RE: Comendador no Brasil

Este tópico está classificado nas salas: Brasil | Cargos

RE: Comendador no Brasil

#257678 | Conde de Granada | 02 jul 2010 01:05

Caro Sr. irs1983,

No século XIX deveriam ser, ao menos, comendadores de fato e direito, ou seja, de "verdade verdadeira"... Já hoje... 99% dos empoados que andam para lá e para cá com medalhas a brilhar no peito, as compraram em algum brechó, banca de velharias ou as ganharam de mais algum exibido príncipe tribal grão-mestre de alguma "Ordem Pega-Idiotas"... Em suma, são falsos comendadores.

Ouçamos o grande oráculo e expert dos alpinistas sociais, o iluminado Dalai-Junca:

ESSA NITROGLICERINA AMBULANTE QUE É SER COMENDADOR

Com o desenvolvimento da técnica surgiu entre nós uma outra distinção: o comendador. Qualquer casa decadente da Europa julga-se na obrigação de eternizar os feitos do seu fundador e premiar os serviços prestados em qualquer setor da atividade humana - desde que o escolhido para merecer tão alto galardão concorde em pagar a honraria.

Para maior realce e realidade ao prêmio honórifico, dão à comenda nomes estranhos. Ordem de São Jorge de Calatrava, Supremo Cordão de Alberto o Temerário, Defensor Emérito da Tumba de Santo Enoque, Cavaleiro de Cosme e Damião, Eméritos Chefes das Hostes do Rei Paópis o Pio. Eis alguns nomes que nos ocorrem no momento.

Habilíssimos calígrafos desenham os diplomas e joalheiros de escol aprontam os colares, as placas e fivelas que irão ornamentar os peitos dos novos nobres.

Que benifício traz uma comenda honórifica? Ninguém sabe. Na Alemanha a lei não permite o uso de títulos de nobrez; na França, onde os códigos são mais liberais, os comendadores são dispensados de entrar nas filas de ônibus e de pão. No Brasil os comendadores não gozam desse direito, pois a maioria deles é dona das empresas de transportes e padarias.

O leitor percorrendo o caminho da fortuna, várias vezes será convidado para sessões do "Capítulo da Ordem", como se chamam todas as sucursais das casas especializadas em distribuição de comendas.

Em meio ao silêncio mais profundo, presa de viva emoção - ou chateação - sob o rigor de uma etiqueta que recua aos tempos do rei Balduíno de Constantinopla, perceberá cidadãos meio contrafeitos - mas que nem por isso deixam de ouvir o chamado do Grão-Mestre - caminharem em direção ao distribuidor dos colares. Ouvirá o nome do agraciado e mil frases engroladas em latim desgraçadamente mau. Um toque de espada, um discurso infindável que ninguém entende porque começou, uma salva de palmas interrompida de mãos de damas faiscando pedrarias, e eis terminado o espetáculo ligeiro para ter início o drama: possuímos mais um comendador!

Se temos doutores em demasia, comendadores temos poucos, a despeito da proliferação das casas distribuidoras. Assim, sugerimos aos leitores ávidos de riqueza curvarem-se ante a figura austéra e majestosa do comendador. Ao encontrá-lo, pronunciem de maneira emocionada, mas audível - o título supremo que tanta alegria lhe proporciona. Um "bom dia comendador" tem a mesma serventia que escada em muro de cadeia, para o audaz consquistador de fortuna.

Muitos leitores inadvertidamente viram um belo início se fragmentar em estilhas, por não terem dado a devida atenção a um comendador que passa. Os estribos dos bondes e os varais dos ônibus tomam contato com muitos que teimaram em desconhecer o valor e a influência do augusto personagem que, pela pose, bem poderia ser primo da rainha Elizabeth...

Não nos iludamos: o comendador é figura importante nas festinhas de batizado, como nas reuniões financeiras ultra secretas, onde se joga o destino do dinheiro do acionista.

O tolo ignora o comendador. A ele gostaríamos de exibir um Irmão Templário em dia de festa da Ordem, paramentado com a idumentária grandiosa, mistura de uniforme de sargento suíço da guarda do Papa, com oficial dos Dragões da Independência no dia 7 de Setembro, galopando em plena avenida Getúlio Vargas, com a fisionomia indecifrável dos monges que presidiam os tribunais do Santo Ofício quando descobriam que um "Dom" qualquer era circunciso...

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT. Hora actual: 24 mai 2024, 01:58

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen