sobre o nome "Marcelo" em Portugal

Este tópico está classificado nas salas: Arquivos | Bibliografia | Direito | Eventos | Famílias

sobre o nome "Marcelo" em Portugal

#416128 | xavierdemarins | 07 Jul 2019 09:20

Caros confrades e visitantes,

tenho uma dúvida que creio estar para ser solucionada aqui neste relevante sítio, simplesmente sobre a incidência do nome "Marcelo" ou "Marcello" aos nascimentos específicamente abrangidos pelo período anterior ao século XVIII em Portugal e respetivas possessões de ultramar, e se houve, qual seria a origem.

Sinceros agradecimentos.

Resposta

Link directo:

sobre o nome

#416134 | PedroT | 07 Jul 2019 22:21 | Em resposta a: #416128

Não havia uma ortografia unificada do português nessa época. O mais provável é encontrar das duas formas.

Resposta

Link directo:

sobre o nome

#416141 | xavierdemarins | 08 Jul 2019 09:51 | Em resposta a: #416134

Pedro,

não faz diferença o modo ortográfico, o que resta em dúvida e' sobre o uso formal e a frequência deste nome na população portuguesa. Se era de qualquer maneira usado.

Resposta

Link directo:

sobre o nome

#416194 | malimo | 10 Jul 2019 20:22 | Em resposta a: #416128

Pode ser de origem italiana.
Há muitos por lá no século em que procura.
Será preciso pesquisar quando e porque começaram a aparecer em Portugal.
Mas será necessário ao menos um cidadão com local de nascimento e data para que possam procurar suas origens.

Att.,

Maria Alice

Resposta

Link directo:

sobre o nome

#416224 | xavierdemarins | 12 Jul 2019 08:58 | Em resposta a: #416194

Onde posso encontrar uma lista de apelidos italianos em Portugal?

Resposta

Link directo:

sobre o nome

#416231 | GoldenDays | 12 Jul 2019 14:40 | Em resposta a: #416128

Caro Confrade Xavier de Marins,

Algumas pequenas e rápidas notas sobre o seu tópico.

O nome Marcelo deriva do latim Marcellus, um diminuitivo de Marcus e de Marcius. Foi nome de Papas (Marcelo I, que viveu entre 255 e 309, e Marcelo II, entre 1501 e 1555).

De acordo com a base de dados genealógicos do sítio GeneaNet aparece como nome em 11 registos antes do ano de 1500, sendo que dois são em Espanha (Salamance), cinco são em França (dois cada em Aix-en Provence e perto da fronteira italiana, e outro em Verdun) e, ainda, dois em Itália (Veneza e Nápoles). No mesmo período e como apelido aparece nessa base de dados um registo no Perú e outro na Argentina.

Na minha base de dados familiar em Portugal tenho as variantes Marceliano, Marcelina e Marcelino documentadas em paroquiais dos séculos XVII e XVIII no distrito de Vila Real (freguesias de Fontes e Borbela) mas isso não tem qualquer significado especial em termos de frequência geográfica; é apenas o resultado de as minhas pesquisas terem uma particular incidência naquele distrito.

Se pesquisar pelo nome Marcelo aqui no GeneAll aparecem mais de 500 registos com esse nome/apelido, incluindo um de Alicante (Lorenzo Marcelo, de 1601).

A “explosão” dos Marcelos no mundo acontece após o século XVIII sendo hoje particularmente presente em países que tiveram colonização espanhola ou portuguesa (Filipinas, Perú, México, Brasil, Angola, Colômbia) onde surgem em maior número do que em Portugal ou Espanha, o que na minha opinião associo à existência com esse nome de alguns santos ou frades menores da Igreja Católica.

Cordiais cumprimentos.
Ribeiro de Araújo

Resposta

Link directo:

sobre o nome

#416256 | xavierdemarins | 13 Jul 2019 22:44 | Em resposta a: #416231

Caro confrade,

meus agradecimentos pelos complementos. O rumo da minha pesquisa pode ser mais decisivo acrescentando um personagem que existiu, o único achado com o nome, natural da antiga vila de Santo Amaro (hoje, distrito de S.Paulo, Brasil) em 1719, cujo avô, mencionado num testamento de 1687, nascera em Lisboa, filho de Gabriel Venete e Catarina de Sa'. Do casal em Lisboa nada se sabe, e o seu apelido desperta curiosidade na origem, e a identidade seria revelada por meio do nome Marcelo em um dos descendentes, a hipótese, se os nomes familiares na maioria das vezes eram repetidos, ora, este do Brasil recebeu o que vinha da família no lado paterno. Venete e' italiano? Espanhol? Francês? Em qual alternativa se encaixa?

Resposta

Link directo:

sobre o nome

#416258 | GoldenDays | 14 Jul 2019 00:38 | Em resposta a: #416256

Caro Confrade Xavier de Marins,

Como sabe, pois já o referiu noutro tópico, o referido casal apenas é mencionado na Genealogia Paulistana (Vol VIII - Pág. .445 a 482). Toda essa informação é replicada em diversos sítios da Internet sem que se conheça outra fonte primária que o comprove.

Para mim faz mais sentido “Veneto” e não “Venete” sendo que o Veneto como saberá é uma região setentrional de Itália (onde se inclui Pádua e Veneza, por exemplo).

Neste link em que se pode ler a Revue Hispanique, por exemplo, https://archive.org/stream/revuehispanique01amergoog/revuehispanique01amergoog_djvu.txt na primeira metade do século XVI encontra referência em Espanha a um “Gabriel Veneto”: “Gabriel Veneto de autoridad de su oficio hizo la division de las Provincias de Castilla y Andalucia, como parece por su patente, sin interponerse la autoridad del Sumo Pontifice”.

Podendo naturalmente não se tratar do mesmo “Gabriel” reforça contudo a suspeita que acima levantei de que a transcrição do sobrenome na Genealogia Paulistana se encontre incorreta.

Curiosamente, mais tarde em meados do século XVIII, aparece o apelido “Veneto” num registo de um português na base de dados do GeneAll (eventualmente falecido na Índia onde teve uma filha que contudo não adotou esse apelido): https://geneall.net/pt/nome/184445/salvador-do-rosario-veneto-tuntao/

Cordiais cumprimentos.
Ribeiro de Araújo

Resposta

Link directo:

sobre o nome

#416263 | xavierdemarins | 14 Jul 2019 06:06 | Em resposta a: #416258

Caro Confrade Ribeiro de Araújo,


O Gabriel Veneto citado na fonte, como denota seu apelido, era veneto:
1- A divisão por ordem do Papa Clemente VII(1478-1534) e as letras apresentadas no Capítulo Geral da Ordem Agostiniana que se celebrou na cidade de Treviso, na senhoria de Veneza e foram recebidas e executadas pelo geral da Ordem, Frei Gabriel Veneto, https://books.google.co.il/books?id=AN9oAAAAcAAJ&pg=PA3&lpg=PA3&dq=gabriel+veneto,+andalucia&source=bl&ots=6GcA2D3GJk&sig=ACfU3U3L2VX-divgMJS_48HMN18g9nVA4w&hl=en&sa=X&ved=2ahUKEwjp0Za0yrPjAhWFQxUIHTA4Bf8Q6AEwB3oECCoQAQ#v=onepage&q=gabriel%20veneto%2C%20andalucia&f=false


2 -Arquivo do Estado de S. Paulo -

Inventários e Testamentos não publicados

Gabriel de Mariz Loureiro
Testamento: [encomenda a alma]
Rogo e peço a minha mulher [danificado] e a meu cunhado [------] Colona queiram ser meus testamenteiros. Meu corpo sera sepultado na igreja matriz desta vila (...) encomenda missas.
Sou natural da cidade de Lx.ª, f.l. de Gabriel Venete e de s/m Catarina de Saa, ambos ja defuntos. Sou casado na vila de S. Paulo com Maria Colona, natural da dita vila, da qual tenho os filhos a saber: Diogo = Maria os quais são meus herdeiros.
http://www.projetocompartilhar.org/Familia/DanielColona.htm

Todavia, não verifiquei a fonte primária a comprovar o que foi reproduzido. Reproduziram o teor do testamento aparentemente sem base na Genealogia Paulistana. A GP não esta' isenta de incorreções. .

Resposta

Link directo:

sobre o nome

#416289 | xavierdemarins | 15 Jul 2019 19:48 | Em resposta a: #416258

O apelido Venete ou Veneto deixa pendente a dúvida sobre a origem, pode passar como espanhol ou ate' mesmo francês (Venette, Venet), e no contexto português, pois assim foi o portador, qual a base para afirmar peculiaridade italiana a despeito de outras? O descendente "Marcelo" nos decifra a origem?

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 30 Jun 2022, 06:08

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen