RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

Este tópico está classificado nas salas: Pessoas | Regiões

Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#130482 | zmcm | 08 Out 2006 22:22

Caros confrades:
Alguém me sabe informar quem foi Francisco Fernandes Marreiros que terá nascido por volta de 1660 e casado com Maria Gonçalves, tendo vivido em S.Bartolomeu de Messines?

agradeço as ajudas possíveis,
Miguel Cabrita Matias

Resposta

Link directo:

RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#130500 | melisa | 09 Out 2006 02:11 | Em resposta a: #130482

Caro Miguel Cabrita Matias

Provavelmente nada terá a ver mas com esses apelidos, e por essa época encontrei em Alcantarilha um casal:

Marcos Fernandes casado com Catarina Marreira, pais de Brites baptizada em 27/6/1651 e Isabel baptizada em 28/10/1654.

Por outro lado, em Portimão e um pouco mais tarde João Álvares Marreiros e sua m.er Feliciana Correia (de Figueiredo) são pais de Francisco nascido em 19/1/1678.

Este Francisco , de quem não tenho mais notícias foi irmão de Belchior Fernandes Marreiros casado com Isabel Correia e pais em Portimão a partir de 1703.

Encontrei ainda um Francisco Fernandes Neto casado com Maria Correia, moradores em S.Bartolomeu de Messines, cujo filho Agostingo Correia Neto casa em Alcantarilha aos 28/5/1704 com Francisca Fernandes.

Isto é o mais parecido que tenho com o Francisco Fernandes Marreiros que procura.

Aproveiro para lhe perguntar se tem alguma informação do casal Manuel Rodrigues Varela e s. m.er Maria Vicente , moradores em S:Bartolomeu de Messines.

Seu filho, também Manuel Rodrigues Varela casou em Pera aos 24/11/1706 com Maria de Jesus (* em 1683) filha de Manuel Lourenço e Maria Dias, moradore no Vale do Magere em Pera.

Os meus cumprimentos

M.Elisa

Resposta

Link directo:

RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#130633 | zmcm | 09 Out 2006 22:37 | Em resposta a: #130500

Cara Maria Elisa:
Agradeço a sua preciosa ajuda, a junção dos apelidos Fernandes Marreiros levam-me a supor ser este Francisco irmão do Baltazar que menciona. O facto dos pais de Baltazar terem tido um filho Francisco ( que eu desconhecia) mais confirma as minhas suspeitas, mas de facto não encontrei até á data o registo deste casamento! A data que menciona de nascimento desse Francisco é coincidente com as minhas contas ( uma filha casa em 1725 em S.B.M, pena é que o registo deste casamento não mencione a naturalidade dos pais, mas apenas que são moradores naquela localidade!)

Quanto aos seus Manuel Rodrigues Varella/Maria Vicente nada encontro na minha base de dados, vou no entanto consultar alguns apontamentos dispersos que tenho.
tenho um José Rodrigues Varella mas que casa mais tarde que esse casal e era natural de Alcantarilha ( desconheço quem foram os pais).
Se entretanto encontrar algo dir-lhe-ei com todo o gosto.
cumprimentos,

Resposta

Link directo:

RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#130654 | jvaldeira | 10 Out 2006 00:36 | Em resposta a: #130633

Caro Miguel Cabrita Matias e M.Elisa,

Estes Fernandes Marreiros de Portimão - originários de Estômbar - que a M.Elisa menciona parecem ser mais numerosos e complexos do que à partida seria de esperar (por exemplo existem diversos homónimos e alguns deles contemporâneos).

Falo disto porque conforme já mencionei no tópico dos Marreiros de Estômbar também me interessam 2 famílias cuja ligação nunca cheguei a encontrar:

Um é o dos Alvares Marreiros que estão bem documentados e são bastantes discutidos naquele tópico. Este Francisco que a M.Elisa refere, filho de João Álvares Marreiros e sua mulher Feliciana Correia de Figueiredo, nascido em Portimão 19/1/1678 e irmão de um Belchior Fernandes Marreiros, veio a usar o nome de Francisco da Rocha Pereira que foi “herdar” a um tio-avô, por isso acho que não deve ser o “seu”.

No entanto, não me espantava que existisse já em Portimão ou Estômbar um parente seu de nome Francisco Fernandes Marreiros e que isso até motivasse o uso de um apelido recuperado pelo FRP para se distinguir... mas claro que podem haver muitas outras razões para ele o fazer.

O outro ramo de Fernandes Marreiros - que ainda não liguei a este – inclui um outro Belchior Fernandes Marreiros que casa com a Isabel Gonçalves em 1689 e posteriormente em 1694 com Inês da Conceição. Tem descendência que continuou a usar o apelido Fernandes Marreiros.
Este BFM é filho de Nuno (?) Marreiros e Catarina Afonso. Suponho que este Nuno seja parente próximo de João Alvares Marreiros c.c. Feliciana Correia de Figueiredo, talvez irmão (e assim filho de Afonso Alvares Marreiros cc Violante Rodrigues Canelas 1627*) mas não tenho para já qualquer prova.

Isto para dizer que poderão muito bem existir algun(s) Francisco(s) Fernandes Marreiros neste último ramo, nomeadamente em Estombar.

Caso descubra algo mais sobre esta família, agradeço qualquer informação que possa disponibilizar.

Cumprimentos,
J.Valdeira

* Esta Violante é irmão do outro Francisco da Rocha Pereira e filha de um Belchior Fernandes Canelas.

Resposta

Link directo:

RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#130745 | melisa | 10 Out 2006 18:11 | Em resposta a: #130654

Caros Miguel Matias Cabrota e Jorge Valdeira

A propósito de João Álvares Marreiros e sua mulher Feliciana Correia de Figueiredo,
seu filho o Licenciado Afonso Álvares Marreiros de Morais casou em Alcantarilha em 19/6/1718 com Brites Josefa Marreira viúva do capitão João de Aragão Monteiro.

Brites Josefa Marreira , filha de Miguel Marreiro e Maria Rodrigues moradores nas quintas de Estombar. tinha casado com o referido capitão em Alcantarilha aos 22/2/1706, sendo ele viúvo de Catarina de Oliva Freire.

Morreu o capitão João de Aragão Monteiro em Alcantarilha em 11/10/1713, sendo sepultado na sua sepultura no convento de Silves.

Depois da morte de Brites Josefa , volta o licenciado Afonso Álvares Marreiros de Morais a casar em 8/2/1720 também em Alcantarilha com D.Eugénia, solteira e filha do Capitão Manuel de Melo da Cunha e de sua m.er D.Eugénia, moradores em Alcantarilha.

Do seu primeiro casamento teve Afonso Alvares Marreiros de Morais pelo menos um filho - João Álvares Marreiros que casou em Pera (2/10/1736) com Maria de Jesus , filha de José Pincho e Francisca Dias , neta paterna de André Pincho (mordomo da igreja de Pera em 1693) e de Maria Montes e neta materna de Manuel Vieira Magro e Brites Dias.

À data deste casamento o Ld.Afonso Álvares Marreiros tinha já falecido.

Agora a propósito do Francisco nascido em Portimão em 19/11/1678 não o tinha relacionado com o Francisco da Rocha Pereira, mas o Jorge Valdeira é que estudou estas famílias.

Aproveito para referir que a irmãde Francisco da Rocha pereira, Violante Rodrigues nascida em Portimão aos 4/4/1689 teve como padrinho BELCHIOR FERNANDES morador em Estombar.

Será o seu Belchior Fernandes Marreiros?

Cumprimentos

M.Elisa

Resposta

Link directo:

RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#130769 | zmcm | 10 Out 2006 21:47 | Em resposta a: #130654

Caro J Valdeira:
Agradeço a sua achega! Não fazia de tenções de considerar o meu Francisco como o mencionado pela Maria Elisa, enquanto não descobrir qualquer registo que documente a filiação.
Transmitir-lhe-ei algo se entretanto encontrar.

cumprimentos,
Miguel Cabrita Matias

Resposta

Link directo:

RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#319933 | jorafael | 30 Dez 2012 19:23 | Em resposta a: #130769

Caro Zé Miguel

Relativamente ao nosso avô Francisco Fernandes Marreiro morador no Mouricão termo de Messines e casado com Maria Gonçalves, tenho uma pista.
A 9/2/1713 casa António Fernandes Marreiro com Joana Andrés ele é de Messines e filho de João Fernandes e de Maria Marreira, um ano depois morre a 14 /3/1714. No óbito é identificado na margem como João Fernandes e no termo como João Fernandes Marreiro. No registo de óbito da mãe deste 3/2/1712 Maria Marreira viúva de João Fernandes, são nomeados os filhos como testamenteiros Francisco Marreiro e António Marreiro. Se o António Marreiro é o António Fernandes Marreiro o irmão Francisco Marreiro poderá ser o nosso Francisco Fernandes Marreiro.

O Francisco Fernandes Marreiro deve ter casado depois de enviuvar da nossa avó Maria Gonçalves (I), esta já tinha falecido quando o filho, Manuel Gonçalves casa a 6/4/1745, não tenho o óbito dela.
Surgem três registos de baptismo com um Francisco Fernandes Marreiro do Mourição, Messines como pai a:
- 21/3/1720 casado com uma Margarida das Neves.
- 17/10/1722 casado desta com uma Maria das Neves
- 3/4/1724 casado com Maria das Neves
Estes três registos não têm avós pois em Messines só a partir de 1744.
Do casamento com a nossa avó Maria Gonçalves (I) só tenho anotado um registo de baptismo de uma Maria a 11/4/1703 em que o pai é de Messines e a mãe do Monte Velho.

Um abraço
José Rafael

Resposta

Link directo:

RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#319936 | zmcm | 30 Dez 2012 20:16 | Em resposta a: #319933

Caro Zé, obrigado pelas notícias, de facto tudo parece apontar para que de facto este Francisco seja o mesmo que o nosso! será que o registo de nascimento ou de casamento de alguns dos filhos de FFM/MG nos dá a confirmação que necessitamos?
abraço
ZMCM

Resposta

Link directo:

RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#319938 | zmcm | 30 Dez 2012 20:32 | Em resposta a: #319933

Zé:
com o Francisco Fernandes Marreiros e Maria Gonçalves como pais tenho:
1- Manuel Gonçalves
2- Maria Gonçalves que casa com outro Manuel Gonçalves filho de Domingos Gonçalves ( n. de Alte) e Maria Vaz ( N de SBM)

não tenho registo de mais filhos, como se chamam os que encontraste e em que datas casaram?
( só tenho registos de casamentos não tenho os baptismos)

abraço

Resposta

Link directo:

RE: Francisco Fernandes Marreiros - Algarve séc XVII

#320006 | jorafael | 01 Jan 2013 23:15 | Em resposta a: #319938

Caro Zé Miguel
Estive a consultar os meus apontamentos e tenho apenas o nascimento da Maria.
Livro B3 de Messines, fl 154
Maria filha de Francisco Fernandes e de Maria Gonçalves, desta freguesia do sítio do Monte Velho.
Nasceu: 11/04/1703
Baptizada: 16/04/1703
Padrinhos:
Francisco Gonçalves solteiro filho de Mateus Gonçalves e de Maria Gonçalves
Maria Gonçalves solteira filha de Vicente Afonso e de Leonor Gonçalves do monte das Alfarrobeiras, todos desta freguesia.
Vou tentar encontrar o baptismo do Manuel, pois em tempos comprei a série completa dos microfilmes de Messines.

Cordialmente
Zé Rafael

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 09 Dez 2022, 11:49

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen