Quinta do Almegue - Coimbra

Este tópico está classificado nas salas: Famílias | Património

Quinta do Almegue - Coimbra

#278529 | Almegue | 14 Jun 2011 14:42

Caros Confrades,

Alguém tem elementos e história sobre a Quinta do Almegue, em Coimbra.

Obrigado antecipadamente

Francisco

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#278627 | Augusto Tavares | 15 Jun 2011 07:08 | Em resposta a: #278529

Caro Confrade,

O Almegue era zona de quintas, pelo que a designação "Quinta do Almegue" nada diz acerca da sua localização/ identificação.
Aí existiam, pelo menos, a Quinta de santo António, a Quinta do Nogueira, a Casa do Almegue (a que tem um brasão e onde dizem que viveu Andrada e Silva), etc.

Quer ser mais explícito sobre a que quinta se refere?

Cordiais saudações,

Augusto

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#278636 | RCCORREIA | 15 Jun 2011 11:44 | Em resposta a: #278627

Será a Quinta que fica junto do Fórum Coimbra (lado direito da primeira rotunda do fórum para quem sobe e em frente à entrada para a garagem) na Rua José Bonifácio Andrade e Silva, precisamente um dos que a habitou.

Ao que ouvi lá estará instalada atualmente a Comunidade "Familia Missionária Verbum Dei".

Talvez no Pinho Leal haja algo mais sobre esta quinta.

Cumpts,
RCC

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#278726 | S.Paio dos Arcos | 15 Jun 2011 23:01 | Em resposta a: #278636

Caro RCC

Penso que será essa. Tenho pouca informação sobre a quinta. Sei que tinha uma capela, e que foi propriedade de um ramo materno da minha familia, pelo lado Castro.

Já vi no Pinho Leal e não encontro referencia à Quinta do Almegue, mas a várias na zona do Almegue. Será a mesma coisa ? Descobru num blogue http://meioseculodeaprendizagens.blogspot.com/2009/08/as-pontes-de-madeira-em-coimbra.html algumas referencias interessantes à Quinta do Almegue, e que segunda as descrições que ouvia em criança, - que coincidem com as descrições do blogue - poderia ser esta a quinta.

Obrigado pela sua ajuda,

Com os melhores cumprimentos

Francisco

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#283200 | Casimiro Carrajola | 28 Jul 2011 21:12 | Em resposta a: #278726

Caros Amigos

Eu vivi no Almegue na Quinta onde tinha uma mercearia junto à estrada do Almegue.
Lembro-me perfeitamente que existia uma capela no seu interior por baixo da habitação principal.
Poucos metros mais à frente no sentido Coimbra - Bencanta estava entrada para a quinta de Stº António que também tinha uma igreja e foi nela que tirei a minha 1ª comunhão.
como estou emocionado pois tenho boas lembranças de infância desse local.
Que saudades...............

Cumprimentos

Casimiro

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#319795 | Daniela Fernandes | 27 Dez 2012 22:31 | Em resposta a: #278529

A Quinta do Almegue era da propriedade de família de Dona Leocádia Machado, estando esta situada junto da Quinta de Santo António.
Eu cresci na Quinta do Almegue, que neste momento se encontra entregue às silvas. Pena, muita pena é a minha.
Tinha uma capela sim, a casa principal e a casa dos criados.
Da sua história pouco sei, sei sim que fui das últimas pessoas a lá viver e que em tempos foram alugadas partes a estudantes universitários da Escola Agrária de Coimbra.
Era na Quinta do Almegue que se encontrava o mítico poço do Almegue e tinha uma fonte linda que era um jubílio de ver. A casa era de se lhe tirar o chapéu, e eu fugia muita vez para a catequese à Quinta de Santo António, pelo muro em frente à porta que dava ao jardim.
Neste momento, até javalis lá habitam, tão é o abandono...

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#319859 | Pedro França | 29 Dez 2012 02:41 | Em resposta a: #278529

Caros confrades:

Sei que há várias famílias de certa e esclarecida nobreza implantadas na zona dita do "Almegue" à margem sul do rio Mondego por cima da Guarda Inglesa. Daí que tivesse havido várias quintas do Almegue. Sei que aí estiveram presentes uns Mendes Barreto cruzados com Tavares de Carvalho/Vilhena e estes Tavares têm alguma ligação às quintas do Travaz ou do Ródão em Condeixa-a-Nova. Outra família importante aí no Almegue, ligada ao brasão que lá existe, em ferro forjado, é a dos Figueiredo Dinis, de uns cónegos da Sé, destes apelidos, que por sinal têm ligação com Sás Pessoas - os da rua das Fangas, da antiga fregª de S. Cristóvão, hoje rua Fernandes Tomás, que faz a ligação entre a couraça da Estrela e o arco de Almedina - que habitaram na quinta das Canas, quinta esta que mais tarde (séc. XX) veio a ser propriedade da Guarda Fiscal. Nesta, o brasão de Sás e Pessoas ainda existe a fazer a chave do arco do portão principal mas na rua das Fangas nem sinal: suspeita de que se trate de uma casa que tem a almofada que daria lugar a brasão, raspada. Nesta rua ainda, o que se mantém ainda imponente, no arco de entrada que dá acesso a um pátio interior com o que resta de construções antigas adulteradas é o dos Zuzartes Maldonados, dos assistentes do Correio-Mor.

Abr.,
Pedro França

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#319865 | S.Paio dos Arcos | 29 Dez 2012 10:40 | Em resposta a: #319859

Caro Pedro França,

Obrigado pelos seus esclarecimentos. Na realidade mete dó toda ver toda a descaractrização da zona, com a conivencia e negligencia dos nossos governantes....

Tenho referencias numa certidão de obito de uma trisavô, Dona Maria José de Castro, que "mooreu junto à sua familia, na sua quinta do Almegue, em Coimbra"

Tem por acaso alguma referencia a Castros na zona ?

Um abraço e um bom 2013

Francisco de Sousa Azevedo

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#319924 | Pedro França | 30 Dez 2012 16:25 | Em resposta a: #319865

Caro Francisco:

Castros houve sempre por Coimbra mas não estou a relacioná-los concretamente com esse "pontão" da cidade. Se me der referências mais concretas dessa certidão de óbito - data, freguesia, filiação - enfim algo que me ajude a orientar-me dentro da cidade, seria mais fácil.

Abraço e boa continuação.
Pedro França

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#327112 | Kalokas | 12 Abr 2013 01:34 | Em resposta a: #319924

Sendo a estrada que contornava o Poço do Almegue, muito estreita, Há quem se lembre de um semáforo humano que controlava as passagens, Numa casota estava um senhor que ouvia dizer que era deficiente, e que com um cordel levantava um sinal de madeira verde ou vermelho. O sistema esra interessante e seria baseado nos sinais utilizados nos automóveis da época! Gostava de encontrar uma foto dessa casota!

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#327150 | PAIVAMANSO | 12 Abr 2013 18:42 | Em resposta a: #327112

Esse Poço do Almegue faz parte das minhas memórias de rapaz, por causa da pesca e da suposta "grande" profundidade das águas, que a imaginação e receio, ainda tornavam mais profundas. Ali perto, algures, havia (será que ainda existe?) uma Casa da Família do Historiador Belisário Pimenta. É publica uma fotografia tirada no terraço dessa casa e lá longe, ao fundo, do outro lado do Rio Mondego, vê-se a parte alta de Coimbra, a zona da Universidade inclusive. Sobre essas Casa Brasonadas aqui abordadas, creio que valeria a pena lá ir fotografar o mais possível e deixar aqui talvez uns links, ou indicação de onde essas fotos poderiam ser vistas e, mais interessante seria, oferecer as digitalizações a quem as desejasse receber por email.
Essa "casota," duvido que ainda exista, mas aposto que seria naquela curva completamente fechada que ainda lá está. Tenho receio de prometer, porque detesto falhar, mas espero dentro de alguns meses, ir ao Almegue, tirar umas fotos para vos mostrar.
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#327158 | HRC1947 | 12 Abr 2013 19:53 | Em resposta a: #327150

Caro Jorge;
Sobre o Choupal / Almegue, Ponte de Madeira do Modesto etc, sugiro que abra as quadrículas n.ºs:
34, 35. [ 36 e 37 ], dando prioridade às 36 e 37.

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=368636&page=33

Cumptºs
Ana

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#327183 | Kalokas | 13 Abr 2013 01:40 | Em resposta a: #327150

Se for possivel ficamos a aguardar as fotos. A casota ficava efetivamente na curva com a parte de trás para o lendário poço. Admito que seja muito dificil de alguém a ter fotografado, mas pela originalidade deria um excelente documento histórico. As minhas memórias são de há 55 anos quando a Quinta de Santo António foi comprada pelo Instituto Servas do Apostolado e passou a funcionar nessa quinta a Escola de Educadoras Familiares Rurais. Cumprimentos

Resposta

Link directo:

RE: As Pontes do Modesto- Choupal

#327193 | HRC1947 | 13 Abr 2013 12:31 | Em resposta a: #327183

Caro Kalokas;
~Sobre essa " Casota de Madeira que ficava na curva, parte de trás do Lendário Poço Almegue, até à data
ainda não consegui encontrá-lo.
Poderá haver algum Confrade que tenha esse Registo Fotográfico e o possa colocar neste tópico, para o
Kalokas imagino que seria uma grande alegria!.
Entretanto encontrei algumas fotos, que passo a inserir;
----
Foto nº 1----Largo Arnado- anterior à construção Galerias Arnado.
Foto nº 2----Comboio vindo da Lousã- Portagem-Coimbra
Foto nº 3 /4-Pontes de Madeira do Modesto - Choupal e os seus Barcos.
----
https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/3656_146486848858812_1974212168_n.jpg
http://sphotos-b.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-snc7/599865_135804553260375_1951915118_n.jpg
https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/485275_146882052152625_1202744396_n.jpg
https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/47795_146852575488906_1057762662_n.jpg
Cumprimentos
Ana

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#327199 | PAIVAMANSO | 13 Abr 2013 13:22 | Em resposta a: #327158

Cara Ana
Lembro-me de, em criança, talvez cerca dos anos 1962 a 1972, nos passeios de domingo junto com o meu Pai, atravessar uma Ponte do Modesto, situada algures perto da Ponte de Ferro do comboio, no choupal. Quanto à" Praia dos Tesos" a Fluvial ali perto do Largo da Portagem, tenho uma foto do ano 1933 de um barco a remos na água, com 7 pessoas a bordo, uma delas era a minha Mãe com 17 anos de idade. Ao fundo vê-se o Parque da Cidade, a estação de captação de água, o areal cheio de gente, o casario no Largo da Portagem, a estrutura branca em madeira do portal do Parque, era tempo das festas da Rainha Santa. Falo nisto porque esse barco o FEMINA pertencia ao grupo de amigas e amigos da minha mãe e cada um deles durante muito tempo, pagou a sua parte.
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: As Pontes do Modesto- Choupal

#327201 | PAIVAMANSO | 13 Abr 2013 13:43 | Em resposta a: #327193

Caro kalokas
Se possível, diga qual o seu primeiro nome ou apelido, para o tratar-mos pelo nome certo. Vamos ver se dentro de um tempo razoável consigo ir fotografar as tais casas, das quintas antigas, da zona do Almegue. Espero falar com algumas pessoas que ainda lá vivam perto e saibam dizer algo de interessante sobre a história desses solares e das famílias que lá viveram.
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: As Pontes do Modesto- Choupal

#327204 | PAIVAMANSO | 13 Abr 2013 14:04 | Em resposta a: #327201

Esqueci-me de dizer que vou fazer um apanhado de todas as informações postadas neste tópico, para quando falar com as pessoas, ter uma noção do que devo tentar descobrir ou confirmar. Assim sendo, mais uma vez, "investigarei" com base na ajuda dos outros.
Nunca é demais, ser humilde e confessar que sem a ajuda dos outros, eu quase nada conseguiria ajudar. Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: Quinta do Almegue - Coimbra

#327223 | HRC1947 | 13 Abr 2013 20:40 | Em resposta a: #327199

-

Caro Jorge;

Estive a dar um retoque no croqui da zona do Almegue.
Aquilo já está muito diferente. Visto do espaço resume-se a pouco.
Deixo o endereço, espero que faça um bom " passeio ", o Confrade
conhece bem a zona. aproveite e faça umas compras no Forum...
http://goo.gl/maps/yFD8a
---
Os m/ cumprimentos
Ana

Resposta

Link directo:

RE: As Pontes do Modesto- Choupal

#327565 | HRC1947 | 18 Abr 2013 01:32 | Em resposta a: #327471

Confrade Jorge;

Uma visita à mata nacional do Choupal, paredes-meias com o Almegue.
http://montejunto.no.comunidades.net/index.php?pagina=1976436380_07
Continuamos à espera que apareça algum registo do Almegue....
Cumprimentos
Ana

Resposta

Link directo:

RE: As Pontes do Modesto- Choupal

#327589 | PAIVAMANSO | 18 Abr 2013 14:29 | Em resposta a: #327565

Cara Ana

Muito boas, essas fotos do Choupal. Naquela casa do guarda viveram dois irmãos, o José Certo e o Jorge Certo, que foram meus colegas na escola primária de S. Bartolomeu, perto da estação nova, dos caminhos de ferro, na baixa de Coimbra.
Desde há poucos meses, comecei a procurar esses e muitos outros amigos e amigas de infância e da adolescência. Colegas das escolas, da Catequese, das brincadeiras de rua, Já descobri cerca de 20, mas ainda falta localizar e contatar muitos mais.
Além das ajudas nas pesquisas Genealogias, é saudável e reconfortante, investigar o paradeiro dos antigos amigos e pelo menos uma vez por ano, irmos todos almoçar juntos e revisitar a Escola Primária, o Salão da Catequese, as ruas onde crescemos.
Fui ontem ao AUC (já não ia lá á mais de 6 meses). Pesquisei quase todo o dia para o nosso confrade Lourval e correu-me bem.
Breve voltarei lá. Quero pesquisar para outros confrades a fim de completar melhor, algumas "investigações" que fiz em tempos. Daqui a duas ou três semanas, tenciono ir tirar fotos aos Solares do Almegue. Espero não falhar.
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: O SOLAR DO ALMEGUE

#327612 | HRC1947 | 18 Abr 2013 22:39 | Em resposta a: #327589

Caro Jorge;

" Solar do Almegue "; encontrei um endereço que envio, e que nos proporciona
determinados ângulos, este registo de imagens está muito bom, sugiro ao Jorge
que o visione detalhadamente.
Ocorreu a ideia de quando andámos a tratar do Vitorino Miranda- Fábrica
Bolachas Miranda, o edifício foi restaurado, agora pertence salvo erro a um
Organismo Estado, há cerca de 6 meses passei por lá, dá para perceber como
teria sido aquela unidade Industrial.
A Estrada da Pedra à beira-rio, à data das Fabricas Miranda, servia-lhes de acesso.
Também vai poder ver a Barca Serrana e outras coisas.
http://www.youtube.com/watch?v=DJP-x596KNI
--
Obrigado pela sua mensagem, logo que tenha notícias entre em contacto.
Cumprimentos
Ana
.

Resposta

Link directo:

RE: O SOLAR DO ALMEGUE

#327618 | PAIVAMANSO | 18 Abr 2013 23:16 | Em resposta a: #327612

Cara Ana
Boas imagens, um fado bonito e os Verdes Anos, de Carlos Paredes, com a sua Guitarra a chorar por um tempo que jamais voltará.
Aquela casa antiga, alta e vistosa, que se vê no filme, ainda lá está vazia de gente, tristonha, há vários anos. Parece abandonada. Pertenceria a qual Família ? Essa é uma daquelas que merece ser fotografada e investigada.
Quanto á Fábrica de Bolachas Miranda, tenho muitas recordações, umas boas outras más que vivi em criança ali muito perto, de tal modo que já em adulto, várias vezes tive vários sonhos e outras vezes pesadelos, revividos nas imediações daquela Fábrica.
Cumprimentos e agradecimentos.
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE :CASA ANTIGA

#327707 | HRC1947 | 20 Abr 2013 01:34 | Em resposta a: #327618

Caro Jorge;

Sobre aquela casa na Guarda-Inglesa, surgiu a dúvida, pelo que agradeço esclareça.

"Aquela casa antiga, alta e vistosa, que se vê no filme, ainda lá está vazia de gente, tristonha, há vários anos. Parece abandonada. Pertenceria a qual Família ? Essa é uma daquelas que merece ser fotografada e investigada."
--
ttp://www.youtube.com/watch?v=DJP-x596KNI
--
Tempo video;- 1m :0 s = Na linha do horizonte vê-se o Forum- Coimbra, na base deste está uma Casa antiga,
[ Margem esquerda Mondego ].
Tempo video- 1m:01 seg.= vê-se uma casa grande cor branca, antiga defronte da antiga Ideal, e que parece ficar muito perto do edifício da antiga fábrica Bolachas Miranda. [Margem direita Mondego ].
Bom, espero que tudo esteja a correr pelo melhor.
Os m/ cumprimentos
Ana
.

Resposta

Link directo:

RE: CASA ANTIGA

#327708 | HRC1947 | 20 Abr 2013 01:40 | Em resposta a: #327707

-
http://www.youtube.com/watch?v=DJP-x596KNI
--

Resposta

Link directo:

RE: RE :CASA ANTIGA

#327710 | PAIVAMANSO | 20 Abr 2013 02:07 | Em resposta a: #327707

Cara Ana
A casa a que me queria referir é aquela que está nas imagens do vídeo ao segundo 57, 58 e 59 e fica do lado esquerdo do Fórum Coimbra, (isto na perspetiva de quem está a ver o vídeo) mas cá em baixo, na estrada da Guarda Inglesa. A casa está mais para o lado do Convento de S. Francisco da Ponte. Peço desculpa, pois possivelmente isso já será fora da zona considerada do Almegue.
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: CASA ANTIGA

#327741 | HRC1947 | 20 Abr 2013 18:54 | Em resposta a: #327710

Caro Confrade;

A Casa antiga fica precisamente na Guarda Inglesa.
O Convento S. Francisco, fica ainda retirado uma
boa centena de metros!
Para vc. ver ao pormenor. segue um endereço com
5 fotos.
http://goo.gl/maps/0YQhd
Cumprimentos
Ana
.

Resposta

Link directo:

RE: CASA ANTIGA

#327742 | PAIVAMANSO | 20 Abr 2013 19:08 | Em resposta a: #327741

Cara Ana
É essa casa mesmo. Foi a Ana que fotografou ? Parece que já estão algumas telhas partidas se assim for será o princípio do fim dessa casa. Também me parece estar um ou dois vidros das janelas partidos. Quem serão os herdeiros ? Que pena ver morrer uma casa !
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: O CHOUPAL

#327778 | HRC1947 | 21 Abr 2013 13:12 | Em resposta a: #327742

Caro Jorge;
Veja esta paisagem!
http://goo.gl/maps/zNZRl
Cumprimentos
Ana

Resposta

Link directo:

RE: O CHOUPAL

#327784 | PAIVAMANSO | 21 Abr 2013 15:21 | Em resposta a: #327778

Cara Ana
Nessa foto, localizei doze locais, ligados a recordações de momentos marcantes da minha vida. Um deles demorou poucos minutos, alguns demoraram anos, mas seria um erro falar aqui sobre isso. É estranho, num espaço urbano tão reduzido, estarem doze sítios diferentes, ligados a outros tantos factos distintos uns dos outros, mas todos intensos e inesquecíveis, da vida da mesma pessoa.
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: Casa Senhorial do Almegue

#328145 | HRC1947 | 27 Abr 2013 20:57 | Em resposta a: #328143

Caro Confrade;
Faltou dizer que o primeiro endereço não dá para ler, mas dá para ver as fotos.
Recomendo as duas fotos da página 10, relacionadas com a Casa Senhorial, onde
viveu José Bonifácio Silva, aquando da sua estadia em Coimbra. anos 1788.
Ana
.

Resposta

Link directo:

RE: Casa Senhorial do Almegue

#328165 | HRC1947 | 28 Abr 2013 13:07 | Em resposta a: #328145

-
http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Bonif%C3%A1cio_de_Andrada_e_Silva
--
HC

Resposta

Link directo:

RE: Casa Senhorial do Almegue

#328223 | PAIVAMANSO | 29 Abr 2013 13:26 | Em resposta a: #328165

Cara Ana
Interessante esse documento sobre o PDM de Coimbra e algumas (relativamente poucas) referências a ruas, edifícios, zonas, assinaladas como de particular interesso histórico e público, sujeitas a acompanhamento de eventuais intervenções/alterações, supervisionadas por arqueólogo. Também as fotos em 10/29 e 11/29 e depois a ficha pessoal de José Bonifácio de Andrada e Silva, digna de uma leitura atenta em vários sentidos........ Li quase tudo e gostei.
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

RE: Campo do Arnado

#328227 | HRC1947 | 29 Abr 2013 15:07 | Em resposta a: #328223

Caro Jorge;
Envio endereços sobre fotos, uma em especial;
Veja as três gerações em " espaços "do antigo Largo do Arnado[ Senhora do Arnado ! ...]
Em 1928, um jogo entre o Sport Clube Conimbricense e a Académica, Inauguração do
Campo Futebol Arnado, onde hoje se situam as Torres.
Cumprimentos
Ana
--
http://3.bp.blogspot.com/_-d4c7TrpYIs/SBi9f6E14ZI/AAAAAAAAALA/00x_2Abkwow/s1600-h/Campode+futebol+do+arnado+Em+1928+o+Sport+Clube+Conimbricense+inaugura+o+seu+campo+de+futebol+o+Campo+do+Arnado+com+um+desafio+entre+o+Sport+e+a+Acad%C3%A9mica.jpg--
--
https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/3656_146486848858812_1974212168_n.jpg
--
http://www.skyscraperlife.com/portugal/4311-coimbra-construcao-em-altura-partir-da-decada-de-60-a.html
--

Resposta

Link directo:

RE: Casa Senhorial do Almegue

#328318 | Jorge Resende | 30 Abr 2013 23:45 | Em resposta a: #328165

Sei que gosta destas coisas... Aqui lhe deixo o assento de casamento de José Bonifácio com Narcisa. Este assento que devia estar no ano de 1790 data real do casamento na igreja da Lapa, Lisboa, só o fui encontrar em 1797, mas apareceu, finalmente.
Espero que goste. Cpts Jorge Resende

http://digitarq.adlsb.dgarq.gov.pt/viewer?id=3651251

Resposta

Link directo:

RE: Casa Senhorial do Almegue

#328321 | Jorge Resende | 01 Mai 2013 00:01 | Em resposta a: #328165

Acrescento que o assento deve ser visto na imagem 760, respeitante à página 164 do mês de Dezembro, dia 10, de 1797.

Resposta

Link directo:

RE: Casa Senhorial do Almegue

#328323 | HRC1947 | 01 Mai 2013 00:20 | Em resposta a: #328321

OK.
Lá cheguei ao registo casamento de José Bonifácio de Andrada e Silva.
Mais um dado para enriquecer este tópico.
Obrigado pela lembrança.
Cumprimentos
Ana
.

Resposta

Link directo:

RE: José Bonifácio Andrada e Silva

#328332 | HRC1947 | 01 Mai 2013 11:40 | Em resposta a: #328323

-

http://digitarq.adlsb.dgarq.gov.pt/vaultimage/?id=44BC2F91697B4606F0405077FEBFB0AA&r=0&ww=1000&wh=600&s=false
A= [Ctrl +]
--
Ana

Resposta

Link directo:

RE: O " SINALEIRO DO ALMEGUE "

#335070 | HRC1947 | 12 Set 2013 10:35 | Em resposta a: #328332

-
Caro Kalocas;

... Estive hoje a conversar com uma pessoa que residiu perto
do Poço do Almegue, confirma toda a história desse Senhor
que era deficiente, todos os dias um familiar o ia deixar no
seu " posto de trabalho ", voltando à noite para casa.
... Os automobilistas em sinal de agradecimento deixavam uma
moeda, e todos ficavam satisfeitos!.
Conto em breve ter acesso a uma fotografia daquele " sinaleiro ",
ou da sua " casinha-posto comando " ...
Cumprimentos
HRC
-----
RE: Quinta do Almegue - Coimbra 12-04-2013, 01:34
Autor: Kalokas [responder para o fórum] Sendo a estrada que contornava o Poço do Almegue, muito estreita, Há quem se lembre de um semáforo humano que controlava as passagens, Numa casota estava um senhor que ouvia dizer que era deficiente, e que com um cordel levantava um sinal de madeira verde ou vermelho. O sistema esra interessante e seria baseado nos sinais utilizados nos automóveis da época! Gostava de encontrar uma foto dessa casota!
--

Resposta

Link directo:

RE: O " SINALEIRO DO ALMEGUE "

#344311 | saintclair | 24 Mar 2014 20:50 | Em resposta a: #335070

.
Ficha de Apoio à Carta dos Imóveis e/ou espaços de Inter

Resposta

Link directo:

RE: ÀS VOLTAS COM O ARNADO ANOS 1930

#345782 | rfmc | 03 Mai 2014 23:53 | Em resposta a: #344312

.
http://penedosaudade.blogspot.pt/2011/01/as-voltas-com-o-arnado.html

http://www.youtube.com/watch?v=m5vuVYxPlBw
-

Resposta

Link directo:

RE: MAPA MUNDIAL INTERACTIVO

#345817 | rfmc | 04 Mai 2014 22:02 | Em resposta a: #345782

-
http://www.ibge.gov.br/paisesat/main.php
-

Resposta

Link directo:

RE: Famílias Coimbra séculos XVIII e XIX

#350988 | saintclair | 08 Out 2014 19:00 | Em resposta a: #345817

-
http://www.uc.pt/chsc/rhsc/rhsc_10/rhsc102_353-385_gm.pdf
Saintclair

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#366816 | saintclair | 07 Mar 2016 16:17 | Em resposta a: #350988

-
http://astiascamelas.blogspot.pt/2015_09_01_archive.html

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#371275 | saintclair | 29 Jun 2016 17:48 | Em resposta a: #366816

-
http://filatelica.aac.uc.pt/imagens/colec/postal_porto_almegue_cbr.jpg

Resposta

Link directo:

Antigo Percurso Procissão Rainha Santa - Ano 1771

#371486 | saintclair | 04 Jul 2016 14:35 | Em resposta a: #371275

-
...A provisão de D. José, de 1771, é o primeiro documento que encontramos em que se
alude ao percurso do cortejo, o qual deveria iniciar; “Ó da ponte,”Rua Gatos, Praça Velha,
Rua Sapateiros, Rua Corvo e Largo de Sansão [Praça 8 Maio].
https://estudogeral.sib.uc.pt/bitstream/10316/27605/1/Tese%20completa%20Carlos%20Gustavo.pdf#page=42
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#371839 | saintclair | 11 Jul 2016 18:27 | Em resposta a: #371486

-
Paisagens do Rio Mondego em Penacova,
procissão R.Santa Coimbra, ano 1931.
http://www.cinemateca.pt/Cinemateca-Digital/Ficha.aspx?obraid=2706&type=Video

Resposta

Link directo:

Figueira da Foz

#371896 | saintclair | 12 Jul 2016 23:55 | Em resposta a: #371839

-
http://www.cinemateca.pt/Cinemateca-Digital/Ficha.aspx?obraid=6622&type=Video

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#373995 | saintclair | 22 Set 2016 18:51 | Em resposta a: #371896

-
Antiga Capela Senhora do Arnado, demolida para alargar a Av.Fer.Magalhães.
http://2.bp.blogspot.com/_4_RdMsTQKOQ/Sw8A8t5uAnI/AAAAAAAADFo/MdW30XPr-64/s400/capela+senhor+do+arnado.JPG
-
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#373997 | saintclair | 22 Set 2016 19:40 | Em resposta a: #373995

-
http://historiasesabores.blogspot.pt/2007/09/avenida-ferno-de-maga.html

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#374056 | saintclair | 25 Set 2016 22:37 | Em resposta a: #373997

-
http://sapoencia.blogs.sapo.pt/306485.html

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#374058 | natercia7 | 26 Set 2016 08:18 | Em resposta a: #374056

Bom dia SAINTCLAIR.

Que minutos agradàveis nos oferece neste topico !
Começar assim a semana dà-nos "punch"...
Ver coisas lindas de Coimbra ou de "ailleurs", compensa da invasão criminosa de hà dois dias. Ouff, podemos respirar melhor. Um abraço Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#374088 | saintclair | 27 Set 2016 21:45 | Em resposta a: #374058

-
Natércia;
...No principio dos anos sessenta, século passado, iniciaram-se
os preparativos para abrir uma avenida: Praça 8 Maio-Av. F.Magalhães.
Bom, estamos em 2016, e ainda se ainda a mostrar o novo trajecto,com
algumas cautelas!
Entretanto o Metro-Mondego foi ficando pelo caminho.!
https://www.youtube.com/watch?v=oQMMNgxN7iA
Obrigado pela sua mensagem
Cumprimentos
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#374123 | saintclair | 28 Set 2016 21:54 | Em resposta a: #374088

-
Natércia;
Terá possibilidade de saber o nome desta personagem, que
se encontra exposto na parede de uma casa, localizado nas
Escadas de São Bartolomeu- Coimbra.
https://pbs.twimg.com/media/CrL-R0OWcAEoHwV.jpg
https://www.youtube.com/watch?v=NNqNi7Z4veU
Cumprimentos
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#374126 | natercia7 | 29 Set 2016 08:26 | Em resposta a: #374123

Bom dia SAINTCLAIR.
Essa cara tão "forte" lembra-me talvez um escritor, mas não vejo o qual.
Para jogarmos "franc-jeu", eu nunca estudei em Coimbra. Adoro esta cidade, mas por recordações de infância ( Velho Hotel Bragança, pelos proprietarios João e Berta Fonseca) e como turista lambda.
Para mim, os estudos passaram-se em Lisboa e Porto.
Quanto às reportagens dessa Inês de Sousa, acho o que ela faz muitissimo mais interessante e colaborativo do que esta doidice do Pokémongo.
Mas claro, cada um é libre de ocupar o seu tempo como o entende. Hoje de manhã, por exemplo, ouvi no France-Inter, velhotes reformados, a choramingar porque não sabem como "matar o tempo" ! "Tuer le temps"?
Primo : é ele, o Tempo, que nos vai matar
Secundo : o pouquinho que resta, temos de lhe dar alimentos de qualidade, au propre et au figuré, para que dure, dure o mais possivel !
Por hoje, chega de tolices, um abraço Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#374137 | saintclair | 29 Set 2016 14:56 | Em resposta a: #374126

-
Natércia;
Julgo que descobri o nome do retrato;
Jaime Bartolomeu Luis Planas Coronellas.
Nasc. Catalunha- Espanha, ano 1860.
Foi um dos fundadores Fábrica Lanificios de
Stª Clara.
http://www.asbeiras.pt/2010/10/sao-francisco-do-sonho-a-realidade/
Melhores cumprimentos
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#374139 | natercia7 | 29 Set 2016 16:18 | Em resposta a: #374137

Està a iniciar o turismo industrial ? Nao sei como se passa em Portugal, mas por aqui, em França, devido à desindustrialisação, pratica-se bastante. E o que chamam as "friches industrielles". E acontece mesmo que arquitectos de talento, adaptem algumas fàbricas abandonadas, em alojamentos de categoria, com "lofts"bem atraentes. E caros ! Cpts Natércia

Resposta

Link directo:

Lenda da Cindazunda

#383358 | saintclair | 05 Ago 2017 17:56 | Em resposta a: #374139

-
Após ter destruído Conímbriga, Ataces, rei dos Alanos, dedicou-se à fundação de uma nova cidade na margem direita do rio Mondego. Estava Ataces embrenhado a dirigir a edificação dessa nova Coimbra, no local da romana Aeminium, quando surgiu o rei suevo Hermenerico com o seu exército, sedento de vingança pelas derrotas sofridas. Tão sangrento foi o combate entre os dois exércitos que as águas do Mondego se tingiram de vermelho.
Hermenerico é forçado a retirar-se para norte, mas Ataces foi em sua perseguição e o rei suevo vê-se obrigado a capitular. Oferece a Ataces a mão da sua filha, a bela princesa Cindazunda, que desde logo se enamorou perante a beleza da jovem.
Regressados a Coimbra para os esponsais, o rei dos Alanos decide perpetuar o seu casamento dando a Coimbra um brasão comemorativo do acontecimento.
Nele, a princesa Cindazunda surge coroada de uma taça que simboliza o seu casamento com Ataces. Ladeiam a taça um leão, timbre de Ataces e um dragão, timbre de Hermenerico.
http://www.asbeiras.pt/wp-content/uploads/2017/08/4.jpg
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383367 | natercia7 | 06 Ago 2017 08:45 | Em resposta a: #383358

Aplausos para o Senhor SAINTCLAIR, que num Verão canicular, tenta ajudar-nos e nos oferece dados historico-legendarios tão curiosos.
Como o mais comum dos mortais, ele não passa o dia refastelado à beira mar ou à beira de uma piscina, não ! Ele busca e rabusca para enriquecer a nossa pobre "kultura"! Abraços Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383368 | rfmc | 06 Ago 2017 09:27 | Em resposta a: #383367

https://www.noticiasdecoimbra.pt/nao-rotunda-praca-princesa-cindazunda/
Rf.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383370 | natercia7 | 06 Ago 2017 10:01 | Em resposta a: #383368

Muito,obrigada Rf.

Confesso que tudo isso, o que vem de si e do amigo SAINTCLAIR, é novidade para mim. A bientôt Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383409 | Pedro França | 07 Ago 2017 16:30 | Em resposta a: #383358

Caro Saint-Clair:

Pois, essa é a versão mais divulgada com base na opinião do alcobacense Fr. Bernardo de Brito (sécs. XVI-XVII).
À parte a sustentabilidade ou não dessa conjetura, a trazerem à tona do século atual essa personagem semilendária, conviria enquadrá-la no seu próprio contexto. A princesa Condazunda não conhecia ainda a moda dos vestidos com anáguas. Mais valia um vestido caído levemente a direito e não com a forma de campânula que apresenta. Enfim, um óbvio anacronismo para um autor-escultor mais puxado à arte contemporânea do que ao período altomedieval ou da Antiguidade tardia. Bem, para todo o efeito, a princesa vai passar a ser conhecida pela "senhora da campânula"...

Abraço,
Pedro França

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383414 | rfmc | 07 Ago 2017 17:24 | Em resposta a: #383409

https://pt-br.facebook.com/galizahistorica/posts/964039160378750
Rf.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383448 | Pedro França | 08 Ago 2017 16:11 | Em resposta a: #383409

Caro Rfmc:

Na escultura barroca não está visível a indumentária da princesa da cintura para baixo. O que se pode entender quanto à "campânula", em abono da escultura com as armas da cidade, direi que ela simboliza o cálice em posição invertida, traduzindo as bodas da princesa com o rei Ataces. Às tantas, a intenção é mesmo essa.

Abr.,
Pedro França

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383473 | saintclair | 09 Ago 2017 16:00 | Em resposta a: #383448

http://historiasesabores.blogspot.pt/2007/04/praa-8-de-maio-coimbra.html
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383493 | saintclair | 10 Ago 2017 13:15 | Em resposta a: #383473

-
Princesa Cindazunda em duas versões.
https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2017/08/cindazunda.jpg
http://photos1.blogger.com/blogger/2776/2988/320/Brsa%3F%3Fo.jpg
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383498 | Pedro França | 10 Ago 2017 15:31 | Em resposta a: #383493

Caro Saint-Clair:

Pronto, fico com mais este apontamento.

Abr.,
Pedro França

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383501 | saintclair | 10 Ago 2017 16:10 | Em resposta a: #383498

Caro Pedro França;
Obrigado pela sua colaboração.
Saintclair

Resposta

Link directo:

Tricana

#383542 | rfmc | 12 Ago 2017 15:07 | Em resposta a: #383501

https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2017/08/tricana.jpg
Rf.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383607 | Pedro França | 14 Ago 2017 15:43 | Em resposta a: #383542

Caríssimo:

Coitada da estátua, toda marcada, parece que vai dar entrada numa operação cirúrgica!

Resposta

Link directo:

Tricana

#383608 | rfmc | 14 Ago 2017 16:39 | Em resposta a: #383607

-
Com a metamorfose ocorrida, sempre deixa marcas.
Rf.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383695 | natercia7 | 17 Ago 2017 08:29 | Em resposta a: #383690

Coitada da princesa Cindazunda ! Que mal fez ela neste mundo para ser tão maltratada ?
Até dois senhores sabichões se metem com ela ! Deixem a pobre princesa sossegada, a respirar o "ar puro" desse cruzamento. Abraços a ambos Natércia

Resposta

Link directo:

Cindazunda-"O Milagre que se espera"

#383709 | saintclair | 17 Ago 2017 16:51 | Em resposta a: #383695

-
A Princesa sempre fez parte do Brazão da cidade,no entanto muitos julgavam que essa
figura seria a Rainha Santa, [Isabel Aragão].
https://previews.123rf.com/images/melendrez/melendrez1506/melendrez150600377/41117183-coat-of-arms-of-Coimbra-with-queen-Cindazunda-Portugal-Stock-Photo.jpg
http://photos1.blogger.com/blogger/2776/2988/320/CBR.png
Sc.

Resposta

Link directo:

Princesa Cindazunda

#383750 | Pedro França | 18 Ago 2017 15:19 | Em resposta a: #383709

Caro SaintClair:

Pois, também ouvi essa versão da rainha santa Isabel, mas, nunca me preocupei tanto quanto a isso porque Coimbra só começou a ser mais o centro das minhas atenções de há cerca de 30 anos a esta parte e mesmo assim, esse pormenor de heráldica autárquica só agora é que chamou a minha atenção por razões de "embelezamento urbanístico".

Abr.,
Pedro França

Resposta

Link directo:

Cindazunda-"O Milagre que se espera"

#383753 | saintclair | 18 Ago 2017 15:48 | Em resposta a: #383750

Caro Pedro;
Relativamente à estátua da Cindazunda, quém passa de carro ou a pé naquela Rotunda, fica
maravilhado com a entrada [norte], tendo no horizonte, a Torre da Universidade.
Aquela artéria ficou beneficiada,nada tem a ver com o antigamente, no entanto não devemos
esquecer a antiga Capela do Senhor do Arnado, bem como da Cruz, que hoje se encontra no
terraço....[superior] da Sé Velha, que com um pouco de perícia conseguimos ver no "Mapa da
Google"...
Relativamente à Cindazunda, só um reparo; aquela saia rodada, ou vestido, além de não estar bem colocado na cintura, nota-se que "não foi bem passado a ferro". De qualquer das
formas, estamos perante uma optima obra de arte, no meu modesto entender.
Melhores cumprimentos
Saintclair

Resposta

Link directo:

Cindazunda

#383757 | Pedro França | 18 Ago 2017 16:41 | Em resposta a: #383753

Oi, SC.:

Se acha que é uma ótima obra de arte, faço alto aqui e agora. Não me identifico, mas, poderei dar a mão à palmatória. Eu retirava o efeito campânula, está visto, não se adequa.

Abraço,
Pedro França

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383883 | rfmc | 23 Ago 2017 22:17 | Em resposta a: #383757

-
https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2017/08/20170806-221550.jpg
Rf.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#383906 | Pedro França | 24 Ago 2017 16:24 | Em resposta a: #383883

Caro SC.

Está bem, está bem. Salve-se a parte da cintura para cima...

Abr.,
Pedro França

Resposta

Link directo:

Joaquim António Augusto Aguiar

#383910 | saintclair | 24 Ago 2017 22:33 | Em resposta a: #383906

-
Na base estátua Joaquim Aguiar podemos ver o Brazão cidade Coimbra,nomeadamente
a figura da Cindazunda.
Estátua que deu basta polémica no tempo Estado Novo, no entanto o Tonito de Stª Comba,
sempre dizia; "deixem lá estar o Joaquim, o homem já não faz mal a ninguem"...e assim se
tem mantido no respectivo lugar ao longo dos anos.
http://fotos.sapo.pt/clubepatrimonio/fotos/?uid=nqZtT36m3z1kJh25YTYQ
Sc.

Resposta

Link directo:

A Viola no Arco de Almedina

#384694 | saintclair | 22 Set 2017 10:20 | Em resposta a: #383906

-
https://goo.gl/maps/abiRhcCh7uM2
Sc.

Resposta

Link directo:

Convento Santo António dos Olivais

#385107 | saintclair | 05 Out 2017 18:12 | Em resposta a: #384783

http://www.mensageirosantoantonio.com/messaggero/pagina_articolo.asp?IDX=175IDRX=34
Sc.

Resposta

Link directo:

Convento Santo António dos Olivais em Coimbra ano de 1834

#385116 | saintclair | 05 Out 2017 22:30 | Em resposta a: #385107

---
"Na senda de arranjos e melhoramentos nos adros da igreja de Santo António dos Olivais, na cidade de Coimbra, e na obediência à legislação vigente, os locais foram objecto de escavações arqueológicas.
Destas escavações resultou a descoberta de materiais passíveis de leituras, análises, propostas e especulações advindas de arqueólogos, historiadores, curiosos, animadoras, etc., etc., quantas vezes a denunciar inverdades e confabulações em nada condizentes com a Europa cultural e científica do século XXI.
É um facto indesmentível a arqueologia ser um parceiro amado e necessário à historiografia, mas não é determinante. A historiografia e a arqueologia têm de funcionar em complemento e no caso (é nossa opinião) não funcionou. Foram lançadas para a Comunicação Social afirmações especulativas, sensacionais e falsas. Basta ler e analisar os inventários de 1834, aquando da extinção do convento, para se observar asneiras afirmadas - ou, para melhor aferição, as provisões régias de 1498 e as visitações de 1500 desmentem muito do dito.
Afirmar que se descobriu a cela de Santo António não lembra ao diabo, muito menos aos historiadores, arqueólogos ou simplesmente curiosos. É que frei António de Lisboa morou no sítio do convento, mas ao tempo este não passava de uma estrutura com cerca rudimentar, cisterna junto à capela do Espírito Santo, uma densa mata e cabanas de ramagens emadeiradas espalhadas pela cerca e nunca um edifício de alvenaria edificado quase três séculos depois da passagem de frei António de Lisboa por Coimbra.
A questão do sítio exacto da cela de Santo António foi e continua a ser objecto de dialéctica saudável, mas nem a leitura e o cotejamento de documentos coevos permitem aferir a certeza do local.
Ao século XXI chegou um conjunto de documentos passíveis de subsidiarem as estruturas e as existências do convento. A prova maior reside nos inventários de 1834, na medida em que se trata de uma narrativa em contexto geo-temporal.
Uma das provas fundamentais é o inventário do edifício e cerca (ver caixa), descrito, avaliado e exarado em auto de diligência lavrado no dia 14 de Junho de 1834, um auto assinado pelo guardião frei Marcos de Coimbra, sendo secretário da diligência António Joaquim da Encarnação, louvados Domingos Rodrigues de Andrade (mestre carpinteiro de Celas) e José da Silva (mestre pedreiro de Chão do Bispo). Escreveu o auto o tabelião João José Madureira.
Esta diligência observou, descreveu a atribuiu valores ao edifício, cerca, objectos de culto, alfaias, paramentos e recheio diverso, com vista a entregar ao depositário, arrolar e futura venda ou devolução à novel jurisdição eclesiástica.
AUTO DE INVENTÁRIO DO EXTINTO CONVENTO DOS OLIVAIS DE COIMBRA - 1834
Anno do Nascimento de Nosso Senhor Jezus Christo de mil oitocentos e trinta e quatro anos, aos sete dias do mês de Junho do dito anno, neste Convento de Santo António dos Olivaes, aros da cidade de Coimbra, aonde eu escrivão vim na companhia do Dezembargador Corregedor da Comarca Manoel Homem Rebello Freire de Almeida, e do official de Justiça abaixo assignado, para o effeito de se proseder à descripção e inventário dos bens do referido Convento, hoje extincto e sendo ahí prezente o Padre Guardião Frei Marcos de Coimbra, elle Ministro lhe deferiu, em forma legal, o juramento dos Santos Evangelhos, e debaixo do mesmo lhe encarregou, que bem e fielmente desse à descripção todos os bens deste Convento, sem a menor ocultação, na certeza de que por isso ficará sujeito às penas da lei, e o responsabilizou de responder por todos os bens que se inventariarem, até que os mesmos se entreguem aquem pela Auctoridade for ordenado; o que elle prezente tudo prometeu cumprir, declarando logo neste acto que não havia mais Dinheiro algum em caixa, alem da quantia que se lhe achara, de trinta mil reis em metal, e vinte mil reis em papel, que tudo faz a quantia de sincoenta mil reis. E de tudo o referido fiz este asento que elle assignou com o dito Ministro, e official de justiça assistente. E eu Antonio Joaquim da Encarnação, Secretário da Comissão Municipal o escrevi e assignei.
Assinado por: Almeida / Antonio Joaq.m da Encarnação / Luis Pires / Fr. Marcos de Coimbra,
DESCRIPÇÂO DO EDIFÍCIO
Este extincto Convento de Santo António d'Olivais, aros desta cidade de Coimbra que se compoem de Egreja com porta femea para a escadaria, que conduz à estrada pública e aos lados da escadaria seis Capellas, que reprezentão os Paços da Paixão de Jezus Christo, alem d'outra fora da escadaria, chamada a do Cruzeiro com o Senhor do Amparo, onde termina o terreno que pertence a este Convento; dentro da grade de ferro à direita se acha uma capella denominada da Senhora das Dores, na Egreja coro; e no frontespício huma torre com dois sinos, com mais outro pequeno; no interior Claustro, em baixo refeitório, cozinha, cazas de farinha, uxaria, adega, caza d'alambique com seu forno; em sima Dormitorios, quartos, caza da livraria e mais outras de despejos e officinas em ambos os pavimentos, havendo na caza do Noviciado um relógio de torre com seu sino/e maço seguindo-se no exterior, pegado ao pateo calçado de tejolo com sua cisterna, e esta com sua roldana e cadea de ferro e duas caldeiras de cobre, cujo pateo tem ao lado do Nascente uma Capella da Senhora da Conceição; ao Sul outra do Prezépio; e ao Poente um pequeno jardim, e ao dito lado do Nascente se acha umas casas que serviam de hospedaria, tendo em baixo cavalarices, cazas de gado, e de lenhas, e com seu forno, seguindo-se pegada a cerca do Convento que se compoem de pouca terra de semeadura, arvores de fructo, pomar de laranja, sua fonte de agoa ao fundo, horta e matas, com varias Capellas e grutas espalhadas, e algumas em ruínas, cuja cerca é murada de volta. Parte este edifício com a referida cerca dum lado com a capella do Espírito Santo, do outro com estrada que vai para São Sebastião e do outro Calçada do Gato; e todo este edifício com a sua casa avaliarão os louvados em dois contos e quatro centos mil reis, e que em separado avaliarão a dita cerca em trezentos mil reis, e que ao Edifício não podia dar um valor de rendimento correspondente ao valor do casco, em razão da sua situação, e visto não ser elle construido para uso de particulares, mas para fins differentes; que por isso só lhe arbitravão de rendimento quinze mil reis; e que em quanto à cerca, que em parte se compoem de mata com boas madeiras, não arbitravão em mais do que em doze mil reis de rendimento annual com a condição de se lhe não cortarem as madeiras.
Há n'este edifício uma livraria que se compoem de muitos volumes da qual se tem feito descripção d'uma grande parte, cuja descripção se aprezenta a estes Autos, para melhor se entranhado, logo que se conclua, e que agora não é possível, em razão de ser necessario muito tempo e dos muitos affazeres do Serviço Publico que agora occorrem; e a sua chave fica em poder de mim Secretario da Comissão Municipal, e pelo que respeita aos objectos da Igreja se achão inventariados em separado, cujo inventário se appensará.
Declarou o Padre Guardião do Convento, em nada mais tinha a dar à descripção, que por agora lhe lembrasse; em consequencia do que elle Ministro mandou que se desse por findo esta descripção dos moveis e Edifício com sua cerca; e que a descripção dos objectos de Igreja se appensará a estes Autos; e que a da livraria continuasse logo que fosse possível; e de tudo isto no dia d'hoje catorze de Junho de mil oitocentos e trinta e quatro escrevi o presente encerramento que elle Ministro assignou com o dito Padre Guardião, impondo ao mesmo responsabilidade por todos os bens, em quanto não passão para o poder do Depozitário que se nomear; e tambem assignarão os louvados Domingos Rodrigues d'Andrade e José da Silva, e o tabelião João Jozé de Madureira, assistente a esta deligencia. E eu Antonio Joaquim da Encarnação, Secretário da Comissão Municipal desta cidade o escrevi e assignei."
Sc.

Resposta

Link directo:

Igreja Santo António dos Olivais

#385117 | saintclair | 05 Out 2017 22:57 | Em resposta a: #385116

-
https://goo.gl/maps/qNKVQe2hBSo
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385158 | saintclair | 06 Out 2017 23:28 | Em resposta a: #385117

http://acercadecoimbra.blogs.sapo.pt/tag/coimbra+s%C3%A9c.+xviii
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385679 | natercia7 | 22 Out 2017 17:55 | Em resposta a: #385671

Ora viva o Senhor SAINTCLAIR,

Vejo que continua a sua visita virtual por Coimbra.
Podemos imaginar o terror das freiras, com os franceses quasi às portas ! Em que ribanceiras da alma, em que angustias sem alvo deviam estar essas pobres freirinhas ! Tendo passado eu mesma anos num internato de Doroteias no Porto, lembro-me por exemplo do alvoroço em que as pôs o fim da guerra e as tentativas para se obter um pouco de Democracia, (estavamos em 45, 46, 47) . Os "vermelhos" iam tomar conta do Pais ! Durante umas semanas todo o Colégio de Nossa Senhora da Paz viveu terrorisado. Chegaram as férias, os vermelhos ficaram fora das fronteiras, no ano seguinte havia os exames a preparar, e a vida estava là, à nossa espera na rua, fora dos muros... Saludos Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385680 | saintclair | 22 Out 2017 18:21 | Em resposta a: #385679

Como vai Natércia?
Pelo que sei, hoje está um lindo dia de sol na Lusa-Atenas.
http://sic.sapo.pt/Programas/sic25anos/digressao/coimbra/2017-09-29-A-abertura-mitica-do-Primeiro-Jornal-em-Coimbra
Cumprimentos
Saintclair

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385681 | natercia7 | 22 Out 2017 18:41 | Em resposta a: #385680

Com este Outono, disfarçado em Verão, como acha que vou ? O.K.
Mas cada dia mais preguiçosa para ler e escrever, ou, o que é mais grave, para dar uns passeios e manter as articulações e o coração em estado razoàvel. Os sofàs e os cadeirões são uma tentação permanente.
Hà so uns minutos fui pedalar numa bicicleta de interior, so para compensar a tarde que passei à conversa, depois de um almoço de Domingo mais rico do que durante a semana. De resto, digo até breve ao meu Amigo e vou voltar a pedalagem. Abraço Natércia

Resposta

Link directo:

O Mágico de Auschwitz

#385686 | saintclair | 22 Out 2017 21:13 | Em resposta a: #385681

-
Natércia;
Werner Reich,um dos sobreviventes do Holocausto, vai estar na Universidade de Coimbra (UC), na próxima segunda-feira, dia 23 de outubro, para dar o seu testemunho impressionante sobre os horrores que viveu no campo de concentração de Auschwitz, onde foram assassinadas mais de um milhão de pessoas, durante a Segunda Guerra Mundial.
Na altura tinha 16 anos idade, aprendeu magia com o Snr. Levin, para poder sobreviver, e
hoje com 90 anos, vive nos E.U.A.
O Snr. Werner esteve num programa televisivo, na noite de ontem,onde o pode acompanhar.
http://noticias.uc.pt/destaque/1/sobrevivente-do-holocausto-werner-reich-o-magico-de-auschwitz-da-conferencia-na-uc/
https://www.rtp.pt/play/p3807/e311911/impossivel
Cumprimentos
Sc.

Resposta

Link directo:

Convento S. Francisco Ponte

#385716 | saintclair | 23 Out 2017 15:42 | Em resposta a: #385686

-
Construido por volta de 1247,hoje Praça Cortes Coimbra.
http://repositorio.ucp.pt/bitstream/10400.14/5018/1/LS_S1_03_AntonioBrasio.pdf#page=1
https://goo.gl/maps/Sfcs5Cfrvjn
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385724 | natercia7 | 23 Out 2017 16:52 | Em resposta a: #385716

Leitura apaixonante tanto como extenuante ! O Latim, que foi a minha matéria escolar preferida, jà fugiu !
No fundo da discussão, fico "banzada" pela ausência do famoso "juramento" do rei D. Pedro I, deante de cinco bispos, se nao me engano e deante de um grupinho de nobres de que fazia parte o meu avô Vasco GOMES de ABREU, bisavô do D. Vasco MARINHO de CASTRO. Não tenho agora presentes as referências documentais, mas estou certa que elas existem, e provàvelmente na T.T. Não quero moer-lhes a paciência com a historia desse meu ramo, mas saibam (jà todos o devem saber !), que o Infante D. João, filho de Pedro e Inês assassinou à punhalada, em Coimbra, a minha avo, Maria TELES de MENESES, irmã da rainha Leonor TELES. Os meus GOMES de ABREU de Melgaço descendem do primeiro casamento da Maria TELES de Meneses com o D. Alvaro DIAS de SOUSA. Ah! Mais!

salutaçoes a todos Natércia

Resposta

Link directo:

Convento S. Francisco Ponte-Stª Clara

#385736 | saintclair | 23 Out 2017 19:07 | Em resposta a: #385724

-
Em 1566, Joris Hoefnagel, desenhou o Convento
de São Francisco da Ponte, publicado na "civitatis
orbis terrarina".
Algum Confrade possui esse desenho?
Agradeço
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385746 | saintclair | 24 Out 2017 09:23 | Em resposta a: #385736

https://i.pinimg.com/736x/95/8b/b0/958bb05bbf8d08245479cd6aac4f0bbb--coimbra.jpg

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385747 | natercia7 | 24 Out 2017 09:32 | Em resposta a: #385736

Bom dia a todos.

Procurei os dados historicos que se referem ao tal "juramento" do rei D. Pedro I, e que legitimavam os três filhos tidos de D. Inês de CASTRO.
No dia 12/06/1360 deante de três Bispos, Lisboa, Coimbra e Bragança, assim como de cinco nobres, entre os quais se encontrava o meu avô Vasco GOMES de ABREU, o rei declarou ter esposado secretamente Dona Inês uns anos antes, (6 ou 7?) .
A confusão deve vir da cronologia : vemos as contribuições do Fernao LOPES, do Dr. João das REGRAS, de peritos do Vaticano ao longo dos séculos, e por fim temos as do Professor Marcelo CAETANO, não do homem politico mas do grande constitucionalista que teria sido, no dizer de amigos
meus que o tiveram como professor.
Obrigada ao caro Saintclair que de vez em quando me obriga a trabalhar mais a sério. Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385749 | PAIVAMANSO | 24 Out 2017 10:07 | Em resposta a: #385747

Bom dia
Só venho pedir desculpa por não ter realizado o que havia prometido; Ir tirar umas fotografias a casas antigas ali na zona do Almegue, para depois vos dar notícias, mas a falta de saúde não me permitiu.
Com um abraço de Amizade e um até sempre
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385750 | PAIVAMANSO | 24 Out 2017 10:22 | Em resposta a: #385749

Caros Amigos/ Amigas
Peço desculpa novamente, mas esqueci de dizer que não era só ir tirar as fotografias, mas também investigar as famílias que lá viveram. A velhice e a doença deram-me mais olhos do que barriga, mas fui obrigado a perceber que já não faz sentido andar sozinho por tão longe, mal conseguindo caminhar. Tudo tem um tempo limite na vida. É preciso ter a coragem de assumir as promessas falhadas por falta de juventude. Infelizmente, querer não é sinónimo de poder.
Outro Abraço a todas e a todos
Com Amizade
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Praça Cortes Coimbra

#385751 | saintclair | 24 Out 2017 10:55 | Em resposta a: #385750

Confrade Jorge Santos;
Bom dia, obrigado pela sua participação neste tópico.
O Jorge pode ajudar e muito sobre esta zona do Rossio,
Est. Univ.-Guarda Inglesa, Almegue etc.
É sobre o local em que decorreram as Cortes de Coimbra,
que pretendia alguma ajuda;
Há quem diga que foi no antigo Conv. S.Francisco da Ponte,
que no ano de 1699 já não existia,e que ficava alado à ponte
Manuelina,na margem esquerda Mondego, hoje Praça das
Cortes de Coimbra, no entanto o Google maps ainda não tem
esse registo!
Fico na expectativa das suas notícias, obrigado.
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385753 | natercia7 | 24 Out 2017 11:17 | Em resposta a: #385750

Caro Amigo,

Penso que o prazer de o "ver" retomar a conversa com os que se interessam a Coimbra, supera de muito a promessa que não teve ocasião de cumprir. Nada de arrependimentos ! Aproveite bem do tempo que resta, da saude que resta e das oportunidades de "bonheur" que se apresentam sempre, ao longo da vida.
Os amigos deste forum desejam-lhe com certeza, como eu propria, uma recuperação ràpida.
Um abraço da Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385894 | saintclair | 26 Out 2017 22:42 | Em resposta a: #385736

http://acercadecoimbra.blogs.sapo.pt/tag/av.+fernão+de+magalhãe

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#385896 | saintclair | 26 Out 2017 22:47 | Em resposta a: #385894

-
"Coimbra, os mosteiros das margens do Mondego
Aos pés da cidade de Coimbra, corre o Mondego, rio que veio a ser determinante para a história do Mosteiro de Santa Clara e de outros cenóbios que se localizavam junto das suas margens – o de S. Francisco da Ponte, o de Santa Ana e o de S. Domingos (os dois primeiros situados na margem esquerda do rio e o último na margem direita, numa relação de proximidade que veio a tornar-se fatal.
Dos primitivos edifícios destas instituições nada restou, exceção feita à igreja de Santa Clara, cuja atual feição foi moldada por séculos de vicissitudes, e que surge agora aos nossos olhos como uma ruína resgatada aos avanços do rio.
Os Frades Menores chegaram a Portugal em 1217, instalando-se em Coimbra, Guimarães e Alenquer.
Em Coimbra, os primeiros Menores (ou, da Ordem dos Frades Menores, depois conhecida como Ordem de S. Francisco) fixaram-se antes de 1220, na Ermida de Santo Antão dos Olivais (mais tarde Santo António dos Olivais) e, em 1247, estavam já instalados no Mosteiro de São Francisco da Ponte (desaparecido em 1602) na margem esquerda do rio Mondego, ou seja, em locais periféricos afastados das casas monásticas já estabelecidas.
Informação do editor do blogue
Na conhecida gravura de Coimbra que integra a obra Estampas Coimbrãs é possível identificar: na margem esquerda do rio, a jusante da ponte o primitivo mosteiro de São Francisco; também na margem esquerda e a montante da ponte o primitivo mosteiro de Santa Clara; no meio do rio, numa pequena “ilha” as ruínas do Mosteiro de Santa Ana.
No que respeita ao Mosteiro de S. Domingos as ruínas do mesmo foram, recentemente, identificadas por baixo do edifício da Avenida Fernão de Magalhães onde funciona o Almedina Coimbra Hotel.
Trindade, S. D. e Gambini, L. I. 2008. Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. Coimbra, Direção Regional de Cultura do Centro, pg. 9, 13 a 15
http://acercadecoimbra.blogs.sapo.pt/tag/av.+fern%C3%A3o+de+magalh%C3%A3es
Sc.

Resposta

Link directo:

Mosteiro S.Francisco Ponte

#385916 | saintclair | 27 Out 2017 12:03 | Em resposta a: #385896

-
http://3.bp.blogspot.com/_O7kS4QHFtm0/TE2GUoSZ5PI/AAAAAAAAALo/7OVpwUqPsgE/s1600/GravuraBraunio-r.jpg

Resposta

Link directo:

Cemitério São Francisco Ponte

#387881 | saintclair | 28 Dez 2017 19:17 | Em resposta a: #385896

"O ex-convento de S.Francisco da Ponte em passado remoto e recente foi palco de
obras de recuperação a requerer "estudos arqueológicos" das entrenhas da Igreja,
alpendre e envolvências a visar certamente o histórico do sítio. Os resultados
ignoram-se e o relatório não foi publicado, talvez por não acrescentar nada ao já conhecido.
Neste entendimento e entre as demais "vivências" cuidamos da necrópole [adro,
Igreja e alpendre] a partir de 1632 então pertença da catedral da Sé. Por outro lado
os carneiros sepulcrais do alpendre eram evidentes no pavimento agora tapados por ignorância do histórico ou tão pouco um acto "tipo atentado" ao património de
avoengos. É estranho as entidades responsáveis pela defesa e conservação do
património cultural tenham dado aval.
O 1º registo de óbito em S. Francisco da Ponte (Velho), soterrado no casario da
Avenida João das Regras, observou-se a 5 de Janeiro de 1632 na pessoa de Maria de Bairros do "burgo de Santa Clara, extra-muros da cidade e até finais do Século
XVII,os enterramentos fizeram-se na Igreja e adro de S.Francisco da Ponte-O-Velho
e somente a 2 de Outubro de 1699 o alpendre do novo Convento, na encosta da
Esperança dá sepultura a Francisco da Costa, criado de António Luís de Melo, da
Quinta do Almegue em tempo de grave peste na Região.
A profanação do cemitério de S. Francisco verificou-se no último trimestre do Séc.
XIX, quando a Companhia de Fiação e Tecidos de Coimbra, comprou a igreja e
convento,o que levou os párocos Stª Clara e S. Bartolomeu, perante o consumado
a 1 de Junho de 1875 a emitir o seguinte comunicado;
...os parochos das freguesias de S. Bartolomeu e Santa Clara de Coimbra, fazem
publico que em virtude do que lhes foi superiormente ordenado em data de 28 de
Maio último, vão proceder à trasladação dos restos mortais que se acham sepultados na igreja e adro do convento de S. Francisco da Ponte e remoção de
todos os objectos que nele aja, destindos ao culto divino, em virtude da Igreja ter
sido vendida à Companhia de Fiação e Tecidos desta cidade, pelo que previnem,
por este meio todas as famílias que na igreja daquele convento tenham jazigos ou
carneiros, para no prazo de 10 dias, a contar da publicação deste comunicado,
providenciarem sobre os restos dentro desses jazigos.
Manuel Joaquim de Castro, prior de S. Bartolomeu e Luís de Costa Pinto, prior de
Stª Clara."
D.C.26/2/2017
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#387969 | PAIVAMANSO | 30 Dez 2017 19:22 | Em resposta a: #387881

Cara Caro Saintclair
Peço desculpa por só agora vir responder á sua simpática mensagem que me dirigiu neste tópico no dia 24 Outubro último.
Agradeço as suas palavras simpáticas nessa sua mensagem onde escreveu ; “O Jorge pode ajudar e muito sobre esta zona do Rossio, Est. Univ.-Guarda Inglesa, Almegue etc.
Ficou a ideia que eu poderia acrescentar algo relevante sobre o tema, informação que eu soubesse e Saintclair desconhecesse. Não é o caso. Eu não sou seu professor, sou seu aluno.
Como é evidente sou eu que aprendo muito consigo e não o contrário.
Apesar de ter optando por raramente voltar a escrever algo neste excelente fórum, a verdade é que venho frequentemente ler algumas mensagens, em tópicos antigos e recentes, onde quase sempre aprendo algo mais, e só para lhe dar um exemplo li e reli muitos dos seus post`s inclusive neste tópico……
Acontece que muito do que leio nos seus textos me cativam, pois geralmente é informação que eu desconhecia. Não se esqueça que eu só consegui estudar até à sexta classe, o dito Ciclo Preparatório. Dizem que nem sempre ter mais currículo escolar, determina saber mais e melhor do que quem não tem, mas isso geralmente não é verdade.
O pouco que sei é quase nada. Há cerca de 3 anos encontrei dois sacos de plástico cheios de Livros Escolares muito usados, encostados a um daqueles grandes caixotes do lixo, municipais. Trouxe-os para casa e sendo Livros de várias disciplinas do 12º ano, inclusive de História, li as matérias que gostaria de ter estudado 50 anos antes. Naquele Tempo quem tivesse negativas a duas disciplinas, não passava de ano e ia logo trabalhar. Não faltavam vagas nos postos de trabalho de salário baixo, destinados a quem não tinha estudos. Presentemente até quem tem muitos estudos sente dificuldade de acesso a um posto de trabalho de ordenado mínimo. Sabemos porquê, mas este não é o sítio adequado para opinar sobre isso.
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#387974 | saintclair | 30 Dez 2017 21:03 | Em resposta a: #387969

Caro Jorge;
Esta zona do Almegue, Rossio, Guarda Inglesa, Choupal.... [Rio Velho, que só há
pouco tempo me despertou a atenção, e segui o seu antigo percurso, Campo do
Bolão, Cidreira, Tentugal e finalmente termina em Montemor-O-Velho], são coisas
importantes que o Jorge conhece desde criança.
Claro que agora são outros tempos, basta seguir o mapa da Google, e entramos
em qualquer local aberto às câmaras do carro Google,mesmo que seja na China.
Bom, a zona de Santa Clara é um local que ao longo dos séculos mantem a sua
imagem pouco alterada, claro que muita coisa mudou.
Agradeço as suas palavras, entretanto creia que sei pouca coisa de história, sigo
as oportunidades que aparecem sobre determinado tema, e com a ajuda que nos
é dada presentemente, consegue-se muita coisa.
Desejo-lhe um Bom Ano-Novo, bem como a todos os Confrades deste Forum.
Obrigado e aceite os m/ melhores cumprimentos
Saintclair

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#387976 | PAIVAMANSO | 30 Dez 2017 21:12 | Em resposta a: #278529

Cara Amiga D.ª Natércia
Estou a tentar responder ainda em 2017 a 4 ou 5 mensagens que por esquecimento não agradeci em tempo útil e vou tentar ser breve.
Peço desculpa por só agora vir responder à muito simpática mensagem que a Senhora me dirigiu neste tópico no dia 24 Outubro último. Em breve entraremos no novo ano de 2018 e embora isso pouco me diga, tentando respeitar o sentimento da maioria das Pessoas, Desejo Tudo de Bom para a Senhora e para todos os frequentadores deste fórum.
Respeitoso Abraço
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#387985 | Pedro França | 31 Dez 2017 00:19 | Em resposta a: #387969

Boa noite a ambos, Confrades Saintclair e Jorge Santos.

Gostei muito de ler estas intervenções sobre o antigo convento de S. Francisco da Ponte. Realmente, o que terá sucedido com as ossadas que se encontravam em jazigos e carneiros desse cenóbio...
...Aproveito o ensejo para desejar a ambos Boas Festas e continuação de bons artigos aqui no Fórum. Tudo de bom.

Sempre,
Pedro França

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#387988 | saintclair | 31 Dez 2017 11:34 | Em resposta a: #387881

Rectificação;
Onde se lê último trimestre século xix, deve-se
ler "último quartel século xix.[Erro do Jornal].
A notícia dá conta que os restos mortais deram
entrada no cemitério geral da cidade,[ à data já
existia o C. Conchada.]
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#388014 | PAIVAMANSO | 01 Jan 2018 22:12 | Em resposta a: #278529

Caro Amigo Sr. Dr. Pedro França
Agradeço o Desejo de Boas Festas que me endereçou. Sinto grande admiração pelo Senhor. Só quem o conhecer pessoalmente, perceberá inteiramente a justiça dessas minhas palavras. Em Fevereiro próximo, farei nove anos como confrade deste excelente site, pelo qual fiquei saudavelmente viciado. No início sabia quase nada, mas aprendi muito, através das Amigas e Amigos neste Fórum, e de todas essas pessoas, o Senhor é o único que conheci pessoalmente. Jamais esquecerei o grande privilégio que tive ao receber a Sua fascinante ajuda, naquelas pesquisas (para a Marta V) naquele dia 22 -03- 2012 no AUC.
Peço desculpa mas copiei e colei aqui:

“ Família de Penela 22 Março 2012 Cara Marta, fui ontem ao AUC, tratar de 3 ou 4 assuntos e o seu foi o mais demorado que exigiu o pedido de vários livros (nunca tinha pedido tantos livros à consulta num só dia) e veja só o que consegui trazer para si : Os nomes que constam em livros de Batismos, Casamentos, Certidão de Idade, Boletins de Matrículas, Ordenações Sacerdotais e outros, são os seguintes: João Peres de Almeida Freire, nasceu em 27 de Março de 1766, e foi Batisado em 20 de Agosto do mesmo ano, na Freguesia de São Miguel, do Concelho de Penela, do Distrito de Coimbra. Formou-se em Medicina na Universidade de Coimbra, onde se matriculou primeiramente em Filosofia a 31-10-1783 e depois em Medicina a 14-10-1788. Era filho do Baxarel José Peres de Aleluia que nasceu em 04-05-1734 na Freguesia de Santa Eufémia, do Concelho de Penela do Distrito de Coimbra e de Micaela Joaquina. O Casamento de José Peres de Aleluia com Micaela Joaquina, realizou-se na Capela de Nossa Senhora da Conceição, na Freguesia de São Miguel, do Concelho de Penela, no Distrito de Coimbra a 2 de Fevereiro de 1761. Os Pais de José Peres de Aleluia foram Cláudio José da Rosa nascido na Freguesia de Alvorge a 10-10-1700 e Luísa Teresa Caetana nascida em Ansião a 31-12-1704. Os Pais de Micaela Joaquina foram Sebastião de Almeida e Luísa Maria. Chegados aqui, o objectivo principal da pesquisa estava alcançado. Não houve tempo para procurar os Pais de Sebastião de Almeida nem os Pais de Luísa Maria. Mas ainda foi possível procurar nos Livros de Casamento e de Batismo do século XVII, mais quatro ascendentes : Os Pais de Cláudio José da Rosa foram o Licenciado Manuel Mendes da Rosa e Maria Peres Furtado e os Pais de Luísa Teresa Caetana foram Manuel Rodrigues Cadeleiro e Maria Freire, do Descampado de Cima, Ansião. Tudo isto dito assim até parece que foi fácil ou que sou muito competente, mas a verdade é que eu nem conseguia perceber o nome completo de Cláudio José …….. e por isso, fui pedir ajuda ao Dr. Pedro França que estava na sala. Ele, não só me disse que o nome completo era Cláudio José da Rosa, como também ao ver a minha dificuldade em avançar na pesquisa, ofereceu-me ajuda preciosa. Foi o Dr. Pedro França quem na verdade me disse que livros devia pedir, e por não termos informação de datas aproximadas, foi Ele quem pesquisou nos livros e encontrou os assentos de Batismo e Casamentos. Eu mal conseguia perceber como Ele estava a fazer aquilo, tal era o ritmo do pedido dos Livros e o frenesim das buscas Dele nos mesmos. Não se pense que isto demorou pouco tempo, antes pelo contrário. Fiquei preocupado por saber que lhe estava a roubar muito tempo. Os Livros e Cadernos estavam “parados” na secretária Dele, mas eu nunca teria hipótese de trazer estes nomes, estes dados, se não fosse assim, porque alguns daqueles assentos tinham grafias para mim praticamente ilegíveis. Só alguém muito conhecedor e experimentado os consegue ler. Foram momentos inesquecíveis, é muito agradável ver um verdadeiro investigador a mostrar como se faz, a ensinar, sem esconder nada, a ajudar mais e mais, sem eu ter pedido. Nunca me atreveria a pedir-lhe que perdesse aquele tempo todo. São casos raros, mas há pessoas assim. Aqui lhe presto a minha singela homenagem. Cara Marta, a meio deste texto, recebi uma má notícia, que não me permite discernir com calma, se estes nomes datas e lugares vão todos correctos. Sugiro uma de duas hipóteses: Ou a Marta pede fotocópias ou Certidões dos assentos acima referidos, ou contacta o Dr. Pedro França, que certamente lhe conseguirá mais nomes e mais dados importantes, talvez dos Avós e Bisavós de Micaela Joaquina, como talvez também dos Bisavós de José Peres de Aleluia. Sei que este tipo de trabalhos costumam ser feitos sob orçamento, mas isso não me diz respeito, e aliás, metade do trabalho já o Dr. Pedro França fez totalmente grátis. Um grande Bem-Haja para Ele, e para a Marta vão os meus Cumprimentos. “ Jorge Santos

Mal consigo acreditar; passaram quase 6 anos !
Desejo um Bom Ano de 2018 para todos, e neste caso, retribuindo ao meu Amigo Dr. Pedro França. Grande Abraço Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Inês de Castro

#388693 | saintclair | 23 Jan 2018 21:03 | Em resposta a: #385747

-
https://www.youtube.com/watch?v=dxbKCZMoxM0

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#390747 | saintclair | 06 Abr 2018 16:08 | Em resposta a: #388693

https://acercadecoimbra.blogs.sapo.pt/tag/coimbra+s%C3%A9c.+xviii

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#391522 | saintclair | 27 Abr 2018 12:26 | Em resposta a: #390747

https://clubepatrimonio.blogs.sapo.pt/14000.html

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#391538 | PAIVAMANSO | 27 Abr 2018 18:24 | Em resposta a: #391522

Saintclair
O ter de trabalhar desde tenra idade, ficar preso a horários e a problemas mais urgentes, as preocupações provocadas pelos baixos salários, a falta de currículo escolar, tudo isso e muito mais, deu origem a só muito tarde poder ir à procura de vestígios históricos e genealógicos. Foi então que comecei a perceber que quase todos os antigos monumentos nacionais, têm agora pouco a ver com as suas remotas traças iniciais.
Os castelos, os Mosteiros, as Igrejas, são alguns dos flagrantes exemplos, nas alterações que sofreram, quase sempre por necessidade de os salvar da ruína, fortalecendo as estruturas para lhes dar nova vida, ou para serem embelezados, o que regra geral foi conseguido.
Ainda assim, é curioso observar gravuras, desenhos antigos, e constatar as grandes diferenças de como eram as traças no século XVIII e como são hoje, tão alteradas.
Por exemplo em Coimbra; as Igrejas da Sé Nova, Sé Velha, Santa Cruz, São Tiago, o Convento de São Francisco, os Mosteiros da Rua da Sofia, os Castelo de; Coimbra, Penela, Lousã, o de Montemor o Velho, o Convento de Santa Maria de Semide, o Santuário do Senhor da Serra…… como seriam realmente no século em que foram fundados ?
Como e quantas seriam as casas de habitação do Povo, nos lugares entre o rio Tejo e o rio Douro no século XVII ? Deve haver Livros sobre isto, mas como ter acesso a eles ?
Novamente a realidade se abate sobre a fuga aos problemas que actualmente nos esmagam. Quem é que consegue resistir a fugir para o passado, se no presente vive à beira do abismo ?
Saudades Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Colégio S. Tomás Aquino

#391546 | saintclair | 27 Abr 2018 21:43 | Em resposta a: #391538

-
Caro Jorge;
Envio foto do antigo Colégio S. Tomás Aquino- Coimbra, em contraste com o actual Palácio
da Justiça- Coimbra.
"O Colégio de S. Tomás de Aquino, da Ordem de São Domingos, também conhecida por Ordem dos Pregadores (OP), foi estabelecido em Coimbra em 1539, após a mudança dos dominicanos da Batalha para a Lusa Atenas, no âmbito da acção reformadora da Universidade por D. João IIl. À semelhança dos seus congéneres europeus, era destinado a acolher alunos, chttps://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/Bb701ed79/20763211_kZihV.jpeglérigos ou leigos que prosseguissem estudos universitários. Instalado, de início, no mesmo edifício ocupado pelo convento dos monges de São Domingos, na zona da Figueira Velha, teve de se transferir mais tarde, devido ao assoreamento do rio e às constantes inundações causadas pelas cheias do rio Mondego. Em 1543, D. João III ordenou a aquisição de terrenos no Arnado para aí se erguerem as novas construções para o Mosteiro de São Domingos e para o Colégio de São Tomás, este para albergar lentes e estudantes da Ordem. Esta mudança, por dificuldades várias, levou à interrupção dos estudos no Colégio, os quais só foram retomados em 1566, já após a integração oficial do Colégio na Universidade, em 1557.
As instalações, hoje ocupadas pelo Palácio da Justiça, são do século XVI e demoraram cerca de 20 anos a concluir, dadas as dificuldades financeiras, como o revela Fr. Martinho de Ledesma, ao tempo reitor do Colégio e lente de Escritura na Faculdade de Teologia. Os rendimentos principais da instituição provinham da concessão régia de uma tença anual de 20 moios de trigo e 20 pipas de vinho, a qual viria a perder por troca da anexação dos rendimentos da igreja de Sambade no concelho de Alfândega da Fé. Esta anexação, porém, foi desfavorável ao Colégio que ficou a perder com a troca, pelo facto de os rendimentos oriundos de Sambade serem inferiores aos usufruídos com a tença referida, a ponto de os colegiais ficarem sujeitos a alguma penúria económica.
No século XIX, pelo decreto de 29 de Maio de 1834, como sucedeu, aliás, com os demais, o Colégio foi extinto, ficando os seus bens incorporados nos próprios da Fazenda Nacional.
O Portal do Colégio encontra-se hoje no Museu Machado de Castro aplicado na fachada que dá para o largo de S. Salvador. No século XX, o edifício quinhentista foi adaptado a Palácio da Justiça pelo Arq.º Manuel de Abreu Castelo Branco. Conserva o claustro original que é atribuído a Diogo de Castilho, contemporâneo de João de Ruão."
https://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/Bb701ed79/20763211_kZihV.jpeg
http://www.anteprojectos.com.pt/wp-content/uploads/2017/10/PJ-1.jpg
Mosteiro da Batalha; o que sofreu as maiores alterações estruturais.
Melhores cumprimentos
Saintclair

Resposta

Link directo:

Colégio S. Tomás Aquino

#391580 | saintclair | 28 Abr 2018 19:57 | Em resposta a: #391546

-
Faltou dizer;

Do edifício primitivo apenas resta o Claustro renascentista e o pátio ajardinado, com o eixo central marcado pelo tanque de água, numa possível evocação simbólica do Jardim do Éden e da Fonte da Vida; o portal da fachada nobre em arco de volta perfeita, e encimada pela estátua do patrono, está hoje implantado na fachada lateral do Museu Machado de Castro.
https://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/Bb701ed79/20763211_kZihV.jpeg
Funcionou como Colégio Universitário até á Revolução Liberal e foi incorporado na Fazenda Nacional como os outros Colégios em 1834.
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#391585 | saintclair | 28 Abr 2018 23:12 | Em resposta a: #391580

https://www.trc.pt/index.php/o-palacio-da-justica

Resposta

Link directo:

Palácio Justiça- Coimbra

#392256 | saintclair | 17 Mai 2018 17:21 | Em resposta a: #391538

Caro Jorge;
Em aditamento à m/ anterior mensagem, verifica-se que à entrada do actual Palácio da
Justiça de Coimbra, existe um painel a "contar toda a estória" deste local, desde o ANTIGO
Colégio S. Tomás Aquino, até à actualidade.
Não sei qual a rezão porque foi Omitida a foto do antigo Colégio S. Tomás de Aquino;
-;
https://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/Bb701ed79/20763211_kZihV.jpeg
http://www.anteprojectos.com.pt/wp-content/uploads/2017/10/PJ-1.jpg
---
Em seu lugar, existem algumas fotos do actual Palácio, o que desvirtua a passagem dos
acontecimentos, e induz em erro quem não conhece em detalhe a história...
Melhores cumprimentos
ASaintclair

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#392275 | PAIVAMANSO | 18 Mai 2018 00:14 | Em resposta a: #392260

Saintclair
Essa foto tipo sépia, obrigou-me a cansar os olhos, para ver ao pormenor a fisionomia da cidade de Coimbra daquele tempo, em que quase tudo era tão diferente. Qual terá sido o ano em que foi feito esse registo fotográfico ? Aumentei a dimensão da imagem, mas ainda assim fiquei com várias dúvidas, que não me atrevo sequer a expor. Que pena não ter hipótese de admirar detalhadamente essa foto, numa ampliação de melhor nitidez de modo a ser possível visitar mentalmente aquelas ruas, aquelas casas, terrenos, ruínas e monumentos, tal qual eram naquele tempo.
Agradecido
Jorge Santos.


.

Resposta

Link directo:

Teatro-Circo Conimbricense

#392276 | saintclair | 18 Mai 2018 00:52 | Em resposta a: #392275

-
Caro Jorge;
Aqui vai uma pequena explicação.
>>; Chaminé lado esqdº; Conhecida como a fábrica do gás, que fornecia combustivel para
alimentar candeeiros ilum. cidade.
>>LOSANGO; Teatro circo Conimbricense por volta de 1885.
>>Edificio primitivo Colégio S.Tomás Aquino, [hoje Palc. Justiça,edif. novo.]
>>Em 2º plano; Casas Terreiro Erva, vendo-se na encosta prédios R. Corpo Deus, Colégio Orfãos,etc.
aA/;---- CTRL+
http://4.bp.blogspot.com/-0ZgwiwIM2Fs/VfNoDZNFXzI/AAAAAAAABp8/x74wSddn4oA/s320/19148.jpg
Cumprimentos
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#392283 | saintclair | 18 Mai 2018 10:41 | Em resposta a: #392275

-
Caro Jorge;
Estas imagens vão ajudar a entender a foto
antiga;
http://4.bp.blogspot.com/-0ZgwiwIM2Fs/VfNoDZNFXzI/AAAAAAAABp8/x74wSddn4oA/s1600/19148.jpg
https://goo.gl/maps/3pyi8eV9Qo72
https://goo.gl/maps/JeAhJkhcUCP2
https://goo.gl/maps/aEswzK2h6oN2
https://goo.gl/maps/r5ahft9wcNT2
Cumprimentos
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#392293 | saintclair | 18 Mai 2018 15:30 | Em resposta a: #392283

Caro Jorge;
Lembra-se do " Teixeira", sim aquele que andava sempre com a " malta dos estudantes"....
Pois o seu verdadeiro nome é; Raul dos Reis Carvalheira, isto vem a propósito da rua com
o seu nome que aparece nesta foto;
https://goo.gl/maps/aEswzK2h6oN2
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#392295 | saintclair | 18 Mai 2018 15:33 | Em resposta a: #392293

https://goo.gl/maps/UdpvLVCkM8q

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#392298 | PAIVAMANSO | 18 Mai 2018 15:54 | Em resposta a: #392283

Saintclair, o cenário ficou claro com essa explicação. Temos então a Rua da Sofia, que nos guia até ao coração e ao cérebro da cidade.
Sim, as imagens ajudam a entender a foto, e é impressionante comparar a urbe antiga e a actual. Bem ou mal; assim se foi expandindo a cidade !
Algures entre aquele aglomerado; a milenar Praça Velha, que podemos ver na foto disponibilizada no excelente blog “AS TIAS CAMELAS”.
Era o tempo em que existia um cabeleireiro num prédio colado à lateral da Igreja de S. Tiago, cuja frontaria, muito diferente da configuração actual, exemplifica as adulterações feitas ao longo de séculos, nos monumentos.
Cumprimentos Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#392300 | PAIVAMANSO | 18 Mai 2018 17:01 | Em resposta a: #392298

Saintclair Quem vivendo em Coimbra naqueles tempos, não se lembrará com saudade do Teixeira, aquele Homem Bom, pacífico simples e educado, tão querido pelos estudantes e pela população em geral ? São as pessoas puras como Ele era, que jamais esqueceremos, pois continuam vivas na nossa memória.
Cumprimentos Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#395617 | saintclair | 20 Mai 2018 11:55 | Em resposta a: #392300

http://portugaldominicano.blogspot.pt/2008/09/antigo-colgio-de-s-toms-coimbra.html

Resposta

Link directo:

Rua Sofia, Conjunto Colégios tempo D. João II

#395641 | saintclair | 20 Mai 2018 12:07 | Em resposta a: #395617

Caro Jorge;
Veja aqui a marcação da antiga cidade Universitaria.... tempo D. João II.
http://i164.photobucket.com/albums/u17/banithor/Portugal/Coimbra/Rua%20da%20Sofia/ImageMaximized14.jpg
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#395647 | saintclair | 20 Mai 2018 12:10 | Em resposta a: #395641

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=503390

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#398738 | saintclair | 21 Mai 2018 16:12 | Em resposta a: #395641

Rectificação;
Onde se lê D. João II, deve ler-se D. João III
Sc.

Resposta

Link directo:

Painel Rainha Santa dando esmola ao Ancião

#405350 | saintclair | 13 Jul 2018 19:46 | Em resposta a: #398738

-
Na Vila de Ansião existia um retábulo Rainha Santa a dar esmola a um Ancião, datado de
1937.
É curioso que em tempo passado houve grande polémica sobre o modo de escrever
a palavra; com C ou com S. Depois de alguns "Pareceres de intelectuais da época",passou
a escrever-se; Ansião!
-
http://4.bp.blogspot.com/-iF9wQV9VsZY/UfpH76I81fI/AAAAAAAAO8I/hgNXvkas0rM/s1600/rainha+santa.jpg
Sc.

Resposta

Link directo:

Painel Rainha Santa dando esmola ao Ancião

#405610 | saintclair | 20 Jul 2018 22:41 | Em resposta a: #405350

-
... O Municipio de Ansião procedeu à substituição do painel de azulejos da Rainha Santa, a
dar esmola a um Ancião, datado de 1937, por uma réplica mal conseguida.
Teria sido preferivel a Camara ter mandado promover ao restauro do painel-original.
http://4.bp.blogspot.com/-iF9wQV9VsZY/UfpH76I81fI/AAAAAAAAO8I/hgNXvkas0rM/s1600/rainha+santa.jpg
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#405642 | PAIVAMANSO | 22 Jul 2018 08:17 | Em resposta a: #405610

Saintclair
Não me parece que esse Retábulo estivesse tão degradado que precisasse de restauro, alguns danos antigos atestam as vicissitudes da história. Na verdade, disso percebo rigorosamente nada.
Em alguns restauros realizados por pessoas não especialistas na matéria, mais valia terem ficado quietos, para não danificarem ainda mais.
Estaria exposto em local demasiado desprotegido ? Será que substituíram esse Retábulo, com intuito de o guardar algures em sitio mais seguro, mas à vista dos apreciadores bem intencionados ?
Cumprimentos
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Painel Rainha Santa dando esmola ao Ancião

#405644 | saintclair | 22 Jul 2018 09:57 | Em resposta a: #405642

Caro Jorge;
Segundo consta foi ideia do Presidente da Câmara.
A polémica em redor desta intervenção foi levada à
reunião da A. Municipal, [ver Serras Ansião de 15 de
Julho 2018], tal não foi o impacto que causou naquela
Vila. Entretanto o Presidente reconhece as anomalias
no Retábulo, diz que vai restituir-lhe a dignidade.
Obrigado pela sua participação
Melhores cumprimentos
Sc.

Resposta

Link directo:

Painel Rainha Santa dando esmola ao Ancião

#405672 | saintclair | 22 Jul 2018 19:46 | Em resposta a: #405642

-
" Grilos e gafanhotos na alimentação humana!"
https://24.sapo.pt/jornais/local/7326/2018-07-13#&gid=1&pid=159
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#405748 | miguel monteiro | 24 Jul 2018 22:15 | Em resposta a: #405741

Mas o que tem isto a ver com a Quinta do Almegue, lá para os lados do choupal, em Coimbra?
Quase parece aqueles ataques informáticos que por vezes fazem no fórum.

miguel monteiro

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#405750 | saintclair | 24 Jul 2018 23:13 | Em resposta a: #405748

Tem tudo a ver, como é óbvio.
Cumptºs
Sc.

Resposta

Link directo:

Montes Alentejanos

#405922 | saintclair | 30 Jul 2018 09:58 | Em resposta a: #405672

-
...Curiosidades;
A forma como se dão notícias! .....

https://www.tsf.pt/sociedade/interior/incendio-em-parque-exterior-da-celulose-de-vila-velho-de-rodao-nao-ameaca-fabrica-9652807.html
-
https://goo.gl/maps/HM2QLHPsTvK2
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#409611 | saintclair | 13 Nov 2018 12:19 | Em resposta a: #374058

-
Natércia;
...O que é feito de si?
Aguardamos por notícias
Cumprimentos
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#409616 | natercia7 | 13 Nov 2018 16:03 | Em resposta a: #409611

Que simpàtica esta mensagem ! Que quere que lhe responda uma velhota, num Outono que tanto é Verão, tanto é Inverno ? E peor que tudo, uma velhota, abandonada pelo seu amor desde hà mais de um ano, e que, passado esse ano, està nume crise de nostalgia terrivel, a reviver 60 anos de felicidade. Não é depressão, é tristeza muito muito amargurada, a reviver tanta felicidade que mais não voltarà.
O que me ajuda e que me faz chorar ao mesmo tempo são os versos do Louis ARAGON, cantados pelo Jean FERRAT. Se não conhece, peça no Google. Fisicamente o meu Pierre era do tipo do Ferrat, grande e magro, mesmos ideais de fraternidade, Mas o Pierre não cantava, graças a Deus. So para fazer rir em familia, cantos em gascon, como "Beth ceo de Pau" ( não sei se é assim !). Neste primeiro ano de solidão, a genealogia e o blog ajudaram muito, mesmo muito, mas como tenho as minhas raizes da Galiza tão dificeis de atingir, e que de Portugal nada vem, estou sem afazeres desses lados.
Espero uns registos do lado de Pontevedra e dados do meu querido primo Dr. Iñaki Paiva de Sousa. Mas o grande entusiasmo esmoreceu muito desde o dia 26/10/17.
As saudades são tantas ! Um grande abraço e un merci muito sentido da Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#409650 | natercia7 | 14 Nov 2018 10:36 | Em resposta a: #409616

Bom dia caro Saintclair.

Perdoe o ton melancolico de ontem. Mas a vida tornou-se assim. Manifestamente preciso de muito mais que um ano para "recuperar". Uma quarta bisneta, que deve chegar em Fevereiro deve, espero eu, ajudar-me. E as atençoes, como a sua de ontem, também ajudam. Coisa em que eu não acreditava. Mas constato que é verdade, a presença dos outros faz bem. O Pierre era o ser mais social que se possa imaginar, "os outros" (quanta vez me peguei com ele pela excessiva atenção aos outros) depassavam a familia, ele era so bondade, generosidade. E eu era a sua estrela, numa doença gravissima que me atacou hà dez anos, foi o oncologista e ele (presente 24/24) que me salvaram. Pode dizer-se que me salvou a vida. E esquecê-lo , ou so desvanecer a saudade, é-me impossivel. Mais uma vez obrigada por se ter lembrado de mim. Um abraço da Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#410304 | natercia7 | 07 Dez 2018 11:04 | Em resposta a: #409650

Bom dia amigo Saintclair,

As minhas duas mensagens anteriores tiveram um efeito desastroso nas nossas relaçoes. Compreendo o seu silêncio, e penso que a minha reaçao, se a situaçao fosse simétrica, seria a sua actual. Por isso proponho um ponto final e para mudar de conversa pergunto-lhe como vê os acontecimentos actuais aqui em França. Amanha vai ser um dia angustiante. Até breve, com toda a amizade da Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#410311 | saintclair | 07 Dez 2018 15:01 | Em resposta a: #410304

Cara Natércia;
...Não lhe respondi pelo motivo de estar fora do País.
Entretanto sobre o que se passa em França, teremos que
analisar o que se está a passar nesta Europa, que começa
a ficar órfã de dirigentes com alguma sabedoria...
Reino Unido, França, Alemanha estão a perder o controlo do
"Navio", outros tomarão o seu lugar, por exemplo; "A Nova Rota
da Seda".etc.
Freixo de Espada à Cinta teve nestes ultimos dias a visita da
Imprensa Chinesa, imagine que os primeiros Embaixadores do
Oriente forem os simpáticos "Bichos da Seda".
Bom, tinha muita coisa para escrever, no entanto fica para depois
de receber a sua comunicação.
Em breve estarei em Portugal, depois tudo será mais fácil.
Até breve.
Melhores cumprimentos
Sc.

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#410334 | saintclair | 08 Dez 2018 15:46 | Em resposta a: #410311

http://www.clubedejornalistas.pt/

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#410336 | natercia7 | 08 Dez 2018 17:15 | Em resposta a: #410334

Olà Saintclair,

Nao sei se me destinava este link, mas saiba que a desconfiança que os jornalistas inspiram aqui em França, é um dos dados da quasi revoluçao actual.
Os jornalistas sao hoje em dia "empregados" dos grupos financeiros que possuem a Imprensa de maneira geral, à parte duas ou três excepçoes. Como bons empregados escrevem o que agrda ao patrao.
Além disso desde hà muito estabeleceu-se um "copinage" de restaurantes, férias partilhadas, etc que desnatura a validade das fontes. E para coroar tudo aparece a explosao das redes sociais, sem controle nenhum, so mergulhados no instantâneo, no buzz, no boato sem verificaçao. Essas redes sociais estao a dar cabo do pouco de democracia de que gozavamos.
E estes "gilets jaunes", turba multiforme, mesmo muito pouco culta, sente essa desconfiança, Eles levantam-se todos os dias para ir ao trabalho, apenas recebem o que lhes permite sobreviver, e veem os serviços sociais, que eram pràticamente os melhores do mundo pouco a pouco desaparecer, ou diminuir.A Saude vê os Hospitais so nas grandes cidades e com o pessoal diminuido, a Educaçao, gratuita e de grande qualidade tem o pessoal menos pago da Europa e os "marchands de soupe" (ensino privado) à espreita e a deitar a mao ao que pode. Os estudos adquados com a mundialisaçao, os high tec, a finança, aparecem como champignons depois da chuva, mas custam uma fortuna para a familia. Na Defense, em Paris, abriu um desses institutos onde se entra, nao pela capacidade intelectual para estudar essas matérias, mas quando o aluno pode pagar 7.000 euros de inscriçao.
Tudo isto é o perfeito contràrio do pacto social que descobri quando vim para a França em 57 e pelo qual o meu querido Pierre tanto combateu durante tantos anos, ele que filho de resineiros, fez os estudos com bolsas, e conseguiu pelo trabalho e pela sua inteligência, entrar na mais prestigiosa Alta Escola Francesa, a Ecole Normale Supérieure. Coisa que o Senhor MACRON, se nao me angano, falhou duas vezes...
No proximo n° vai a suite. Abraço Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#410354 | natercia7 | 10 Dez 2018 11:10 | Em resposta a: #410334

Bom dia Amigo Saintclair,

O Presidente vai falar hoje. Se nao sai da rigidez mental de que tem feito prova até aqui, tudo é de temer.
As classes médias inferiores, aqueles que trabalham so para comer e a quem se vem retirando o colchao de serviços de saude; de educaçao, de cultura herdados da segunda guerra mundial e até qui de boa qualidade, nao vao voltar para casa depois de quase um mês de reboliço, so com blabla e promessas;
O Presidente, jovem e sem experiencia, tem que dar aumento de salàrios, tem de ir buscar aos ricos e diminuir o que se pede aos "trabalhadores pobres". E hà um aspecto particular na situaçao actual, é o antigo papel da França na Europa. Desde a Revoluçao Francesa, politicamente, de maneira positiva ou negativa, a França serviu muito de exemplo. E como as "mesmas causas produzem os mesmos efeitos", e que em todo o nosso continente, a situaçao de pressao inaceitàvel das classes médias inferiores" està à obra, é de temer que estejamos so nas premicias de graves acontecimentos no futuro proximo. E nao so aqui. A ver vamos, como dizia o Outro. Um abraço Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#411120 | natercia7 | 10 Jan 2019 13:06 | Em resposta a: #410354

Bom dia Amigo SAINTCLAIR,

Descubro que hà um mês que lhe mandei a ultima mensagem.
Então que é feito de si ? Ainda anda a viajar ?
Ou desligou do forum ?
Pense que hà outros que eu mesma para se regalarem com as suas "trouvailles".
Até breve, um abraço da Natércia

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#411121 | saintclair | 10 Jan 2019 14:02 | Em resposta a: #411120

Natercia;
Não tenho tido oportunidade, logo que possa dou
notícias.
http://novoadamastor.blogspot.com/
Melhores cumprimentos
Saintclair

Resposta

Link directo:

Quinta do Almegue - Coimbra

#411122 | natercia7 | 10 Jan 2019 14:16 | Em resposta a: #411121

Agradeço a pronta resposta, mas nao o link indicado.. Abraço Natércia

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 24 Jan 2019, 06:26

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen