Fernandes Camacho

Este tópico está classificado nas salas: Famílias | Pessoas | Regiões | Brasil

Fernandes Camacho

#40535 | Ricardo de Oliveira | 27 Abr 2003 15:54

Paulo Valadares, aqui no GeneaPortugal, comenta sobre um Francisco Fernandes Camacho no item "Cristãos-novos de Vila Nova de Foz Côa". O mesmo Francisco Fernandes Camacho está no livro de Flávio Mendes Carvalho - Raízes Judaicas no Brasil : 1992, 94. Francisco Fernandes Camacho, mercador, sua mulher Luiza Pereira, 48 anos, queimada viva como judia convicta, ficta, falsa, simulada, confitente e impenitente em 16/10/1729.

Havia uma importante família Fernandes Camacho em São Paulo e nos atuais Paraná e Santa Catarina nos séculos XVII e XVIII. Não se sabe se haveria alguma relação de parentesco entre ambos Fernandes Camacho, os bandeirantes e o mercador cristão-novo.

Fernandes Camacho bandeirantes :

1- Sebastião Fernandes Camacho. Silva Leme. Genealogia Paulistana. V1,7. Foi Juiz Ordinário em São Paulo. Participou da grande bandeira de 1628 contra o Guairá. Carvalho Franco. Dicionário de Bandeirantes : 1954, 91. C. c. Maria Affonso, falecida em São paulo em 1634, filha de Marcos Fernandes e de Maria Affonso (Silva Leme. Genealogia Paulistana. V1,3. Sertanista que teria ido até o Paraguai em 1556. Apelidado o "polaio". Carvalho Franco : 1954, 154. Revista do Arquivo Municipal de São Paulo, XXV, 45.

1-1 Sebastião Fernandes Camacho Bandeirante com várias entradas documentads no sertão em 1637, 1645, 1648. Carvalho Franco. Dicionário de Bandeirantes : 1954, 91. C.c Isabel Bicudo de Brito, filha de Antonio Bicudo e de Maria de Brito Silva Leme. Genealogia Paulistana. V6, 297-338.(Antonio Bicudo tinha uma fazenda em Carapicuíba. Bandeirante com muitas entradas no sertão. Participou da grande bandeira de 1628 no Guairá. Minerou ouro em Jaraguá, nas minas de Santa Fé. Faleceu em São Paulo em 4/12/1650. Carvalho Franco. Dicionário de Bandeirantes : 1954, 66).

1-1-1 Antonio Bicudo Camacho. Capitão e bandeirante. Dicionário Ermelino de Leão. 73. Minerador dos fins do século XVII em Curitiba. Figurava em quase todos os inventários curitibanos de 1694-1699. Lavrava ouro em Santa Cruz do Sutil, região de Palmeira. Transferiu-se para São Francisco do Sul. Francisco Negrão. Genealogia Paranaense, V4, 217. Casou a primeira vez com Maria da Rocha

1-1-1-1 Isabel Fernandes da Rocha. Faleceu em Curitiba em 1717 com inventário e testamento. Francisco Negrão. Genealogia Paranaense, V4, 210 e 217. Casou com o Capitão Antonio Bueno da Veiga, natural de São Paulo. Francisco Negrão. Genealogia Paranaense, V4, 210. Veio para Curitiba em 1684. Primeiro povoador dos campos de Meringuava, com sesmaria de 1719. Residia em Goramiringuava Pequeno. Em 1735 foi designado para consertar o caminho para São Paulo. Esteve nas Minas Gerais com sua grande escravatura lavrando ouro conforme o inventário de sua esposa de 1717. Ermelino Leão. Diccionario Historico e Geographico do Paraná : 1926, 73-74. Tiveram dois filhos : o Capitão Amador Bueno da Rocha e Maria Buena da Rocha (esta última casada com o Capitão João Carvalho de Assunção, meus 7º avós - ver o item dos pais dele, Manoel Picão). A descendência do segundo casamento do Capitão Antonio Bicudo Camacho está no item dos povoadores de Santa Catarina em 1715, aqui no mesmo GeneaPortugal.

Abraços
Ricardo Costa de Oliveira
Curitiba

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 22 Jan 2021, 19:02

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen