Floro Henriques - comissário polícia Coimbra, Maçon, vereador da CMCoimbra

Este tópico está classificado nas salas: Arquivos | Famílias | Pessoas

Floro Henriques - comissário polícia Coimbra, Maçon, vereador da CMCoimbra

#301412 | Jorge Resende | 31 Mar 2012 00:02

Floro Henriques de Miranda, foi um maçon nascido em Coimbra, comissário de polícia naquela cidade, militar, vereador na CÃmara Municipal de Coimbra, e nascido naquela cidade cerca de 1880, mas... não encontro assento de batismo por desconhecimento da freguesia de batismo. Algum dos confrades me pode ajudar sobre este dado? Grato JOrge Resende jbgresende@gmail.com

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301421 | HRC1947 | 31 Mar 2012 00:43 | Em resposta a: #301412

Caro Jorge Resende;

Indique o que sabe deste individuo, para nós podermos ajudar.

Para já segue este link.

http://arepublicano.blogspot.pt/2010/04/floro-henriques-nota-breve.html

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301424 | HRC1947 | 31 Mar 2012 01:01 | Em resposta a: #301421

Caro Jorge Resende;

Floro Henriques
Nasceu 1880
casado
proprietário {? }
residia na Praça Comércio {praça velha }
Freguesia S. Bartolomeu
Concelho Coimbra

http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/FichasHistoricas/FolhasNovas.pdf

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301425 | HRC1947 | 31 Mar 2012 01:53 | Em resposta a: #301424

Flaviano Henriques Miranda
Irmão de; [ Floro H. Miranda ]

http://arepublicano.blogspot.pt/search/label/Floro%20Henriques

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301474 | HRC1947 | 31 Mar 2012 16:27 | Em resposta a: #301425

Caro Confrade;

...Para que fique registado;

.. Pelo que julgo saber:

.. Floro Henriques; consta que foi deportado para os Açores, onde veio a falecer, vitima dos maus tratos sofridos.
.. Era irmão de José Vitorino Botelho Miranda. Ambos eram filhos de João Miranda.

Os m/ cumprimentos

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301494 | Jorge Resende | 31 Mar 2012 19:12 | Em resposta a: #301474

Obrigado pela ajuda, considero que o assento de batismo de Floro Henriques me dava os cem p/cento de certeza, embora tivesse encontrado esse parentesco no assento de óbito de um João Miranda (onde se diz que Floro era filho do falecido, e Comissário de Polícia), mas como ainda não localizei o assento de batismo de José Vitorino Botelho Miranda, para confirmar se este João Miranda é o mesmo. O assento de batismo de Floro, é primordial para o cruzamento de dados, daí o meu desejo de saber a freguesia de nascimento/batismo para comparar dados. Sou um analfabeto em questões de genealogia, sinto que sem a vossa sabedoria não chego a porto nenhum, com a agravante de que moro na Madeira, e rôo as unhas por não estar aviver em Coimbra neste momento para junto do AUC pesquisar em direto tendo só o ETOMBO, com muitas falhas de livros depois de 1894. Cumprimentos, grato sempre pela disponibilidade e entuasiasmo. Continuo a procurar.

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301507 | HRC1947 | 31 Mar 2012 22:03 | Em resposta a: #301494

Caro Jorge Resende;

Você diz que tem certidão óbito de João Miranda.!!

Sendo assim, por favor transcreva o que lá está escrito, tudo, mesmo tudo e informe onde obteve essa Certidão!!.

Possivelmente esse José Vitorino Botelho Miranda seria natural de Coimbra, vamos aguardar para ver!!!
O Floro Henriques Miranda viveu na Praça Velha- Coimbra, e tinha um irmão, que já lho indiquei numa
mensagem anterior??...
Caro Jorge Resende; Para você colaborar nestas buscas, só tem que seguir o seu raciocínio, !!.. a sua ideia, não
precisa ser Dr. Conheço alguns {Drs.} em Genealogia, mas quando chega a altura de resolver as coisas,
[ quem põe as mãos na massa e vai ao terreno ] é que tem sucesso, o resto é pura vaidade!!

Fico a aguardar as suas breves notícias.

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301508 | tmacedo | 31 Mar 2012 22:16 | Em resposta a: #301494

Caro confrade Jorge Resende,

Segundo a base de daos do Geneall, José Vitorino Botelho de Miranda teve um filho, José Botelho Miranda de seu nome, nascido na freguesia de Santa Clara, em Coimbra, em 17.01.1894. Poderá pesquisar o seu assento de baptismo.

Cumprimentos,
António Taveira

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301510 | tmacedo | 31 Mar 2012 22:23 | Em resposta a: #301494

Caro confrade,

Estive a ver o assento de baptismo de José, filho de José Vitorino de Miranda. Foi baptizado como filho de pai incógnito e logo reconhecido pelo pai, o dito José Vitorino Botelho que assina o registo. Os avós paternos não são nomeados.

Cumprimentos,
António Taveira

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301512 | HRC1947 | 31 Mar 2012 22:28 | Em resposta a: #301510

Caro Jorge Resende;

Por simpatia do n/Confrade António Taveira, aí vai a primeira " amostra ".
--------------------

Geneall.pt | Geneall.net | Índice | Fórum | Guarda-Mor | Livraria
José Vitorino Botelho Miranda
Costados
Família

José Vitorino Botelho Miranda
Casamentos

Maria Augusta Pereira * bp 07.09.1866

Filhos

Joaquim Botelho Miranda Ângela de Almeida
António Botelho Miranda N.
José Botelho Miranda * 17.01.1894
Julieta Botelho Miranda Joaquim Rodrigues das Neves
Isaura Botelho Miranda
Placídia Botelho Miranda
Laura Botelho Miranda
Graciete Botelho Miranda

-------------------------

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301514 | HRC1947 | 31 Mar 2012 22:36 | Em resposta a: #301512

Caro Jorge Resende;

Aí vai mais material.


http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=562725


http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=1304384


http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=1304383

Cumptºs
Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301515 | HRC1947 | 31 Mar 2012 22:49 | Em resposta a: #301514

Caro Jorge Resende;

Assim à primeira vista, já andaram a elaborar o processo na Geneall!!

Repare neste link que lhe envio!!!

http://www.geneall.net/P/fam_album.php?id=624

Hoje já teve o seu tempo de " sorte ", amanhã continuará.

Cumprimentos

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301517 | Jorge Resende | 31 Mar 2012 23:06 | Em resposta a: #301514

GRATO aos que me leram, a todos. Neste momento, aqui sentadinho na Madeira, acabo de descobrir os assentos de batismo de FLORO HENRIQUES e do seu irmão FLAVIANO HENRIQUE MIRANDA, pois eram filhos de João de Miranda, que foi o pai de José Vitorino Botelho Miranda.
Assim ,para que conste, FLORO HENRIQUES (Miranda) que figura na net , páginas república, como tendo nascido em 1880, não nasceu nessa data mas sim em 10.4.1878 e batizado em 27.4.1878;
FLAVIANO HENRIQUES MIRANDA, seu irmão, nasceu em 20.3.1885 e foi batizado em 4.5.1885, e foram ambos batizados em Santo António dos Olivais, tendo Flaviano falecido ali em 26.3.1975.
Eram filhos naturais, ambos, de Maria Piedade Henriques, de Miranda do Corvo, e pelo novo assento nº 127 do livro de registos de Santo António dos Olivais, do ano de 1902, foram legitimados decerto pelo pai, João de Miranda. NÂO posso pesquisar tal assento, pois aqui, da Madeira, on line ETOMBO, Santo António dos Olivais, Coimbra tudo pára em 1894!!! Assim, irei solicitar ao meu amigo PAIVA MANSO/JORGE SANTOS o especial favor de no AUC pesquisar o assento 127-1902 Stº Antº para saber 100% se o pai dos referidos irmãos foi defato João de Miranda que nascera em Cernache em 1824 e presumo seja o pai de José Vitorino Botelho Miranda.
Obrigado a todos os intressados, se continuar em dúvidas, sei que posso voltar ao forum JORGE RESENDE/Madeira.

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301518 | HRC1947 | 31 Mar 2012 23:14 | Em resposta a: #301517

Jorge Resende;


Aí vai o endereço entre outros do A. U. C.

Então vc. poderá fazer um bom serão a pesquisar????
----------------

quivo da Universidade de Coimbra
Rua São Pedro, nº 2, 3000-370 COIMBRA. No Pólo I da Universidade.
Telefone: +351 239 859 855
Fax: +351 239 820 987
EMail: auc-geral@auc.uc.pt
Web: www.uc.pt/auc

Conservatória do Registo Civil de Coimbra
Av. Fernão Magalhães 521 – R/C
3000-177 Coimbra – Portugal
Telefone: 239840235 ou 239854000 Fax: 239854009
e-mail: crc.coimbra@dgrn.mj.pt

Paróquia de Santa Clara
Padre António Sousa
Igreja da Rainha Santa, Santa Clara
3040-270
Telefone: 239441692
Telemóvel: 961322770

FREGUESIA DE SANTA CLARA
Santa Clara-a-Nova
Convento de Santa Clara-a-Nova, URBANIZAÇÃO DE SANTA ISABEL LOTE 21, 3040-092 Coimbra
Telefone 239 813 734
Site http://www.jfsantaclara.com/
--------------

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301520 | Jorge Resende | 31 Mar 2012 23:20 | Em resposta a: #301510

Tenho o assento, pesquei-o em tempos. Por falta de informação dos avós paternos, continuei a pesquisa, até hoje! Grato pelo interesse Jorge Resende

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301521 | HRC1947 | 31 Mar 2012 23:22 | Em resposta a: #301520

Caro Resende;

Aí vai a página já meia-aberta acesso ao A.U. C.

http://www.uc.pt/auc/fundos/f_par_Coimbra

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301522 | Jorge Resende | 31 Mar 2012 23:32 | Em resposta a: #301514

Grato Ana Simões pelo seu contínuo interesse. Já ando nisto há mais de um ano, paro, arranco, teimosia de quem gosta destas coisas, contudo, o fator mais importante para a minha pesquisa, ainda não foi atingido. Conheço as páginas do Geneall que me enviou, tenho enviado dados para o fórum lembro que fui eu que enviei a foto de José Vitorino, assim como o nome das suas filhas e filhos. Tenho tido também a preciosa e desinteressada ajuda do nosso comum amigo JOrge Santos/Paiva Manso, quando lhe fôr possível sei que irá ao AUC para tentar encontrar o assento de batismo de JOsé VB Miranda, que segundo o registo de óbito era natural de Cernache, deve , tinha quando morreu em Coimbra 80 anos, o que me leva a Cernache em 1852, 53. Há um José em 1852, Fevº, que abandonei por apesar de ser filho de um João de Miranda, os avós não serem os mesmos, pois João de Miranda, pai de José VB Miranda era Manuel de Miranda e não o indicado no assento daquele Jose, também José de Miranda. Dois anos após 1852, encontro um óbito de um José, fº de um João Miranda, que me levou a abandonar o José de Cernache de 1852. Desculpe a explicação longa, mas como vê, tudo isto é uma pescadinha de rabo na bôca. Adorava estar em Coimbra para "atacar" o AUC e pesquisar melhor. Hei-de conseguir. Cumprimentos, o meu obrigado, ao dispôr aqui da Madeira. Jorge Resende

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301523 | HRC1947 | 31 Mar 2012 23:36 | Em resposta a: #301521

Caro Jorge Resende;

Deixo este endereço, [ é o outro tópico ] , para nós torna-se mais prático .

http://www.geneall.net/P/forum_msg.php?id=301509

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301528 | HRC1947 | 31 Mar 2012 23:59 | Em resposta a: #301523

Jorge Resende;


Avançando no tempo !!!

http://www.encontrarpessoa.com.br/p/maria+jose++vitorino


Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301536 | Jorge Resende | 01 Abr 2012 00:41 | Em resposta a: #301528

Floro Henriques foi deportado para Angra do Heroísmo/Terceira nos princípios do Estado Novo, com outros republicanos militares como ele. Li que o AUC/Arquivo 25 Abril tem uma edição relativa aos deportados para os Açores nesse período. Será que existe uma lista onde possa figurar o nome de FLORO HENRIQUES? Alguem ligado ao AUC/ 25 Abril conhece a edição e poderá arranjar cópia da referida lista?
Grato, Jorge Resende
jbgresende@gmail.com

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301550 | PAIVAMANSO | 01 Abr 2012 11:23 | Em resposta a: #301536

Caro Jorge Resende, passou mais uma semana, e não pude ir ao AUC. Tenho à minha espera a Stella, o Marcos, Costa, e o PP, mas vou ter de procurar nos livros também para si. Foi a nossa estimada confreira Ana Simões, quem me enviou por mail a sua mensagem a mim dirigida neste tópico, que eu desconhecia. Não estou a conseguir ajudar nada de jeito neste seu caso porque as suas pesquisas no ETombo, são eficazes e assim não consigo acompanhar o ritmo. Depois, as ajudas que aqui já recebeu, reforçam esse meu atraso na pesquisa. Tenho de me apressar a ir ao AUC, e mesmo assim, não sei se irei a tempo de o ajudar. Aproveito para informar que telefonei para o Senhor António A. B. Miranda, que confirmou ser da família de José Vitorino Botelho Miranda, de quem me pareceu ser neto. Falou-me com naturais reservas. Dei-lhe as minhas referências, pedi para ele se informar sobre a minha seriedade junto dos meus antigos patrões, na localidade onde ele vive, e fiquei de telefonar de novo dentro de poucos dias, na esperança de ele nos ajudar a montar o puzzle da árvore genealógica da Família Botelho Miranda. Expliquei que o que se pretende é compilar informação genealógica e da história pessoal destes Miranda, para escrever um livro de família que englobe o maior número possível de parentes. Acrescentei que serão dados maiores destaques aos que por mérito próprio deixaram a sua marca positiva na história da cidade de Coimbra, como por exemplo o industrial José Vitorino Botelho Miranda, entre outros. Peço-lhe que não se esqueça de fazer a tal lista dos livros de paroquiais que falta encontrar e os respectivos assentos que pretende pesquisar. Assim, quando eu for ao AUC, irei direito aos objectivos mais prioritários. Cumprimentos. Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#301552 | PAIVAMANSO | 01 Abr 2012 11:46 | Em resposta a: #301550

Creio ser importante informar, a quem ainda não tiver conhecimento, que existe outro tópico que complementa este, e por isso deve ser consultado. Trata-se do tópico « Convento de S. Francisco da Ponte - Coimbra » Cumprimentos. Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIAS SÃO BARTOLOMEU E SANTA CRUZ [ COIMBRA ]

#301553 | HRC1947 | 01 Abr 2012 11:58 | Em resposta a: #301552

Caro Jorge Resende;

Seguem estes links, que lhe farão jeito.


http://pt.wikipedia.org/wiki/Coimbra


http://www.youtube.com/watch?v=8fQfPrBMZkE&feature=related

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIAS SÃO BARTOLOMEU E SANTA CRUZ [ COIMBRA ]

#301565 | HRC1947 | 01 Abr 2012 15:30 | Em resposta a: #301553

Caro Jorge Resende;


... Para vc. ver como era a Lusa Atenas na idade Média !!!!

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=764154&page=4


Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIAS SÃO BARTOLOMEU E SANTA CRUZ [ COIMBRA ]

#301578 | HRC1947 | 01 Abr 2012 17:01 | Em resposta a: #301565

Caro Jorge Resende;


E esta!!!

http://www.arquivo-madeira.org/item1.php?lang=0&id_channel=19&id_page=242

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DE ÁGUA

#301800 | HRC1947 | 03 Abr 2012 19:55 | Em resposta a: #301578

RE: FREGUESIA DE CERNACHE -- HISTÓRIA DOS MOINHOS ÁGUA 03-04-2012, 19:50
Autor: HRC1947 [responder para o fórum]
Caro Jorge Santos;

... Bem perto de Coimbra, em tempos existiram uns moinhos de água, e onde há moinhos, também se "encontram - Moleiros."
Assim, proponho uma viagem sobre Cernache, pode ser que apareçam alguns elementos que nos abram o
caminho para aquele caso pendente do José Vitorino Botelho Miranda.... [ Fábrica de Massas Alimentícias ],
que existiu no antigo Convento de S. Francisco, Santa Clara- Coimbra, e posteriormente junto ao Choupal,
por detrás do Hotel D.ª Inês.

http://www.freguesiadecernache.eu/home.php?t=ct&c=5

http://www.freguesias.pt/portal/destaque.php?cod=060312&id=289

Os m/ cumprimentos

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DE ÁGUA

#301892 | HRC1947 | 04 Abr 2012 20:06 | Em resposta a: #301800

RE: MOLEIROS CERNACHE- 1903- JOÃO MIRANDA - BARROCA -CERNACHE 04-04-2012, 20:05
Autor: HRC1947 [responder para o fórum]
Caro Jorge Santos;

... Encontrei um João Miranda, 1903- lugar da Barroca- Cernache, cuja actividade era Moleiro.
Acresce que existe documentação e fotos de um Moinho de Água, situado também em Cernache,
propriedade de um Dr. Miranda. activo em 1915.
Encontrei igualmente um Moleiro de nome: Cristovão Miranda, em actividade em 1838, situado
no lugar de Pão Quente- Cernache.

Assim, temos " Mirandas e João " que baste !!!

É só começar a procurar pelo Registo Nascimento do João Miranda, na Freg. Cernache [A.U.C. ]

Confrade Jorge Santos, fico aguardar pelas suas notícias.
Lembra-se quando eu dei uma percentagem de 80% para o Mosteiro Batalha, em relação à Foto Mistério?,
pois agora quase que arriscaria o mesmo !!!

Cumprimentos

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DE RODIZIO

#301976 | HRC1947 | 05 Abr 2012 21:53 | Em resposta a: #301892

Caro João Barroca e Jorge Santos;

... Tenho em m/ poder uma lista de Moinhos e Moleiros de Cernache, desde o século XIV ao XX, mais
concretamente até 1959!!
1º lista - século XIV- O Pirtigueiro- Concelho Cernache
1788- José Simões Parola- Moleiro - Cernache - Local - Bairro
1959 {ultimo lista }- Mário Campos Póvoa- Moleiro- Cernache - Bairro
São 5 páginas, com uma média de 30 Moinhos/Moleiros por página, o que dá um bonito número de 150
unidades!!, claro isto é uma simples amostra do que foi aquela Zona desde 1301 a 1959.

Caro João Barroca pergunto: Na Serra da Gardunha e Zona da Cova da Beira, em matéria de Moinhos e
Moleiros temos alguma coisa?.

Os m/ melhores cumprimentos

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DE RODIZIO

#302021 | PAIVAMANSO | 06 Abr 2012 19:31 | Em resposta a: #301976

Cara Ana, peço desculpa por só agora responder mas estes últimos três dias foram agitados, e não me foi possível dar conhecimento das minhas rudimentares pesquisas. Fez o mês passado um ano, que no Cemitério da Conchada, ajudei pela primeira vez o Jorge Resende, na busca dos vestígios do sepultamento e dados de José Vitorino Botelho Miranda. Fotografei o túmulo da família, obtive os nomes dos Pais, a naturalidade, o estado civil, a idade, mas ainda nem tudo está confirmado pois falta encontrar o assento do batismo dele. Foi um caminho difícil, o percorrido desde que comecei a procurar o assento de batismo de Vitorino. Nesta investigação tive a grata surpresa de encontrar Floro Henriques, que foi amigo de Belisário Pimenta, companheiro nas lutas políticas, e "irmão" na Maçonaria. Floro era meio irmão de José Vitorino Botelho Miranda. Só recentemente o Jorge conseguiu chegar a essa pista do assento nº 127 que fui ver ao AUC, no livro de batismos de St.º António dos Olivais em 1902, onde era suposto estar o termo de legitimação de dois filhos de João de Miranda,o Floro e o Flaviano. Afinal nesse livro estão 4 filhos de João de Miranda e de Maria da Piedade, legitimados, a saber; Assento nº 124 Afonso Henriques Miranda, nascido em 18-12-1874 e batizado em 04-01-1875, que em 1902 frequentava o 3º ano de Preparatórios médicos na UC, mas ainda não confirmei se completou o curso e tirou a Formatura. No assento nº 125 Floro Henriques de Miranda, nascido a 10 de Abril de 1878 batizado a 27 do mesmo mês e ano. Acresce a muito curiosa informação de que em 1902, aos 19 anos de idade, Floro Henriques frequentava o segundo ano de Theologia na UC. Ele que poucos anos mais tarde se revelou um dos principais ativistas do movimento pró Republicano, Editor e proprietário do Jornal «Folhas Novas» assumiu posições de um anti-clericalismo indiciador de que os horrores infligidos pela inquisição ainda estavam bem presentes na memória coletiva da sociedade Portuguesa. Foi figura relevante da 1ª Republica. Vereador entre os aclamados, em 6-10-1910 e até 1913, juntamente com o tio materno de Belisário ; Albino Caetano da Silva Pinto, exímio gravador em madeira, e mestre nessa arte que elevou na Tipografia Auxiliar de Escritório. Nesse tempo, era Presidente na Câmara de Coimbra Sidónio Pais, depois substituído por outro grande Conimbricense, António Augusto Gonçalves . Floro Henriques esteve ligado a algumas Lojas da Maçonaria, tendo atingido o grau de Cavaleiro Rosa Cruz em 1914. Cerca de 20 anos mais tarde acabou por ser deportado, tendo ao que consta, (mas ainda não pesquisei) falecido vitima dos maus tratos dos algozes do estado novo, talvez no Tarrafal. Peço desculpa por este emotivo desvio, mas volto ao tema; Assento nº 125 Flaviano Henriques de Miranda, nascido a 20 de Março de 1885 batizado a 04 de Maio do mesmo ano. Assento nº 126 António Henriques de Miranda nascido a 02 de Maio de 1881 e batizado a 22 do mesmo mês e ano. Finalmente, pedi ao Dr. Pedro França que por favor me explicasse como se consulta no ficheiro dos Notários, no AUC, e imediatamente Ele me ajudou com toda a sua experiência e simpatia. No dia seguinte lá encontrei a cota do Livro de Notas nº34 do Tabelião Joaquim Alves de Faria, onde nas folhas 8 verso e 9 estão as 4 legitimações acima referidas com a preciosa informação de que : « tiveram os seguintes filhos …… antes do Casamento deles celebrado em 30-09-1895….». Seguidamente fui procurar esse assento de casamento e na freguesia da Sé Nova lá está ele, com referência a proclamas e licença de recebimento passada em 25 do dito mês e ano. Ouro sobre azul é a informação que se segue: Ele ( João de Miranda) de idade de 71 anos, VIÚVO DE TERESA DOS SANTOS MIRANDA ....... natural da freguesia de Sernache dos Alhos, do Concelho e Bispado de Coimbra, filho de Manuel Miranda e de Rosa da Costa Pimenta ....... Ela Maria da Piedade, solteira, de 47 anos de idade, natural da freguesia e Concelho de Miranda do Corvo. Essa confirmação, documentada por fonte primária, de que aquele João de Miranda era de facto quem se devia encaixar na árvore genealógica de José Vitorino Botelho Miranda, era uma peça importante do puzzle, procurada pelo Jorge Resende há bastante tempo. Ainda fui ver o processo de casamento deles, onde está a cópia do assento de óbito da 1ª esposa ; Aos 28 de Junho de 1893…… faleceu Theresa dos Santos Miranda de 78 anos, casada com João Miranda .... foi conduzida ao Cemitério Publico desta cidade (Coimbra) e depositada num jazigo de família .... Noutro doc ...... A 2-11-1848 Baptisei Maria, (Maria Augusta Pereira a 2ª esposa) nascida a 19 do mês passado, filha de Joaquim Henriques e Maria de Jesus moradores no Espinho desta Freguesia e Concelho de Miranda do Corvo, neta paterna de José Henriques e Rosa dos Santos …... neta materna de Manuel Antunes e de Maria Patrícia ...... Falta dizer que nada disto foi assim tão rápido e simples e a minha pasta dos Miranda`s tem 19 páginas A4 cheias de material que com a ajuda do Jorge Resende fui compilando, pesquisando, deduzindo, completando, com avanços e recuos, vários mails e telefonemas, muitas horas no AUC, muita persistência e amizade, porque sem eu nada pedir, recebi importantes assentos de batismo e casamento de ascendentes de Belisário Pimenta que o amigo Jorge Resende pesquisou através do E-Tombo e me ofereceu. Para esta pesquisa ficar completa ainda falta encontrar o assento de batismo de José Vitorino Botelho Miranda, filho deste João de Miranda. Dizer ainda que a cerca de dez passos do túmulo da Família Miranda, está o Túmulo do Professor António Augusto Gonçalves. Evidentemente, não coloquei aqui muitos outros dados que constam nos docs acima referidos, mas o Jorge Resende ou quem fizer o tal Livro de Família destes Miranda`s decerto incluirá isto e muito mais que lhe ofereci com amizade. Sei que um dia irei ter saudades destes tempos, em que, embora com grande dificuldade, ainda consigo subir a Couraça de Lisboa, rumo ao AUC. Até quando ? Cumprimentos. Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DE RODIZIO

#302031 | HRC1947 | 06 Abr 2012 21:56 | Em resposta a: #302021

Caro Jorge Santos;

Bom trabalho.
Dá para ver a sua satisfação ao tratar este caso, que começa a rodar no bom sentido.
Agora vamos ver se nos aparece o " sujeito " José Vitorino Botelho Miranda.
Terá que estar em: Fregª Cernache {dos Alhos }, São Bartolomeu, Santa Cruz, Stª Clara,
ou Stº António Olivais.
Aproveito para cumprimentar o n/ Confrade João Barroca, e dizer-lhe para dar uma olhadela
neste link que envio!!

Confrade Santos, obrigada pela sua explicação.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=cojXc81ogMk

Os m/ melhores cumprimentos

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DE RODIZIO

#302054 | Jorge Resende | 06 Abr 2012 23:46 | Em resposta a: #302021

Dizia eu ao descendente de Floro Henriques, seu neto e meu amigo aqui a viver na Madeira, António Umbelino Henriques, que felizmente ainda há pessoas assim, notáveis, desprovidos de interesses materiais, Amigos, em suma, seres excecionais. Jorge Santos tem-me dado a sua amizade, tem posto ao serviço deste forum a sua inteligência, a sua humanidade, com ele nestes curtos dias tenho aprendido muito, tem-me deixado sem palavras, restando-me uma apenas para tanta carolice, tanta paixão, tanta sabedoria, OBRIGADO amigo Jorge Santos!
Pois é, sem a sua perspicácia, sem a sua fértil memória e não menos entusiasmo pelo que ao passado diz respeito, não teria nestes minutos certezas, tantas, para enviar aos descendentes de Botelhos Miranda e Henriques Miranda tudo o que, com a ajuda deste Homem, sabe-se lá com quanta dificuldade (materiais, físicas) que lhe saíu de dentro do corpo e da alma. Adivinho-o a subir a colina, a pé, que o leva ao AUC, e ali, talvez entre alguns doutores, talvez um pouco perplexo mas feliz, sobretudo se aquilo que imaginou obter com alguma facilidade ou não lhe vem ter às mãos... Foram muitos documentos que o amigo Jorge Santos pesquisou, foram muitos dados brilhantemente imaginados e encontrados, tudo no fim sem uma queixa de cansaço, antes, com esfusiante satisfação, por saber que ia dar alegrias a quem longe dos locais de pesquisa ansiava por sucesso nessas pesquisas , a mim, Jorge Resende, ligado e manietado nesta Madeira, mas sempre com o pensamento em Coimbra que muito amo, e no AUC onde gostaria de estar lado a lado para o ajudar nas buscas tantas vezes difíceis, adivinho-o! Não cheguei ao fim nesta cruzada de obtenção de um simples assento de batismo (José Vitorino Botelho Miranda), que até pode ser paupérrimo, pouco dizer, mas tudo o que obtive também com a ajuda de Jorge Santos e muitos outros não o esqueço, neste forum, deixa-me a certeza que obtive o suficiente para que as Histórias de Famílias Botelho Miranda e Henriques Miranda, que se cruzaram legitimamente através de João de Miranda, podem iniciar-se, ficando o passado bem construído, verdadeiro. Obrigado Jorge Santos, esta primeira etapa foi perfeita, sintomática, rodeada de espírito de amizade, de entreajuda, em sintonia. Vamos continuar a pesquisar, a secretaria do cemitério da Conchada será um dia visitada por Jorge Santos, aí irá tentar saber filiação de Teresa de Jesus Santos Miranda, de Ribeira de Frades, 1815, livros desaparecidos, e quem sabe se não encontraremos em qualquer livro de tabelião de Coimbra, a legitimação de José Vitorino razão destes encontros, desta carolice pela verdade, entre Jorge Resende, Jorge Santos e tantos confrades/confreiras do GENEALL, sempre desinteressados, com raríssimas exceções, em ajudar quem deles precisa, a qualquer momento! Obrigado a todos para já, ao dispôr, Jorge Resende, também sentinela alerta deste fórum que em boa hora encontrei.

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DE RODIZIO

#302058 | Jorge Resende | 07 Abr 2012 00:07 | Em resposta a: #302031

Tenho um feeling que deve estar este assento como JOSÉ, filho natural de Teresa de Jesus Santos, e pai incógnito... ou então José, filho de João de Miranda e Teresa de Jesus... 1852,3,4... Cernache ou cidade COimbra...
João de Miranda legitimou 4 outros filhos nascidos depois deste, mas só alguns anos mais tarde, nasceram entre 1875-1885 e tal escritura aconteceu em 1897! Ter-se-ia dado o mesmo caso com este filho (e mais outro) do primeiro casamento, embora todos os outros 4tivessem sido concebidos paralelamente noutra relação, que se consumou depois da morte da primeira mulher, Teresa antes citada??? Continuemos até haver luz ao fundo do túnel! Obrigado pelo interesse, Jorge Resende

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DE RODIZIO

#302215 | PAIVAMANSO | 08 Abr 2012 23:00 | Em resposta a: #302054

Caro Jorge Resende, só agora respondo, mas já li essas suas simpáticas palavras várias vezes. Sinto nelas a sua alegria, a sua gratidão, e quero que o Jorge saiba que também lhe agradeço muito, porque sem que eu lhe tivesse sugerido, teve a amabilidade de pesquisar e oferecer-me vários assentos de Batismo e de Casamento de vários Ascendentes de Belisário Pimenta. Sei que já falei isto noutra mensagem mas nunca é demais reforçar a minha gratidão para com o Amigo. Esse grande elogio que o Jorge Resende aqui me deixou, é evidentemente muito exagerado, mas confesso que ainda assim, faz-me bem reler tantas palavras de agradecimento e incentivo. Conforme lhe falei antes, quero ir em breve ao Cemitério da Conchada procurar os dados de Teresa de Jesus dos Santos. Também espero conseguir ajudar a encontrar o assento de Batismo de José Vitorino Botelho Miranda. Face a tão generosos elogios à minha pessoa, quero ser justo e dizer que aprendi quase tudo aqui no Fórum do Geneall e muito devo a todos, Confreiras e Confrades. Sempre fui um mau aluno, mas sinto que já aprendi o suficiente para ajudar algo de jeito nalguns casos. Transfiro as suas generosas palavras de agradecimento, diretamente para quem quase tudo me ensinou, e portanto envio os meus melhores cumprimentos e agradecimentos para o Jorge Resende e todas as Confreiras e Confrades. Com amizade. Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#302224 | Jorge Resende | 09 Abr 2012 00:22 | Em resposta a: #301421

Estimada Ana Simões, é um prazer saber que está sempre vigilante para exercer a sua costela solidária!
Floro Henriques começou a desenhar-se a partir do momento em que na certidão de óbito de João de Miranda surgiu o seu nome como filho do falecido. A partir daquele momento tudo começou a evoluír, e para tal também o nosso particular amigo Jorge Santos contribuiu bastante. Por isso, neste momento, posso dizer que encontrei o assento de bat. de FLORO, figura importante da maçonaria de Coimbra, e figura que vai merecer a minha atenção, já que aqui na Madeira sem o saber encontrei um dos seus netos, meu amigo já, pois a família paterna dele, cruzou-se com a família Botelho Miranda, pois como já tinha revelado, João Miranda, pai de José Vitorino Botelho Miranda, teve fora do seu casamento, 4 filhos que veio mais tarde a legalizar, e essa foi a aventura para a qual arrastei o amigo Jorge Santos, e que apenas para terminar em beleza, apenas falta encontrar o assento do José V.B.Miranda.
Grato pelo seu interesse, Floro Henriques Miranda foi adivinho-o uma figura interessante, e, com o seun neto irei perceber melhor o fascinio dessa personagem. Obrigado pelo seu interesse em querer ajudar, mas em termos de "socorro" Floro está noutro caminho. Jorge Resende

Resposta

Link directo:

RE: FLORO HENRIQUES- COMISSÁRIO POLICIA COIMBRA, MAÇON, VEREADOR CÂMARA M COIMBRA

#302226 | HRC1947 | 09 Abr 2012 01:07 | Em resposta a: #302224

Caro Jorge Resende;

Fico satisfeita por as coisas estarem novamente a mexer!!
É m/ intenção por estes dias tentar encontrar certidão nasc. de JoséV.B. Miranda.
Estou esperançada que as m/ diligências vão descobrir qualquer coisa. Vamos
pois aguardar serenamente. Hoje passei algum tempo virtualmente ali para o lado da
Curia!!!.. Fui até ás termas, passei pelos Hoteis, dei uma saltada a Tamengos, e fui
descortinar creio eu uma Capela, que estava incorporada na " paisagem " e não havia
meio de se encontrar!! " Carolices " .

Obrigada pelas suas dicas.
Os m/ melhores cumprimentos

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: José Vitorino Botelho Miranda - COIMBRA

#302689 | HRC1947 | 12 Abr 2012 21:10 | Em resposta a: #302226

Confrade;

... Para se descontrair, e poder ver { mais ou menos }, a subida que o Confrade Jorge Santos percorre, para
chegar ao A, U. C., e outros locais que o Jorge Resende tanto gosta!!

http://www.ez-team.com/turismo/coimbra/

Os m/ cumprimentos

Ana Simões

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DE RODIZIO

#342963 | AMCaetano | 26 Fev 2014 11:34 | Em resposta a: #301976

Cara D. Ana Simões
Refere que tem em seu poder uma lista dos moleiros de Cernache. Vi um nome que me chamou a atenção, pois nas minhas pesquisas, soube que sou descendente da Família dos Parola, de Cernache.
Podria dizer-me como faço para obter uma lista dos Moleiros de Cernache para ver se consigo ver quantos dos Parola apareciam nessa lista?
Muito obrigada
Margarida Caetano

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DOS PAROLAS

#342973 | saintclair | 26 Fev 2014 15:40 | Em resposta a: #342963

-
"Os Parolas"- Moleiros de Cernache;
--
1788-José Simões Parola-Local Bairro-Cernache-Moleiro
1838-Estevão Simões Parola - Cernache-Moleiro
1842-Teresa de Jesus Parola cc José Fernandes Geraldo-
Arrendatário-Barroca- Cernache
1870-João Cardoso Manaca cc Isabel Parola -Cernache
1884-José Mateus Santos cc Joaquina Jesus Parola-Proprietário-
Cernache -Cubo.
------------
.... Avançando no tempo e no espaço;
-- Achando-se de avançada idade, com 76 anos, João Cardoso Manaça e
mulher, fazem uma escritura de doação em 1928, doando os bens a seus
filhos, genro e noras; Ana Parola e marido Joaquim Machado Tenente, Manuel
Cardoso Manaça e mulher Maria do Céu Parola, José Cardoso Manaça e mulher
Idalina da Conceição; São possuidores dos seguintes prédios; Uma casa de
habitação em Vila Pouca, uma vinha no Pinheiro, um olival no Matum, um pinhal
na Cabeça Gorda, Sebal, um pinhal nos Cabeços, Sebal, uma terra de semeadura
nos Comareiros e 1/2 dos Moinhos da Barroca.
--
... São estes " Parolas " que constam na lista do referido Livro.
Se pretender que se vejam outros " Apelidos ", queira fazer o favor de dizer.
--
Melhores cumprimentos
Saintclair

Resposta

Link directo:

RE: FREGUESIA CERNACHE -- OS MOINHOS DOS PAROLAS

#342984 | saintclair | 26 Fev 2014 19:53 | Em resposta a: #342973

-
...continuação;
Moinhos Lugar Cubo;
N.º de casas: uma
Nº Engenhos: dois
Tipologia:rodízio
Datação:remonta, pelo menos, ao século XIX
Localização: sítio do Cubo, junto à Estrada Real;
coordenadas; 40-08-14 N - 08- 28- 13- W, Cota 106 m.
Fim de actividade; meados século XX.
-Proprietários;-
Antes de 1884; Manuel de Jesus, moleiro, de Bendafé -Condeixa,
casado com Joaquina Máxima Henriques de Azevado.
1884;-José Mateus dos Santos, casado com JOAQUINA DE JESUS PAROLA,
nasc. 1817, irmã de Joaquim Fernandes Geraldo.
Saintclair

Resposta

Link directo:

RE: MOINHOS DO JOSÉ PÓVOA - [Bairro ]

#342997 | saintclair | 27 Fev 2014 00:42 | Em resposta a: #342984

-
Nº casas; uma
Nº engenhos; dois
Tipologia; rodízio
Datação; remonta ao século XIX
Por informação do actual proprietário,no
edifício chegou a funcionar uma tipografia,
pertencente aos Frades Crúzios de Coimbra.
Localização; Bairro- Cernache.
coordenadas; 40-08-16-N ... 08-28-22 W
cota 81 m.
Fim de actividade; meados do século XX
Proprietários;
Avós do Dr. Nicolau da Fonseca
José Fernandes Geraldo Póvoa
---
http://goo.gl/maps/dvY20
-
Saintclair

Resposta

Link directo:

RE: MOINHOS DO CANELAS -/- T. FADIGA

#343020 | saintclair | 27 Fev 2014 18:19 | Em resposta a: #342997

-
N.º Engenhos; dois
Tipologia; Rodízio
Século XIX
Localiz. coordenadas; 40 08 14 - 08 28 27
Cota 79 m.
Fim de actividade; meados século XX
Proprietários;
1977- Manuel Alves Rosendo
1992-Américo Rosendo Canelas
1982-Victor Manuel Silva Rosendo Canelas,
[ por aquisição ].
Estado actual; destruído
Confront;Norte com Est. Vila Pouca,Sul com Rio,
Oriente e Ocidente com António Canelas.
-
http://goo.gl/maps/K3GLg
http://goo.gl/maps/n31dd
--
Saintclair

Resposta

Link directo:

RE: MOINHOS DA Ti GERALDA

#343140 | saintclair | 02 Mar 2014 20:48 | Em resposta a: #343020

-
Tipologia; rodízio
Datação; século XIX
Localização; Bairro, Cernache [40 08 16- 08 28 20]
Cota 82 m.
Proprietários; Joaquim Oliveira Cardoso e
Ana Póvoa.
1951-António Cardoso cc Maria Geralda
1957-Joaquim Matias Er5melindo cc Nazaré Cardoso
1970-Herdeiros de Maria Alice e Ramiro de Oliveira
Estado actual; desactivado.
-
http://goo.gl/maps/3zd2v
---
Moinho a funcionar S. Romão;
http://www.youtube.com/watch?v=TE8-5s5VSBc#t=16
-
Saintclair

Resposta

Link directo:

RE: Museu Moinho

#343157 | rfmc | 03 Mar 2014 01:16 | Em resposta a: #343140

.
http://www.youtube.com/watch?v=-h903Ro46VY

Resposta

Link directo:

RE: Museu Moinho das Lapas-Cernache

#344105 | rfmc | 20 Mar 2014 23:39 | Em resposta a: #343157

-
MUSEU MOINHO DAS LAPAS - CERNACHE -COIMBRA: - Esta antiga habitação de um Moleiro foi consagrada a Museu em 2008. É um espaço aberto a toda a comunidade que o pretenda visitar. Surgiu com o objectivo de ser um edifício cultural, onde a população poderá conhecer costumes e tradições de outros tempos. Para além dos moinhos presentes, encontra-se também uma Cozinha tradicional da época, bem como o quarto do Moleiro. O Moinho era accionado pela força motriz da água da RIBEIRA DAS LAPAS.
-
http://goo.gl/maps/CGC47
Rfmc

Resposta

Link directo:

RE: José Costa Casemiro

#345818 | rfmc | 04 Mai 2014 22:19 | Em resposta a: #344105

-
"No dia 29 de Julho de 1839 foi enforcado no areal do Mondego, José da Costa Casemiro, solteiro, sapateiro, de 27 anos, do Picoto,
Freguesia de Cernache, condenado à morte por haver assassinado Diogo Marques de Carvalho, do sitio das Alminhas, próximo de
Cernache, que à data do crime era casado com Maria de Jesus. O condenado encontra-se preso na cidade do Porto e no dia 25 de
Julho, ele e o algoz chegaram a Coimbra, acompanhados de uma força constituída por "dois Oficiais inferiores e trinta soldados de
artilharia 3; e um Oficial inferior e cinco soldados de cavalaria 6".
" ... A Meza da Misericórdia,{...}pediu pelo telegrapho à Rainha a comutação da pena ao réu, o Governo respondeu que não podia
ser atendida a supplica".
Na segunda-feira, 29 de Julho, reunida a Irmandade da Misericórdia, na sua capella, {hoje demolida} ao cimo da Rua de Coruche,
{hoje Visconde da Luz}e em número de 183 irmãos, dirigiu-se ao Aljube { então situado na Alta }, de onde acompanhou o padecente
em direcção ao Arco do Bispo, descendo pela Couraça dos Apóstolos, Rua da Esperança, Rua dos Coutinhos, antiga Rua do Correio, hoje
Rua Joaquim A. Aguiar { mata-frades }, até à Estrella, hoje Couraça E.
O padecente trazia uma alva, com uma corda atada pela cinta, e um crucifixo nas mãos que estavam presas. Caminhava atrás do pallio,
que era levado pelos irmãos da Misericórdia".
Na Igreja da Estrela rezava-se missa e o condenado viu " erguer " a Deus, a quem pediu perdão; depois seguiu pela Rua das Fangas
{hoje R.Fernandes Tomás }, Arco de Almedina, Calçada [hoje R. Ferª Borges}, ponte do Mondego, até descer pelo " O " da mesma{...},
para o areal do Rio, onde estava levantada a forca... O condenado com o algoz subiu a escada juntamente com o Prior da Igreja de São
Tiago que lhe fez as ultimas exortações. De seguida o algoz colocou o laço à volta do pescoço do condenado, o qual beijou o crucifixo, o Padre pediu em seu nome perdão à multidão que assistia a tão lúgubre espectáculo.
Na cabeça do condenado foi enfiado um capuz, e, atada a corda ao pau, o algoz empurrou-o para fora da escada. O algoz ia agarrado a ele, firmando-se-lhe nos braços, que estavam presos pelos pulsos, e ficaram ambos parados mais de um quarto de hora. No momento
em que o condenado foi empurrado para o vazio, ouviu-se um imenso grito de dor de toda a multidão que assistia ao enforcamento. O
corpo foi então descido para terra e examinado pelo cirurgião da Misericórdia, e sendo dado como morto, foi lavrada a respectiva certidão pelo escrivão de um dos ofícios do Juízo de direito da comarca de Coimbra, António de Campos Mallo, por coincidência, natural
da freguesia de Cernache.
O cadáver foi enterrado na Igreja de São Tiago.
" Durante o caminho que fez o padecente do Aljube até ao areal do rio, iam 4 irmãos da Misericórdia pedindo esmola, e com o seu produto se mandaram depois celebrar missas por sua alma. Foi este o ultimo lúgubre espectáculo de execução de pena de morte que
se presenciou em Coimbra".
Rfmc
-

Resposta

Link directo:

RE: Episódios da Inquisição

#346630 | saintclair | 27 Mai 2014 22:28 | Em resposta a: #345818

-
"Episódios dos séculos XVII a XIX, envolvendo Moleiros de Cernache;
-Nos meados do século XVIII, ainda se faziam sentir os efeitos das perseguições da Inquisição, as quais também afectaram gentes
de Cernache, como a seguir se relata.
06/03/1565 Processo de Jácome de Colares
Cristão-velho, acusado de roubar corporais dos altares de várias igrejas de Leiria e vendê-los; sacrilégio, com a profissão de fazer
pergaminhos, natural de C. Valenciana, Borgonha a Alta, de 34 anos de idade, solteiro, Sentença: mandado soltar e ir em paz; por
penitência o tempo que esteve em Leiria; sair do Reino dentro de um mês; não entrar em Leiria nem na Vila de Cernache, onde foi
preso.
03/09/1584 Processo de Pêro Fernandes
Cristão-velho, acusado de blasfémia, com a profissão de tecelão. natural de Cernache dos Alhos, morador em Lapas, de 30 anos de
idade, filho de Pêro Anes, sapateiro e de Leonor Fernandes, lavandeira, solteiro. Sentença; abjuração de leve, penitência pública na
sua igreja..., 50 açoutes moderados; càrcere; penitências espirituais; pagamento de custas.
21/04/1614 Processo de Simão Fernandes
Cristão-velho, acusado de islamismo, sem ofício, natural de Cernache dos Alhos, de 65 anos de idade, filho de António Fernandes,
ferreiro e de Maria Fernandes, casado com uma moura. Sentença; abjuração de leve, na Mesa, absolvido ad cautellam da excomunhão,
penitências espirituais, pagamento de custas."
Fonte; Moinhos e Moleiros de Cernache
Edição CMC.
Saintclair
-

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 26 Dez 2014, 19:58

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen