Rolões

Este tópico está classificado nas salas: Famílias

Rolões

#5431 | JCouceiro | 01 Jun 2001 00:31

A todos os que queiram trocar informações sobre a família ROLÃO

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#5449 | manuelr | 01 Jun 2001 23:51 | Em resposta a: #5431

Caro José Couceiro

Por indicação de Manuel A. do Soveral,( penso que é este o nome), que me facilitou o seu e-mail, já tentei entrar em contacto consigo, mas não consegui!.

Os Rolões de que descendo, são, tanto quanto já consegui "subir", originários de Castelo Novo e Aldeias das proximidades, onde já vivem pelo menos desde fins do Sec XVI.

Tanto quanto sei, os únicos estudados são os de Aveiro, descendentes de Filipe Rolão, o Rico, que são os seus, não é?

Os meus ainda não consegui ligá-los, embora tenha várias pistas para seguir.

1ª-talvez possam vir de Aveiro, pois um deles casou com a filha ou irmã do Juiz de Fora da Covilhã. Teria algum ou alguma familiar passado a essa região?
Tenho um antepassado Pedro Afonso Rolão, uma Filipa Rolão e até um Tomé Rolão. A única semelhança é nos nomes ( Afonso, Filipa e Tomé), mas isso não quer dizer nada, por enquanto. Apanho tb um Tomé André na Aldeia de Joanes, mas que não tem nada a ver com os Rolões. Tudo isto fins do Sec XVI princípios do XVII.

2ª-Vindos de Évora fins do Sec XVI princípios do XVII.
Há uma publicação, não me recordo agora o nome, que diz que Rolão e Rol são o mesmo nome, o que não me parece, nem li isso em mais lado nenhum. Não li nada sobre a família Rol, mas parece-me estar bem estudada e não me lembro de qualquer afirmação de que se possa tirar essa conclusão. Mas...
Em Évora já havia Rolões no Sec XV. De Évora, passou para uma Aldeia próxima de Castelo Novo, um Fulano quaquer coisa Jácome, onde deixou descendência com o apelido Rol, fins do Sec XVI, princípio do XVII!Esta perdeu o apelido Rol e usou o patronímico de Fernandes.
Mas o curioso é que nesta terra aparecem os Fernandes Rolão, que por enquanto não os ligo aos meus nem aos Rol. Terá razão quem diz que Rolão e Rol são a mesma coisa, ou será coincidência da coexistência dos apelidos?

3ª-Alguns Rolão do Algarve dizem ter origem na Beira Baixa. Ou a origem é relativamente recente, ou então bastante antiga, pois tb os há no Algarve desde muito cedo. Teriam aí passado no regresso de algum serviço prestado no Norte de África ? Um destes Rolão do Algarve, pelo que já li aqui no Forum, casou com uma descendente dos Leitão da BB.

4ª-Ou então saíram da Beira Baixa para o resto do País, o que é uma hipótese meramente académica. É tradição na minha família termos origem na Áustria. Mas esta tradição vem antes do aparecimento da Enciclopédias, e numa Aldeia da Beira Baixa, que não fica a caminho de lado nenhum, o meu Bisavô dizer que era tradição a origem na Áustria, não sei!

Mas lá vêm os Jácome da Flandres para Portugal, o Jácome de Évora para a Beira Baixa e os Rolões aparecem na Beira Baixa!

E por enquanto, daqui não saio!

Com os melhores cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#5531 | rmfrp | 04 Jun 2001 22:43 | Em resposta a: #5449

Boa noite.

Em relação aos Rolões do Algarve, gostaria de acrescentar que no decurso das minhas investigações reparei que nos casamentos de Portimão já aparecia cerca de 1620 um Rolão, com ligação a Faro (não me recordo se ele ou os pais são desta cidade). Isto significa que por volta de 1600 já havia Rolões em Faro.

Entretanto, as ajudas nesta questão do Algarve poderão surgir de onde menos se espera. É que, como se poderá constatar num tópico dedicado a um conhecido poeta, há mais "pessoas" além de mim que descendem dos Rolões do Algarve e dos Leitões da Beira Baixa... ;-)

Espero que esta informação seja útil.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#5928 | JCouceiro | 18 Jun 2001 11:41 | Em resposta a: #5449

Caro Manuel S. Rolão:

Já oportunamente lhe respondi a sua amavel mensg. mas parece que se perdeu algures, mas não importa.
O que realmente importa é o aprofundar do estudo sobre os Rolões, familia mto pouco estudada mas mto curiosa.
Um dado a reter é q. na sua maioria dedicavam.-se a actividade maritima ( (Armadores / Mestres-Pilotos etc)
No Algarve encontro-os em Sages, Lagos , Portimão e Faro que tal como os de Aveiro tinham fortes ligações ao negócio maritimo.
Encontro-os tb. em Cascaes.
Todos estes aparecem em diversas chancelarias, nas matrículas da U.C., em cartórios de diversos conventos etc, e faziam parte de uma forma geral da governança das suas vilas.

De todos os Rolões de quem tenho menos inf. é justamente sobre os da Beira, razão pela qual teria mto gosto em trocar informações consigo .

Caso queira indique uma morada para lhe proceder ao envio de uma separata que na sua parte final trata os Rolões de Aveiro, ou se preferir o meu mail é
josecouceiro@mail.com

Por último e que eu saiba o Juiz de Fora da Covilhã a que julgo referir-se trata- se do Lic. António Couceiro, filho de Thomé André Rolão - o rico - e de sua 2ª mulher Branca Couceira, ambos naturais e moradores em Aveiro no sec. XVI, apesar de ter casado com Leonor Cardoso de Albergaria, não teve geração deste matrimónio o que tb. não invalida que não tenha tido de outra mulher.

Emfim são assuntos que deixo em aberto caso lhe interesse

Com os melhores cumprimentos
José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#5929 | JCouceiro | 18 Jun 2001 11:45 | Em resposta a: #5531

Caro Rui Pereira:

Mto. obrigado pela sua mensg. mas gostaria de saber se tirou nota desse assento de Cas. que faz a ligação dos rolões de Faro aos de Portimão ??

Com os melhores cumprimentos
José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#5934 | manuelr | 18 Jun 2001 14:01 | Em resposta a: #5928

Caro José Couceiro da Costa

De facto não cheguei a receber a sua mensagem. Vou preparar o que tenho sobre os Rolões, e terei muito gosto em lho enviar.

As pesquisas que já fiz, limitaram-se aos registos paroquiais e Câmara Eclesiástica de Castelo Branco, que são os documentos de mais rápida consulta, mas tb os mais limitados para avançarmos para datas mais antigas. No entanto, dada a maior disponibilidade em tempo de que disponho agora, vou deixar os RP e consultar o tanto que ainda falta.

Na BB, tiveram 3 actividades:Foram Oficiais do Exército, que não sei ainda se das Armas se de Ordenanças, Proprietários e Lavradores e , claro, Padres e um Vigário. Só o ramo do DR. Rolão preto, seguiu a advocacia, até à presente data.

Tiveram ligações com os Cunha Leitão, Bejas, Andrade Fragoso, Matos e Campos, normalmente gente da governança do Concelho, Capitães Mores e de Ordenanças.

Não me referia a descendente de António Couceiro, mas sim do 2º casamento de Tomé André Rolão, que porventura tivesse passado à BB.

Quanto à separata, terei muito gosto em recebê-la, ou na Rua Neves Ferreira-10-3º dto, 1170-274 Lisboa, ou através do e-mail manuelr@netcabo.pt, como melhor lhe convier.

Com os melhores cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#5955 | mop79436 | 18 Jun 2001 20:45 | Em resposta a: #5934

Caro Manuel

Penso já lhe ter informado que em documentos de compra, da minha familía (isto em Casegas) ,aparecem como vendedores João Gonçalves Rolão e sua mulher Maria Madeira.Já não sei a data mas se lhe imteressar irei ver a papelada.

Um abraço

Francisco

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#5957 | JCouceiro | 18 Jun 2001 22:07 | Em resposta a: #5934

Caro Manuel da Silva Rolão:

Da descendência de Thomé André Rolão -o velho- de alcunha "o riquo" houve:
1º Casamento - com Catarina Dias.
# Pedro André Rolão, senhor da casa de seus pais e administrador do vínculo dos Rolões, que subrogou por propriedades na Aldeia Galega da Merceana e c.c. Maria Nunes tb de Aveiro - com geração nos Rolão Couceiro Pimentel de Almeida
# Mathias André que casou com Maria Lançarote com geração nos Couceiros da Costa e Couceiros Albuquerque
# D. Maria Roloa c.c Lic. António Rodrigues Botto, dezembargador da Casa da Suplicação S/g.
# Soror Catarina dos Anjos, professa no Convento de Jesus de Aveiro (citada no 1º processo de beatificação da Santa Joana Princesa pois era apontada como uma das bafejadas com um milagre da Sta. Joana)
2º Casamento - com Branca Couceira
# Soror Ana da Coluna, professa no Conv. Jesus
# Lic. António Couceiro que c.c. D. Leonor Cardoso de Albergaria S/g.
# Pedro Couceiro com geração nos Couceiros da Costa
# D. Leonor da Costa c.c Lourenço de Carvalho de Menezes S/g
# Soror Maria de S. Paulo, professa no Conv. Jesus

Logo a possibilidade dos Rolões das Beiras descenderem dos de Aveiro terá uma maior probabilidade numa descendência fora do casamento do lic. António Couceiro (era bom que assim fosse !!!)

Vou amanha enviar a separata para a morada que me indicou.

Cumprimentos
José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#5958 | JCouceiro | 18 Jun 2001 22:09 | Em resposta a: #5955

Caro Francisco:

Se não for abuso da minha parte tb mto gostaria de ter essa informação.

Ao seu dispor
José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6006 | mop79436 | 19 Jun 2001 18:35 | Em resposta a: #5934

Caro Manuel e José Couceiro da Costa

Estive á procura do documento em que Domingos Gonçalves Rolão e sua mulhes Maria Madeira aparecem como vendedores, mas para já não encontrei.Tenho outro em que o mesmo Domingos Gonçalves Rolão( a grafia é Rolom ou Rolam) é testemunha de uma venda em 13.5.1796.

Sei pelo outro documento que era casado com a dita Maria Madeira.(que irei procurar)

Não sei como ele lá foi parar.Parece-me certo que não seria de lá.

Cumprimentos

Francisco Álvares de Carvalho

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6014 | mop79436 | 19 Jun 2001 19:06 | Em resposta a: #5934

O outro documento é de 8.9.1779

Cumprimentos

Francisco

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6070 | mop79436 | 20 Jun 2001 16:37 | Em resposta a: #5958

Caro José Couceiro da Costa

Penso que já deve ter visto a mensagem que enviei ao Manuel da Silva Rolão.

Aliás esqueci-me de referir ,que na altura da venda que fez, já era viúvo de Maria Madeira

Cumprimentos

Francisco Álvares de Carvalho

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6188 | JCouceiro | 22 Jun 2001 23:55 | Em resposta a: #6014

Caro Francisco:

Obrigado pelas suas informações.

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6204 | manuelr | 23 Jun 2001 23:37 | Em resposta a: #6014

Caro Francisco

Os Rolões onde estou parado, são todos já de finais do Sec XVI. De qualquer maneira, agradeço a informação, pois me interessam as ligações que tiveram na BB.

Se tiver mais dados disponíveis sobre o que me indicou, agradeço a informação.

Cumprimentos

MSR

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6205 | manuelr | 23 Jun 2001 23:51 | Em resposta a: #6188

Caro José Couceiro

Acabei de enviar para o e-mail que me indicou, um pequeno resumo dos primeiros Rolões que tenho. Espero que tenha recebido.

Com os melhores cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6206 | mop79436 | 24 Jun 2001 01:26 | Em resposta a: #6204

Caro Manuel

O dito Domingos Gonçalves Rolão que aparece em Casegas quando vende umas propriedades em Casegas em 8.9.1779 já era viúvo de Maria Madeira.

Na dita venda diz-se que é "natural" de Casegas.E das duas uma ,ou já havia lá Rolões ou para lá casou.

São centenas de papeladas que tenho,vou no entanto verificar e aproveitar para as classificar por periúdos.

Só não me sai da cabeça onde fui buscar o João Gonçalves Rolão que aparentemente desconhecia!

Se já era viúvo em 1779 se tiramos uns 40/50 anos dará 1739/1729, a possivél data de casamento.

Mas esta premissa pode estar toda errada.Tenho um avô que nasceu em 1713 ,casou 4 vezes e teve filhos até 1770 e tais!

Aproveito para lhe perguntar se tem alguma informaçõa sobre gente de Cabril.

Sobre o Júlio da Silva Cruz nas minhas pesquisas, lá cheguei a ele.Uma prima descendente de um irmão do meu avô casou com ele.Só os conheço pelo telefone.Um cunhado dele de nome Amilcar Pombares Vaz de Carvalho foi um Pintor em Angola de reconhecida validade.(também só o conheço pelo telefone.

Cumprimentos

Francisco Álvares de Carvalho

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6224 | manuelr | 24 Jun 2001 21:10 | Em resposta a: #6206

Caro Francisco

Sobre gente de Cabril não tenho nada.

Dos Gonçalves Rolão, houve 2 famílias na Soalheira que mantiveram os apelidos Gonçalves Rolão até muito tarde, desde +-1634 até pelo menos 1880, e sempre só com estes 2 apelidos.

Ou destes teria passado algum a Casegas, ou lá haveriam outros Rolões. Os mais antigos que conheço, ( por serem tb os registos mais antigos)são os da Póvoa de Rio de Moinhos e Tinalhas, desde +- 1540. Onde começaram os primeiros? Casegas tb pode ser uma origem, pelo que tenho que ver o que por lá se passa.

Outro assunto:
Tenho que consultar registos da Póvoa de Varzim, Penafiel e Lagares( onde fica?). Está tudo no Porto? E onde fica no Porto a Quinta da Boavista, Fregª de S.to Ildefonso?

Cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6226 | mop79436 | 24 Jun 2001 21:24 | Em resposta a: #6224

Caro Manuel

Amanhã telefonarei para o Arquivo Disrital do Porto,onde penso que devem ter informações sobre o que pretende.

Cumprimentos

Francisco Álvares de Carvalho

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6310 | rmfrp | 26 Jun 2001 19:30 | Em resposta a: #6226

Caro José Couceiro da Costa:

Lamento, mas não registei os dados exactos do casamento de Portimão que referi.

No entanto, descobri recentemente no casamento de uns antepassados meus (Sé, Faro, 07-12-1653 - o Cap. Gaspar de Figueiredo Mascarenhas e D. Mariana do Vale e Sousa) um padrinho do noivo (nesta paróquia, por esta altura, faziam a curiosa distinção de dois padrinhos do noivo e dois da noiva) chamado Francisco Martins Rolão. E considerando a regra, dada pela experiência, de que "os padrinhos são sempre tão ou mais importantes que as pessoas que apadrinham", então, se o noivo já era pessoa importante (com direito a um pequeno artigo na Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira), então este Francisco Martins Rolão não devia ser exactamente um cidadão anónimo.

Faço notar que o meu único antepassado Rolão conhecido até agora (Manuel Rolão, também de Faro), não está muito próximo destes. É um bisneto dele que acaba por casar com uma descendente deste casal.

Espero que esta informação seja útil.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6328 | JCouceiro | 27 Jun 2001 00:37 | Em resposta a: #5934

Caro Manuel Rolão:

Tenho uma série de notas sobre os Rolões do Algarve (U.C./Tombo)
Gostaria de as receber ??

Recebi hoje o seu mail sobre Rolões, ainda o estou a digerir dada a quantidade da informação.

Mto. obrg.

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6329 | JCouceiro | 27 Jun 2001 00:40 | Em resposta a: #6310

Caro Rui Pereira:

Mto obrg. pela sua mensagem.
Caso encontre de novo essa informação se me a puder transmitir mto lhe agradeço.

Veja a mensg. que enviei ao Manuel da Silva Rolão

Cumprimentos

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6341 | manuelr | 27 Jun 2001 13:55 | Em resposta a: #6328

Caro José Couceiro da Costa

Agradecia o envio das notas que tem sobre os Rolões do Algarve, pois desses tenho muito pouco, para não dizer nada.

A indicação que tenho dos de Beja, é a seguinte:
Matrícula das Ordens da Diocese de Évora, 1480-1483, pag 123:
Sequitur ad Primam Tonsuram et ad omnes allios quatuor Minores Ordines.
...
" Item Gasparem filium fratis Johannis Rollam Millicie Ordinis de Avis habitancium in dito loco( Beja) in parrochia beate Marie cum quo iam super defectu natalium de fratre propheso genitus et soluta actoritate apostolica et Ordinarii iam dispemssatum."
Viveria nessa altura a família em Beja, ou só lá estariam pai e filho?. Deve haver concerteza o pº de Ordenação, mas onde?.

Com os melhores cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6423 | JCouceiro | 29 Jun 2001 00:10 | Em resposta a: #6341

Caro Manuel da Silva Rolão:

Arq. da Univ. Coimbra - Actos e Graus

André Alves Rolão, fº de André Alves Rolão, nat. de Faro - Lic. 18.12.1699 - Medicina

Francisco Martins Rolão, fº de Afonso Rodrigues, nat. de Faro - Matricula em 1645 - Cânones

Goncalo Fernandes Rolão , fº de André Manso, nat. de Faro - Lic. 13.07.1646 Artes; 6.11.1650 Medicina

António Rodrigues Rolão, fº António Rodrigues Rolão, nat. de Aljubarrota - Lic. 26.03.1666 Medicina

João Duarte Rolão, fº de Gaspar Aires, nat. de Buarcos - Bach.26.06.1650 Leis

ANTT

D. Leonor Roloa - provisão para extinsão de tensa - Chanc. D. José I Lv. 11, fls 304

António Tomás Rolão - Mercê de 100.000 reis para ser paga a A.T.R do reino do Algarve

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6494 | manuelr | 01 Jul 2001 00:38 | Em resposta a: #6423

Caro José Couceiro da Costa

Agradeço a informação. Vamos ver onde consigo chegar com esses.

Os melhores cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6501 | JCouceiro | 01 Jul 2001 10:50 | Em resposta a: #6341

Caro Manuel S. Rolão:

Sobre este Johannis Rollam - João Rolão - tenho uma nota que diz que ele assistiu na qualidade de procurador ao Capítulo VI da Ordem de Aviz, em Março de 1488, segundo o que escreve Fr. Jerónimo Romam da dita Ordem.

Já procurei esta obra mas até a data nada encontrei.
Caso saiba algo sobre o seu paradeiro muito lhe agradeço qq informação.

Cumprimentos
José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6594 | manuelr | 03 Jul 2001 23:08 | Em resposta a: #5431

Caro José Couceiro da Costa

Recebi hoje pelo correio a separata que me tinha indicado, pelo que lhe fico grato.Não tenho ido à TT, pelo que não adiantei ainda nada dos elementos que tb me facultou.

Com os melhores cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6651 | JCouceiro | 05 Jul 2001 19:09 | Em resposta a: #6341

caro Manuel Rolão:

Aqui vão mais rolões de Faro:

# Goncalo Martins Rolão c.c. Inês d`Alva de Miranda, naturais e moradores em Faro, e dos "maritimos desta villa"
Houve:
# António Martins Rolão, o Banholos, c.c. Inês Rodrigues de Siqueira fª de António Dias Frade e de s.m. Isabel Pires de Siqueira, "todos maritimos"
Houve:
# D. Maria rafaela de Siqueira c.c com dr. Veríssimo de Mendonça Manuel, natural de Santiago do Cacém.

------X------X------

# Manuel Fernandes Rolão, c.c Guiomar Vicente, moador em Faro, com 66 anos em 1639

------X-------X------

# Francisco Rolão c.c. Catarina Alvares, morador em Faro, com 60 anos em 1639



Cumprimentos,

josé Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#6819 | JCouceiro | 09 Jul 2001 12:14 | Em resposta a: #6341

Caro Manuel da Silva Rolão:

Conforme o que ontem lhe prometi aqui vão mais uns elementos sobre os Rolões do Algarve

# - Vivente Rolão - clérigo capelão da Igreja de Santa Maria de Sagres em 27.03.1511, onde celebrava missa diária por alma do Infante D. Henrique, do qual encargo auferia 10$000 reaes anuais.

# - André Rolão - Cavaleiro da Casa Real , casou por palavras de presente à porta da Sé de Goa com helena Ribeiro. Fez testamento em Lagos vila onde viveu a 08.08.1545.

# - João Rolão, foi pai de:
- Vicente Rolão, de lagos, Cavaleiro da Casa de D. João III em 1550.

Com os melhores cumprimentos,

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7292 | JCouceiro | 21 Jul 2001 00:14 | Em resposta a: #6594

Caro Manuel:

Estive na passada quinta feira no Arq. da Univ. de Coimbra e encontrei o que julgo não ser novidade para si, mas mesmo assim aqui vai:

Manuel Pires Rolão, Filho de Manuel Pires Rolão, natural da Soalheira.
Faculdade - Cânones
Licenciatura - 30.10.1733

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7337 | rmfrp | 22 Jul 2001 20:45 | Em resposta a: #6310

Boa noite.

Por lapso, não incluí mais cedo esta informação neste tópico:

O meu antepassado Manuel Rolão era natural de São Brás de Alportel, e não de Faro, e era filho de Martinho Afonso, natural de São Brás de Alportel, e de Maria Alves Rolão, esta sim natural de Faro.

Uma vez que Manuel Rolão casou duas vezes, em 1666 e 1680, Maria Alves Rolão terá provavelmente nascido entre 1600 e 1620. Mais uma vez o apelido vem de Faro.

Soube ainda que, para além dos dois filhos do segundo casamento (Amaro de Siqueira Mimoso e Joana Mimoso), Manuel Rolão teve do primeiro casamento um filho, o Padre Gaspar Fernandes de Mendonça.

Obrigado pela atenção.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7430 | manuelr | 24 Jul 2001 23:34 | Em resposta a: #7292

Caro José Couceiro

Só hoje estou em Lisboa, pelo que não lhe respondi há mais tempo. Este Manuel Pires Rolão nasceu em 1708, é bisneto do Alferes Manuel Gonçalves Rolão, e 3º avô do Dr. Rolão Preto.
De qualquer maneira, grato pela informação.

Um abraço

Manuel Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7433 | alentejo | 24 Jul 2001 23:53 | Em resposta a: #7430

Senhor Coronel,


A referência pode parecer despropositada, quando a vossa investigação já vai tão avançada, mas a Col. Pombalina tem uma série de entradas de Rolão, que nunca vi por falta de tempo.

Cumprimentos

Nuno Borrego

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7435 | artur41 | 25 Jul 2001 00:39 | Em resposta a: #7430

Caro Manuel Rolão


Será que tem alguma informação sobre
Maria Alves Rolão e sua ascendência?
Como sabe era casada com Martinho
Afonso; sendo mãe de Manuel Rolão,
que se casou com Joana Mimosa(mãe).


Com os melhores cumprimentos

Artur Camisão Soares

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7436 | manuelr | 25 Jul 2001 00:47 | Em resposta a: #7433

Caro Nuno Borrego

Mandei-lhe agora um apontamento sobre os Andrades de Monsanto, para o seu e-mail. Não sei se ficou claro, pois ficou tudo desconfigurado. Sobre a Colecção Pombalina, ainda não consultei nada! Acredita?. Penso deixar a TT em Setembro, para me dedicar ao que existe na Biblioteca, onde não entro há mais de 20 anos !

Cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7438 | manuelr | 25 Jul 2001 00:58 | Em resposta a: #7435

Caro Artur Camisão Soares

Sobre a ascendência do casal que indica, não disponho de nenhuns elementos. No entanto, se vier a encontrar alguma coisa, não deixarei de o informar.

Com os melhores cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7440 | JCouceiro | 25 Jul 2001 01:04 | Em resposta a: #7433

Caro Nuno Borrego:

Na BN apenas vi na Coleção Pombalina o vol. 396, fl. 414 - Título de Rolão.

Foi esta entrada q. viu ou foram ainda outras desconhecidas para mim ?

Obrigado

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7442 | JCouceiro | 25 Jul 2001 01:13 | Em resposta a: #7435

Caro Artur Camisão Soares:

Sobre a Maria Alves Rolão concretamente nada sei, mas encontrei no Arquivo da Universidade de Coimbra um André Alves Rolão,Licenciado em Medicina aos 18.12.1699, natural de Faro e filho de um outro André Alves Rolão; será parente da Maria Alves Rolão e logo tb. da Joana Mimosa, que tanto e tão bem, tem sido tratada neste fórum ?

Cumprimentos

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7444 | manuelr | 25 Jul 2001 01:27 | Em resposta a: #7435

Caro Artur Camisão Soares

Sabe se Maria Alves Rolão e Martinho Afonso, tiveram algum filho chamado Pedro Afonso Rolão casado com Leonor Gonçalves e pais de Martinho Gonçalves?. Pedro Afonso Rolão faleceu por volta de 1620 na Soalheira, Castelo Novo.

Com os melhores cumprimentos

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7445 | manuelr | 25 Jul 2001 01:30 | Em resposta a: #7442

Caro José Couceiro

Tinha que ser um André, para variar!!!

Cumprimentos

Manuel Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7447 | artur41 | 25 Jul 2001 01:42 | Em resposta a: #7444

Caro Manuel da Silva Rolão


Confesso que não lhe sei responder.
Para lhe dizer a verdade, este tópico
cada vez mais me surpreende.


Os melhores cumprimentos

Artur Camisão Soares

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7448 | artur41 | 25 Jul 2001 01:53 | Em resposta a: #7442

Caro José Couceiro da Costa


Os apelidos comuns e a naturalidade,
assim o podem indíciar. Por outro
lado seria necessário avaliar bem o
grau de parentesco.


Os melhores cumprimentos

Artur Camisão Soares

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7452 | JCouceiro | 25 Jul 2001 02:23 | Em resposta a: #7444

Caro Manuel Rolão:

Isto Rola e quanto mais Rola mais "pescadinha de rabo na boca" parece...

Será que o Pedro Afonso Rolão,da Soalheira vem de Faro?
Tem ideia da idade dele quando morreu?
Já tinha filhos?

É que pelos paroquiais de Faro (estão no Tombo) deve ser mto. difícil, pois iniciam em 1605, descobrir alguma coisa

Fico atento

José "Rolão" Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7453 | JCouceiro | 25 Jul 2001 02:32 | Em resposta a: #7337

Caro Rui Pereira:

Sobre os Alves Rolão já viu a minha mensagem de 29.06 ?

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7459 | rmfrp | 25 Jul 2001 13:32 | Em resposta a: #7452

Boa tarde.

Uma vez que nos tempos mais recentes todos os caminhos parecem ir dar a Manuel Rolão, e há muitos participantes interessados na ascedência deste senhor, deixo aqui as informações que sobre ele consegui recolher:

MANUEL ROLÃO, natural de São Brás de Alportel. Em criança estudou em Faro. Viveu em casa do seu padrinho, o Bndo. António Martins Contreiras. Há padres se referem a ele como colega, o que me leva a supor que terá estudado no Seminário.

Casou em primeiras núpcias em 7 de Outubro de 1666 na paróquia de São Pedro, em Faro, com Margarida de Mendonça, irmã do mestre sapateiro Manuel de Morais. Deste primeiro casamento teve pelo menos um filho, o Padre Gaspar Fernandes de Mendonça.

No tempo do seu primeiro casamento Manuel Rolão andou no mar.

Casou em segundas núpcias em 12 de Fevereiro de 1680 na paróquia de São Pedro, em Faro, com Joana Mimoso, com quem residiu na Rua Direita desta cidade. Deste segundo casamento nasceram pelo menos, como já todos sabem, o Dr. Amaro de Siqueira Mimoso, que se ordenou de menores, e Joana Mimoso.

No tempo do seu segundo casamento foi caixeiro (de Manuel Lopes Medina), tabelião, escrivão do geral e avaliador do conselho da cidade de Faro.

O pai de Manuel Rolão era:

MARTINHO AFONSO, natural de São Brás de Alportel. Foi sapateiro e curtidor, alcaide e meirinho dos clérigos de São Brás. Casou em primeiras núpcias com Maria Alves Rolão, abaixo, e em segundas núpcias com Maria Viegas.

A mãe de Manuel Rolão era:

MARIA ALVES ROLÃO, natural de Faro.

Sobre Manuel Rolão é tudo o que tenho (dados constantes da famosa Habilitação para FSO de Gonçalo de Sousa de Menezes - ANTT, maço 7, nº 120).

Obrigado pela atenção.

Rui Pereira

PS: vou colocar dados sobre a ascendência conhecida de Joana Mimoso, esposa de Manuel Rolão, no tópico "Joana Mimosa, de Faro".

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7467 | JCouceiro | 25 Jul 2001 16:01 | Em resposta a: #7459

Caro Rui Pereira:

Mto. obrigado pelos seus esclarecimentos.

Já consultou os paroquiais de Faro no sentido de saber mais algum facto sobre a Maria Alves Rolão, uma vez que ela presumivelmente terá nascido por volta de 1620?

Cumprimentos

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7470 | artur41 | 25 Jul 2001 17:20 | Em resposta a: #7459

Caro Rui Pereira


OS meus agradecimentos pelos dados que
forneceu.
Sempre ao dispõr.


Os melhores cumprimentos

Artur Camisão Soares

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7472 | rmfrp | 25 Jul 2001 18:21 | Em resposta a: #7467

Caro José Couceiro da Costa:

Ainda não tive oportunidade de procurar nos registos paroquiais de Faro o casamento de Martinho Afonso com Maria Alves Rolão, uma vez que ainda não visitei o Arquivo Distrital de Faro (que é onde os registos de Faro-cidade estão) desde que descobri os nomes deste casal.

No que sobreviveu dos registos de São Brás de Alportel (falta grande parte deste período) não aparece nenhum dos dois casamentos de Martinho Afonso.

Quanto ao Dr. André Alves Rolão, parece-me ser um forte candidato a sobrinho de Manuel Rolão.

Obrigado pela atenção.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7482 | manuelr | 25 Jul 2001 20:05 | Em resposta a: #7452

Caro José Couceiro

Dos Rolões de geração espontânea que tenho, e tenho alguns, um deles é precisamente Pedro Afonso Rolão.
Casou com Isabel Gonçalves ( e não Leonor) e faleceu em 16-08-1632, sendo sua mulher sua testamenteira. Foram pais de:
2-Francisco Rolão, que faleceu em 28-03-1627, com 15 ou 16 anos
2-Tomé Rolão, crismado em 167-01-1636, que casou com Leonor Domingues, dispensados em 4º grau de consanguinidade de linha igual
2-Martim Gonçalves, crismado em 1636, único registo onde vem o nome do pai. Casou com Maria Mendes( da Cunha ). Os descendentes não usaram o apelido Rolão, mas Mendes e Gonçalves de Leão.

Tomé Rolão, nº 2, teve a:
3-Pedro Rolão, nasceu em 1634
3-Maria Domingues Rolão nasceu em 1637
3-Bartolomeu Rolão nasceu em 1642
3-Francisco Rolão nasceu em 1645.

Todos estes registos são da Soalheira, que começam em 1626.

Um abraço

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7534 | JCouceiro | 27 Jul 2001 12:30 | Em resposta a: #7448

Caro Artur Camisão Soares:

Tenho acompanhado o tópico "Siqueira" e qual não é o meu espanto quando vejo que o Eça de Queiroz descende do Dr. Amaro Siqueira Mimoso, fº do Manuel Rolão.
Até aqui nada de mais, mas sendo a minha varonia Rolão (de Aveiro) e tendo casado com Matilde Eça de Queiroz, ficam os nossos filhos Rolões, de Aveiro e do Algarve !!!
Se já era grande o desejo de ligar os Rolões de Aveiro com os do Algarve e tb. com os da Soalheira de que descende o nosso amigo Manuel da Silva Rolão, é agora muito maior.
Nunca pensei deste tópico de Rolões, rolar tanta e tão boa informação.
Já agora um aoutra curiosidade:
Como foi dito no tópico "Siqueira" também os Bertiandos ficam Rolões (a juntar ao sangue Couceiro)

Obrigado

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7537 | rmfrp | 27 Jul 2001 13:44 | Em resposta a: #7467

Caro José Couceiro da Costa:

Voltei finalmente aos paroquiais de Portimão e não só encontrei o Rolão que referira anteriormente como ainda o que parece ser o seu segundo casamento. Aqui estão os dados:

a) Portimão, 07.01.1624 - Casam António Rolão, natural de Faro, filho de Domingos Fernandes e Catarina Martins, com Maria Santa, filha de André Dias e Mécia Afonso.

b) Portimão, 28.10.1637 - Casam António Rolão, filho de Domingos Fernandes Rolão e Catarina Martins Pacheco, defuntos, moradores que foram em Faro, com Brites Álvares, filha de António Martins cavaleiro defunto e Isabel Fernandes, moradores que foram em Portimão (não sei se "cavaleiro" é nome ou título - inclino-me para a segunda hipótese).

Por coincidência, tenho um casal de antepassados algarvios Domingos Fernandes e Catarina Martins. Só que a filha deles de que descendo casou em Faro em 1692, portanto não podem ser estes.

Uma nota apenas: os Bertiandos NÃO ficam Rolões por esta via. Gonçalo de Sousa de Menezes casou com uma irmã da esposa de Amaro de Siqueira Mimoso. Bertiandos-Rolões, a existirem, serão os descendentes de António Pereira de Sousa de Menezes, o filho ilegítimo de Gonçalo de Sousa de Menezes e de Joana Mimoso (irmã de Amaro).

Desejo-lhe boa sorte na pesquisa do parentesco com a sua esposa.

Obrigado pela atenção.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7542 | JCouceiro | 27 Jul 2001 16:17 | Em resposta a: #7537

Caro Rui Pereira:

Logo após a minha mensagem para o Artur Camisão Soares constatei o meu lapso de Bertiandos/Rolões. Agradeço-lhe o seu pronto reparo, significativo da atenção e cuidado que presta a este fórum.

Relativamente ao Domingos Fernandes Rolão:
Nasceu em Faro e aí foi mareante. Era filho de Francisco Fernandes, mareante, e de s.m. Francisca Rolão, ambos moradores em Faro - S. Pedro; casou com Catarina Martins Pacheco, filha de Francisco Pacheco, mareante, e de s.m. Catarina Martins, ambos naturais e moradores em Faro - S. Pedro.
De Domingos Fernandes Rolão e de Catarina Martins Pacheco houve:

Capitão António Rolão, natural de Faro - S. Pedro, morador em Portimão onde viveu rica e abastadamente, tendo tb. aí casado com Brites Álvares, filha de António Martins, cavaleiro, e de s.m. Isabel Fernandes, neta paterna de Jerónimo Álvares e de s.m. Luisa Martis, neta materna de Baltazar Fernandes e de s.m. Catarina Vicente, todos estes naturais e moradores em Portimão.

Tudo isto consta da habilitação para familiar do S.O. do capitão António Rolão (ANTT m. 10, nº 379 - carta de 09.06.1651) - elementos amavelmente a mim cedidos pelo Dr. Miguel Corte-Real -

Pergunto:

#1 - Têm conhecimento de geração desta gente?

#2 - Relativamente a Maria Alves Rolão, de Faro, já conseguiu alguma coisa?

Agradecendo-lhe apresento os melhores cumprimentos.

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7546 | alentejo | 27 Jul 2001 18:04 | Em resposta a: #7440

Caro José Couceiro,


Não estou certo, mas pareceu-me mais que uma entrada.
Hoje enquanto procurava outras coisas, tropecei numa àrvore de MArchões Themudos onde consta a seguinte linha:

VICENTE ROLÃO MONTES, Cap. Infª. C.c. VIOLANTE COELHO, filha de Luís Coelho. Tiveram:

FRANCISCO ROLÃO MONTES, sarg-Mor em Faro. Casou com LUÍSA SIMOA, fª de Pedro Cristóvão e de Ana Simoa. Tiveram:

VIOLANTE ROLOA, casou com Belchior de Tolosa, filho de Álvaro de Tolosa, Moço da Câmara de D. Sebastião, e de Leonor Álvares. Tiveram:

D. LUÍSA DE TOLOSA, c.c. o célebre DIOGO MARCHÃO THEMUDO, desembargador do Paço. C.g.

Costados da autoria de Francisco de Brito Freire, (Biblioteca da Ajuda, 49-XIII-37, fls. 107).

Cumprimentos

Nuno Borrego

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7549 | rmfrp | 27 Jul 2001 19:18 | Em resposta a: #7542

Caro José Couceiro da Costa:

A minha pesquisa sobre Maria Alves Rolão está por agora parada. Conto prossegui-la em Faro, mas tal não será para já.

Quanto aos Rolões de Portimão, surpreendeu-me a existência da habilitação para FSO do Cap. António Rolão. Imagino que o Dr. Miguel Corte-Real a que se refere seja o autor do artigo sobre a nobreza de Portimão incluído no livro "O Algarve da Antiguidade aos Nossos Dias", do qual tive conhecimento através de referências neste Fórum e que muito útil tem sido na minha pesquisa.

Também não conheço nenhum dos nomes que referiu da mesma habilitação, apesar de ter noutros ramos antepassados de Faro que foram mareantes (e o próprio Manuel Rolão também o foi).

Obrigado pela atenção.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7551 | JCouceiro | 27 Jul 2001 19:30 | Em resposta a: #7546

Caro Nuno Borrego:

A entrada de que falei trata da mesma gente, mas com desenvolvimentos diferentes bem como com algumas diferenças pontuais; assim, e para melhor elucidação passo na integra o que consta na B.N. - Colecção Pombalina - Vol. 396 , fl 414 e 414 v.

ROLAM
1 - Vicente Rolão Montez, fº de ..., foi capitão de Infantaria no algarve. casou com Violante Coelho, fª de Luiz Coelho
Teve
2 - Francisco Rolão Montez, Cavaleiro Fidalgo da Casa del Rey, e Sargento mor em Lagos, no tempo del Rey D. Sebastião. casou com Luiza Simoa, fª de Felipe Afonso Carrilho e de s.m. Ana Simoa, neta paterna de Manuel Vaz Carrilho e de s.m. Leonor Afonso, e pela materna de Luiz Simão que era fº de Simão Vaz e de s.m. antónia Roiz, fª de Bartolomeu Roiz e de s.m. Isabel Roiz.
Teve
3 - D. Violante Roloa, que casou com Belchior de Tolosa Coelho, em Tit. de Coelho nº 120 fl. 351
4 - D. Constança Roloa, que casou em Torres Novas com Gaspar Vieira em tit. de ...
5 - D. Ana Montez, que casou com António Pimentel, S.G. , e dos seus bens instituiu um morgado que hoje possui Diogo Rangel de Macedo.
Casou 2ª vez com ....., S.G. e viveu 116 anos.
6 - D. Maria Montez, que morreu donzela de 120 anos de idade.
--------- X ---------

Cumprimentos,

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7553 | JCouceiro | 27 Jul 2001 19:57 | Em resposta a: #7549

Caro Rui Pereira:

Quando falamos no Miguel Corte-Real, estamos ambos a falar da mesma pessoa.
Da habilitação do Cap. António Rolão constam como testemunhas:

de Portimão:
#- Baltazar Fernandes Freire, 55 anos, nobre
# - João Frz. da Costa, 73 anos, nobre
# - Luis Afonso Santos, 75 anos, nobre, Juiz da Alfandega e Capitão
# - Lic. Sebastião Sobrinho Corrêa, 71 anos, clérigo de missa
# - Luis Mendes Corrêa, 71 anos, nobre, capitão
# - Vicente Freire, 80 anos, nobre
# - Diogo Moreira Pascoal, 64 anos, homem navegante
# - Pe. Vicente martins, 66 anos, Clérigo de missa
# - João Fernandes de Castro, 73 anos, nobre

de Faro:

# - Rdo. Conego Diogo Alvares Rolão, 78 anos.
# - Pedro Alvares Beja, 71 anos, mareante
# - João Martins Rolão, 62 anos, Benef. na Sé de Faro
# - Lic. Diogo Dias Frade, 55 anos, médico
# - Martim de Amor, 66 anos, mareante
# - Pe. Pedro Alvares Pexão, 56 anos, cura no bispado de Faro
# - Francisco Alvares Garapelho, 63 anos, mareante
# - Pedro Gomes, 67 anos, mareante

Cumprimentos

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7556 | rmfrp | 27 Jul 2001 21:12 | Em resposta a: #7553

Caro José Couceiro da Costa:

Mais uma vez obrigado pelas suas informações. Creio que o Vicente Freire de Portimão é um antepassado que descobri recentemente. Já na habilitação de Gonçalo de Sousa de Menezes me tinha aparecido um antepassado de outro ramo, e mais um "suspeito".

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7557 | JCouceiro | 27 Jul 2001 21:43 | Em resposta a: #7556

Caro Rui Pereira:

O Vicente de Freire era parente em 3º e 4º grau de consanguinidade com Brites Alvares, mulher do cap. António Rolão.
Era da governança de Portimão

(H.S.O. já referida)

cumprimentos
José Couceiro da Costa)

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7558 | rmfrp | 27 Jul 2001 22:40 | Em resposta a: #7557

Caro José Couceiro da Costa:

Obrigado pela pista. Se for quem eu penso, este Vicente será um Vicente Freire de Andrade que aparece no tópico "Freire de Andrade de Portimão e Lagos". Está ligado a ramo em que há bastantes dados, mas em que o conjunto tarda em fazer sentido.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7560 | manuelr | 27 Jul 2001 22:55 | Em resposta a: #7534

Caro José Couceiro

E já são 2. Os meus sobrinhos juntam os Rolões da Soalheira, pelo meu irmão, com os do Algarve, pela minha cunhada! Só (!) faltam os de Aveiro com os da Soalheira.

Um abraço

Manuel Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7562 | JCouceiro | 27 Jul 2001 23:05 | Em resposta a: #7560

Meu Caro Amigo:

Tenho fé que iremos conseguir.
Vou pedir pelos Mormans todos os microfilmes de Faro, Portimão e Lagos dos finais do sec. XVI e inicio do sec. XVII, para tentar tirar a limpo toda esta ROLOADA

Já chegou a ver aquele Rolão na Chancelaria ?

Um abraço

Zé Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7563 | manuelr | 27 Jul 2001 23:35 | Em resposta a: #7562

Amigo José Couceiro

Aina não e aliás tenho mais para ver, que devo ver na próxima semana. Mas tenho que combinar com o Engº Castelo Branco, que de chinês não percebo nada.
E tb há Rolões na Fuzeta.

Um abraço

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7564 | JCouceiro | 27 Jul 2001 23:46 | Em resposta a: #7563

Caro manuel Rolão:

Rolões na Fuzeta??

Quem são ?

Obrigado

José couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7566 | manuelr | 28 Jul 2001 00:44 | Em resposta a: #7564

Caro José Couceiro

José Rolão, fº de Manuel Rolão, o Velho e de Joana da Conceição Lourenço, casou em 19-12-1740 com Inês Martins da Conceição.
Sua irmã Joana dos Santos Rolão casou em 15-08-1740 com Marcos Fernandes, fº do Alferes Sebastião Martins e de Maria Fernandes.
Sabe alguma coisa deste Manuel Rolão o Velho?

Um abraço

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7573 | JCouceiro | 28 Jul 2001 10:37 | Em resposta a: #7566

Caro Manuel Rolão:

O único Manuel Rolão, o velho, de que tinha notícia era de Aveiro e foi o pai do Rev. Pe. José Rolão Pimentel, Comissário do Santo Ofício etc.

Um abraço

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7574 | 2910 | 28 Jul 2001 12:51 | Em resposta a: #5431

Caros senhores
aqui vai mais uma ajuda, um Algarvio Rolão de nome Manuel Martins Rolão casou com Margarida Nunes e tiveram Maria Vaz casada a 19/12/1688 em Santa Barbara de Nexe com Manuel Rodrigues Dourado, destes descende o antigo primeiro ministro Cavaco Silva.

os melhores
cumprimentos
Caeiro Pinto

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#7580 | rafael mião | 28 Jul 2001 19:31 | Em resposta a: #7574

Caro óscar Caeiro Pinto
Como é um bom conhecedor de famílias do Algarve,sejam ou não autóctenes ,aproveito a sua mensagem generalizada para uma informação ,a referida Margarida Nunes não terá a ver com -Nunes Coelho ,da freg. de Salir?Tenho ums avós desta família e prov.da família do cap. José Dias Nunes,dali e da mesma época e bem assim do padre do Hábito de São Pedro Manuel Nunes Coelho.Um meu avô João Nunes Coelho ,de Alte-João Nunes Coelho,casado com Bárbara Roiz ,do Pé da Serra-Salir,aos 17-12-1731 era filho de Manuel Coelho Machado,de Alte e de Fhelipa Nunes,da freg. de Salir(?).A propósito de -Machado -lembrei-me do sargento-mor de Silves Gregório José NUNES Duarte MACHado GUerreiro,de que tenho ascendência e ligado a minha fam´lia de Alte-Lourenços Cavaco,Martins Cavaco e Roiz Guerreiro e outros de Benafim também.E, certamente ,sabe que o Senhor Prof.Cavaco Silva é também Guerreiro e Cavaco,dos referidos .
E por falar em Santa Bárbara de Nexe,conhece daqui alguém de apelido Pinheiro?Desta época aparece-me além deste antepassado uma avó Maria GUterrez,(primeiro quartel do séc XVII)casada com Gaspar Afonso Cavaco,de Alte e o apelido parece-me espanhol.
Terei de desdobrar esta informação por vários tópicos,mas pode ser que entretanto recolha alguma coisa de quem consulte a sua mensagem.
Cordiais cumprimentos e ao dispôr
Rafael Carvalho
Cá espero a fotocópia sobre-Meão. E o nosso Amigo ,grande colaborador deste Forum ,Rui Pereira também já me indicou outro-Meão.Aliàs-Meona-era o significado de Senhora da mais alta fidalguia e importância,na Idade Média; Meom(Myam como aparece em avós meus e Mião) terá o mesmo significado de grande Senhor ?!(v/Sousa Viterbo no seu Elucidário).

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8114 | rmfrp | 21 Ago 2001 02:48 | Em resposta a: #7470

Caros Senhores:

Estive no Arquivo Distrital de Faro e tentei descobrir o casamento de Martinho Afonso e Maria Alves Rolão, mas sem êxito. Tal não é surpreendente se consderarmos que, tal como para São Brás de Alportel,
faltam muitos registos deste período. Apareceu um casamento de um Martinho Afonso com uma Maria Rolão, mas em 1609, o que é manifestamente cedo demais.

Encontrei no entanto os casamentos de dois irmãos do nosso Manuel Rolão, a saber: António Rolão, com Maria da Luz, filha de Marcos Fernandes e Margarida Gonçalves (São Pedro, 10.04.1684); e Mateus Rolão, com Maria Ravis (???), viúva de Manuel Lourenço (São Pedro, 23.05.1689). Em ambos os casos os nomes dos pais do noivo aparecem como Martim Afonso e Maria Alves. Num dos casos uma das testemunhas é Manuel Lopes Medina, o tal de quem Manuel Rolão foi caixeiro, e no outro há um "Cap. Manuel Lopes" que assina Manuel Lopes e mais uma abreviatura começada por M... E, revendo os meus arquivos, descobri que o tal Cap. Manuel Lopes também foi testemunha no casamento de Manuel Rolão com Joana Mimoso.

Entretanto, no casamento (Sé, 02.07.1691) de Miguel Rodrigues e Beatriz Correia, avós paternos de D. Maria Bárbara Teresa da Encarnação Sousa (esposa do Dr. António Rodrigues Nogueira Mimoso, neto materno de Manuel Rolão) duas das testemunhas são o Alferes Vicente Rolão e Manuel Rolão, mareante (ou seja, quase de certeza o nosso). Acontece que o Dr. ARNM e D. MBTES têm 4. grau de consanguinidade. Será o trisavô comum um Rolão? Pelos registos paroquiais, infelizmente, não parece possível lá chegar.

Obrigado pela atenção.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8173 | Rui Portugal | 23 Ago 2001 14:34 | Em resposta a: #7292

Caro JCouceiro,

Permita-me que o informe, se por acaso não o sabe ja, que o Dr. Manuel Pires Rolão Preto acima referido é o ascedente da família Rolão Preto da Soalheira, e o primeiro que usa os dois apelidos, por ser filho de Manuel Pires Rolão e de Joana Gonçalves Preto, ambos da Soalheira.
Sobre esta família tenho alguns elementos que poderei facultar, caso esteja interessado.
rportugal

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8470 | JCouceiro | 01 Set 2001 00:30 | Em resposta a: #8173

Caro Rui Portugal:

Agradeço-lhe a sua mensg. e caso possa partilhar os seus elementos muito lhe agradeço.

Cumprimentos,
José Couceiro

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8494 | rafael mião | 01 Set 2001 17:38 | Em resposta a: #5431

Ex. mos Senhores
Ontem ao pesquisar na T.T."apareceu-me"jOSÉ rOIZ COrvo ROLão-de Alcácer do Sal .Not. e Com. do Santo Oficio.Inq. de Evora
M- 126 Dil- 2663
M- 92 Dil- 13338
Tomei esta simples nota ,em virtude deste tópico no Forum que poderá ser-vos útil.
Cumprimentos
Rafael Carvalho

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8507 | JCouceiro | 01 Set 2001 23:14 | Em resposta a: #8494

Caro Rafael Carvalho:

Muito lhe agradeço a sua nota.
Já tinha conhecimento deste Rolão de Alcácer do Sal, mas por outras vias.
Não sabia,contudo, que ele era do santo ofício.

Muito obrigado pela sua óptima informação

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8525 | manuelr | 02 Set 2001 23:17 | Em resposta a: #8507

Caro José Couceiro

Só hoje vim de férias, pelo que não tenho vindo ao Fórum.Acabei de lhe mandar um e-mail, mas duvido que o tenha recebido. Quanto aos Rolões, já os havia no Algarve por volta de 1500.Dada a data da conquista do Algarve, seria talvez interessante saber como e com quem se fez o seu povoamento. E isto dado tb que os havia em Beja em 14..!

Um abraço

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8528 | JCouceiro | 03 Set 2001 00:30 | Em resposta a: #8525

Caro Manel:


Fico a aguardar notícias sobre o Rolão 1513. Será que é o Pe. Vicente Rolão, clérigo de missa em Sagres ????

Veja s.f.f a mensagem do Rafael Carvalho (rafael mião) datada de 01.09, sobre um Rolão de Alcácer do Sal.
Se numa das suas idas ao Tombo puder dar uma olhadela á habilitação do S.O., pode ser que mais novidades nos surjam.

Um abraço amigo

Zé Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8529 | manuelr | 03 Set 2001 00:43 | Em resposta a: #8528

Caro José Couceiro

Esse é filho de António Nunes Rolão e de Rosa Maria do Amor Divino, irmão inteiro de Maria Luisa, casada com o Familiar Miguel Ferreira Dias, com Carta de Familiar em 03-08-1762. Assim que for à TT, vou ver a documentação.

Um abraço

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8688 | rafael mião | 05 Set 2001 16:20 | Em resposta a: #8529

Caro Rui Pereira
Se aceder ao meu novo tópico -Ramos Familiares(mesmo tronco)acabo de referir uma Senhora de apelido- Rolão-no item sobre Afonso Guerreiro de Brito.
À svezes receio repetir-me ou não trazer novidade nenhuma,mas fica a informação com o valor que lhe é própria.
Cumprimentos
Rafael Carvalho

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8702 | Cau Barata | 05 Set 2001 21:11 | Em resposta a: #5431

CARLOS EDUARDO DE ALMEIDA BARATA

Rio de Janeiro, 05.09.2001

Há Rolões, também no Brasil. No Dicionário das Famílias Brasileiras, com 4 grandes volumes, em dois Tomos, com mais de 5.000 páginas, do qual sou autor, junto com o Deputado Cunha Bueno, lançamos o seguinte verberte:

ROLÃO - Família de origem portuguesa estabelecida no Estado do Rio Grande do Sul, para onde passou João Maria Rolão, naturalizado brasileiro, por Carta de 26.09.1866 (Decreto n.º 1368). Sobrenome de uma família estabelecida, na segunda metade do século XIX, na Cidade do Rio de Janeiro, à qual pertence o negociante Faustino Rolão, proprietário de um bar - Café e Botequim, em 1896.

Cau Barata

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8706 | rmfrp | 05 Set 2001 22:43 | Em resposta a: #5431

Caros colegas:

Foi com grande surpresa que descobri recentemente que entre os muitos livros de actos notariais existentes no Arquivo Distrital de Faro existe um de Manuel Rolão. A lista dos notários e correspondentes livros está na página do ADF, cujo endereço é http://www.terravista.pt/portosanto/2133/ . No momento em que escrevo a página parece não estar disponível, mas espero que seja um problema passageiro.

Obrigado pela atenção.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8711 | rmfrp | 05 Set 2001 22:51 | Em resposta a: #8688

Caro Rafael Carvalho:

Muito obrigado pela sua chamada de atenção. Pela minha parte, prefiro correr o risco de repetição a deixar escapar dados importantes.

Aproveito para lhe chamar a atenção para as informações adicionais que coloquei no tópico "Velez de Morais Bettencourt".

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#8888 | JCouceiro | 09 Set 2001 09:50 | Em resposta a: #8525

Caro Manuel Rolão:

Aqui vai mais uma peça para o nosso puzzle

# - Vicente Rolão, fº de João Rolão, de Lagos, Cavaleiro Fidalgo, no ano de 1550
( B.N.L. - Moradias de D. Flamínio de Souza )

Um abraço

Zé Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

Pericões / Rolões

#10158 | JCouceiro | 03 Out 2001 00:19 | Em resposta a: #8529

Caro Manuel:

Depois da n/ conversa telefónica de hoje aqui o que tenho sobre os Perições / Rolões

Pedro Anes Pericão, o velho, m. 27.08.1575, casou com Antónia Jorge (suponho fª de António Jorge Rolão)
Filhos:
1-Miguel Pires Pericão, cav. fid. e provedor da Miz. em 1590. casou com Isabel Migueis Rangel.
Filhos:
Miguel Rangel - cg em Aveiro
André Migueis Pericão
2- Pedro Anes Pericão, o novo, m. 2.2.1617. casou com Isabel Jorge - Filhos:
João André Pericão n. 26.6.1580 e casou com Leonor Couceiro
António Jorge Pericão, n. 23.8.1586
Maria Jorge, n. 13.8.1588
Manuel Jorge, n. 21.6.1592
3- Maria André Pericoa casou com Miguel André Rolão, e m. 22.7.1594 - Filhos:
Leonor Roloa c.c Rui Lopes de Magalhães, fid. cav.
Catarina Roloa c.c Dr. Pedro Nunes da Costa, desembargador do Paço


Um abraço

Zé Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#10278 | rmfrp | 05 Out 2001 01:24 | Em resposta a: #8706

Boa noite.

No decurso das minhas investigações descobri uma obra de grande interesse para todos os que pesquisam famílias de Faro. Trata-se de "Faro no Século XVII", de José António Pinheiro e Rosa, autor de outros trabalhos também muito úteis (alguns dos quais existem na BN, incluindo o citado). Aparentemente, o autor fez um levantamento exaustivo dos registos paroquiais deste século na cidade relativo a referências a cargos, profissões, etc., e apresenta extensas listas para muitas categorias. Encontrei as seguintes referências a Rolões (a data indicada é, segundo o autor, a mais antiga com o título correspondente):

CLERO

(Na Sé e sua paróquia)

Cónegos Prebendados:

1647 - Diogo Álvares Rolão (faleceu em 1653)
1647 - António Rolão (faleceu em 1672)

Beneficiados Capitulares (ou Curados):

1606 - Diogo Alves Rolão

Beneficiados Cantores:

1629 - João Martins Rolão (faleceu em 1662)
1668 - Gonçalo Fernandes Rolão

(Em São Pedro)

Beneficiados Curados:

1617 - Diogo Alves Rolão
1662 - António Jorge Rolão

Beneficiados Simples:

1600 - Francisco Rolão

Outros Padres vivendo na freguesia:

1658 - Cristóvão Fernandes Rolão
1662 - Pedro Dias Rolão

OUTRAS PESSOAS:

Licenciados:

1603 - Francisco de Alves Rolão (homem baço) - era o que constava no livro.

Moleiros:

1614 - o Rolão moleiro

Estudantes:

1665 - Manuel Rolão - creio que este já todos sabemos quem é...

Gente fidalga ou burguesa da cidade:

1602 - Francisco Martins Rolão e sua mulher Branca Roloa
1650 - André Domingos Rolão
1659 - Pedro Álvares Rolão

Escravos:

1648 - filha de Lúcia, escrava do Beneficiado Francisco Rolão


Espero que esta informação seja útil.

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#10312 | JCouceiro | 05 Out 2001 19:15 | Em resposta a: #10278

Caro Rui Pereira:

Muito lhe agradeço as valiosas informações com que enriqueceu este tópico.
Pena é que ainda não se tenha conseguido fazer a ligação dos Rolões de Aveiro com os do Algarve e com os da Soalheira.
Tenho a esperança que este tópico ainda irá fornecer mais informação sobre esta família, tão pouco estudada, se bem que nunca julguei que quando o iniciei, pudesse em tempo algum produzir tanto e com tanta qualidade.
A todos, bem hajam.

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#10317 | 2910 | 05 Out 2001 20:54 | Em resposta a: #5431

Caros colegas
Julgo que este nome chegou à península Ibérica trazido por algum cavaleiro estrangeiro com o nome próprio de Rolando, derivando em Rolan, Rolón, Rolim (usado como apelido ou patronímico ).
O mais provável é que alguns Rolão portugueses, derivem da família espanhola, Rollán, oriunda da Catalunha, que em Espanha usa das seguintes armas ;Escudo partido 1º, en campo de azur, una casa de plata, y 2º, en campo de oro, un pavo real de azur.
Também existe uma família em Espanha, de nome Rolón, oriunda de Portugal que usa ou usou em Espanha as seguintes armas ; En campo de plata, seis sortijas de oro, esmaltadas de gules y puestas en dos palos.
Já vi em Portugal uma pessoa que no seu Ex-libris utilizava estas ultimas armas, dizendo ser as armas próprias dos Rolim ?

Um abraço

Óscar Caeiro Pinto

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#10318 | 2910 | 05 Out 2001 21:46 | Em resposta a: #10317

Meus caros
É do conhecimento geral que um cruzado Inglês de nome Rogério Rolan Child, (ou Rogério Rolim Child,) veio na armada que ajudou a tomar Lisboa aos mouros, era filho de um Rolando, conde de Chester, e de uma irmã de Guilherme “o lomga-espada”, filho natural de Henrique, rei de Inglaterra. Este cavaleiro foi recompensado pelo rei D.Sancho I, que lhe doou a terra de Azambuja para povoar em 1200. Deste cruzado foi filha Maria Rolan (ou Rolim) senhora herdeira da vila de Azambuja casada com Gonçalo Fernandes Tavares, cujo filho Fernão Gonçalves foi o primeiro a usar o apelido “de Azambuja”, e foi alcaide da sua vila.
Desta família descendem os Távoras e muitas outras, como Palhas, Mouras etc...
Os representantes(varonia) do senhorio da vila de Azambuja, os condes de Val de reis, depois marqueses de Loulé, usaram o apelido na forma Rolim. Segundo um manuscrito dos reis de armas antigos, são as suas armas em campo vermelho cinco espadas com as pontas para baixo, em santor, tendo as lâminas de prata e os copos de oiro. Julgo que alguns ramos abandonaram estas armas e passaram a usar as dos Mouras, por aliança de casamento.

Um abraço

Óscar Caeiro Pinto

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#10323 | JCouceiro | 05 Out 2001 23:18 | Em resposta a: #10317

Caro Óscar Caeiro Pinto:

Acrescento apenas que no livro do Armeiro mor as armas Rolão vêm " Rolam d`Aussy "

Cumprimentos,

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#11100 | manuelr | 15 Out 2001 23:25 | Em resposta a: #10323

Caro José Couceiro

No Livro de Oiro da Nobreza, de Domingos Afonso Araújo e Rui D T Valdez, no III Volume, pag. 925, referindo Frederico G A R P A Perry, menciona como inédito o Nobiliário Manuscrito do Dr. Rolão Couceiro. Sabe alguma coisa disto?
O seu processo deve ser entregue àmanhã para ser analisado e ser dado o parecer. Penso que este ano já será resolvido.

Com os melhores cumprimentos

Manuel Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#11188 | JCouceiro | 16 Out 2001 22:17 | Em resposta a: #11100

Caro Manuel Rolão:

Do nobiliário do Dr. Rolão Couceiro, já eu tinha notícia, e até tenho uma cópia de parte dele.
De que o Livro O.N. o mencionava é uma absoluta novidade para mim.
Muito gostava de saber onde estará esse nobiliário.
No Livro O.N. diz alguma coisa sobre o assunto ??

Um abraço

Zé Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#11190 | manuelr | 16 Out 2001 22:23 | Em resposta a: #11188

Caro José Couceiro

Penso que no LON, Frederico Perry só lhe faz referência e nem menciona datas. Haverá alguém pelo Fórum que saiba?

Um abraço

Manuel Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#11191 | alentejo | 16 Out 2001 22:32 | Em resposta a: #11190

Senhor Coronel,


Um filho do Dr. frederico Perry Vidal vive junto ao IAEM, salvo erro. Falei com ele em tempos. Outro filho vive, ou vivia, no Brasil, e foi quem fez a introdução à 2ª edição da Descendência de D. João VI, da autoria do pai. Talvez um ou outro tenha esse mss.

Abraço

Nuno Borrego

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#11193 | LCM | 16 Out 2001 22:40 | Em resposta a: #11190

Caros Coronel Manuel Rolão e Zé Couceiro,

No LON, vol.III, p.925 diz-se que este nobiliário pertencia a Frederico Perry Vidal, e consta de uma relação de trabalhos inéditos e de manuscritos que pensava publicar.
Frederico P.V. teve geração do seu casamento com D. Maria Dinora Pereira Pinto Guedes de Sá Pavão. Talvez seja bom procurarem no 118 Net, pois não existem certamente muitos Perry Vidal e penso que estes vivam em Lisboa.
Uma outra solução para saber do paradeiro destes documentos é contactar o José Maria Almarjão, sempre notavelmente informado e neste caso particular parente e amigo da familía.

Um abraço a ambos
Lourenço Correia de Matos

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#11196 | JCouceiro | 16 Out 2001 22:51 | Em resposta a: #11190

Caro Manuel Rolão:

Como a "lebre foi levantada " por si, atrevo-me a sugerir-lhe que lançe um tópico sobre a obra do frederico Perry, pois no LON diz que no ano (da publicação) o nobiliário do Dr. Rolão Couceiro foi tratado pelo Frederico P., mas que ainda não estava publicado.
Será q. alguém no Fórum sabe alguma coisa ????

Um abraço

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#11201 | manuelr | 16 Out 2001 23:00 | Em resposta a: #11191

Caro Nuno

Tire-me daí o Senhor Coronel, senão ainda pensam que tenho aí uns 90 anos! Num ambiente de discussão entre companheiros( o Nuno deve saber porque não gosto do termo colegas, e de camaradas pode dar origem a confusões 1) e amigos, penso que essas coisas são supérfulas.

Um abraço e obrigado pela informação.

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#11202 | manuelr | 16 Out 2001 23:08 | Em resposta a: #11193

Caro Lourenço Correia de Matos

Agradeço a informação, mas por favor leia a nota que mandei ao Nuno Borrego, que penso estar como resposta à sua. Penso que aqui todos nos tratamos como amigos, e entre amigos há coisas que não fazem sentido.

Um abraço

Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#11269 | manuelr | 17 Out 2001 18:56 | Em resposta a: #11196

Caro José Couceiro

Àmanhã vou à TT. Como os registos estão microfilmados, é rápido.

Um abraço

Manuel Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#19576 | josécyr | 11 Abr 2002 18:36 | Em resposta a: #11196

Caro Senhor,
Conforme o combinado cá está o que apurei:
Sepultura de Francisco (Moniz ou Martins - dificil de ler na sepultura embora me pareça MI3???) Rolão - falecido a 04/12/1619 e de sua Mulher Branca Roloa - falecida a 12 ou 16 de Março de 1619.
Ambos legaram património para a construção do Convento de Santo António dos Capuchos, em Faro - actual quartel da G.N.R.
Espero que lhes sirva de algo.
Informo que o apelido ainda se encontra em Faro (Silva Rolão), por acaso ligado por afinidade à minha família. Cumprimentos e ao dispor José Cabecinha.

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#19611 | JCouceiro | 12 Abr 2002 22:14 | Em resposta a: #19576

Caro Senhor José Cabecinha:

mto obrg pelas suas informações, e mais alguma coisa que entenda por útil sobre Rolões, antecipadamente agradeço

Cumprimentos

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#19627 | rmfrp | 13 Abr 2002 14:42 | Em resposta a: #5431

Caros Senhores:

Novos elementos indiciam que a consanguinidade entre o Dr. António Rodrigues Nogueira Mimoso e D. Maria Bárbara Teresa pode mesmo ser pelos Rolões como eu tinha aventado em 21.08.2001 uma vez que no casamento de Miguel Rodrigues e Beatriz Correia, avós paternos de D. Maria Bárbara Teresa, duas testemunhas tinham o apelido Rolão.

O casamento de Diogo Fernandes e Inês Rodrigues (pais de Miguel Rodrigues), só agora foi localizado. Foi na Sé de Faro em 05.02.1651, constatando-se que Diogo Fernandes era filho de Manuel Dias e Francisca Gomes (todos de Serpa), e que Inês Rodrigues era filha de Domingos ROLÃO e Maria Luís (todos de Faro).

No ramo de ascendência Rolão dos Mimosos não obtive quaisquer dados novos, mas será interessante notar que o grau de parentesco estará correcto se Maria Alves Rolão, bisavó do Dr. ARNM, for também filha de Domingos Rolão e Maria Luís (o que a cronologia permite).


Entretanto, posso indicar que no livro 1 de casamentos da Sé de Faro constam os seguintes:

28.01.1608 - Manuel Dias Rolão, filho de Vicente Gonçalves e Maria Aires (de Santa Bárbara) com Antónia das Neves, filha de Jaques Adrião e Simoa das Neves (da Sé).

04.05.1608 - Brás Fernandes, filho de Brás Fernandes e Brites Viegas, com Maria Rolão (*), filha de Gaspar Rolão e Maria Rodrigues (todos da Sé).

27.04.1609 - Gaspar Martins Rolão, filho de André Álvares e Constança Martins (de São Pedro, Faro) com Inês Rolão (**), filha de João Martins e Domingas Gomes (da Sé).

10.05.1609 - Martim Afonso, filho de Nicolau Martins e Ana Revez (de Santa Bárbara) com Maria Rolão, filha de João Fernandes Bonzela (?) e Isabel Nunes (da Sé).

25.09.1611 - Vicente Vaz, filho de Martim de Amor e Inês Fernandes (de São Pedro, Faro) com Inês Rolão, viúva (a mesma de **).

12.01.1631 - Vicente Simões, viúvo, filho de Rui Lourenço e Violante Vaz (de Portimão) com Maria Rolão, viúva (a mesma de *).

Curiosamente, Rui Lourenço e Violante Vaz são meus antepassados mas não têm qualquer relação com o ramo dos Rolões (penso eu...).


Cumprimentos,

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#19708 | JCouceiro | 15 Abr 2002 18:29 | Em resposta a: #19627

Caro Senhor Rui Pereira:

Muito lhe agradeço as suas valiosas informações sobre os Rolões de Faro.
Após a detalhada análise que a sua mensagem obriga, logo lhe direi mais alguma coisa.

Cumprimentos

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#22752 | rmfrp | 11 Jun 2002 17:04 | Em resposta a: #5431

Caros colegas:

Encontrei a seguinte referência à família Rolão:

"Natural de Faro, foi Vicente Rolón, co-fundador da cidade de San Juan no Uruguai em 1542 (...)"

(Consuelo Varela, "A presença dos algarvios nas áreas de ocupação territorial e de colonização - Na América Espanhola", in "O Algarve da Antiguidade aos Nossos Dias", Maria da Graça Maia Marques (coord.), 1999, Ed. Colibri, p. 185)

Cumprimentos,

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#22774 | JCouceiro | 12 Jun 2002 00:02 | Em resposta a: #22752

Caro Rui Pereira

Agradeço-lhe a sua mensg. e referências dessas mande sempre!

Cumprimentos,

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#23564 | JCouceiro | 28 Jun 2002 23:46 | Em resposta a: #22752

~Caro Rui Pereira

Encontrei estes Rolões de Faro que lhe envio.

Cumprimentos
José Couceiro da Costa

You searched for: Rolao [refine search]
Exact Spelling: Off
Matches: All Sources - 29
International Genealogical Index - Southwest Europe
1. Affonso ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 1763 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

2. Affonso ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Marriage: 1785 N Sra Carmo Puzeta, Olhao, Faro, Portugal

3. Antonio ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 1776 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

4. Antonio ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Marriage: 1798 N Sra Carmo Puzeta, Olhao, Faro, Portugal

5. Jaques ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 20 May 1839 Olhao, Olhao, Faro, Portugal

6. Jose ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 1738 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

7. Jose ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Marriage: 1760 N Sra Carmo Puzeta, Olhao, Faro, Portugal

8. Joze ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 05 Dec 1798 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

9. Joao ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 23 Jun 1789 Olhao, Olhao, Faro, Portugal

10. Joao ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Marriage: 27 Aug 1811 Olhao, Olhao, Faro, Portugal

11. Lourenco ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 1764 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

12. Lourenco ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Marriage: 1786 N S Carmo Puzeta, Olhao, Faro, Portugal

13. Lourenco ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 1810 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

14. Lourenco ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Marriage: 12 Oct 1832 N S Carmo Puzeta, Olhao, Faro, Portugal

15. Manuel ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 04 Feb 1787 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

16. Manoel ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 17 Apr 1791 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

17. Manoel ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Birth: 20 Aug 1802 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

18. Manuel ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Marriage: 09 May 1813 , Faro, Portugal

19. Manoel ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: M Marriage: 08 Jan 1815 N Sra Carmo Puzeta, Olhao, Faro, Portugal

20. Maria ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: F Birth: 09 Dec 1783 Olhao, Olhao, Faro, Portugal

21. Maria ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: F Birth: 19 Feb 1786 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

22. Maria ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: F Birth: 18 Jul 1789 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

23. Maria ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: F Birth: 1798 N Sra Carmo, Fuzeta, Faro, Portugal

24. Maria ROLAO - International Genealogical Index / SE
Gender: F Birth: 16 Oct 1841 Olhao, Olhao, Faro, Portugal

Matches: International Genealogical Index/Southwest Europe - 24

--------------------------------------------------------------------------------

International Genealogical Index - World Misc.
25. Domingoz FERNANDEZ ROLAO - International Genealogical Index / MI
Gender: M Christening: 20 Aug 1605 Tadoa,

26. Simao FERNANDEZ ROLAO - International Genealogical Index / MI
Gender: M Birth: Abt. 1579 Tado,

Matches: International Genealogical Index/World Misc. - 2

--------------------------------------------------------------------------------

U.S. Social Security Death Index
27. Jose ROLAO - U.S. Social Security Death Index
Birth: 6 Feb 1881 State Where Number was Issued: Massachusetts Death: Aug 1968

28. Mathias ROLAO - U.S. Social Security Death Index
Birth: 20 Aug 1891 State Where Number was Issued: Florida Death: May 1976

29. Teresa ROLAO - U.S. Social Security Death Index
Birth: 2 Dec 1902 State Where Number was Issued: Florida Death: 3 Nov 1996

Matches: U.S. Social Security Death Index - 3
Return to top of page

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#23597 | rmfrp | 29 Jun 2002 16:10 | Em resposta a: #23564

Caro José Couceiro da Costa:

Muito obrigado por estas novas informações sobre a família Rolão. É com satisfação que verifico que este tópico atingiu as 100 respostas.

Posso, entretanto, acrescentar mais um Rolão à lista: em 1622 era Cura na Sé de Faro o Pe. Diogo Álvares Rolão.

Cumprimentos,

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#23629 | JCouceiro | 30 Jun 2002 10:51 | Em resposta a: #23597

Caro Rui Pereira

Já são tantos os Rolões do Algarve (Faro, Lagos, Portimão) que estou tentado a fazer um estudo sobre eles. caso lhe seja possível agrdecia indicações sobre as freguesias(Algarvias) onde encontrou Rolões, para que eu possa pedir microfilmes das mesmas.

Cumprimentos

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#35022 | JCouceiro | 06 Fev 2003 22:15 | Em resposta a: #5449

Caro Manuel,

Antes de mais os meus parabéns atrasados !!!

Depois de tanto tempo sem falarmos nos nossos Rolões, lembrei-me de lhe pedir hoje a cota daquele Pedro André que era monteiro ou couteiro, e que vem citado na chanc. que tivemos a ocasião de ler na companhia do Engº Manuel da Silva Castelo Branco, no ANTT.

Disse-me ainda que o seu irmão tinha em tempos tirado uma outra cota de um outro Rolão. Já tem a dita cota ??

Um abraço mto amigo

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#35031 | manuelr | 06 Fev 2003 23:40 | Em resposta a: #35022

Olá José Couceiro

Agradeço os parabéns. Realmente os Rolões têm andado um pouco esquecidos. Esse Pedro André não é Pedro André, mas sim Pedro Anes Rolão, besteiro do monte em Penela em 15-10-1530 Chan.D. João III, próprios, Livro 52 Fls 195 vº.
Os outros eram Pedro Rolão, Chan. D.João III, perdões e legitimações Nº 54 e Cartas de perdão Liv 12 Fls 110vº.
Mas ainda não os consultei, que me dá raiva olhar para aquilo como boi para palácio e ver o Engº Castelo Branco a ler como se estivesse escrito à máquina! Mas quero ver se para a semana me encho de coragem para passar um dia inteiro à frente de um papel!

Um grande abraço
Manuel Estevam

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#35155 | JCouceiro | 08 Fev 2003 23:30 | Em resposta a: #35031

caro Manuel,

quando diz que vai "passar um dia inteiro á frente de um papel", significa que têm cópia desses documentos ??

Um abraço amigo

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#35227 | manuelr | 10 Fev 2003 10:54 | Em resposta a: #35155

Caro José Couceiro

Tomara eu! Vou é passar o dia na TT, para variar.

Um abraço

Manuel Estevam

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#44080 | manuelr | 29 Jun 2003 20:07 | Em resposta a: #5431

Caro José Couceiro

Já viu o tópico "Genealogia na Beira Baixa"?
Não deixa de ser curioso haver um Rolón, no Sec XV na Galiza, ligado ao mar.
Temos assim ligados a actividades marítimas, Rolões na Galiza, Aveiro, Buarcos e Algarve. Quererá isto dizer alguma coisa? Tinha interesse saber as datas em que apareceram nas respectivas cidades, pois pode permitir certas conclusões. Em Buarcos sei que os havia em 1626 (pelo menos 1600, já que os pais penso que de José Rolão tb dali eram). Os únicos processos da Inquisição onde há Rolões (na TT), são 2 de Buarcos, mas de quem não tirei elementos, já que não inquiriram os antepassados Rolão, e mesmos nos outros foram muito sucintos.
Agora só falta saber destes qual foi o marinheiro de água doce que foi para Castelo Novo, já que não tenho conhecimento de aqui ter encalhado algum navio!

Um abraço
Manuel Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#44329 | JCouceiro | 04 Jul 2003 09:40 | Em resposta a: #44080

Caro Manuel Rolão,

Já lhe tinha respondido (em tempo útil) mas parece que a mensagem não chegou .

Isto de um Rolon (Rolão?) na Galiza também ligado à empresa marítima tal como os de Aveiro, Lagos, Portimão vem acrescentar um novo mas muito curioso elemento da nossa família.
Já não tenho presente qual a ocupação do José Rolão (de Buarcos), razão pela qual agradecia-lhe a informação.

Isto está a ROLAR !!!!!!

Um abraço amigo

Zé Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#44411 | manuelr | 05 Jul 2003 15:12 | Em resposta a: #44329

Caro José Couceiro

A única referência que o processo faz à sua actividade, é a de ser marinheiro. De resto, no que diz respeito aos Rolão, não adianta nada.

Um abraço
Manuel Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#44420 | JCouceiro | 05 Jul 2003 18:35 | Em resposta a: #44411

Caro Manuel Rolão,

No processo é nomeado como marinheiro ou mareante ??

Um abraço

Zé Couceiro

Resposta

Link directo:

Casa Rolão

#44443 | Vasco Jácome | 05 Jul 2003 22:44 | Em resposta a: #5431

Caro José Couceiro

Não intervim ainda neste tópico porque de facto sobre Rolões nada tenho. Mas dado que entretanto me apercebi que esta sua busca é de âmbito bastante alargado, aproveito para colocar uma questão: o que me diz à conhecida Casa Rolão, da Av. Central, Braga? Apesar de não encontrar muito, ou mesmo nada, sobre os seus donos, imagino que tenha sido de algum Rolão donde teria tirado o nome. Talvez o tal industrial para quem dizem que teria sido construída?

Cumprimentos,
Vasco Jácome

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#44446 | manuelr | 05 Jul 2003 23:16 | Em resposta a: #44420

Caro José Couceiro

Penso que marinheiro, mas vou confirmar para a semana.

Um abraço
Manuel Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Casa Rolão

#44459 | JCouceiro | 06 Jul 2003 10:40 | Em resposta a: #44443

Caro Vasco Jácome,

Antes do mais obrigado pela sua intervenção.

A " Casa do Rolão " em Braga - julgo hoje Casa do Raio - viveu nela em meados do sec. XIII um Filipe Rolão.
Já tive à cerca de 2 anos mais elementos sobre este assunto, mas uma avaria no meu antigo computador fez-me perder uma série de informação, incluíndo sobre o Felipe Rolão, de Braga, e sobre uns Rolões de Viana do Castelo.

Assim, caso saiba mais algum elemento muito de agradecia a sua colaboração.

Cumprimentos,
José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Casa Rolão

#44462 | Vasco Jácome | 06 Jul 2003 12:31 | Em resposta a: #44459

Caro José Couceiro

Não: a Casa Rolão não é a do Raio! Têm em comum o facto de serem ambas arquitectura de André Soares, embora no caso da Rolão, julgo que é só “atribuída” a André Soares mas não sei se este facto está categoricamente comprovado.
Pode ver esta distinção se procurar no site da Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos
Nacionais.

Cumprimentos,
Vasco Jácome

Resposta

Link directo:

RE: Casa Rolão

#44531 | JCouceiro | 06 Jul 2003 23:38 | Em resposta a: #44462

Caro Vasco Jácome,

Agradeço a sua pronta observação.

Já fui ao site e fiquei esclarecido.

se mais algum elemento souber, agradeço.

Cumprimentos
José Couceiro

Resposta

Link directo:

Rolões em Sesimbra, - Séc. XVII

#53635 | rita18 | 13 Dez 2003 13:51 | Em resposta a: #5431

Caro José,

Localizei hoje, através da habilitação de genere do Pe Manuel Preto Vaz um Alvaro Rolão c. (antes de 1621) com Leonor Farinha, pais de Fernando Alvares de Carvalho (n. Santiago, Sesimbra, 30.12.1621) c. em 14.1.1646 com Catarina Vaz (n. 2.4.1629, fª de Diogo Preto Camarinho e Maria Pinta - ver ascendência de Camilo Castelo Branco, aqui no Genea). Fernando Alvares de Carvalho e Catarina Vaz são pais de Estevão Preto Vaz (bp. 2.1.1650, pai do dito Pe Manuel Preto Vaz) c. 30.7.1684 com Agueda Neto da Costa (n. 11.02.1660) fª do Cap. Manuel Gomes Farto (n. 11.1.1636, fº de João Gomes e Madalena Rodrigues )e de Maria Neta da Costa (n. 28.9.1638, fª de Estevão Gomes e Beatriz Neta), c. 4.5.1659. Todos naturais e moradores em Santiago, Sesimbra.

Vou tentar encontrar a ascendência de Alvaro Rolão, que poderá ter vindo "por mar" de Aveiro, embora me incline mais para a sua ascendência ser dos Rolões da Beira, dada a abundância de outros apelidos semelhantes aos da Beira existentes em Sesimbra (Preto, Vaz, Freire, Alvares, Carvalho...).

Um abraço,
Rita

Resposta

Link directo:

RE: Rolões em Sesimbra, - Séc. XVII

#53656 | manuelr | 13 Dez 2003 18:30 | Em resposta a: #53635

Cara Rita

Não me parece que consiga fazer essa ligação. Talvez aos do Algarve.
Os Preto Vaz de Sesimbra, não têm nada a ver com os Vaz Preto da Beira Baixa. Isto, tanto quanto se pode ser definitivo nestas afirmações. Mas pelo menos de fins do Sec XVI até agora, não existe ligação. Quanto aos Álvares de Carvalho tb ma parece ser difícil estabelecer qq ligação. Dos Álvares de Carvalho da BB conheço dois ramos, independentes um do outro e não me parece que se liguem aos que indicou.
Os Rolão deveriam ter "ocupado" o País a partir de 2 núcleos: Évora e Braga. Em Évora já os havia em 1480 e talvez fossem daqui para Sesimbra e Algarve. De Braga talvez fossem para Aveiro e BB. Ma isto são só hipóteses minhas de estudo e de elementos a pesquisar, que factos não há. Embora já haja ramos diferenciados de Rolões entre Tinalhas e Castelo Novo desde fins do Sec XVI (o que leva a supor o tronco comum bastante mais cedo e não muito longe destas localidades)é hipótese que ainda não coloco, pois não encontro motivo para terem "encalhado" nessa região e terem daí saído. Claro que o desempenhar cargos públicos e a deslocação por nomeação, justifica o encontrarem-se os mesmos apelidos espalhados por todo o País desde muito cedo. O pior é encontrar documentação com essas datas!

Mas se conseguir alguma ligação, claro que ficarei imensamente grato se me der conhecimento dela. Há por vezes documentos onde menos pensamos encontrá-los e basta um para que se possa fazer uma ligação que não nos parecia possível.

Cordiais cumprimentos
Manuel da Silva Rolão

Resposta

Link directo:

RE: Rolões em Sesimbra, - Séc. XVII

#53772 | JCouceiro | 15 Dez 2003 10:51 | Em resposta a: #53635

Cara Rita,

Com primos assim tudo é mais fácil...

Agradeço, e fico a aguardar as " novas vindas do mar" !

Um abraço

Resposta

Link directo:

RE: Rolões em Sesimbra, - Séc. XVII

#53875 | rcr1 | 16 Dez 2003 11:38 | Em resposta a: #53656

Caro Manuel

Não pretendi ser afirmativa, levantei apenas uma hipótese, suscitada pelo número de apelidos semelhantes (o que também se verifica com apelidos do Algarve e Alentejo Litoral).

Quanto aos Rolões de Évora, se não der muito trabalho, gostaria de ter mais informações e/ou referências de fontes onde as obter.

Com os melhores cumprimentos,
Rita Cabeça Ramos

Resposta

Link directo:

RE: Rolões em Sesimbra, - Séc. XVII

#53876 | rcr1 | 16 Dez 2003 11:50 | Em resposta a: #53772

Caro Zé

Obrigada pela simpatia.

Localizei entretanto outra habilitação de genere potencialmente interessante (mas que ainda não li com detalhe) - de um neto do dito Alvaro Rolão (o Pe. Manuel Preto Vaz era bisneto).

Posso também adiantar, a partir de assentos de casamento de Santiago, Sesimbra (foram padrinhos de varios matrimónios), que Alvaro Rolão era capitão (não sei se de ordenanças ou de navios) e que houve um outro Alvaro Rolão Alvares, também capitão e mais recente que o primeiro (talvez filho).

É tudo quanto posso dizer por enquanto, pois tenho estas informações ainda muito desorganizadas.
Um abraço,
Rita

Resposta

Link directo:

RE: Rolões em Sesimbra, - Séc. XVII

#53937 | JCouceiro | 16 Dez 2003 23:17 | Em resposta a: #53876

cara Rita,

Cá fico a aguardar...

Resposta

Link directo:

RE: Rolões em Sesimbra, - Séc. XVII

#54581 | rita18 | 31 Dez 2003 18:24 | Em resposta a: #53937

Caro Zé,

As únicas noticias que tenho (por enquanto) dos Rolões de Sesimbra é que são todos, inclusivé o Alvaro Rolão c. cerca de 1621, naturais de Sesimbra.
Num outro processo (também de Sesimbra)encontrei uma familia oriunda de Aveiro e, caso esteja interessado (ou para quem esteja) aqui vai: refere-se ao Pe. Simão de Campos Pinção, neto pela parte materna de António Gallo Pereira, n. de Vera Cruz, Aveiro (22.9.1641) c. (Santiago, Sesimbra, 20.1.1724) com Mariana de Campos. António Gallo Pereira era Juiz dos Orfãos,
Almoxarife da Comenda e Juiz dos Direitos Reais da Casa de Aveiro, filho de João Gallo Frausto(?), secretário do Duque de Aveiro c. com Catarina Pereira.

Votos de Boas entradas e um óptimo 2004,
Rita

(Nota: a familia paterna era de Sesimbra - Neto Pinção e Vaz)

Resposta

Link directo:

RE: Rolões em Sesimbra, - Séc. XVII

#54630 | JCouceiro | 02 Jan 2004 11:06 | Em resposta a: #54581

Cara Rita,

uma vez mais mto. obrg. pelas suas preciosas informações.
Continuo, se me permite, a esperar que encontre a ligação com Aveiro ....

Um abraço amigo

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#72679 | JCouceiro | 08 Set 2004 20:17 | Em resposta a: #23597

Caro Rui Pereira:

Depois de algum tempo sem "trabalhar" este tópico, ao qual tanto deu do seu trabalho, e que uma vez mais lhe agradeço, recordo-me de em algum tópico ou neste mesmo ter sido referido a ascendência ROLÃO do Eça de Queiroz por via, julgo, dos Mimoso, de Faro.

Caso me possa, uma vez mais, ajudar muito lhe agradecia.

Cumprimentos

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#72690 | artur41 | 08 Set 2004 21:59 | Em resposta a: #72679

Caro José Couceiro da Costa,


Não me quero substituir ao Rui Pereira. No entanto, desde já lhe posso adiantar que a ascendência ROLÃO vem pelos Pereira d'Eça!

Consulte: http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=188690


Melhores cumprimentos

Artur Camisão Soares

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#72697 | JCouceiro | 08 Set 2004 23:09 | Em resposta a: #72690

Caro Artur,

Agradeço a sua pronta simpática resposta.

Cumps.

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#72702 | rmfrp | 09 Set 2004 00:02 | Em resposta a: #72679

Caro José Couceiro da Costa:

Complementando a resposta do Primo Artur, posso acrescentar que Maria Alves Rolão:
http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=115026
era irmã de Inês Rodrigues:
http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=115141

Esta ascendência deduz-se do quarto grau de consanguinidade indicado no casamento do Dr. António Rodrigues Nogueira Mimoso (bisneto de Maria Alves Rolão) com D. Maria Bárbara Teresa da Encarnação (bisneta de Inês Rodrigues) e dos nomes dos pais e avós de Inês.

Por esta consanguinidade estabelece-se um segundo parentesco entre os Pereira d'Eça e os Nogueira Mimoso, para além do que é estabelecido pelo casal Manuel Rolão - Joana Mimoso.

Com os melhores cumprimentos,

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#72740 | artur41 | 09 Set 2004 14:32 | Em resposta a: #72697

Caro José,


Não tem de quê.
Ao dispor!


Renovados cumprimentos

Artur Camisão Soares

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#72786 | JCouceiro | 09 Set 2004 23:44 | Em resposta a: #72702

Caro Rui Pereira,

Agradeço desde já a sua "Mimosa" resposta.

De qq. forma os Pereira d`Eça só descendem uma só vez do Domingos Rolão, ou estarei errado ?

CMC
José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#72861 | rmfrp | 10 Set 2004 20:08 | Em resposta a: #72786

Caro José Couceiro da Costa:

Tem toda a razão. Os Pereira d'Eça descendem uma vez de Domingos Rolão, enquanto os Nogueira Mimoso descendem duas vezes. Daí eu ter referido existirem dois parentescos entre estas famílias, o mais próximo na geração de Manuel Rolão e o mais distante na geração de Domingos Rolão.

Com os melhores cumprimentos,

Rui Pereira

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#74232 | JCouceiro | 29 Set 2004 23:37 | Em resposta a: #72861

Caro Rui Pereira,

Agradeço-lhe a sua rápida resposta e peço desculpa pelo atrazado da minha.

Cumps.

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#85235 | JCouceiro | 25 Fev 2005 23:50 | Em resposta a: #11269

Meu caro Manel,

Perdi o seu Email....

Pode-me o enviar para josecouceiro@mail.telepac.pt

um abraço

Zé Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#85245 | magalp | 26 Fev 2005 12:47 | Em resposta a: #85235

Caro José Couceiro da Costa

Na presunção de que este Filipe Rolão - http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=173754
será nosso ascendente comum, tal como é do nosso Sábio primo António Maria Fevereiro que desde há anos lemos aqui com muito gosto, mas que talvez por mero acaso não entrou ainda neste tópico, queria perguntar-lhe se sabe mais alguma coisa dele.
Infelizmente tenho muito pouca informação da Casa da Praça, em Aveiro, pois perdi umas interessantíssimas notas que me deu (há mais de 30 anos!) o seu primo Ruy Couceiro da Costa, qDt.
Cumprimentos,
Manuel Maria Magalhães

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#85337 | JCouceiro | 28 Fev 2005 00:13 | Em resposta a: #85245

Caro Manuel Maria Magalhães,

Este Filipe Rolão é citado em inúmeros nobiliários, contudo ainda o não encontrei citado em qq documento; posso no entando dizer-lhe que a descêndencia apontada para ele na entrada que referiu na sua mensagem não é exacta. Poderá ver no tópico "Pericões" de Aveiro o que lá se disse sobre esta gente.

Quanto à Casa da Praça, em Aveiro, manifesto o meu desconhecimento sobre qual será, razão pela qual poder-lhe-ei acrescentar o que souber assim que me der outras indicações.

Cumps.

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#85415 | magalp | 01 Mar 2005 12:33 | Em resposta a: #85337

Caro José Couceiro da Costa

Muito grato pela sua pronta resposta.

Pois para além da minha mal formulada pergunta sobre quem teria sido de facto Filipe Rolão, queria perguntar se tinha achado algo sobre as suas origens, que em parte alguma encontro, sequer mesmo uma explicação deste apelido.
O M. de Abrantes não o refere, o que significará que não está ligado a este título, de perto ou longe!
Diz-me a enciclopédia (Verbo, Vol. 16, col. 757), que as armas, ou a representação heráldica de Rolão é a mesma que de Rol, apelido estremenho passado a Portugal não se sabe quando – em campo de ouro cinco pombas de azul, bicadas de prata.
Mais lógico ou consentâneo seria se fossem cinco rolas, em vez de cinco pombas, e não seria de estranhar que a origem fosse esta mesma – Rola e que entre estes (por hipótese) tivesse aparecido algum mais avantajado – Rolão.
Claro que isto é exercício de imaginação, e esta poderia levar-nos para muitos outros lugares na procura da explicação que não temos de fonte firme.

Quis perguntar o que conhece da Casa do Carmo, em Aveiro, referindo por lapso a Casa da Praça.
Referi um meu muito antigo conhecimento que creio seja seu parente próximo, Ruy Couceiro da Costa, 1899/1976 (ANP 1985, Tomo II, pág. 648), enorme entusiasta da dita Casa do Carmo, da qual ambos descendíamos por Rangel.
Numa das visitas feitas na sua bela casa em Cacia, ofereceu-me uns muito interessantes apontamentos familiares dactilografados e com imensos acrescentos manuscritos, onde historiava o poderio económico e social da Casa do Carmo nos sécs. XVII e XVIII, os seus muitos privilégios reais, salientando (se bem me lembro), a importância da cultura do arroz, moliços e gado bovino!
Então, em 1966 e 1967, com pouco mais de 20 anos confesso que pouco ou nada me interessavam as grandezas ou misérias dos remotos antepassados… lembro-me de ter visto umas pratas antigas, colchas de Damasco e loiças raríssimas da Compª das Índias, de alto valor, e de ter considerado (com os meus botões…), que sendo minhas poderia trocar uma daquelas valiosas peças não por um “Mini Cooper” mas por um flamante e garboso “Jaguar 3.8”!
Naturalmente que não divulguei estas minhas considerações… agradeci muito os tais apontamentos que logo ofereci ao meu Pai e que muito os apreciou.
Anos mais tarde voltei a reavê-los e pude apreciar que eram realmente de grande interesse, com muitíssima informação!
Neles, eram largamente referidos os Couceiro, as suas origens (Coucis, um Cavaleiro francês, mediaval), e ramificações. Penso que a base genealógica seria de F. Gayo, ou do Pe. D. António Caetano de Sousa, na HGCR, mas tinha interessantíssimos acrescentos históricos e biográficos, com muito cuidadosa informação das respectivas fontes.
Não me lembro de referências a Rolão, bem naturais essas, pela vossa varonia (representação?), dos Senhores de Góis.
Por certo que estes apontamento eram cópia dum original que existirá algures, coligido senão pelo próprio, por alguém ligado à vossa família que tinha na verdade grande erudição.
Infelizmente não os tenho, daí a minha pergunta se conhece, ou se possui essa mesma informação.

Finalmente, em relação a esta BD e ao seu comentário sobre a inexactidão da mesma com a descendência de Filipe Rolão. Pode esclarecer e/ou particularizar?
Ainda que por alto, no tópico de “Pericões” nada vi que altere substancialmente o apontamento do Genea, bem apesar deste não explorar a totalidade da sucessão familiar.

Cmptos.
MM

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#85442 | amtf | 01 Mar 2005 18:50 | Em resposta a: #85245

Meu Caro Manel,

Eu lá ler li-te mas fiquei tão embatucado com aquela do "sábio" que fiquei sem saber o que responder :-)

Na verdade, o que tenho sobre esse Rolão é o que está em NFP, com uma nota para ler as interessantes e fundamentadas intervenções de Fernando Gautier Neto e de José Couceiro da Costa no tópico "Pericões / Rolões, de Aveiro"...

Grande abraço
Tó Maria

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#85467 | JCouceiro | 02 Mar 2005 00:01 | Em resposta a: #85415

Caro Manuel de Magalhães, meu certo parente.

Muito lhe agradeço a sua extensa e detalhada resposta.

Efectivamente quanto ao Filipe Rolão ainda nada encontrei, à excepção de uma justificação de nobreza no ano de 1631 feita por Manuel Rolão Velho,cav. fid., natural de Aveiro, neto varão de Tomé André Rolão, cav. fid., na qual todas as testemunhas afirmam ser o dito Tomé André Rolão neto de Filipe Rolão, e uma delas - Domingos Marques - o chapéu pardo, afirma ainda ter conhecido o dito Filipe R. o que dará a morte dele para os anos de 1550; fora isto nada mais encontrei.

Quanto à origem do apelido há uns nobiliários que dizem provir dos Senhores de Góis e quando perguntado a Pedro Viegas sobre os "aumentos" de seus primos os senhores de Góis (Farinha) ele respondia: eles a farinha eu o rolão. De tanto repetido ficou por apelido. A verdade é que um filho do dito Manuel Rolão Velho, o Pe. José Rolão Pimentel, tinha sepultura na igreja da Vera-Cruz, de Aveiro, com um escudo esquartelado no 1º e 4º um leão e no 2º e 3º cinco conchas - Armas de Rolão (Jácome Roland de Haussy - livro do Armeiro-mor de 1509) e Armas de Velho, razão pela qual outros autores indicam ser a origem do nome Rolão o dito Jácome R.H..

Quando me fala do Rui Couceiro da Costa, apesar de o não ter conhecido, era irmão do meu avô Diogo Vaz C.C., e vivia em Vilarinho - Cacia, que muito fez para pela manutenção da Casa e do seu aparato, e tendo o cuidado de lá recolher pedras de armas e outros elementos de casas de família que com os tempos iam tendo outros destinos... .
Quando aos apontamentos que relata, julgo serem uns coligidos por Jorge Manuel C.C., irmão mais velho do Rui C.C. e, desde já lhe pergunto, se sabe do actual paradeiro desses mesmos apontamentos.

A Casa do Carmo - dos Rangel de Quadros, de Aveiro, situa-se na Rua do Carmo, e foi nessa Casa que o Rei D. Manuel II se hospedou aquando da sua visita a Aveiro; ainda hoje existe se bem que bastante maltratada.

Sobre a descendência do Filipe Rolão, para quem quer que seja, nada posso afirmar com sustentáculo documental, acrescendo ainda que nenhuma referência existe ao pai do Miguel Fernandes Rangel, nem a ele próprio, nos paroquiais de Aveiro. O Miguel André, apontado como fº do anterior, casou com Maria André Pericão e destes foram fºs António Rangel (e não Rangel de Quadros), D. Catarina Roloa, e D. Leonor Roloa ou Rangel. O Miguel André na já aludida justificação de nobreza é dado como irmão de Tomé André Rolão, meu 11º avô na varonia.
Quem apresenta a genealogia seguida no Genea é Luís da Gama Rangel de Quadros e Maia, de varonia Rangel de Quadros, logo, segundo ele, Rolão; no entanto convêm dizer, uma vez mais, cuidado com o Luís da Gama.

Por último pergunto-lhe: quando refere “M. de Abrantes” está a referir-se a que obra?

Espero ter-lhe sido útil, e continuo à sua inteira disposição

José Couceiro da Costa

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#86044 | RCR | 12 Mar 2005 15:45 | Em resposta a: #85467

Caro José Couceiro da Costa

Há uns tempos que não "falamos". Para o caso de me ter querido contactar sem ser pelo fórum, informo-o que desde há um ano os meus contactos mudaram. Vou, de seguida, enviar-lhe um mail a actualizar o meu contacto electrónico.

Relativamente a esta sua mensagem, toca precisamente num ponto que me tem intrigado: Não se sabe quem foram os pais de Tomé André Rolão? Aparece apenas como neto de Felipe Rolão?

Espero que a sua obra sobre Aveiro esteja em velocidade de cruzeiro.

Tenho, se me permitir, mais algumas perguntas para fazer embora tenha de rever primeiro os meus documentos (há bastante tempo que não trabalho estas linhas).

Um abraço
Rita

Resposta

Link directo:

RE: Rolões

#86072 | JCouceiro | 12 Mar 2005 22:21 | Em resposta a: #86044

Cara Rita,

De facto já há tempos lhe enviei uns Emails que vieram devolvidos - agora percebo porquê.

Quanto ao pai do Tomé André não queria avançar com nenhum dado em concreto, pois só gosto de afirmar aquilo sobre o qual não tenha dúvidas algumas...

Fico à espera que reveja os seus apontamentos...

Um abraço

ZCC

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 25 Fev 2021, 22:04

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen