Liberdade e dos Direitos Humanos, de uma forma totalmente desinteressada, ao contrário de muitos que por aí andam. Enfim… Pelo menos ainda se lembraram a tempo.

Com os melhores cumprimentos,
Daniel Sousa

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#295558 | BGP | 24 Jan 2012 18:53 | Em resposta a: #295557

"No próximo dia 31 de Janeiro, S.A. a Senhora Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal, completa, se Deus quiser, 100 anos de vida.

Com efeito, esta neta de S.M. El-Rei D. Miguel I de Portugal, tem dado, ao longo de quase um século de vida, um notável exemplo de tenacidade, coragem e inteligência ao serviço da Fé e da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana.

A sua tenacidade, clarividência e coragem têm sido qualidades que, ao longo do seu tempo, sempre soube pôr ao serviço de Deus, jamais abdicando da defesa da Fé, mesmo com risco da própria vida.

Pela sua Fé e convicções cristãs esteve duas vezes presa pelos nazis e condenada à morte, quando em plena 2ª Guerra Mundial, os alemães anexaram Viena de Áustria, onde, na altura, vivia.

Pela sua Fé e convicções cristãs foi condenada pelos soviéticos à pena de degredo na Sibéria, quando os Russos ocuparam Viena.

Pela sua Fé e convicções cristãs, durante a mesma Guerra e enquanto não estava presa, foi inexcedível no apoio às vítimas dos bombardeamentos, servindo como enfermeira nos locais e alturas de maior perigo.

Quando teve autorização para viver em Portugal, em 1949, dedicou-se com devoção, alguma irreverência e, sobretudo, muito entusiasmo e criatividade, à acção social de combate à pobreza e apoio aos desfavorecidos. Criou e foi Presidente da Fundação D. Nuno Álvares Pereira, em Porto Brandão, onde ajudou e acompanhou centenas de crianças e famílias.

Por tudo o que a Senhora Infanta Dona Maria Adelaide representa como católica e combatente não temos qualquer dúvida que constituirá um raro exemplo e uma extraordinária referência para todos os católicos e, sobretudo, para a nossa juventude.

Como se aguarda uma grande afluência de participantes nas celebrações, chama-se a atenção, de acordo com o anúncio em anexo, para a necessidade urgente de inscrição para o jantar. Com efeito, face à limitação do espaço onde se realizará o jantar, ter-se-á de respeitar a ordem de inscrições as quais deverão ser feitas para o endereço electrónico commenda.ccb@cerger.com, até ao dia 27 de Janeiro, às 12.00, através do comprovativo de transferência bancária para o NIB: 0007 0023 0057 6270 00796, mencionando o/s nome/s da/s pessoa/s a que se refere.

O controle de acesso ao jantar é efectuado através da apresentação da cópia do comprovativo de pagamento ou do e-mail de confirmação de reserva".

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#295562 | João Borges | 24 Jan 2012 19:03 | Em resposta a: #295557

caro Daniel Sousa

Podia ser pior! É a República que temos. Alguém deve ter andado a azucrinar os ouvidos do chefe das ordens, não estou a ver o presidente a saber, tão pouco, quem foi esta Grande Portuguesa. Ainda estou para ver o que a imprensa vai noticiar no dia 31 de Janeiro...

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#295594 | vabopi | 24 Jan 2012 22:39 | Em resposta a: #295562

Caro João Borges:

Julgo que o nosso confrade José Tomaz Mello Breyner foi - e muito bem - determinante neste assunto.

Cumprimenta,

Vasco Galvão

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#296049 | João Borges | 30 Jan 2012 19:32 | Em resposta a: #295558

Replico a informação de BGP

"No próximo dia 31 de Janeiro, S.A. a Senhora Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal, completa, se Deus quiser, 100 anos de vida.

Com efeito, esta neta de S.M. El-Rei D. Miguel I de Portugal, tem dado, ao longo de quase um século de vida, um notável exemplo de tenacidade, coragem e inteligência ao serviço da Fé e da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana.

A sua tenacidade, clarividência e coragem têm sido qualidades que, ao longo do seu tempo, sempre soube pôr ao serviço de Deus, jamais abdicando da defesa da Fé, mesmo com risco da própria vida.

Pela sua Fé e convicções cristãs esteve duas vezes presa pelos nazis e condenada à morte, quando em plena 2ª Guerra Mundial, os alemães anexaram Viena de Áustria, onde, na altura, vivia.

Pela sua Fé e convicções cristãs foi condenada pelos soviéticos à pena de degredo na Sibéria, quando os Russos ocuparam Viena.

Pela sua Fé e convicções cristãs, durante a mesma Guerra e enquanto não estava presa, foi inexcedível no apoio às vítimas dos bombardeamentos, servindo como enfermeira nos locais e alturas de maior perigo.

Quando teve autorização para viver em Portugal, em 1949, dedicou-se com devoção, alguma irreverência e, sobretudo, muito entusiasmo e criatividade, à acção social de combate à pobreza e apoio aos desfavorecidos. Criou e foi Presidente da Fundação D. Nuno Álvares Pereira, em Porto Brandão, onde ajudou e acompanhou centenas de crianças e famílias.

Por tudo o que a Senhora Infanta Dona Maria Adelaide representa como católica e combatente não temos qualquer dúvida que constituirá um raro exemplo e uma extraordinária referência para todos os católicos e, sobretudo, para a nossa juventude.

Como se aguarda uma grande afluência de participantes nas celebrações, chama-se a atenção, de acordo com o anúncio em anexo, para a necessidade urgente de inscrição para o jantar. Com efeito, face à limitação do espaço onde se realizará o jantar, ter-se-á de respeitar a ordem de inscrições as quais deverão ser feitas para o endereço electrónico commenda.ccb@cerger.com, até ao dia 27 de Janeiro, às 12.00, através do comprovativo de transferência bancária para o NIB: 0007 0023 0057 6270 00796, mencionando o/s nome/s da/s pessoa/s a que se refere.

O controle de acesso ao jantar é efectuado através da apresentação da cópia do comprovativo de pagamento ou do e-mail de confirmação de reserva".

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#296095 | Monigo | 31 Jan 2012 04:35 | Em resposta a: #296049

Artigo com foto: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/familia-celebra-centenario-da-princesa-rebelde

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#296096 | Monigo | 31 Jan 2012 04:37 | Em resposta a: #296095

Infanta Maria Adelaide de Bragança é condecorada no dia em que faz 100 anos

30.01.2012 - 16:32 Por Lusa



Maria Adelaide de Bragança van Uden, neta do Rei D. Miguel, será condecorada na terça-feira pelo Presidente da República com a Ordem de Mérito Civil, num jantar em Lisboa, no qual celebrará cem anos.




A condecoração será imposta durante o jantar de homenagem à infanta no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, pelo embaixador Pinto da França, chanceler da Ordem de Mérito, em representação do Presidente da República.

A infanta Maria Adelaide, que será agraciada com o grau de Grande Oficial da Ordem de Mérito Civil, integrou a resistência austríaca aos nazis, esteve presa e veio viver para Portugal, onde criou a Fundação Nun’Álvares Pereira para apoio aos carenciados.

Maria Adelaide de Bragança “é um exemplo de vida pela estatura moral", disse à agência Lusa Raquel Ochoa, autora de uma biografia da infanta editada em Maio passado.

Referindo-se à actividade de Maria Adelaide como resistente aos nazis, na Áustria, Raquel Ochoa considerou que é “um ato heróico, mas quando questionada sobre a questão, Dona Maria Adelaide apenas afirma que foi uma reacção natural com algo com que não concordava. Era-lhe impossível viver num mundo assim”.

“A resistência era como respirar, perante a educação que tinha tido e os ideais que tinha. Não resistir é que era uma violência contra ela mesma. Resistir era um acto natural”, explicou a biógrafa.

Maria Adelaide foi detida pelas tropas nazis, tendo sido salva de fuzilamento in extremis e após várias diligências de António Oliveira Salazar, então Presidente do Conselho de Ministros, que se indignou por terem prendido uma infanta portuguesa.

A autora sublinhou que Maria Adelaide de Bragança van Dunen “teve outros actos heróicos” e referiu o seu trabalho “como assistente social em prol das populações desfavorecidas” na margem sul do Tejo, desenvolvido de “forma discreta”.

“Ela [Maria Adelaide] percebeu que através da discrição não era notada nem perseguida, além de, por educação, não gosta de fazer alarde do que faz, há zero de gabarolice nesta família, o que é a antítese da sociedade em que vivemos”, disse.

Esta acção social foi feita no âmbito da Fundação Nun'Álvares Pereira que se diluiu após o 25 de Abril de 1974.

Referindo-se à posição da infanta ao regime que antecedeu a revolução de 1974, Raquel Ochoa afirmou que “reconheceu Salazar como quem pôs em ordem as contas do Estado, mas insurgiu-se sempre contra os métodos usados”.

Na obra, intitulada “D. Maria Adelaide de Bragança. A Infanta Rebelde”, com chancela da Oficina do Livro, Duarte Pio de Bragança refere no prefácio que a tia é “um exemplo”.

http://www.publico.pt/Pol%C3%ADtica/infanta-maria-adelaide-de-braganca-e-condecorada-no-dia-em-que-faz-100-anos-1531421

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#296097 | Monigo | 31 Jan 2012 04:39 | Em resposta a: #296096

Alvalade Sado em Santiago do Cacém
Associa-se aos Cem Anos Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

A Casa do Povo de Alvalade Sado (freguesia do concelho de Santiago do Cacém) e a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, de Alvalade Sado, vão homenagear, no dia 29 de Janeiro, pelas 12 horas, os 100 anos de vida Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal, a única neta viva do Rei D. Miguel I, que passou por Alvalade Sado em 1834

A Casa do Povo de Alvalade Sado (freguesia do concelho de Santiago do Cacém) e a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, de Alvalade Sado, vão homenagear os 100 anos de vida de S.A. a Senhora Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal, a única neta viva do Rei D. Miguel I, que passou por Alvalade Sado em 1834 e Mãe da Senhora Dona Maria Teresa de Bragança Van uden Chaves, Presidente da Cáritas Diocesana de Beja, no próximo Domingo, dia 29 de Janeiro, através de uma Missa de Acção de Graças que se realiza na Igreja Matriz de Alvalade Sado, pelas 12 horas, presidida pelo Pároco Darius Pestka.

http://www.rostos.pt/inicio2.asp?cronica=132521&mostra=2&seccao=cultura&titulo=Alvalade-Sado-em-Santiago-do-Cacem-A

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#296315 | Bernardo-Luis | 02 Fev 2012 23:09 | Em resposta a: #295594

Caros Confrades

Onde é possível obter o texto da atribuição da condecoração atribuída à Infanta D. Maria Adelaide ?

Tenho particular curiosidade em saber como é que o protocolo de Belém a trata...

Já agora, a Bênção Papal trata D.Maria Adelaide como "Sua Alteza".

http://realbeiralitoral.blogspot.com/2012/01/bencao-apostolica-para-infanta.html

Quem sou eu para saber melhor que o Protocolo da Santa Sé, mas não deveria ser "Sua Alteza Real" ?

Cumprimentos
Bernardo

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#296358 | JC | 03 Fev 2012 15:12 | Em resposta a: #296315

Caro confrade

Pode ver no site da presidência:

http://www.ordens.presidencia.pt/?idc=172&idi=3265

Cumprimentos,

J C Canelas

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#296432 | Bernardo-Luis | 04 Fev 2012 16:48 | Em resposta a: #296358

Caro JC Canelas

O que eu pretendia era ver o próprio texto da atribuição da comenda e, nomeadamente, como é que a república se dirige à Senhora Infanta - Sua Alteza ou Senhora D. Maria Adelaide de Bragança van Uden.

Em Espanha há um Boletim Oficial onde são publicados estes actos com o texto e a fundamentação para a sua atribuição.

Bernardo

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#297222 | zamot | 14 Fev 2012 21:20 | Em resposta a: #296432

Posso dizer, porque vi, que a Senhora Dona Adelaide assinou o termo de aceitação como :

" Infanta Dona Maria Adelaide "

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#298493 | Bernardo-Luis | 28 Fev 2012 18:56 | Em resposta a: #297222

Obrigado pela informação, mas o que realmente pretendia ver era o texto do termo da atribuição.

Cpmts
Bernardo

Resposta

Link directo:

RE: Centésimo aniversário de S.A. Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal

#298495 | Da Vide | 28 Fev 2012 19:12 | Em resposta a: #298493

Caro confrade Bernardo Luís
O tratamento dos Infantes de Portugal é Sua Alteza ou Sua Alteza Sereníssima.
Cumprimentos

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 28 Dez 2014, 16:32

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen