cartilha de orientação

Este tópico está classificado nas salas: Direito

cartilha de orientação

#391884 | LAMBERT | 09 Mai 2018 02:27

Eu considero o GENEALL uma ferramenta espetacular, já participo há alguns anos, não com muita frequência, mas o suficiente para identificar a solidariedade dos participantes e a profusão de informações que encontramos quando buscamos nossos antepassados, para identificarmos a nossa origem.
Sabemos de cor os nomes daqueles que não poupam esforços para ajudar um participante.
Lei recente em Portugal abriu uma oportunidade para que muitos brasileiros, descendentes de Português, buscarem sua cidadania portuguesa.
Geralmente são jovens, em busca de um futuro melhor, que ainda jovem não tem muito tempo para pensar em genealogia; provavelmente ouviram falar da importância do site, mas provavelmente não tiveram outras informações que os ajudariam a redigir um pedido de acordo com suas necessidades, porém dando todas informações que já possuem.
Enfim, será que o próprio site ou algum participante poderia escrever uma CARTILHA de ORIENTAÇÃO para esse pessoal que tem um interesse imediato e provavelmente único?
Abraço
Lambert

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#391895 | saintclair | 09 Mai 2018 09:46 | Em resposta a: #391884

-
Caro Confrade;
...Talvez o busílis da questão esteja na falta de "Cartilha género maternal".
Ainda recentemente apareceu uma mensagem a solicitar ajuda; num espaço
de meia dúzia de linhas,o Pronome Ele, foi escrito meia-duzia de vezes, em
prejuízo do Nome-Próprio, que foi omitido.
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d8/Cartilha_maternal.jpg
Melhores cumprimentos
Saintclair

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#391899 | FilipeFlard | 09 Mai 2018 15:27 | Em resposta a: #391895

Confrade Saintclair,

Estou certo de que o confrade Lambert só estava preocupado em ajudar. De qualquer forma, já que se fala do estilo de certas figuras que por cá aparecem, apresento-lhe este tópico hilário iniciado há uma década, certo de que o achará bastante divertido:

https://geneall.net/pt/forum/149499/nome-de-descendentes-de-duque-de-caxias/

Com os meus melhores cumprimentos,

FilipeFlard

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#391901 | LAMBERT | 09 Mai 2018 17:21 | Em resposta a: #391884

A intenção é ajuda-los, o que eles procuram é a “chave”. Chave que lhes possibilite abrir as portas para futuro.
Fico pensando no menino Joaquim, que aos 11 anos saiu de Tábuas em Miranda do Corvo e veio para o Brasil, talvez com os mesmos sonhos desses garotos que hoje solicitam o registro do avô de nome Joaquim, que nasceu em Portugal.
Tomara Deus que esses garotos consigam seus propósitos, certamente, hoje, não passarão o que Joaquim passou, que não mais viu seu Pai, sua Mãe, alguns irmãos, todos os demais parentes e certamente alguns amiguinhos com quem por lá se divertia.
A fila anda...

Lambert

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#391902 | Manotorres | 09 Mai 2018 17:59 | Em resposta a: #391884

Eu tenho 23 anos. Iniciei-me na genealogia com 16/17 quando, sozinho (leia-se sem ajuda de advogados, apenas auxilio de confrades numa comunidade) tirei a nacionalidade do meu avô, depois da minha mãe e, finalmente, com 18 anos anos completos, assinei o meu próprio requerimento a declarar que queria ser português. Obtive a minha nacionalidade em 2013 e continuei na genealogia.

Onde eu quero chegar? A maioria dos que eu vejo por aqui a pedir ajuda (que colocam data de nascimento no perfil) têm 30 anos +/-. Alguns até mais velhos já na faixa dos 45. Chegam a este fórum, jogam poucas informações no ar e querem respostas. Como se houvessem aqui máquinas sobrenaturais de achar pessoas. Gente que vem pedir ajuda e não se dão o trabalho nem de explicar a situação. Não se esforçam para serem compreendidas. São os maiores interessados e não demostram empenho. Isso não é questão de idade, é questão de desleixo.

Eu já estive no lugar dessas pessoas e sempre me esforcei para ser compreendido, para entender, colocar a "mão na massa". É por isso que quando eu vejo esses tipos desleixados nem perco meu tempo. Idade não é desculpa!

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#391903 | Manotorres | 09 Mai 2018 18:39 | Em resposta a: #391884

O exemplo trazido pelo SaintClair é o puro desleixo a que me refiro. O exemplo trazido pelo FilipeFlard também demonstra a falta de interesse deste tipo de usuário. Não querem ler nada. Este tipo de pessoa não lê cartilhas.

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#391904 | silvestre | 09 Mai 2018 18:49 | Em resposta a: #391902

Manotorres,

Tirou-me as palavras da boca.
Idade não é posto e muitas destas pessoas que pedem ajuda são meros intermediários que não trabalham de graça, ou, sem eufemismos, vendem o trabalho de quem o faz abnegadamente neste forum. Por isso, só me mexo quando considero que a pessoa merece esse trabalho e confesso que já aconteceu saber a solução e nada fiz, pela petulância da pessoa que "exigia" o "serviço". Por vezes vejo confrades a solucionar o problema e nem "obrigado" recebem. Claro que há quem mereça toda a ajuda e já o fiz e continuo a fazer com pessoas que já conheci neste forum e com quem mantenho relações de amizade.
Vera

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#391945 | FilipeFlard | 10 Mai 2018 16:31 | Em resposta a: #391884

Orientações gerais para pesquisa:

Se deseja informações sobre seu tetravô, peço informar local e data de nascimento, casamento e óbito de seu trisavô, bem como o nome dele, com quem ele se casou e os nomes, locais e datas de nascimento de seus filhos.

Se deseja informações sobre seu trisavô, peço informar local e data de nascimento, casamento e óbito de seu bisavô, bem como o nome dele e com quem ele se casou e os nomes, locais e datas de nascimento de seus filhos.

Se deseja informações sobre seu bisavô, peço informar local e data de nascimento, casamento e óbito de seu avô, bem como o nome dele e com quem ele se casou e os nomes, locais e datas de nascimento de seus filhos.

Se deseja informações sobre seu avô, peço informar local e data de nascimento, casamento e óbito de seu pai, bem como o nome dele e com quem ele se casou e os nomes, locais e datas de nascimento de seus filhos.

Se não souber alguma das informações solicitadas, responder tudo o que sabe e especificar o que não sabe.

Se não souber nada sobre o tetravô, responda sobre o trisavô.
Se não souber nada sobre o trisavô, responda sobre o bisavô.
Se não souber nada sobre o bisavô, responda sobre o avô.
Se não souber nada sobre o avô, responda sobre o pai.

Cordiais cumprimentos,

FilipeFlard

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#392013 | PAIVAMANSO | 11 Mai 2018 17:03 | Em resposta a: #391945

Caras Amigas e Amigos
Em tempos imaginei compilar uma Cartilha como o Celso Lambert refere, mas desisti por falta de competência. Considero que parte dessa Cartilha está dispersa em milhares de mensagens de ajuda, que muitos confrades deram ao longo de anos, a descendentes de Portugueses, neste Fórum.
Aprendi sobre Pesquisas Genealógicas, ao ler muitas dessas mensagens de pedidos de ajuda e respectivas respostas explícitas e eficazes. Autenticas aulas que explicam o que fazer e como fazer. Cada caso é um problema diferente, e seja pela complexidade, falta de dados para iniciar pesquisas, ausência de Livros de Paroquiais disponíveis à consulta, ou outras diversas dificuldades que surgem não raramente, creio que mesmo havendo uma Cartilha, nunca será a solução completa.
Essa Cartilha deve ser disponibilizada, mas continuará a ser necessário que alguém experiente nas Pesquisas Genealógicas aqui em Portugal, realize os procedimentos do modo mais adequado para cada caso específico.
Neste Fórum aprende-se a procurar vestígios de alguém que tendo Nascido em Portugal, emigrou para o Brasil, já adulto ou ainda criança, e cem ou duzentos anos depois, vem um descendente Brasileiro à procura do Assento de Baptismo desse Avô, Bisavô, ou Trisavô Português…..
Quem ainda tiver capacidade, saúde e alegria, pode fazer essa Cartilha a que o meu Amigo Celso Lambert se refere. Infelizmente não é o meu caso.
Para não sofrerem desgostos, sugiro que dêem sempre as ajudas apenas por paixão e generosidade, sem esperarem agradecimentos em troca.
Voltar a procurar, e a ver aquela casa velha e abandonada de onde saiu aquele menino da Aldeia de Tábuas, cheio de angústia, e sabendo que jamais voltaria a ver o seu Pai, a sua Mãe, os seus Irmãos…… só me traria dor tristeza e sofrimento. Separado dos Pais e Irmãos naquela tenra idade. Atirado para o outro lado do mar à procura de uma vida melhor. Aos 11 anos de idade ! Nem consigo imaginar a imensa dor que rasgou para sempre os corações daquela Família.
Abraço de Amizade Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Cartilha de Genealogia

#392014 | saintclair | 11 Mai 2018 17:39 | Em resposta a: #392013

-
Caro Jorge;
É uma realidade o que escreveu, o arquivo-vivo do Forum é uma mais-valia para todos nós.
Basta consultar as mensagens trocadas em tópicos, para se aprender a procurar ajuda, e a
saber agradecer.
"Considero que parte dessa Cartilha está dispersa em milhares de mensagens de ajuda, que muitos confrades deram ao longo de anos, a descendentes de Portugueses, neste Fórum.
Aprendi sobre Pesquisas Genealógicas, ao ler muitas dessas mensagens de pedidos de ajuda e respectivas respostas explícitas e eficazes. Autenticas aulas que explicam o que fazer e como fazer. Cada caso é um problema diferente, e seja pela complexidade, falta de dados para iniciar pesquisas, ausência de Livros de Paroquiais disponíveis à consulta, ou outras diversas dificuldades que surgem não raramente, creio que mesmo havendo uma Cartilha, nunca será a solução completa."
Melhores cumprimentos
Saintclair

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#392037 | PAIVAMANSO | 12 Mai 2018 10:10 | Em resposta a: #392014

Saintclaire
Pego nas suas palavras : É uma realidade o que escreveu, o arquivo-vivo do Fórum é uma mais-valia para todos nós. Basta consultar as mensagens trocadas em tópicos para se aprender a procurar ajuda e saber agradecer.
A designação de Arquivo Vivo não me tinha ocorrido, mas é a maneira feliz de referir este Fórum. Para lermos muitos Livros temos de sair à rua e ir a uma boa Biblioteca, mas neste Fórum de acesso grátis basta clicar para lermos imensos “Livros” sobre Genealogia e ainda temos hipótese de fazer novos Amigos /as entre um universo de milhares à nossa escolha.
O Celso Lambert é um dos Amigos desconhecidos da net, deste Fórum, e de dezenas de e-mails que trocámos nos últimos 8 anos. Nunca apareci a ninguém a quem dei ajudas nas pesquisas genealógicas e por isso não conheço as caras nem os corações, mas o Celso é um dos Amigos virtuais que muito estimo, e sei que a ideia da Cartilha é benéfica.
Talvez alguém faça a tal Cartilha, que na minha humilde opinião daria um Livro de muitas páginas. Por agora, temos as valiosas luzes oferecidas por centenas de Confrades que contribuíram e continuam a contribuir para a investigação, pesquisa e resolução de pedidos de ajuda.
Saintclair tem sido uma dessas lanternas de luz amiga e solidária e por isso aqui lhe envio um respeitoso abraço de Amizade.
Jorge Santos

Resposta

Link directo:

cartilha de orientação

#392211 | PAIVAMANSO | 16 Mai 2018 15:39 | Em resposta a: #392037

A CARTILHA teria como objectivo, ajudar quem no Brasil e em Portugal ainda não sabe como e onde fazer pesquisas genealógicas.
Talvez fosse importante começar por referir uma lista das várias entidades que possuem bases de dados relevantes que podem ser consultadas.
Depois, uma a uma, explicações detalhadas de o que fazer e como fazer para aceder a cada uma dessas bases de dados, e que dados podem ser colhidos em cada uma dessas bases de dados.

Por exemplo; Consta que o registo de Estrangeiros no Brasil, entrou em vigor no ano de 1938 e todos os estrangeiros que à data tinham menos de 60 anos de idade foram obrigados a registarem-se. Esta é uma das várias fontes que carece de ser explicado que dados contêm e como ter acesso a ela.

Cada caso é um caso, e as dificuldades costumam ser muitas e variadas.
Nas mensagens deste Fórum, aprendemos a fazer muitos procedimentos.

O tópico abaixo exposto é só um dos exemplos de centenas de outros, que ensinam o que fazer e como fazer, porque muitas das vezes é preciso investigar antes no Brasil, para obter os dados e pistas suficientes que permitam depois investigar em Portugal.

Em muitos casos, quem pede ajuda, não sabe onde e como procurar os dados mínimos necessários daqueles seus parentes Portugueses, dos quais querem tentar encontrar vários documentos, tanto no Brasil como em Portugal. Isto não é uma critica, mas sim um facto que precisa ser tomado em conta.

Quero localizar o RE do meu Avô. Como faço? #194509 | LITIANE | 28 Abr 2008 16:43 Boa Tarde Me disseram que para solicitar a CNN em brasilia é necessario mandar o REGISTRO DE ESTRANGEIRO como faço para localizar? O local que faz a busca em SP no arquivo da PF fica aonde ? Obrigada
Resposta :
RE: QUERO LOCALIZAR O RE DO MEU AVÔ COMO FAÇO #194578 | Forget20 | 28 Abr 2008 23:11 | Em resposta a: #194509 Litiane, dirija-se ao Museu do Imigrante (pode ser pelo site), na Rua Visconde de Parnaíba, no Brás, com os dados do seu avô : Nome, filiação e data de nascimento(se tiver) e solicite a emissão de um documento chamado Declaração de Registro de Estrangeiro, a qual lhe fornecerá o nº da Carteira de Identidade e do Registro do seu avô. De posse desses dados, solicite ao Arquivo Nacional (pode ser pelo site também) cópia dos documentos do Prontuário de Registro de Estrangeiros em S.Paulo. Este servIço funciona muito bem e a um preço justo. Foi assim que localizei o lugar onde meu avô nasceu, e partir daí achei seu registro de nascimento em Portugal. Boa sorte. Vilma Araujo - SP/SP

Este tópico tem outras mensagens didácticas que devem ser consultadas só não as coloquei aqui para não ocupar espaço desnecessário. É no Fórum que devem ser procuradas e lidas com atenção as mensagens relevantes. Repito; existem centenas de Tópicos que ensinam a resolver muitos problemas que as pesquisas genealógicas tantas vezes nos apresentam. Não escolhi esse tópico. Foi o primeiro que encontrei aleatoriamente.
Cumprimentos Jorge Santos

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 02 Out 2022, 13:29

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen