D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

Este tópico está classificado nas salas: Pessoas | Famílias

D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17816 | Rafael Henriques | 01 Mar 2002 02:10

Ilustrados membros deste forum genealógico,

mais uma vez venho tirar proveito dos vossos doutos conhecimentos e paciência para pedir informações sobre a mãe do grande descobridor português do caminho para o Oriente. Datas, pais, irmãos, sobrinhos e tudo mais que seja ligada a família Sodré, bem como a ligação deles com o 1º Sodré (João, vindo da Inglaterra).

Grato,
RAFAEL HENRIQUES

Resposta

Link directo:

Descendencias publicadas do Gama e do Cabral

#17823 | CATURRA | 01 Mar 2002 04:14 | Em resposta a: #17816

Caro Rafael Henriques e mais coforeiros

Aproveitando a boleia deste tópico, que muito me interessa porque também oriundo de D. Isabel Sodré, queria perguntar se alguém me sabe dizer da descendencia publicada do grande D. Vasco da Gama e da de Pedro Álvares Cabral, pois apenas as conheço de manuscritos familiares. Imagino que estejam no entanto bem sabidas e divulgadas em obras sérias e confiáveis, que gostaria de consultar. E a propósito, qual a ligação do nosso argonauta ao Sodré do Cais? E quem foi este, alguém sabe? :)

Melhores Cumprimentos

Caturra da Vera e Sã Caturrice
(Caturreira)

Resposta

Link directo:

RE: Descendencias publicadas do Gama e do Cabral

#17827 | bbarahona | 01 Mar 2002 11:57 | Em resposta a: #17823

Caros senhores,
para a descendência de Vasco da Gama, vide antes de mais os elementos aqui disponíveis no GP.
Há igualmente 1 livro da autoria de Ivone Correia Alves editado há 2 ou 3 anos chamado "Gamas e Condes da Vidigueira", aliás citado na bibliografia do GP.
Neste a autora coloca em questão a mãe de Vasco da Gama, pois Isabel Sodré seria mãe dos meios-irmãos do Navegador, mas a verdadeira mãe dele seria outra, pois que ele seria o filho mais velho de seu pai, havido doutra mulher antes do casamento de seu pai c/ Isabel Sodré; é 1 livro bem documentado e que aconselho.
O Marquês Abrantes num artigo publicado nas Armas e Troféus há alguns anos não põe em causa que Isabel Sodré seja mãe de Vasco da Gama, mas duvida que estes Sodrés tivessem algo a ver com os ingleses Condes de Sudley, cuja descendência chegada a Portugal teria aportuguesado o nome p/ Sodré.
Quanto à ligação de Isabel Sodré com os 2 irmãos Sodrés, parece que ela seria também sua irmã ou pelo menos sobrinha (não recordo de momento), sendo aqueles 2 algo semelhante a inspectores da alfândega do porto de Lisboa; daí o nome de Cais do Sodré, que terá ficado.
Os Sodrés seriam de baixa nobreza (não quero levantar + 1 x a polémica sobre a alta, média e baixa nobr. já falada antes) ou mesmo de nenhuma; certo é que teriam bons cabedais, daí o casamento de Estevão da Gama, da pequena nobreza palaciana c/ origens na província, com 1 jovem endinheirada, que mais do que a ascensão social permitiu 1 certo desafogo à sua casa.
Espero ter sido útil!

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17831 | Nuno | 01 Mar 2002 12:42 | Em resposta a: #17816

Caro Rafael,

A ascendencia de Isabel de Sodré está estudada
no livro "A linhagem de Vasco da Gama" de Sergio Sodré de Castro no qual faz a ligação aos Sudles familia inglesa, hipotese bastante plausivel segundo o autor, confrontando varios manuscritos da Torre do Tombo.
O livro foi editado nos anos 80 creio pela extinta Universidade Livre

Cumprimentos

Nuno Ponces

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17834 | 1947 | 01 Mar 2002 13:17 | Em resposta a: #17831

Caro Nuno Ponces e restantes interessados:
Tenho lido com atenção os trabalhos de Sérgio Sodré de Castro. Recordo o rugoso comentário que o falecido marquês de Abrantes deixou escapar sobre esta linhagem. Consultei o que encontrei nas gen. manuscritas do ANTT, reflecti sobre o saboroso comentário do Dr. Gaspar Frutuoso sobre o rapto da nora de Vasco Gil Sodré, o da Graciosa, consultei a justificação de nobreza de seu fª, que antecede a CBA de 1503... e continuo a pensar que a melhor introdução ao assunto é " Os primeiros Gamas", de Luciano Cordeiro, companhia Nacional editora, Lisboa 1898. Mas q questão permannece em aberto. Estou ao vosso dispor para trocar dúvidas e apontamentos
Manuel Lamas de Mendonça

Resposta

Link directo:

RE: Descendencias publicadas do Gama e do Cabral

#17853 | Rafael Henriques | 01 Mar 2002 19:36 | Em resposta a: #17827

Caros "confrades" internáuticos,

o que eu gostaria de saber era: qual o parentesco dos pais de d. Isabel Sodré (Maria Sodré e João de Resende) com o 1º João Sodré (o provável John Botiler of Sudley), e com João de Rezende Sodré?
Um abraço

RAFAEL HENRIQUES

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17854 | Rafael Henriques | 01 Mar 2002 19:39 | Em resposta a: #17831

Caro Nuno Ponces,

não faço idéia de como adiquirir tal livro (o do Sergio Sodré de Castro). Por isso, peço-te: poderias transcrever isso para mim ou informar onde poderia compra-lo (obs: moro no Brasil, Recife).
Obrigado pela atenção e paciência,

RAFAEL HENRIQUES

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17866 | artur41 | 01 Mar 2002 22:55 | Em resposta a: #17831

Caro Nuno Ponce


Pode-me, se for possível indicar um sítio onde possa adquirir esse livro?
Este é um assunto, que, como deve calcular, me interessa sobremaneira.


Com os melhores cumprimentos

Artur Camisão Soarres

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17867 | artur41 | 01 Mar 2002 22:58 | Em resposta a: #17866

Caro Nuno Ponces


No caso de não se encontrar à venda, onde posso consultá-lo?


Reiterados cumprimentos

Artur Camisão Soares

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17875 | vbriteiros | 01 Mar 2002 23:19 | Em resposta a: #17867

Caro Artur Camisão Soares
O livro " A linhagem de Vasco da Gama" de Sérgio Sodré de Castro, en contrava-se o ano passado à venda Na Livraria Esquina, R. Af. L. Vieira, 126 ( ao Foco) 4100 Porto. Telef+ Fax 226065314. Assim resa a pequena etiqueta no ex. que possuo. Tem 28 págs., 21X15.
Cumprimentos
vasco

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17878 | artur41 | 01 Mar 2002 23:46 | Em resposta a: #17875

Caro Vasco Briteiros



Obrigado pela dica, vou contactar a "Esquina".


Melhores cumprimentos

Artur

Resposta

Link directo:

Descendencia publicada do Gama e de Cabral

#17898 | CATURRA | 02 Mar 2002 03:31 | Em resposta a: #17827

Caro B. Barahona

Muito obrigado pela sua resposta tão informativa. Serei ou não Sodré, eis a questão, tal como fica posta no presente, e que por força hei-de investigar para me recolher ao antigo sono das minhas velhas boas noites, e acrescentar ao ilustre parentesco de outros coevos deste ilustre fórum. Com efeito, tendo por hábito rezar por todas as minhas antepassadas ao deitar, em cada final de serão, navego na dúvida se é de lei incluir no meu rol de orações esta senhora.

Quanto à baixa nobreza, sendo eu Caturra de outro século antes do de novecentos, lembro-me ainda que se dizia outrora pequena nobreza nesses tempos que presidiram à minha criação, sem conotação ofensiva evidentemente,pois todos os da pequena estavam ascendendo a par e passo à grande, e todos os da grandeza escorregando devagarinho para a pequenez... Sobretudo porque já na minha infância vínculos capelas e morgadios estavam extintos, e as honras portuguesas ao desbarato de quem as pudesse pagar.

Grandes cumprimentos

Caturra da Sã e Vera Caturreira
( Caturrice)

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17993 | artur41 | 04 Mar 2002 02:03 | Em resposta a: #17816

Caros colegas


Estou interessado em conhecer a tese segundo a qual, os Sodré descendem de Eric (O Vermelho). Qual é a sua fundamentação?


Melhores cumprimentos

Artur Camisão Soares

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#17999 | Nuno | 04 Mar 2002 12:37 | Em resposta a: #17854

Caro Rafael e Artur Camisão Soares,

Estou neste momento sem net.Dai o atraso na resposta.Eu tenho o livro, se estiverem interessados poderei transcrever o capitulo
relativo á família Sodré.
Cumprimentos,

Nuno Ponces
Nuno Ponces

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#18000 | Rafael Henriques | 04 Mar 2002 13:08 | Em resposta a: #17999

Caro Nuno Poncers,

demasiado me interessa tal transcrição. Agradecido pela sua preteza!

Rafael Henriques

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#18001 | artur41 | 04 Mar 2002 14:25 | Em resposta a: #18000

Caro Nuno Ponces


Fico-lhe muito agradecido. Faço votos para que resolva rápidamente o problema que tem com a net (falta de sinal?), pois imagino o transtorno que lhe está a causar: já me têm acontecido situações dessas, que, por vezes, provocam-me verdadeiros embaraços.


Melhores cumprimentos

Artur Camisão Soares

Resposta

Link directo:

RE: Descendencias publicadas do Gama e do Cabral

#18002 | Pedro A T | 04 Mar 2002 14:55 | Em resposta a: #17827

Caro Bernardo

Desculpa-me o preciosismo mas penso que Estevão da Gama,pai do nosso glorioso Vasco,era alcaide-mór de Sines e não sei se não terá sido mesmo comendador da O.M. de Cristo,o que a meu ver na época,o incluiria pelo menos numa boa média nobreza.

Aliás,quer Vasco da Gama,quer Pedro Álvares Cabral,terão sido dos nossos primeiros descobridores verdadeiramente fidalgos,uma vez que anteriormente os capitães das nossas primeiras armadas da expansão ultramarina teriam as suas origens familiares na burguesia ou mesmo no povo(foram quase todos óbvia e muito justamente nobilitados).

Um abraço,

Pedro

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#18034 | 1947 | 04 Mar 2002 22:24 | Em resposta a: #17993

Meu Caro Artur
Aqui parece que estou no lugar certo.
Eu não me atreveria a chamar~lhe própriamente uma tese. Acontece que Sérgio Sodré de Castro, no seu livro sobre os Sodrés, transcreve um títº das geneal manuscritas da ANTT, não estou seguro de que seja o nobiliário Queiróz, onde se expende essa milenar, e ilustrissima ancestralidade. Ora o estado desta questão, salvo melhor doutrina, não ultrapassou ainda um esforço para definir o tronco comum da linhagem e fazer derivar vários ramos ainda desgarrados. Quer-me parecer que a fonte mais lúcida e isenta para revisitar o problema dos Sodrés é retomá-lo onde o deixou, há mais de cem anos, Luciano Cordeiro na sua obra Os primeiros Gamas. Depois de equacionar os problemas que suscita, e são vários, têm que se estudar um por um. Infelizmente, além da questão antecedente da origem dos Furtados (e Mendonças)Antecedente para mim, tenho trabalhos escolares entre mãos e só mais tarde poderei regressar a esta problemática. Mas como sei que o livrinho é raro, posso fotocopiar os Sodrés do Luciano cordeiro e enviar-lhe. Sem prejuízo de ler as outras obras recomendadas e tirar as suas conclusões. Para tanto necessiro da sua morada.
Cordiais cumprimentos
Manuel Lamas de Mendonça

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#18062 | artur41 | 05 Mar 2002 00:29 | Em resposta a: #18034

Caríssimo Manuel


Meu caro, penso que tudo o que se puder fazer para apurar da veracidade das fontes e(ou testemunhos) é de primordial importância, e para isso é absolutamente fundamental uma clara fundamentação. Nesse sentido, agradeço a sua disponibilidade para fotocopiar a obra de Luciano Cordeiro relativa aos Sodrés. Não quero, no entanto, perturbar os seus trabalhos escolares, pelo que aguardo com serenidade o seu envio.
Também concordo que se tenha que fazer um estudo comparativo: se ele não existir restringe-se ao máximo a análise, e, por consequência, tende-se a emitir juízos valorativos pouco sérios.
Deixo-lhe a minha morada, e o meu e-mail:

R. Tristão Vaz, nº 41, 3º Dto
1400- 350 Lisboa


Com os melhores cumprimentos

Artur Camisão Soares
arturcamisão@netcabo.pt

Resposta

Link directo:

RE: Descendencia publicada do Gama e de Cabral

#18355 | bbarahona | 11 Mar 2002 12:25 | Em resposta a: #17898

Caro Caturra,

estive fora uns dias, só agora deparo c/ a sua resposta, que desde já agradeço.
Gostava de o ajudar a eliminar essa dúvida existencial que o tem atormentado, isto é, se no calor do seu leito, deve também orar por Isabel Sodré ou não; pois faça-o, meu caro, e sem medo. Ela lá do alto, conhecendo-o melhor do que eu, por certo lhe agradecerá.
Afinal não é só pelos nossos antepassados que devemos pedir, mas sim por todos. Não seja restritivo com a generosidade da Providência Divina. Virá ao mundo algum mal por pedirmos pelos nossos e pelos dos outros? Há toda a vantangem em acrescentar ao rol das suas orações o nome de Isabel Sodré.
Se conseguir criar esse hábito entre os seus e ele se difundir, quem sabe se 1 dia você não será bafejado pela sorte de ter entre os seus intercessores muitos que do seu sangue nada têm?

Quanto à nobreza dos Sodrés, pouco lhe sei dizer, mas afinal aos olhos de Deus não somos todos iguais?

Resposta

Link directo:

RE: Descendencias publicadas do Gama e do Cabral

#18356 | bbarahona | 11 Mar 2002 12:29 | Em resposta a: #18002

Pedro,
obrigado, é provável que tenhas razão. Quanto à alcaidaria de Sines, conhecia-a, quanto à O. Cristo não.

Resposta

Link directo:

RE: Descendencia publicada do Gama e de Cabral

#18521 | Pia Canhoto | 14 Mar 2002 15:59 | Em resposta a: #18355

Senhor Bernardo Barahona,

Conheço o fórum há muito pouco tempo, mas não podia deixar de felicitá-lo pela sua mensagem, que, pelo seu humor, aliviou-me do peso de muitas das intervenções que tenho lido!

Os meus mais cordiais cumprimentos, e as minhas desculpas se errei o seu nome,

Maria da Piedade da Silva Pais Canhoto

Resposta

Link directo:

RE: Descendencia publicada do Gama e de Cabral

#18522 | bbarahona | 14 Mar 2002 16:03 | Em resposta a: #18521

Obrigado.

Resposta

Link directo:

Orações Genealógicas

#18528 | CATURRA | 14 Mar 2002 19:44 | Em resposta a: #18355

Caro Bernardo Barahona

Não quero deixar de juntar os meus aos elogios que algumas Senhoras deste fórum, muito justamente aliás, lhe vêm fazendo.

Apesar do sentido de casta endémico entre os Caturras destes Reinos decapitados pelos seus próprios monárquicos, consigo, quando a isso motivado por alguém de nobre alma como o Bernardo, ultrapassar os meus extensos pecados veniais e orar pelo conjunto desta Humanidade sofredora. Mas isso não impede o alto lugar destacado que nessas preces ocupam minhas nobres antepassadas, especialmente as que mais sofreram à mão dos Homens como parece ser o caso de D. Isabel Sodré, que nos deixou uma vida de humildade e modéstia que a tornam bem interessante e exemplar para a consideração dos seus remotos descendentes.

Quanto ao facto de aos olhos de Deus sermos todos iguais, infelizmente não consigo concordar completamente consigo. :) Pense bem, e diga-me lá: não acha que verdadeiramente alguns são mais iguais que outros a essa semelhança divina em que fomos criados? Espero não me ser dado nesta vida ainda vir, por acidente, a descobrir algum parentesco entre a nobre Casa a que pertenço e os Hitlers, os Estalines e outros quejandos. Não, não, Deus Nosso Senhor não o permitirá certamente, sob pena de apressar a minha viagem de regresso até à sua Divina Presença.

Caturríssimos Cumprimentos

Caturra da Vera e Sã Caturreira
(111º Senhor da Casa da Caturrice)

Resposta

Link directo:

RE: Orações Genealógicas

#18552 | bbarahona | 15 Mar 2002 10:56 | Em resposta a: #18528

Ilustre Caturra,
lamento não concordar consigo e continuar a achar que aos olhos de Deus somos todos iguais, independente/ de raça, religião, posição social, etc ...
Aconselho-o a ler "Os Contos Exemplares" de Sophia de Mello Breyner Andersen, que li há cerca de 20 anos e não poderei aqui citar de memória (creio que os contos "Jantar do Bispo" e "Retrato de Mónica" são 2 boas análises psicológicas).
Aí perceberá a diferença entre o Amor e a Santidade; o 1º é oferecido algumas vezes a cada 1 e quem o recusa por excessivo amor a si próprio perdê-lo-á para sempre; já a santidade é diferente porque oferecida todos os dias a cada 1, e quem a recusa é obrigado a confirmar essa recusa sistematicamente, pois a misericórdia divina é infinita e para todos. Assim, quem a recusa, não é condenado, antes se auto-condena, pois que exerce para o mal a liberdade de escolha que lhe foi confiada. Esses são os seus parentes Hitlers e Estalines ... (infelizmente ramos destes todos os temos).
Os que exercem para o Bem a sua liberdade, acabam por se assemelhar ao seu Divino Criador aos olhos do Qual serão talvez especialmente apreciados.
São esses os Santos que os crentes adoram nos altares, pois que sublimando a virtude, levaram o seu compromisso ao máximo e que formam na Igreja o topo superior da aristocracia, pois que acima dos outros se elevaram.

Se o Divino Criador lá tem por algum as suas preferências, não sei, nunca lhe perguntei ...; mas que todos temos a graça de podermos aspirar à santidade não duvido!

Julgo tb. que estamos a sair do tema deste tópico e talvez fosse melhor pararmos por aqui, pois estamos naquele limite em que se tocam a verdade, a troça, a ironia e o bom gosto. Terei muito prazer em continuar a conversar consigo noutro local, se quiser e desde que seja frutífero.
Ajudá-lo-ei a entroncar a linhagem dos Caturras com a dos Assis, dos Borjas, dos Antónios de Lisboa, etc (só p/ citar casos peninsulares), pois também o meu caro amigo tem de certeza desses costados. O Senhor não lhe iria fazer a desfaçatez de o emparentar só c/ os Bin Ladens, não acha?
Conte desde já c/ a minha descrição na não revelação da identidade do 111º Senhor da casa da Caturrice, tanto mais que, como muito bem referiu, estas designações arcaicas foram enterradas c/ o dealbar do liberalismo.
Peça o meu contacto ao GP, se necessário!

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#18922 | arezdasilva | 24 Mar 2002 21:34 | Em resposta a: #18034

sei que é um abuso mas podia copiar para mim que alem de descendente de vasco da gama pela filha do 3º conde sda vidigueira sou sobrinho neto por afinidade duma sodré da terceirra
desculpe o desaforo m
muito grato de qualquer maneira
jorge arez da silva

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#18923 | artur41 | 24 Mar 2002 21:48 | Em resposta a: #18062

Caro Manuel


Apenas para corrigir o e-mail:

arturcamisao@netcabo.pt


Melhores cumprimentos

Artur João

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#55512 | Sérgio Sodré | 16 Jan 2004 00:23 | Em resposta a: #17816

Caro Colega

O próximo boletim do Instituto Português de Heráldica irá publicar um artigo meu intitulado "Ligações Familiares de Vasco da Gama pelo Lado Materno" que penso responder a parte do que pretende.

saudações

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#55514 | alcal | 16 Jan 2004 01:25 | Em resposta a: #55512

Caro Sérgio Sodré,

Quando consultei na BNL no Manso de Lima o título dos Sodrés (microfilme em muito más condições de leitura), para procurar esclarecer a possível varonia Sudley de um ramo Alvim, encontrei a seguinte linha de ascendência de Maria Sodré, mãe de D.Isabel Sodré, que é certamente do seu conhecimento:

1.Maria Sodré
2.Fradique Sodré
4.Diogo Sodré
8.João Sodré
16.Mossem Fernão Sudley
32.Frederic Sudley

Este Frederic Sudley seria descendente, por varonia, de Rafael, Conde de Hereford, que vivia em Inglaterra, pelos anos 970, reinado de Eteraldo I.
A introdução de Manso de Lima a esta ligação Sodré/Sudley pareceu-me bem documentada. Mas sendo apenas um "genelogista" amador não sei que grau de credibilidade pode merecer. Deixo essa análise para os mais entendidos e aguardo com interesse as possíveis conclusões.

Com os meus cumprimentos
Alexandre Callado

Resposta

Link directo:

RE: Descendencias publicadas do Gama e do Cabral

#55574 | Sérgio Sodré | 16 Jan 2004 17:01 | Em resposta a: #17827

Caro Senhor

O seu texto sobre a mãe de Vasco da Gama e a famíla Sodré enferma de recorrer ao que considero serem as piores fontes para o assunto. É verdade que o trabalho de Ivone Alves, que conheço, é excelente em quase todos os aspectos, mas o que diz sobre Isabel Sodré é absolutamente disparatado e parece que estava destraída, pois afirma que as crónicas não referem quem era a mãe do Navegador, quando todas ou quase todas mostram, sem margem para dúvidas, que Vasco da Gama era seu filho. Sistematicamente, Vicente Sodré, que acompanhou VG na sua 2ª viagem (1502) é apresentado como tio deste ou irmão da sua mãe. Gaspar Correia, que viveu na Índia quando VG era Vice-Rei, afirma taxativamente nas "Lendas da Índia" que Paulo da Gama era irmão mais velho de Vasco da Gama e há vários outros exemplos nas crónicas... Repare que estas informações dos cronistas implicam, necessariamente, que Isabel Sodré fosse a mãe do Almirante. Obviamente que não é preciso aparecer o nome de Isabel Sodré literalmente nas crónicas para perceber que ela é a mãe do navegador!

Quanto à origem da família Sodré, o seu texto reproduz as considerações do falecido Marquês de Abrantes, as quais não têm qualquer fundamento documental, sobre Sodrés fundadores de alfândegas e outros disparates. Vamos a ver: o primeiro documento indiscutível que refere um Sodré é a crónica do Conde D. Pedro de Meneses. Fica provado que existiu um João Sodré fidalgo e cavaleiro em Ceuta, entre 1415 e 1418. É este o estatuto social da família.
Quanto a "alfândegas" o que há é que, muito mais tarde, em 1437, um Fernão Sodré, alías já escudeiro, foi escrivão da de Lisboa. Tudo o resto é especulação indocumentada.
O Cais do Sodré apenas surge após o terramoto de 1755 edificado por membros da família dos Senhores de Águas Belas, os Sodré Pereira, então já uma das principais do Reino, e portanto de nada interessa para detectar as remotas origens e entrada em Portugal nos finais do século XIV.

Saudações amigas

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#55575 | Sérgio Sodré | 16 Jan 2004 17:10 | Em resposta a: #55514

Caro Alexandre Callado

Agradeço o que escreveu, mas as minhas investigações revelaram que o texto sobre Sodrés de Manso de Lima está pejado e incorrecções. O que realmente importa é que traduz a ligação Sodré-Sudley, o que julgo ser correcto. Entre outras coisas, hoje é documentalmente certo que os pais de Isabel Sodré, mãe de Vasco da Gama, foram João Sodré e Isabel Serrão. Espero que o próximo boletim do Instituto Português de Heráldica publique um artigo meu intitulado "Ligações Familiares de Vasco da Gama pelo Lado Materno", que traz revelações.

Saudações amigas

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#55576 | Sérgio Sodré | 16 Jan 2004 17:20 | Em resposta a: #17816

Caro colega
No próximo boletim do Instituto Português de Heráldica, "Armas e Troféus", espero que seja publicado um artigo meu intitulado "Ligações de Vasco da Gama pelo lado Materno" que responderá a grnde parte da sua questão. Mas para adiantar que julgo quase certo que o João Sodré referido em 1415-18 como cavaleiro e fidalgo na praça de Ceuta (Crónica do Conde D. Pedro de Meneses) é bisavô de Vasco da Gama.

Saudações amigas

Resposta

Link directo:

RE: Descendencias publicadas do Gama e do Cabral

#55581 | Sérgio Sodré | 16 Jan 2004 17:58 | Em resposta a: #55574

Caro Senhor

Só mais um acrescento, a existência de um suposto Conde de Sudley é outra fantasia que só existe no texto do falecido Marquês de Abrantes, houve, isso sim, simples Senhores de Sudley. É certo que o fundador de família parece ter sido Conde de Hereford por alguns anos até à sua morte em 1057. Ou seja, mais de 300 anos antes do primeiro Sodré entrar em Portugal! É claro que, 300 anos depois, já havia todo o tipo de descendentes desta personagem, incluindo os simples cavaleiros e escudeiros que os primeiros Sodrés foram. Assim a ligação Sudley-Sodré só deve ser negada por eventual nova documentação verdadeira que venha a aparecer. É a minha opinião.

Saudações amigas

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#55658 | Sérgio Sodré | 18 Jan 2004 16:26 | Em resposta a: #17834

Caro Senhor:

Muito gostaria de saber como consultou a justificação de nobreza de Diogo Vaz Sodré, pois também gostava de a ver.

Quanto ao que Luciano Cordeiro escreveu sobre Sodrés em "Os Primeiros Gamas" (tenho a obra fotocopiada) julgo que só interessa por fazer a ligação Sodré-Sudley, que julgo correcta, porque o texto limita-se a reproduzir genealogias manuscritas de forma acrítica.

Gostaria de trocar impressões sobre o que escrevi sobre Sodrés, de forma sempre documentada, e as afirmações do falecido Marquês de Abrantes, para mim absurdas e totalmente indocumentadas.

Com os meus cumprimentos

Sérgio Sodré de Castro

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#55709 | Rafael Henriques | 19 Jan 2004 15:23 | Em resposta a: #55576

Caro Sérgio Sodré, obrigado por lembrar dessa minha velha dúvida. Na verdade, até já recebi uma cópia de um livro sobre a família de Vasco da Gama, escrito por um Sodré. Será você? Não estou com ele aqui, mas irei confirmar. De qualquer forma, espero a publicação desse boletim (incvlusive, como adquirí-lo no Brasil?). Um abraço, Rafael

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#55713 | Sérgio Sodré | 19 Jan 2004 16:10 | Em resposta a: #55709

Caro Rafael Henriques

Se o pequeno livro que recebeu é o intitulado "A Linhagem de Vasco da Gama" então sou o autor. Mas hoje sei que muitas das ligações que fiz estão incorrectas, pois, como digo no fim desse livrinho, são apenas baseadas em genealogias manuscritas da Torre do Tombo. Direi mesmo que aí o que é importante é a ideia da ligação Sodré-Sudley, que julgo correcta.
Quanto aos pais de Isabel Sodré eles foram João Sodré e Isabel Serrã (e não Serrão como por lapso escrevi antes, porque na época usava-se a forma feminina para as mulheres, e como tal está escrito na documentação recentemente descoberta). No livro afirmo que os pais foram João de Resende e Maria Sodré, seguindo o que escreveram quase todos os genealogistas do século XVII e XVIII, mas estavam errados.
A documentação a que refiro indica os pais de Vicente Sodré, ora como este era irmão de Isabel Sodré o problema desta está resolvido.
Vicente Sodré partiu para a Índia na segunda viagem de Vasco da Gama, em 1502, e foi o primeiro europeu a comandar uma esquadra baseada a título permanente num porto indiano (Cochim) e destinada a operar nos respectivos mares. Assim foi o primeiro capitão-mor do mar da Índia.
Quando o artigo que lhe interessa for publicado posso remeter-lhe uma cópia. Até lá posso responder às dúvidas que pretender colocar-me (no que eu souber claro!).
Veja o que escrevi neste fórum sobre a campa de Duarte Sodré, pois é importante para a origem de Isabel Sodré.

Saudações amigas
Sérgio Sodré

Resposta

Link directo:

RE: D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#55731 | Sérgio Sodré | 19 Jan 2004 22:37 | Em resposta a: #17993

Caro colega

Julgo que não existe nenhuma tese de que os Sodré descendem de Eric "O Vermelho", que, cerca de 986, levou colonos noruegueses da Islândia para a Gronelândia.
Todavia, se os Sodré descenderem dos Sudley ingleses, então descendem do viking norueguês Rolo ou Rolf, que, cerca de 911, obteve terras em França que vieram a dar o ducado da Normandia, isto porque houve um casamento entre um Sudley e uma neta do Rei de Inglaterra Henrique I, por via de um bastardo real (Guilherme de Tracy), que entronca nos duques da Normandia (aliás o próprio Henrique I também foi simultaneamente duque) e portanto descende de Rolo.
Explico e documento a ligação no meu ensaio "A Linhagem de Vasco da Gama" de 1986, sempre utilizando documentação britânica.

Saudações amigas

Sérgio Sodré de Castro

Resposta

Link directo:

D. Isabel Sodré, mãe de D. Vasco da Gama

#438689 | PP | 19 Jan 2022 16:52 | Em resposta a: #17816

Caros confrades,

Se interessar a informação, o livro: «A Linhagem de Vasco da Gama», de Sérgio Sodré de Castro, encontra-se à venda no site: «Alfarrabista.eu»

Cordiais cumprimentos, PP.

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 04 Fev 2023, 22:08

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen