Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

Este tópico está classificado nas salas: Famílias | Regiões | Cargos | Património

Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#78112 | amtf | 25 Nov 2004 23:15

Caros participantes, interessados em famílias de Cabeceiras de Basto,

Retirei os seguintes elementos da Inquirição de Génere (a) para primeira tonsura de Alexandre Leite Lobo de Meirelles, irmão de meu 5.º Avô António Leite Lobo de Sousa e Meirelles:

1. Alexandre Leite Lobo de Meirelles, n. 29-6-1792, e foi baptisado em 4-7-1792 na freguesia de St.º André de Painzela, de Cabeceiras de Basto. Recebeu ordens menores em 28-8-1809.
Era filho de
2. Alexandre Lobo de Sousa Leite, que casou. na capela da Casa de St.º Antonino, em 3-11-1790 com
3. D. Caetana Maria de Meirelles Coimbra,
neto paterno de
4. Alexandre Lobo de Sousa, e de
5. D. Maria Tereza de Andrade, da casa da Granja, S. Tiago da Faia (Cabeceiras de Basto)
e materno de
6. António Luís Álvares Pinto de Andrade, e de
7. D. Isabel Bernarda Leite de Meirelles, da casa de St.º Antonino, freg.ª de S. Pedro de Alvite (Cabeceiras Basto)
bisneto de
8. Manuel Leite Lobo, assistente na casa da Granja,
9. Teodósia Meirelles Pereira, idem
10. Domingos de Andrade, da casa de Paçô, freg.ª de St.ª Senhorinha (Cab. De Basto)
11. Joana de Araújo, idem
12. Torcato Álvares de Carvalho, da casa do Campo, freg.ª de St.º André de Molares (Celorico de Basto)
13. D. Maria Leite de Passos, idem
14. Bernardo José Leite Pereira de Meirelles, natural da freg.ª de St.ª Senhorinha (Cab. De Basto)
15. D. Magdalena Tereza da Maya Coimbra, natural da freg.ª de S. Salvador de Unhão (Felgueiras)

Será que alguém tem informações respeitantes aos nos. 8 a 11?

Grato por qualquer ajuda,
Melhores cumprimentos,
António Maria Fevereiro

(a) Arq. Distrital de Braga
Inquirição de Génere de Alexandre Leite Lobo de Meireles
Em 28-8-1809
Pasta n.º 527
Processo n.º 11760

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#78178 | Ricardo de Oliveira | 27 Nov 2004 12:16 | Em resposta a: #78112

Caro António Maria Fevereiro

Há algum tempo também abri um tópico sobre Painzela. Também tenho antepassados naquela localidade e na mesma época dos seus. Solicitarei o microfilme de lá e pretendo pesquisar os dados paroquiais. Só que demorará algumas semanas, quando não meses. Pretendo pesquisar também S. Tiago da Faia. O colega Regueiras gentilmente repassou algumas preciosas informações de Painzela. Avisarei quando tiver o material.

Com os nossos cumprimentos

Ricardo Costa de Oliveira

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#78210 | amtf | 28 Nov 2004 00:24 | Em resposta a: #78178

Caro Ricardo Costa de Oliveira,

Muito obrigado por seu interesse.
Já tinha lido o seu tópico sobre Painzela, freguesia onde estes meus antepassados tinham casa, no lugar de Baloutas. Penso que estes Lobos seriam originários da Faia, onde encontrei a habilitação de génere do n. 8, Alexandre Lobo de Sousa, que espero receber brevemente do Arquivo Distrital de Braga.
Se me cruzar com alguém que suspeite ser dos que lhe interessam não deixarei de o informar.

Os melhores cumprimentos do
António Maria Fevereiro

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#78213 | Ricardo de Oliveira | 28 Nov 2004 02:13 | Em resposta a: #78210

Caro Colega

Agradeço a oferta e também farei o mesmo em relação aos seus Lobos. Deve ser fácil a procura em pequenas freguesias como Painzela e Faia, coincidentemente também relativas aos meus antepassados no início do século XVIII. É curioso que as nossas pesquisas tenham alcançado quase que simultaneamente as duas localidades e praticamente na mesma época !

Aceite igualmente os nossos melhores cumprimentos

Ricardo

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#78218 | magalp | 28 Nov 2004 12:33 | Em resposta a: #78112

Tó Maria

Se a memória me não falha o teu 6º avô Alexandre Lobo Sousa Leite era parente próximo de s. mer. Caetana Leite. Vi já os costados dele mas não me lembro onde e também não os tenho em arquivo. O lado comum mais evidente será por Leite, dos de Pedraça, que recuam até à irmã do Beato Nuno. Mas, é possível que o parentesco seja pelos Andrade e/ou Andrada, de Ribeira de Pena – o rincão português mais fiel à Casa de Bragança!
Tal como tu não tenho ainda estes títulos perfeitamente esquematizados.
Sabemos que a maioria das velhas casas de Basto, tem no mínimo uma “costeleta” Andrade. Uma muito significativa parte dos Andrade de hoje recua a Recovelo (pouco desenvolvido em NFP, ainda que como subtítulo), ao período mais pujante desta Casa onde um só casal vingou 15 ou 16 filhos que na sua maioria teve larga descendência!
Aos Andrade pertencem entre muitos outros, os nossos distintos parentes João de Mello Trovisqueira e Luís de Almeida (Avintes/Lavradio). E, creio eu, o João já deve ter hoje melhor informação do que eu, sobre o assunto.
Curiosamente, faz tempo que ando para consultar directamente o Mestre Ricardo Oliveira, sobre um ramo Andrade há mais de 300 anos estabelecido no Brasil – S. Paulo e Rio Grande do Sul – donde vem o tal primo “Rolls Royce” (Aguiar de Andrada), tio trisavô do Luís Avintes. Este nosso ilustre parente, muito culto e grande conhecedor da sua família, foi senhor duma colossal fortuna, sendo o representante do grande José Bonifácio, o “Patriarca da Independência do Brasil”! Não teve descendência, creio eu, mas tinha muitos sobrinhos no Brasil, em 1930.

Sobre a naturalidade (S. Salvador de Unhão) que encontras nessa IG acerca da nossa avó Magdalena, não está correcta. S. Salvador era a 1ª freguesia do extinto concelho de Unhão, que integrava realmente grande parte da quinta de Valinhas, propriedade que fora do avô paterno de Magdalena, Cristhovam da Maya Machado, natural de Montelongo, senhor de Brolhães, o qual pelo seu casamento foi senhor das Casas de Mosquete (onde residiu e morreu), na freguesia de S. Cristhovam de Lordelo, em Unhão (confrontante com S. Salvador), e da quinta de Sub-Paço, em S. Salvador, Unhão. A esse tempo a casa e quinta de Valinhas eram propriedade de um tio de Magdalena, Pe. N. Coelho Machado, que em testamento a deixou a sua sobrinha Violante (irmã de Magdalena Machado), solteira, a qual em interessantíssimo testamento a deixou por sua vez, à nossa avó Isabel Bernarda, c.c. Francisco de Meirelles Sequeira Leite, bacharel em Leis, UC, por diploma de 20.06.1782, Juiz e Curador dos Órfão, F.C.R., pertenceu à Santa Hermandad, agente de S.A.R. a Infanta D. Maria Thereza, no levantamento da causa de D. Miguel, nas Terras de Basto!
Também aqui a BD/GP não deixa dúvidas, ainda que resumindo e não se alongando pelas consecutivas bastardias Coelho, nos senhores de Felgueiras e Vieira, bem como num ramo Magalhães Leite dali de Felgueiras que por via clerical (desta feita pelo Pe. Gonçalo!), entronca nos Magalhães da Barca…

Encontrando os costados que vi já, de Alexandre Lobo Sousa Leite (casado na bonita capela de Stº Antonino), dar-te-ei notícia. Entretanto, pode ser que encontres isso nos Cunha Reis daí, pois parece que há pelo menos um versado nestas cousas.

Já vi que na “Descendência do 1º B e V. de Alpendurada” há colaboração tua, apesar de não agradecida explicitamente.

Grande abraço,
MM

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#78219 | magalp | 28 Nov 2004 12:54 | Em resposta a: #78112



Que me dizes a isto?
http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=121761
Nunca, never, jamais em toda ouvi li alguma cousa de semelhante!
E julgava eu ter completa informação do Capitão Bernardo...
No seguimento aparece uma família daí Faria Blanc, o meu velho amigo Frederico, experimentado Cmdt dos TAP, velho e exímio velejador, cujo filho é também Comandante de A320 na TAP.
Só topei agora, mas parece-me haver gralha.
MM

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#78224 | amtf | 28 Nov 2004 17:37 | Em resposta a: #78213

Caro Ricardo de Oliveira,

No Verão passado tive oportunidade de dedicar todo um dia a pesquisar os paroquiais no Arquivo Distrital de Braga. Então a minha prioridade era o fundo das Inquirições de Génere e a freguesia de Santa Senhorinha de Basto onde procurava seguir uma linha materna e de onde também retirei muitos dados de outra linha paterna.
Na verdade, tenho ascendência de ambos os lados vinda de quase todas as freguesias de Cabeceiras e Celorico de Basto, e nem um mês seria suficiente para esgotar toda a informação contida naquele Arquivo.
Devo dizer que muito do pouco que sei dessas gentes devo-o ao nosso confrade, meu Amigo e Parente, Magalp, que, com a sua habitual simpatia e conhecimentos, mais uma vez acudiu em meu auxílio, e a quem me apresso a responder.

Um abraço
António Maria

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#78227 | amtf | 28 Nov 2004 17:53 | Em resposta a: #78218

Manel

Muito obrigado por teu interesse e pelo esclarecimento quanto à freguesia da avó Magdalena.
O conhecimento que tenho destes Lobos é o que li n’ “Os Pachecos”, que não vai mais longe na ascendência paterna de Alexandre Lobo de Sousa Leite que os seus avós Manuel Leite Lobo cc Teodósia Meirelles Pereira. Como sabes, a mulher de Alexandre, Caetana de Meirelles Leite Pereira era irmã do nosso comum avô, Francisco de Meirelles.
Espero com a IG do pai de Alexandre, também Alexandre, ficar a saber mais qualquer coisa dos Lobos e prováveis relações de parentesco com outras famílias de Basto.

Sobre o que escreves acerca da “Descendência do 1º B e V de Alpendurada”, não quero louros que não os mereça :-), porque não tenho ideia de qqr contribuição...

Já cá volto para responder a tua msg abaixo.
Tó Maria

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#78231 | amtf | 28 Nov 2004 19:04 | Em resposta a: #78219

Manel,

A fonte citada, GP – 6295, corresponde a um ficheiro que há muito tempo enviei aos nossos amigos de GP, embora não lhe tivesse dado essa filha.

Entretanto, os dados foram certamente revistos e a D. Madalena Teresa da Maia de Coimbra ficou em duplicado em http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=121817, mas aqui com a sua ascendência e descendência correcta.

Não sei como é que a gralha surgiu mas, provavelmente a équipe de Genea já se apercebeu da gralha, porque se “clicares” no nome de Isabel Maria de Valadares, que aparece casada com António-Luís Álvares Pinto de Andrade de Carvalho (???) na página que referiste, verás que na nova página surge como conjuge Manuel de Faria, o que está de acordo com o que diz a RFTGP, Vol. I (e não II), pág. 342.

Grande abraço
Tó Maria

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#299413 | joaolobo | 10 Mar 2012 16:11 | Em resposta a: #78112

Boa tarde,
esta é a ascendência da Quinta da Granja,
1 PEDRO ou ANTÓNIO MACHADO, Senhor da Quinta da Granja, que tem por ascendência varonil os Senhores de Entre Homem e Cávado, casou com D. Leonor Anreade

2 PEDRO ou ANTÓNIO MACHADO, 2º Senhor da Quinta da Granja, casou em Felgueiras com Mónica Rebello Brandão, herdeira da Casa de Santão, em Felgueiras filha de Pedro Brandão de Sousa, Senhor de Santão e de sua mulher D. Mécia Rebello de Sousa, filha de D. Afonso Vieira de Sousa.

3 MANUEL MACHADO BRANDÃO, Senhor da Casa de Santão e da Quinta da Granja, casou com D. Maria de Sousa Lobo, filha de D. João Rodes Lobo, bisneto por linha varonil dos primeiros barões de Alvito

4 D. MARIA DE SOUSA LOBO, herdeira. Casou com Jacinto Coelho da Silva.

5 ANTÓNIO LOBO DE SOUSA MACHADO BRANDÃO, Senhor da Casa de Santão e da Quinta da Granja. Casou com D. Maria Pereira Carvalhães Bsto.
6.1. D. JOSEFA DE SOUSA LOBO MACHADO, que herda a Casa de Santão, e um dos seus filhos manda construir na vila de Guimarães a Casa dos Lobo Machado.
6.2. D. ISABEL LUÍSA DE SOUSA, herda a Quinta da Granja.

Vem a herdar a Quinta da Granja o já mencionado por si, o seu 5º avô António Leite Lobo de Sousa e Meirelles.

O senhor "amtf" podia-me dar algumas informações sobre a Casa de Santão, que como se consegue perceber tem ligação com a Quinta da Granja.

Cumprimento,
AMCMSLM

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344656 | NBA | 02 Abr 2014 13:12 | Em resposta a: #299413

Caros colegas de fórum,

Identifiquei há dias como 7.º avô, num ramo que ainda não tinha estudado, a Jacinto Lobo de Sousa morador no lugar de Baloutas, em Painzela. No seu registo de casamento com Maria Martins Gomes, de Painzela (1723), consta ser filho de Gervásio Lobo de Araújo e de Antónia Fernandes, à data moradores em Negrões. Como em Negrões não encontro nada sobre eles, suponho que a residência tenha sido temporária. Não tenho dúvidas que se trata da mesma família que está espalhada por S. Nicolau, Outeiro, Painzela, Faia, Arco de Baúlhe, mas até ao momento ainda não o consegui entroncar. Agradeço qualquer informação...
Saudações,

Nuno Borges de Araújo

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344698 | NBA | 03 Abr 2014 21:01 | Em resposta a: #344656

Um pequeno avanço: Gervásio Lobo de Araújo faleceu em Painzela a 24.10.1723. Seria sr. da quinta de S. Brás em Painzela, uma vez que antes de falecer nomeou o vínculo da capela de S. Brás em seu filho Jerónimo Lobo de Sousa. Além deste e de Jacinto Lobo de Sousa tinha outro filho Manuel Lobo que casou em Painzela a 20.02.1729 com Águeda de Oliveira. Antónia Fernandes, mulher de Gervásio Lobo de Sousa, era de S. Nicolau de Cabeceiras de Basto.

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344700 | amtf | 03 Abr 2014 22:10 | Em resposta a: #344698

Caro Nuno Borges de Araújo,

No assento de baptismo de Alexandre Lobo de Sousa Leite, em S. Tiago da Faia, a 14.2.1686, figura como padrinho um Gervásio Lobo, filho do Licenciado Miguel Ferreira de Baloutas. Admito que seja parente próximo:

"Aos catorze dias do mes de fev.ro de seiscentos e oitenta he seis Baptizou o Reverendo Abb.e desta igr.ª frei Alexandre Lobo Machado, Alexandre f.º de Manuel Leite Lobo he sua mulher Theodozia Leite, da granja foi padrinho Gervasio Lobo f.º do Ld.º Miguel Fr.ª de Baloutas Freg.ª de Painzela naceo aos oito passa noverdade (sic) era ut sup.
o p.e Cura desta igr.ª de S. Tiago da Faia
Lourenço de Moura Coutinho"

Com os melhores cumprimentos do
António Maria Fevereiro

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344707 | NBA | 04 Abr 2014 10:50 | Em resposta a: #344700

Muito obrigado caro António Maria Fevereiro pela sua informação. É uma pista importante. Entretanto descobri que o Jacinto Lobo de Sousa nasceu em Painzela a 02.06.1686, filho de Antónia Fernandes, solteira, então moradora no lugar de Ferreiros, em Painzela, que pelo registo de casamento de Jacinto se sabe ser de Negrões (Montalegre), e que identifica o pai como sendo Gervásio Lobo, de Baloutas, então solteiro. Este veio a casar e teve o filho Jerónimo Lobo de Sousa, a quem antes de falecer atribuiu a sucessão no vínculo da capela de S. Brás da quinta do mesmo nome. Os documentos esclarecem ainda que Jacinto Lobo de Sousa foi viver para Baloutas com a família paterna, com os pais claramente assumidos em registos posteriores, embora não se afirme ser filho legítimo, o que me levou a procurar o baptismo de um Jacinto filho de Antónia Fernandes.
Cumprimentos,
Nuno BA

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344711 | lacardoso | 04 Abr 2014 15:01 | Em resposta a: #344707

Caro Nuno Borges de Araújo

Cá nos encontramos mais uma vez!
Há muito que não pego nesta árvore de Vieira do Minho mas procurando, no que possuo, sobre Lobo de Cabeceiras de Basto envio-lhe o que encontro [espero que não esteja confuso]:


Ana de Sousa Lobo, natural e batizada em São Tiago da Faia
[[? Será a Ana de Sousa Lobo fª de Serafina Sousa Lobo casada na Faia em 10.09.1656 (i.30) com Manuel Almeida Godinho nascido no Porto, São Nicolau, a 19.02.1627 (Geneall), pais na Faia de Luís a 14.07.1658 (i.36), Bernarda a 30.08.1660 (i.38) e Helena Sousa Lobo a 11.09.1662 (i.40) e casada em 1685 (i.87) com Feliz Rebelo Oliveira. Manuel de Almeida falece a 05.08.1662 e Serafina de Sousa Lobo, viúva e volta a casar com Manuel Pinto Barbosa na Faia a 27.04.1665 (i.33) e têm Jacinto 1666 (i.91), madrinha a mulher de Manuel Velho, Luísa 1674 (i.92), madrinha fª de Francisco Lobo de São Martinho ?]]

e Domingos Rebelo, de Pena Redonda, Outeiro, Cabeceiras de Basto, onde são pais de:

.. Jacinto 1674 (i.39) - PARECE SER O + VELHO
.. Dionísia 1681 (i.51), pds Manuel de Sousa Lobo e Mª fª de Catarina Carneiro
.. Felícia 1684 (i.57), pdo Fernando de Sousa
.. Eusébio 1687 (i.120), pds Luís de Almeida, da Faia e D. Helena, de Ferreiros, Painzela
.. Benta Lobo em 1690 (i.125), pdo Gervaz de Sousa e Benta filhos de Manuel Velho Lobo do Isqueiro
.. Dâmaso Lobo de Sousa, nascido no Outeiro em 1679 (i.45), casa no Outeiro em 1711 (i.180) com Antónia de Barros de Abreu, que têm no Outeiro:

. Carlos 1711, padrinho Carlos Lobo de Sousa e Mª de Melo
. Mariana 1713 (i.15), Pdos Carlos Lobo de Sousa, da Veiga, Outeiro e Mariana de Araújo, do Mosteiro
. João Lobo Sousa em 1717 (i.27), madrinha Susana de Barros e João de Melo; casa em Refojos com Maria Angélica Silva em 1765 (i.56) e têm António Lobo Sousa, IG ADB processo nº 8478, pasta 388 de 20.02.1783; João Manuel 1768 (i.200); José António 17?? (i.172); Teresa 1769 (i.218)
. Bernarda Maria de Sousa 1719 (i.36), casa no Outeiro com Bento José de Araújo 1739 (i.27)
. Jacinta 1721 (i.41) pds António de Melo Lobo, fº de Gervásio LdeS e Joana da Cruz mulher de Jacinto Lobo (estes pais em Painzela de Alexandre 1713 – i.180)
. Felícia de Sousa casa no Outeiro com Domingos Fernandes em 1748 (i.36)
. António Lobo de Sousa casa com Luísa Francisca 1751 (i.40), pais de Manuel Lobo Sousa (IG do ADB processo nº17123 pasta 745 de 04.06.1778).
. Susana de Barros de Abreu casado com CARLOS LOBO de SOUSA [não encontrei casamento] e têm em Fermentões, Guimarães:

- António 31.05.1705 e outro na Oliveira a 13.08.1706
- Benta Josefa 26.03.1708
- Teodósia 18.02.1710
e no Outeiro, Cabeceiras de Basto:
- João 1711 (i.3), Pdo João de Melo Lobo, fº de Gervásio LdeS e Mª de Melo.
- Maria 1714 (i.17), Pds Gervásio LdeS e Mª de Melo, do Isqueiro. Faleceu no Outeiro Maria filha de Carlos Lobo de Sousa e de Susana de Barros do lugar das Mortas 1728 (i.21).
- Manuel 1717 (i.26), Pds António de Melo Lobo do Isqueiro e ??? (Antónia) de Barros de Abreu mulher de Dámaso LdeS de Pena Redonda, Outeiro. Manuel Lobo Sousa (processo nº2462, pasta 110 de 06.02.1734).
- Teresa 1719 (i.35), Pds Jorge Leite de Andrade e sua fª Rosa Mª, de Quintã, Alvito. - Luís Lobo de Sousa padrinho em Refojos da sobrinha Mª Joaquina em 1757 (i.35). Moradores em Fermentões até 1710, na Raposeira, Painzela 1711, em Casa Nova 1717, Lugar das Mortas em 1721.


Encontrei um casamento em Vilar da Veiga, Santo António, Terras de Bouro a 19.05.1727 (i.229), de Alexandre de Sousa Lobo, fº de Leonardo de Sousa Lobo e Catarina Dias de Requeixo, Ventosa com Sebastiana dos Santos.

Em Painzela, Cabeceiras de Basto em 1798 (306.tif) nasceu uma fª de Alexandre Lobo de Sousa (filho de Alexandre Lobo e Mª Teresa Andrade da Casa da Granja de São Tiago da Faia) e Caetana Leite Meireles Coimbra de São Pedro de Alvite, padrinhos Rdo Francisco Leite Lobo de São Bartolomeu de Esperança e Angélica Fortunata da Casa de Santo António, São Pedro do Alvite.

No Outeiro em 1669 Padrinho Francisco Lobo de Abreu, de São Martinho (i.27)

Arco Baúlhe: casa em 1623 (i. 199) Domingos Lobo fº natural de António Lobo da Quintã e Apolónia Francisca da Faia com Helena Pires


Com os meus melhores cumprimentos
Lúcia Cardoso

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344717 | NBA | 04 Abr 2014 17:58 | Em resposta a: #344711

É melhor esclarecer, não fique a dúvida, que Antónia Fernandes da freg.ª de Negrões (Montalegre) viveu no lugar de Ferreiros em Painzela, mas mais tarde foi viver para o lugar do Casal, em S. Nicolau de Cabeceiras de Basto. Manuel Lobo de Sousa casado com Águeda de Oliveira também era filho de Gervásio Lobo de Sousa e de Antónia Fernandes. Este e o Jacinto Lobo de Sousa foram claramente assumidos como filhos, e como padrinhos dos filhos deste, em particular do Jacinto, aparece o irmão (legítimo?) Jerónimo e figuras influentes, que suponho parentes, como o Capitão-mor Nuno de Lima Noronha, a sua mulher e outros familiares, Bento Rebelo Lobo, etc., que constam na base do Geneall.

Tudo aponta para que o Gervásio Lobo de Sousa, de Baloutas, que teve os filhos Jacinto e Manuel de Antónia Fernandes e veio a casar com Ana Pereira, seja o que foi baptizado a 24.02.1664, filho do L.do Miguel Ferreira Folgueira e de Senhorinha de Sousa Lopa, que consta na base do Geneall com os apelidos Ferreira de Sousa que não terá usado mas provavelmente uma irmã sua. A confirmar... Curiosamente os padrinhos de baptismo são o Abade de S. Clemente de Basto Domingos de Abreu Bacelar e a irmã Leonor de Abreu Bacelar, irmãos da minha 7.ª avó paterna Maria de Abreu Bacelar, sra. da casa do Souto na mesma freg.ª

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344719 | lacardoso | 04 Abr 2014 18:03 | Em resposta a: #344711

Caro Nuno

Na mensagem anterior:
Susana de Barros de Abreu (casada com Carlos Lobo de Sousa) surge no encadeamento dos filhos de Antónia de Barros de Abreu com Dâmaso Lobo de Sousa mas são irmãs e filhas de António de Barros e Abreu e de Jerónima da Silva.

Não encontrei qual a ligação entre os maridos, ambos Lobo de Sousa.

Com os meus cumprimentos,
Lúcia Cardoso

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344720 | NBA | 04 Abr 2014 18:20 | Em resposta a: #344719

Cara Lúcia Cardoso,

Agradeço muito estas suas informações. Neste caso trata-se de familiares meus, mas brevemente vou retomar o trabalho da árvore de Vieira, e nessa altura penso que a voltarei a contactar. Como disse acima estou certo que estas pessoas são parentes mais ou menos próximos destes meus antepassados, mas não estou a encontrar nos que mencionou coincidência de pessoas. Tenciono ver com calma os dados que aqui fez o favor de me deixar. A minha linha é a de Jacinto Lobo de Sousa filho de Gervásio Lobo de Sousa (que penso ser este http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=2105652), ambos do lugar de Baloutas, em Painzela, e é quase certo este ser filho de Miguel Ferreira Folgueira (consta como Felgueiras aqui na base; ainda tenho de analisar a documentação que recolhi e procurar mais uma ou duas coisas), nat. de S. Sebastião (Guimarães) e de Senhorinha Loba de Sousa, de Painzela. Ele era filho de Gaspar Gonçalves que apenas surge nos registos de Cabeceiras com o apelido Folgueira, o que certamente tem a ver com o facto de ser natural de uma freg.ª do conc.º de Felgueiras, e de Maria Ferreira, de S. Sebastião (Guimarães). Até aqui parece não haver grande dúvida. O que eu preciso de esclarecer é com que fundamento documental Senhorinha Loba de Sousa (ou de Sousa Loba) aparece na base do Geneall como filha de Brás Velho de Araújo e de Ana de Sousa Lobo, quando no seu registo de casamento (1654) apenas consta o nome do pai: Gaspar de Araújo Ferreira e mulher, o que é um bocadinho diferente...
Os meus cumprimentos, e muito gosto em reencontra-la nestas andanças,

Nuno BA

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344723 | NBA | 04 Abr 2014 19:13 | Em resposta a: #344720

Cara Lúcia,

Das pessoas que refere tomei nota de do óbito de Benta, solteira e sem testamento, a 21.10.1784, em Painzela (L.º Óbitos n.º 1, fl. 69), f.ª de Carlos Lobo de Sousa e de sua mulher Susana de Barros, do lugar da Raposeira, freg.ª de S. Miguel de Refóios. Não sei se lhe interessa...
Cumprimentos,

Nuno

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344729 | lacardoso | 04 Abr 2014 19:58 | Em resposta a: #344723

Caro Nuno

É mais um dado a guardar pois é esse o casal do meu interesse.
Quanto às outras questões que coloca não lhe sei responder mas se encontrar dados sobre aqueles Lobo de Sousa que procura informá-lo-ei.

Boas pesquisas,
Lúcia Cardoso

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344735 | Joaquim de Castro | 04 Abr 2014 21:55 | Em resposta a: #344698

Possuo família em Painzela, no lugar de Baloutas, do ramo da minha avó paterna. A minha trisavó chamava-se Joaquina d' Oliveira Araújo e era casada com Joaquim José da Silva Castro. Terá nascido na década de 50 ou 60 do séc. XIX e morreu em 1902. Era uma família de ricos proprietários de Baloutas e era filha única de José António de Oliveira Araújo e de Maria de Araújo. Infelizmente não consigo encontrar os assentos de batismo para verificar a ascendência. Será que a ascendência terá alguma ligação a este Gervásio Lobo de Araújo? Sabe alguma coisa da descendência deste Gervásio?
Grato pela atenção

Joaquim de Castro

Resposta

Link directo:

RE: Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#344737 | NBA | 04 Abr 2014 23:26 | Em resposta a: #344735

Acabo de encontrar vários Araújo Ferreira moradores em Baloutas na primeira metade do séc. XVII. Entre eles o casal Gaspar de Araújo Ferreira e Antónia Loba de Sousa, de Baloutas (que são os pais de Senhorinha Loba de Sousa, minha 9.ª avó, e não os que constam nesta base), esta Antónia em 1641 foi madrinha de baptismo de uma Antónia, filha de Bento de Araújo Ferreira e de sua mulher Catarina Rebela Leite. Foi padrinho Inácio Leite de Almeida, filho de Francisco Leite de Almeida, morador na cidade do Porto.

Caro Joaquim de Castro,

Há pessoas com os apelidos que indica em Baloutas desde o séc. XVII, mas infelizmente tudo o que não esteja documentado é puramente especulativo. Podem ter o mesmo apelido e ter vindo para ali de outra freguesia em data bem mais recente. Talvez explorando outros registos ou documentos consiga continuar a sua pesquisa.

Resposta

Link directo:

Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#352454 | jmnovais | 25 Nov 2014 16:14 | Em resposta a: #78112

carissimos confrades,
este padre Alexandre de Sousa Lobo será o memso que era pároco em Vicente de Sousa circa de 1800?


melhores cumprimentos
joao novais

Resposta

Link directo:

Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#352455 | jmnovais | 25 Nov 2014 16:16 | Em resposta a: #78112

perdão, queria perguntar, se teria alguma relação com os indivíduos aqui referidos.. procurei inquirição de genere mas não encontrei

Resposta

Link directo:

Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#352457 | Berthem | 25 Nov 2014 17:35 | Em resposta a: #352455

...

Resposta

Link directo:

Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#352459 | jmnovais | 25 Nov 2014 17:39 | Em resposta a: #78112

as reticências são intencionais ou houve algum tipo de engano?
grato por qualquer ajuda quanto ao padre Alexandre de sousa Lobo, abade de Vicente de Sousa no final do séc. XVIII

Resposta

Link directo:

Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#386909 | alexmartin | 27 Nov 2017 00:38 | Em resposta a: #352459

Viva,

Pergunto-vos por meus avoengos Domingos de Sousa Lobo e Eugénia de Sousa Loba, pais de Manuel de Sousa Lobo (n.20.11.1694 em Painzela) casado a 20.11.1736 com Sebastiana Francisca na freguesia de São Nicolau de Cabeceiras de Basto. Foram testemunhas deste casamento:

Nuno de Lima de Noronha Lobo
https://geneall.net/pt/nome/175719/nuno-de-lima-de-noronha-lobo/

Manuel Baltasar de Abreu de Lima de Noronha Lobo
https://geneall.net/pt/nome/175721/manuel-baltazar-de-noronha/

Muito obrigado,
Alex

Resposta

Link directo:

Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#387116 | alexmartin | 02 Dez 2017 20:57 | Em resposta a: #344656

Caro Nuno,

Ao consultar o livro de casamentos de Painzela, não encontrei em 1723 o casamento a que se refere entre Jacinto e Maria. Apenas este:
http://pesquisa.adb.uminho.pt/viewer?id=1078936, na página 29.
Pode for favor indicar-me onde encontrou o assento de casamento.

Muito obrigado,
Alex

Resposta

Link directo:

Lobos, de St.º André de Painzela, Cab. de Basto

#427263 | IsabelR | 19 Set 2020 16:38 | Em resposta a: #344720

Caros Confrades, Cara Lúcia Cardoso e Caro Nuno BA,

Consigo trilhar uma linha de ascendência até esse casal comum de antepassados: Ana de Sousa Lobo (senhora da Quinta da Faia, creio) e Brás Velho de Araújo -que devem ter nascido cerca 1650-80 em torno de Cabeceiras de Basto, Faia Painzela- mas não consigo avançar mais.
Alguém de vós, que estudam as famílias daí, me consegue ajudar?

Sobretudo falta-me aí uma peça, ou a verificação da ligação à geração acima (não sei se imediatamente acima) de João Rodrigues Lobo (ou João/Joo Rodes Lobo)- Cavaleiro da Ordem de Malta e Rodes, Balio do Acre, Com. de Veade e Faia, capitão-mor de Basto- casado com D. Policena de Souza- de quem também nada sei). No Gayo diz-se que este João Rodrigues Lobo é filho bastardo de D. Diogo Lobo de Souza, no entanto o seu pai é dado como tendo sido casado com D. Caterina Olindo (ou de Lindos, otomana de Acre, jerusalém ou de Lindos, Rodes???? cerca 1510), e esta como sendo sua mãe... Gostaria de ter mais informação e fontes credíveis.

Surpreende-me que não haja referência escrita sobre um cavaleiro que tenha ido a Rodes supostamente lutar e que de lá tenha vindo com uma mulher estrangeira.

Em síntese, é sobre isto que peço ajuda e esclarecimento.

Obrigada

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 04 Mar 2021, 18:40

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen