Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

Este tópico está classificado nas salas: Pessoas

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#262114 | mfcr | 13 Set 2010 23:43

Caros confrades

A quem interessar

Casaram a 2 de Fevereiro de 1618, na Quinta de Simão Guedes - segundo o geneall, será o 5º. Senhor de Murça -, na Póvoa de Montijo, Dom Jorge de Melo e Dona Madalena de Távora.

Fonte: Fls. 83 - Cota 5912/2 - Livro de casamentos de Montijo - Arquivo Distrital de Setúbal.

Melhores cumprimentos
Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#294938 | JoãoGaspar | 17 Jan 2012 17:05 | Em resposta a: #262114

Caro Manuel Rufino,

Tem conhecimento de um Pe. Manuel Gomes de Sousa, no Montijo cerca de 1720? Tem informações sobre este Padre?

Com os melhores cumprimentos,

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#294943 | mfcr | 17 Jan 2012 17:56 | Em resposta a: #294938

Caro João Gaspar

Conhecimento dele tenho, já passei a vista por ele. Agora ligações ás famílias Aldeanas, desconheço.

Sinceros cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#296311 | mfcr | 02 Fev 2012 21:40 | Em resposta a: #294938

Caro João Gaspar

Rosa da Madre de Deus, viúva de Vicente Cardoso, volta a casar a 9 de Novembro de 1775 em AGR, com Alexandre José, filho de Ventura Fernandes e de Joana Mauricia.

Importante: Rosa da Madre de Deus, é filha de Teotónio Marques e Cecilia Maria.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#296340 | JoãoGaspar | 03 Fev 2012 10:53 | Em resposta a: #296311

Caro Manuel Rufino,

Muito obrigado pela informação acima indicada, eu já procurava a ascendência de Rosa da Madre de Deus há algum tempo e sem sucesso. Poderei continuar dessa forma a pesquisa deste lado da família, graças a si.
E sobre Vicente Cardoso, sabe alguma coisa sobre seus pais?

Obrigado e cumprimentos,

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#296389 | mfcr | 03 Fev 2012 19:29 | Em resposta a: #296340

Caro João Gaspar

Vicente Cardoso e Rosa Jezuvina ou Josefina, são pais de Antónia Rita e que se ligam aos meus Sequeiras, pelo que não tenho muita informação deles. Os Sequeiras estão razoavelmente desenvolvidos. Coloco o que tenho destes tios avós:

1. Antónia Rita. Provida da Santa Casa da Misericórdia de AGR ( fonte: Caixa nº. 120, documento nº. 2388), casou com josé Joaquim Sequeira [ N. 07.06.1758 e F. 18.1.1819 em AGR ], filho de Joaquim José Sequeira e de sua mulher Maria Joaquina ( meus avós ).

Tiveram:

1.1 Joaquim Sequeira, B. 13.5.1792 e F. 17.02.1805 de AGR
1.2 António, B. 18.2.1794 de AGR
1.3 António, B. 29.9.1797 de AGR
1.4 Apolónia Maria. Casou com Joaquim dos Santos, filho de Sebastião dos Santos e de Severina Rosa.

Tiveram:

1.4.1 Manuel, B. 4.11.1849 de AGR

José Joaquim Sequeira, profissão Mestre Barbeiro, consta no livro de registo dos irmãos que tomaram o hábito na veneranda ordem 3ª. da penitência da Vila de Aldegalega em 26.03.1793 ( Fonte: Livro que se encontra na Matriz do Montijo que consultei em 22.07.2005.

Nota: Os anos do nascimento dos filhos António, deverão ser corrigidos na página.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304437 | mfcr | 28 Abr 2012 23:47 | Em resposta a: #296340

Caro João Gaspar

Espero que esteja de boa saúde.

Manuel Coelho e a Maria de Ascenção Perdigão, são meus avós, aqui vai, o que me parece mais importante:

1. Manuel Coelho, nasceu cerca de 1662 em Palmela. Casou a 6.8.1687 no Montijo ( AGR ), com Maria de Ascenção
Perdigão. Foi seu padrinho de casamento o Padre Miguel da Veiga. Veio a falecer no Hospital de São José, em
Lisboa, para onde fora transportado ( fonte: livro de despesas da Santa Casa da Misericórdia do Montijo ( AGR ).
Maria de Ascenção Perdigão, foi baptisada a 30.5.1669 em Montijo ( AGR ), foram seus padrinhos de baptismo:
Lourenço Neto e Maria Simôa. Faleceu a 27.8.1746 em Montijo ( AGR ). Depois de enviuvar de seu marido Manuel
Coelho, casou segunda vez a 8.3.1706 em Montijo ( AGR ) com João Correia, filho de Noutel Rodrigues e de Maria
Abreu, natural de Montemor-O-Novo, com geração.
Tiveram:

1.1 Simôa Marques, baptisada a 6.12.1699 em Montijo ( AGR ). Casou duas vezes. A primeira vez a 3.10.1717 em
Montijo ( AGR ) com Jerónimo dos Santos, natural da Moita, filho de António Gonçalves e de Violante Gonçalves,
natural de Sarilhos Pequenos, Moita.
Casou segunda vez a 26.4.1728 com Francisco Marques, em Montijo ( AGR ).
Tiveram, não sei se do 1º. ou do 2º. casamento:

1.1.1 Bernardino dos Santos Serrão. Falecido a 5.11.1800 em Montijo ( AGR ). Casou com Maria do Espirito Santo ou
Maria da Piedade [ + 22.4.1790 em Montijo ( AGR ], filha de Manuel Gonçalves Laiça, natural de Vila Nova da
Rainha, Freguesia de Jesus, e de Vicência Ferreira, natural do Samouco, Alcochete.

Cumprimentos,

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304526 | JoãoGaspar | 30 Abr 2012 00:24 | Em resposta a: #304437

Caro Manuel Rufino,

Manuel Coelho e sua mulher Maria da Ascênção são também meus avós e deles sei o seguinte.
O filho Bernardino dos Santos Serrão, é do primeiro casamento, filho de Jerónimo dos Santos e de Simoa Marques.
Sei também que o casal Maria da Ascênção Perdigão e o seu marido Manuel Coelho tiveram outra filha de seu nome Catarina Perdigão, que casou com Manuel Gomes de Seabra.
Já que tem as datas de baptismo de Maria de Ascênção Perdigão isso quer dizer que tem a sua ascendência? Quem são os pais de Maria A.Perdigão? E de seu marido Manuel Coelho, sabe mais sobre quem foram os seus pais e porque motivo foi morrer no Hospital de Lisboa?

Cumprimentos,

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304560 | biblos | 30 Abr 2012 14:47 | Em resposta a: #304437

Caros Manuel e João,

Reparei agora neste post. As minhas pesquisas encontram-se muito paradas, já que a minha actividade profissional não me tem permitido dedicar a este hobby. Fico contente que as vossas continuem a bom ritmo!

Escrevo apenas para dizer que tenho também um avô, filho de Jerónimo dos Santos e Simoa Marques. Trata-se de Manuel dos Santos, que veio a casar com Maria Micaela da Piedade. Estes últimos foram os avós de meu avô - Francisco de Sousa Cravo.

Fiquei curioso com a utilização do apelido Serrão neste ramo, a qual eu desconhecia. Haverá ligação a outros avós, como por exemplo as duas Paulinas Serrão?

Obrigado!

Abraço,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304561 | biblos | 30 Abr 2012 14:52 | Em resposta a: #294938

Relativamente ao Pe. Manuel Gomes de Sousa, surge nos paroquiais de Alcochete um seu homónimo (talvez familiar, que não é membro do clero). De memória não consigo assegurar o nome dos pais, mas lembro-me que o mesmo tinha origem aldeana. Julgo tê-lo visto no livro dos casamentos da primeira metado do século XVIII.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304562 | JoãoGaspar | 30 Abr 2012 15:03 | Em resposta a: #304560

Caro João,

Boa tarde.

Relativamente ao apelido Serrão neste ramo, ainda não descobri de onde lhe advém, o primeiro a usa-lo pelo que sei até agora foi Bernardino dos Santos Serrão que pelo que vejo será irmão do seu avô Manuel dos Santos!
Sei que Bernardino e o seu avô Manuel dos Santos, foram filhos de Jerónimo dos Santos e de sua mulher Simoa Marques Coelho, e que Jerónimo dos Santos foi filho de António Gonçalves e de sua mulher Violante Gonçalves ambos de Sarilhos o Pequeno na Freguesia da Moita do Ribatejo. Tiveram uma outra filha de seu nome Antónia,smn. Não sei se o apelido Serrão virá por seus pais de Sarilhos o Pequeno ou por via de Simoa Marques Coelho, filha de Manuel Coelho natural de Palmela e de sua mulher Maria da Ascênção Perdigão, natural de Montijo e filha de Catarina Perdigão e de seu marido Aleixo Marques, ambos do Montijo.

Abraço amigo,

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304566 | J.R. | 30 Abr 2012 15:51 | Em resposta a: #304526

Boa tarde caros confrades

Venho dar uma pequena ajuda ao tópico : a Maria da Ascenção é filha de Aleixo Marques e de Catarina Perdigoa ,

casados a 7.2.1666 em AGR , e dispensados em 3ºgrau de consanguinidade , teve por testemunhas Thomé Nunes

Teixeira e Thomás Quadrado .

( imagem 0086tif casamentos Montijo , anno 1666 )

Saudações genealógicas do amigo Joaquim R.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304586 | mfcr | 30 Abr 2012 18:13 | Em resposta a: #304526

Caro João Gaspar

Ponto 1) - Maria de Ascenção Perdigão, foi baptisada a 30 de Maio de 1669, no Montijo ( AGR ) filha de Aleixo Marques e de Catarina Perdigoa. Foram seus padrinhos, Lourenço Neto e Maria Simôa. ( fonte: folha nº. 22, baptismos, cota 5914/2 - Montijo - ADSetubal. Também pode ver em on-line, como o amigo Joaquim Isidoro, muito bem, referiu. Sobre a ascendência deles nada sei.

Ponto 2) - Manuel Coelho, é filho de Luis Rodrigues e de Catarina Pinta, ambos de Palmela. Sobre a ascendência destes nada sei.

Ponto 3) - Os motivos que levaram á sua evacuação para Lisboa, não sei. Sei é que o Hospital apresentava as facturas á cobrança, primeiramente á Santa Casa da Misericórdia, anos depois á Câmara Municipal de AGR. Talvez no Arquivo do Hospital de São José, se possa ver algo.

Ponto 4) - O Jerónimo dos Santos, faleceu a 7 de Setembro de 1724 em Montijo ( AGR ), tendo sido sepultado na Igreja Matriz.

Ponto 5) - O casal Manuel Coelho/Maria de Ascensão Perdigão, teve 9 filhos.

Ponto 6) - A Maria de Ascencão Perdigão, teve mais dois filhos do segundo casamento.

Ponto 7 ) - Quanto á Catarina Perdigão, tenho:

Foi baptisada a 1 de Maio de 1697 em Montijo ( AGR ). Casou a 29 de Outubro de 1714 em Montjo ( AGR ) com Manuel Gomes Ciabra, cirurgião, [ + 23.7.1717 - Montijo, AGR ] filho de António Gomes Formão ou Fernão, e de Maria Varela [ * 15.1.1651 - Montijo, AGR e + 1.1.1695 - Montijo, AGR, sepultura nº. 78 da Matriz ]. Teve pelo menos 4 filhos.


Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304590 | oilime | 30 Abr 2012 18:40 | Em resposta a: #304561

Caro biblos

Curiosa a expressão "origem aldeana".

Típica de alguém ligado ao Montijo.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304594 | mfcr | 30 Abr 2012 19:11 | Em resposta a: #304560

Caro João Capella

Folgo muito pela sua aparição! Está tudo bem consigo e a família ?.

Quanto ao Francisco de Sousa Cravo, já o conheço, como é do conhecimento do João Capella. Com relação ao Manuel dos Santos e da Maria Micaela da Piedade, já esbarrei com eles, deve-os ter como colaterais, mas não sei aonde.
Quanto aos Serrões, o confrade João Gaspar, em tempo, já me tinha colocado essa questão. A resposta na altura, é a mesma de hoje, ainda não consegui entroncar essa gente. Provàvelmente, estaremos na presença de familias diferentes, mas não tenho certezas, logo veremos.

Fico muito contente, um abraço.

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304666 | J.R. | 01 Mai 2012 18:36 | Em resposta a: #304562

Boa tarde caros confrades Manuel e João

Ai estão alguns casamentos de AGR , que vão abrir novas janelas de pesquisa :

Nuno Álvares Pereira cc Izabel de Novaes , 22.2.1626

Domingos ( Fernão , Serrão , Ferrão ? ) cc Maria de Siqueyra , 26.7.1627

António de Novaes Sebastião cc Maria de Novaes de Almeida , 7.5.1632

Manuel Nunes de Almada cc Catarina de Sousa , 6.2.1656

Saudações genealógicas do Joaquim R.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304680 | mfcr | 01 Mai 2012 19:56 | Em resposta a: #304666

Boa tarde Amigo Joaquim

Como vai ?.

Obrigado pela sua colaboração para com estas familias Aldeanas. O Manuel Nunes de Almada, é meu ascendente.

Um abraço Aldeano

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304711 | biblos | 02 Mai 2012 11:38 | Em resposta a: #304594

Caro Manuel,

Vamos todos bem, obrigado! Espero que o Manuel também, assim como restante família!

Esqueci-me apenas de partilhar aqui no fórum, algo que talvez já seja do conhecimento de todos. Encontram-se disponíveis no site digitarq as diligências de habilitação de alguns membros da família Pacheco Pimentel. Estas poderão ser do nosso interesse, já que surgem como testemunhas alguns dos meus/vossos antepessados, por exemplo, Filipa da Rosa (a casada com Domingos Leal), António Banha, Sebastião Gomes, Francisco Rodrigues Alcaide, etc. Antes da entrevista, há sempre um pequena descrição do inquirido, idade, posição social, etc.

Encontrei também referências a um capitão Domingos de Sousa Coroa/Broa (?). Estou curioso se este estará associado aos meus Sousa Coroinha/Croinha... Surge também um Francisco Nunes de Aguiar... Não sei se este última terá ligação aos nossos Aguiar do Samouco.

Um abraço,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304731 | mfcr | 02 Mai 2012 17:56 | Em resposta a: #304711

Caro João Capella

É verdade. É impressionante os apadrinhamentos daquela nobre familia ( Pacheco/Novaes Pimentel ). Esta relação é antiga, vi um caderno particular sobre a família Pimentel, muito parecido com o manuscrito que se encontra na Torre do Torre, até parece que foi copiado, a única novidade que topei, foi a alusão a um avô meu de nome Adrião Rodrigues Carrasco, que naturalmente não dá para tirar conclusões algumas.

Agora estou espectante quanto ao processo da Filipa da Rosa, do Sebastião Gomes e do meu Tio-avô Francisco Rodrigues Alcaide ( deste tenho muita informação retirada da Chancelaria Antiga da Ordem de Santiago, por causa do estudo dos Alcaides desta Vila ) mas nada sobre diligências de habilitação.

Francisco Nunes de Aguiar, até hoje, nunca vi qualquer ligação aos nossos Samouqueiros, no entanto nunca se sabe.

Domingos de Sousa, Capitão da Póvoa do Montijo, é o 5º. filho do meu Tio avô Bartolomeu Rodrigues e este é filho dos meus avós Fernão Rodrigues Soeiro " O Velho " de alcunha o Chasquam, e de sua mulher Antónia Rodrigues.
Domingos de Sousa, foi baptisado a 29 de Outubro de 1590 em Montijo ( Ironia do destino, o Domingos foi mesmo baptisado no Montijo em 1590, como sabemos a Vila de AGR, foi crismada de Montijo em 1930, foi um erro histórico ). Casou com Beatriz Freire, filha de Pedro Rodrigues e de Maria Esteves. Estes eram moradores em Alfama, cidade de Lisboa.
Numas pesquisas por mim efectuadas nos fundos da Santa Casa da Misericórdia de Montijo, há uns anos, encontrei uma petição efectuada pelo Domingos de Sousa, a solicitar a sua admissão como Irmão, dizendo que não tinha sangue de mouro nem de infesta nação, aquelas lengas, lengas e dizia que era Cavaleiro Fidalgo da casa de sua Magestade e etc. ( fonte documento nº. 89, caixa nº. 5, ano de 1637 da Santa Casa ). Quando tive oportunidade, desloquei-me ao IANTT e trouxe cópia do documento que confirma tudo. Nesse documento, diz também que ele se candidata a Almotacé desta Vila, para substituição do João Freire. Domingos de Sousa, teve mais nove irmãos.
Teve do seu casamento com Beatriz Freire, Dona Brites Freire de Sousa, que veio a casar com o Doutor Hipólito Guido, que foi médico em Alcochete.

Quanto a possiveis ligações aos nossos Croinhas, pode acontecer. Nesta linha, já não devo recuar mais, e inicia-se no Fernão Rodrigues Soeiro [ do passado para o presente ] Como o João Capella, sabe estas familias, quanto mais recuadas, mais " afunilam " pelo que há muita gente, neste momento o que se oferece dizer é que as linhas mais próximas do João Capella, serão os " Netos Pangayos " e os Francisco Rodrigues Marques, de Alcunha o Cavalo de Pau.

Um abraço Aldeano

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304744 | biblos | 02 Mai 2012 19:45 | Em resposta a: #304731

Caro Manuel,

Como sempre, obrigadíssimo pelos seus esclarecimentos! É de facto impressionante!

Relativamente às diligências de que lhe falei e que poderão ser do nosso interesse, deixo link para esta, como exemplo: http://digitarq.dgarq.gov.pt/viewer?id=2341111. É a de Matias Pacheco Pimentel. Há ainda mais algumas.

Nesta, surgem como testemunhas inquiridas, alguns antepassados do Manuel (entre outros):

- Isabel Teixeira, viúva de Custódio Ruiz Alcaide (70 anos);
- Manuel Teixeira, homem solteiro e da governança (50 anos);
- Sebastião Gomes, homem que vive da sua fazenda (67 anos);
- Manuel Gomes, o comprido, homem que vive da sua fazenda (58 anos);
- Francisco Ruiz Alcaide (52 anos);
- Manuel da Costa, o velho, mareante (75 anos);
- Antónia Neta, mulher de Manuel Roiz Guerra (?) (70 anos).

Relativamente aos Sousa Croinhas, o antepassado mais remoto que tenho nessa linha é André de Sousa Bolhão, casado com Maria Pinheira em AGR, no dia 22 de Agosto de 1666. São os pais de Manuel de Sousa, que casou em AGR com Tomásia Maria, no dia 11 de Junho de 1704.

Mais uma vez, bem haja pela sua investigação!

Um abraço,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304760 | mfcr | 02 Mai 2012 22:32 | Em resposta a: #304744

Caro João Capella

Agradeço muito a sua atenção e dicas.

Vou ver o que consigo encontrar, particularmente sobre a Isabel Teixeira, da qual ainda não sei a sua filiação.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304782 | JoãoGaspar | 03 Mai 2012 00:46 | Em resposta a: #304744

Caro João,

Desde já muito obrigado pelo contributo de enorme valor e pela partilha da informação tão importante que é para os descendentes dos Aldeanos aqui presentes.
Como é seguramente do seu conhecimento, as informações sobre Filipa da Rosa, irmã da minha antepassada Maria de Sousa, e sobre a Viuva Isabel Teixeira, o Sebastião Gomes e o Francisco Ruiz Alcaide são de especial interesse para mim como seu descendente e com pouca informação para além da encontrada nos paroquiais.

Que dados retirou sobre estas pessoas em questão?

Com os melhores cumprimentos,

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304783 | JoãoGaspar | 03 Mai 2012 00:51 | Em resposta a: #304760

Caro Manuel,

O que encontrar sobre a Isabel Teixeira poderá partilhar? Assim como as informações que retirou da Chancelaria da Ordem de Santiago sobre o nosso Tio-Avô Francisco Ruiz Alcaide?

Outra dado curioso, não sei se o Manuel já tinha encontrado informação acerca do Brás Afonso e as suas relações familiares com Violante Afonso, Miguel Afonso, Garcia Froís ?

Cumprimentos,

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304822 | mfcr | 03 Mai 2012 17:25 | Em resposta a: #304783

Caro João Gaspar

Sobre Isabel Teixeira, mulher de Custódio Roiz Alcaide, meus avós, e é só sobre esta que vou falar, porque há muitas Isabéis Teixeiras, com filiações e etc., mas que não vou aqui colocar para não criar confusões.

Tomando como referência a Isabel Teixeira, aqui no Geneal:

1 ) - Confirmo a data do seu casamento;
2 ) - Confirmo a data do seu falecimento e a nota biográfica sobre o alvará;
3 ) - Como no casamento não faz referência aos pais, estou parado.
4 ) - Talvez em pesquisas noutros fundos, como o indicado pelo confrade João Capella, se consiga chegar aos pais.
5 ) - A data de baptismo do seu filho MANUEL, 21.09.1655, ( ver PT/ADSTB/PRQ/PMTJ02/001/00003 - TIF 23, lado direito é o 1º. Manuel, diz ser filho de António Roiz e Joana Torres, vidreiros, portanto sem ligação aos Alcaides.

6 ) - Quanto aos presumiveis pais, Francisco Gomes Carneiro, proprietário de Barcas da Carreira entre AGR e a Capital do Reino e a Domingas Teixeira, conheço-os muito bem, mas para não fazer confusões, ficamos por aqui.
7 ) - Como eu também não sei tudo e gosto de saber, se tiver algo a acrescentar agradeço.

FRANCISCO RUIZ ALCAIDE: Os documentos são extensos, portanto de duas uma: Ou envio-lhe as fotocópias que trouxe do IANTT para uma morada a indicar ou outro modo, ou coloco aqui as fontes e faço um resumo, a escolha é sua.
Como curiosidade posso acrescentar que não faz referências á ascendência de Maria Rodrigues, mulher de António Rodrigues Alcaide, nem aos filhos fora do casamento.


Brás Afonsos, Violante Afonso, Miguel Afonso, Gracia Frois, é muito genérico. Há vários. Portanto agradeço melhor precisão sobre cada um, pode ser que eu saiba responder alguma coisa.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304854 | J.R. | 03 Mai 2012 20:57 | Em resposta a: #304822

Caro confrade Manuel

Vejo que considerou na sua avaliação e no nº5) , como sendo todos vidreiros . E agora pergunto eu : ou serão apenas

as testemunhas do acto , efectuado a 21.9.1655 , batismo do António filho de António Roiz e de Joana Torres .

Atenciosamente recebe um abraço do amigo Joaquim .

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304869 | mfcr | 03 Mai 2012 22:11 | Em resposta a: #304854

Amigo Joaquim

Neste caso são todos. Mas eu referia-me em concrecto ao casal António Rodrigues/ Joana Torres [ pai do Manuel, * 21.9.1655 ]. No óbito de António Rodrigues, casado com Joana Torres, diz também ser vidreiro, fiz estas pesquisas há uns anos, precisamente por não encontrar o MANUEL, meu avô, que terá nascido no " buraco " entre 1640 e 1650 em que não há registos de baptismo em AGR.

Retribuo um abraço muito grande

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304879 | mfcr | 04 Mai 2012 00:06 | Em resposta a: #296340

Caro João Gaspar

Quanto ao Vicente Cardoso, esbarrei agora nele, tome nota: Fonte - PT/ADSTB/PRQ/PMTJ02/001/00009-TIF 117, lado direito.

Antónia, baptisada a 29.9.1761 em Montijo ( AGR ), filha de Vicente Cardoso e Rosa Joaquina. Neta paterna de António Cardoso e Josefa Maria. Neta materna de Teotónio Marques e Cecilia Maria. Estes já lhe tinha indicado.

Nota: Diz que são todos naturais de AGR.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304881 | JoãoGaspar | 04 Mai 2012 00:49 | Em resposta a: #304879

Caro Manuel Rufino,

Muito obrigado, são boas noticias!
O padrinho é Duarte Moniz Coutinho? Será?

João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304883 | JoãoGaspar | 04 Mai 2012 01:00 | Em resposta a: #304822

Caro Manuel,

Sem confusões, pretendo apenas falar da nossa Avó Isabel Teixeira.
Estou a tentar consultar as fontes indicadas pelo João Capella, mas não está a ser fácil... a ver vamos de resto concordo com tudo o que diz.
O baptismo de Manuel que indica é realmente de outro Manuel Roiz, que nada tem que ver com o nosso Manuel. Sinceramente não sei de onde veio a data indicada, mas creio ser facilmente corrigido.
Quanto a Francisco Ruiz Alcaide gostaria de ter as fotocópias mas não quero abusar da sua amabilidade, posso ir ter consigo ao Montijo se concordar.

Quanto a Brás Afonso, falo de Brás Afonso o Novo casado com Leonor da Rosa, nossos avós, que é familiar de Violante Afonso, que por sua vês é irmã de um outro Miguel Afonso e de Garcia Fróis. Como são nomes que já fui esbarrando nos paroquiais Aldeanos, pensei que o Manuel como investigador muito mais conhecedor que eu das teias familiares da nossa região, poderia já ter informações que me ajudassem a compreender as relações familiares deste tronco dos Sousas.

Cumprimentos,

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304886 | JoãoGaspar | 04 Mai 2012 01:51 | Em resposta a: #304822

PS : Sobre Violante Afonso foi irmã de Miguel Afonso e de Garcia Frois/Froes e de Gaspar Nunes.
Miguel Afonso foi pai de Maria do Ó Pedroza

João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304887 | JoãoGaspar | 04 Mai 2012 02:27 | Em resposta a: #304879

Caro Manuel,

Graças a si, e à descoberta dos pais de Vicente Cardoso, tinha aqui a seguinte nota, sem saber que eram parentes meus:

Inês,
Baptizada em AGR a 26..04.1758 filha de José Marques de Aguiar e de sua mulher Isabel Josefa Cardoso.
Neta Paterna de Luis Marques e de sua mulher Isabel Pinheiro, ambos naturais do Samouco.
Neta Materna de António Cardoso e de Josefa Maria, ambos naturais de Aldeia Galega do Ribatejo
foram padrinhos José da Costa Baptista e Antónia Teresa Clara de Aguiar.

Estes nomes dizem-lhe alguma coisa a si ou ao João Capella?

Abraço
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304898 | biblos | 04 Mai 2012 11:01 | Em resposta a: #304887

Olá a todos,

Esses Aguiares são meus e do Manuel. O Luís Marques casado com Isabel Pinheiro da Ressurreição é irmão de Manuel Marques, casado com uma outra Isabel Pinheiro. Este Manuel Marques teve dois filhos que são meus avós: Mariana Josefa de Aguiar ou Mariana Pinheiro e, Pedro Marques de Aguiar. (Existem erros na base do geneall, cuja correcção já sugeri.)

Relativamente ao Miguel Afonso, o mesmo é mencionado na habilitação de génere de seu neto - Miguel Pacheco Pimentel: http://digitarq.dgarq.gov.pt/viewer?id=2341392. Aí consta que Miguel Afonso de Pedrosa e sua mulher, Filipa Fernandes, eram gente nobre e da governança de AGR.

Boas pesquisas,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#304932 | mfcr | 04 Mai 2012 17:26 | Em resposta a: #304887

Caro João Gaspar

Conforme disse o João Capela estes Marques são nossos ascendentes. Pode copiar o que está no GeneAll, mas atenção, o João diz haver uma correcção que ainda não está feita.
No que diz respeito ao Luis Marques, disponho da seguinte informação:

- Luis Marques, foi baptisado a 12 de Março de 1677, na Freguesia do Samouco, Concelho de Alcochete. Faleceu a 7 de Julho de 1732 na Freguesia do Samouco, Concelho de Alcochete. Casou a 20 de Maio de 1703 no Samouco, Concelho de Alcochete, com Isabel Pinheiro da Ressurreição [ * 16.3.1687 - Samouco e + 23.5.1737 - Samouco ], filha de António Gomes Henriques e de Mariana Ferreira Pinheiro.

Deste casamento houveram vários filhos, mas vou colocar só o José Marques de Aguiar, que é o que interessa;

- José Marques de Aguiar, foi baptisado a 9 de Abril de 1718 no Samouco. Casou duas vezes.
Casou a 1ª. vez a 20 de Abril de 1746 no Samouco com Margarida Teresa Angélica, filha de Domingos Oliveira, natural da Beira, e de Josefa Mariana, do Samouco.

Casou 2ª. vez com Isabel Josefa, filha de António Pereira Cardoso e de Josefa Maria, de AGR

Teve do seu segundo casamento:

- Manuel, * 22.10.1754 em AGR
- Inês



- Clara de Meira, filha de Álvaro Bernardes de Meira e de Violante Afonso, casa em AGR com Fernão Simão.
- Violante Afonso, é enterrada em AGR, na cova da irmã Catarina Varela, em finais do Século XVI. Presumo que sejam filhas de Afonso Soeiro de Albergaria, que veio a falecer em Aviz, no ano de 1609, marido da Catarina Varela.
- Agora temos Miguel Afonso Pedroza e as irmãs Violante Afonso e Catarina Varela ?.
- Bras Afonso " O Mosso " familiar da Violante Afonso e do Miguel Afonso, é provável, mas desconheço.
- Violante Afonso/Francisco Afonso, apradinham um familiar meu.

Não é fácil, tem quer ser bem esmiuçado, pois há muitos nomes iguais. Veja-se agora o Gaspar Nunes, qual ?, tenho dois avós Gaspar Nunes, não tem nada a ver um com o outro e são da mesma era. E o Gaspar Nunes, Escudeiro e Alcaide de Aldeia Galega do Ribatejo, em 1570 + - ?.

- Quanto ás fotocópias, encontramo-nos na Praça da República, no café que que o nome " Café da Praça " fica no meio da Praça, pelas 11H00, se não for possivel proponha outra hora.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305010 | JoãoGaspar | 05 Mai 2012 12:55 | Em resposta a: #304932

Caro Manuel,

Eu estou em Lisboa, e só ao fim de semana posso ir a Alhos Vedros e ir ter consigo ao Montijo. Domingo é possível para si ?

abraço

João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305035 | JoãoGaspar | 05 Mai 2012 20:34 | Em resposta a: #304898

Ola João,

Como és descendente de Manuel Rodrigues, Senhor do Negro eu pergunto se sabes o que quererá isso dizer? sempre fiquei curioso sobre este Senhor do Negro e também chamado de Senhor do Cabra.

Ora repara:

23 Janeiro 1690
Francisco Rodrigues Serrão cc Maria Prestes
ele filho de:
Manuel Rodrigues, Sr. do Cabra* cc Paulina Serrão
ela filha de :
Pedro Prestes cc Filipa Marques
Dispensados em 4º grau de consaguinidade.
tt: Filipe Pimentel de Macedo e António Mendes Pinheiro.
Também conhecido por Senhor do Negro.

Abraço

João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305043 | mfcr | 05 Mai 2012 22:33 | Em resposta a: #305010

Caro João Gaspar

Se não houver inconveniente eu pergunto se posso enviar as fotocópias para a morada Francisco........, porque ao Domingo, para mim é muito incerto.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305095 | mfcr | 06 Mai 2012 15:54 | Em resposta a: #304898

Caro João Capella

Venho pedir-lhe um favor, não é pressa nenhuma, é o seguinte:

Manuel de Sequeira, terá nascido cerca de 1661 em Alcochete, casou a 13 de Novembro de 1686 em Alcochete (PT/ADSTB/PRQ/PACH01/002/00001 - TIF 33, folha do lado esquerdo ) com Joana da Cruz, que nasceu cerca de 1666 em Alcochete, tendo falecido a 17 de Setembro de 1710 em Alcochete e sepultada na Matriz ( folha nº. 31 Vº, cota 5650, Alcochete).
Este casal teve 7 filhos. O António de Sequeira, meu avô, e Manuel de Sequeira, que veio a casar com Mariana Josefa de Aguiar, avó do João.

De nós, até eles, está tudo arrumadinho. O problema está que no casamento não consta a filiação deles. O que eu queria pedir ao João era para ver a possibilidade de haver alguma diligência de habilitações deles e podermos prosseguir, ou outra fonte qualquer.

Um abraço

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305121 | JoãoGaspar | 06 Mai 2012 21:12 | Em resposta a: #305043

Caro Manuel,

Tem a minha morada da Casa da Rua Francisco Gaspar em Alhos Vedros?

Abraço

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305138 | mfcr | 06 Mai 2012 22:53 | Em resposta a: #305121

Caro João Gaspar

Era a essa que me referia.

abraço

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305139 | biblos | 06 Mai 2012 22:55 | Em resposta a: #305095

Olá Manuel,

Boa noite. Penso que estes nossos Sequeiras não se terão habilitado a familiares do Santo Ofício. No entanto, lembrei-me que já consultei na Torre do Tombo dispensas para matrimónio, já que no caso de o casamento se dar entre familiares, era necessário requerer autorização. Por acaso o António de Sequeira, avô do Manuel, não se terá casado com alguma prima, sendo assim feita menção da dispensa em ... grau de parentesco no respectivo assento de casamento? Ou algum dos seus filhos ou filhas? É que esses processos são informativos, já que descrevem as linhas comuns entre os requerentes... Talvez fosse possível encontrar algum na Torre do Tombo. Lembrei-me também que o Manuel consulta bastante o arquivo da Misericórdia de AGR... Existirá documentação relativa à de Alcochete?

Vou tentar encontrar alguma coisa!

Um abraço,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305142 | biblos | 06 Mai 2012 23:07 | Em resposta a: #305035

Olá João,

Esta informação, como tantas outras, agradeço ao Sr. Manuel Rufino. Manuel Rodrigues era conhecido por "Senhor do Negro", porque tinha um escravo negro. E "Cabra" significa um escravo negro de olhos verdes. Tenho encontrado referências a escravos em AGR e Alcochete. Também os meus Álvares/Alves Manteiga e Pretos de Alcochete tinham escravos e escravas, bem como filhos dos mesmos... O Sr. Manuel Rufino alertou-me para o assento de óbito de Domingos, negro, escravo de Manuel Rodrigues. Este Manuel Rodrigues também é teu?

Abraço,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305271 | JoãoGaspar | 08 Mai 2012 03:15 | Em resposta a: #305142

Ola João,

Obrigado pela tua resposta. Penso que não sou descendente de Manuel Rodrigues, Senhor do Negro. Mas nunca se sabe, agora que a teia se está a revelar e que os graus de parentesco vão se intensificando é tudo possível, como vimos os casamentos dos nossos familiares Aldeanos eram feitos entre pares e familiares, como tal tudo é possível.
Neste momento era apenas curiosidade, porque o tenho encontrado ao longo das minhas leituras paroquiais e era algo que não sabia o que significava mas que faz todo o sentido.
Deve ter sido um escravo que se destacou e que deu ao seu senhor o reconhecimento público que teve. Ainda hoje um cabrito é um mulato de olhos claros.

Abraço amigo

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305279 | mfcr | 08 Mai 2012 10:32 | Em resposta a: #305142

Olá João Capella

Veja a resposta do João Gaspar sobre o Manuel Rodrigues, veio por lapso para mim.

Quanto aos Sequeiras vou ver o que consigo pesquisar.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305280 | oilime | 08 Mai 2012 11:20 | Em resposta a: #304879

Caro Rufino

O "Vicente Cardoso" e "Rosa Jesuíno" são meus "hexavós".
A referida "Antónia" era irmã de "Isabel Jacinta" que nasceu em 2/09/177 e, casou com "Paulo Marques Soeiro" em 09/01/1788, os quais são meus "pentavós".
Os referidos "António Cardoso" e " Josefa Maria" são meus "heptavós".
Neste ramo da família, só cheguei até aqui.

Um abraço amigo.

(a) Costa Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305284 | mfcr | 08 Mai 2012 12:10 | Em resposta a: #304590

Caro Costa Almeida

Que coincidência, António Costa e a Eugénia Maria, são também meus pentavós. Vou colocar o que disponho, em mais do que uma vez.

1. António da Costa, nasceu a 8.11.1742 e foi baptisado a 18.11.1742, na Freguesia de Aldeia Gavinha, Concelho de
Alenquer. Foram seus padrinhos de baptismo: António Álvares da Cunha Leitão e sua mulher Rosa Maria Joaquina
da Costa. Casou a 9.9.1772 na Freguesia de Aldeia Gavinha, Alenquer, com Eugénia Maria. Foram seus padrinhos
de casamento: Sargento Mór Francisco Almeida Pinto Vasconcelos e Teodósio de Andrade. Quanto ao seu
falecimento nada sei. Foram moradores na Quinta da cidade, Lugar de Mansorânia, Aldeia Gavinha.
( Fonte: Baptismo - ADLx - RP - Aldeia Gavinha - Alenquer - livro nº. 2, fls 61 e 61 Vº. )
( Fonte: Casamento - ADLx. - RP - Aldeia Gavinha - Alenquer - Caixa nº. 3, fls. 86 e 86 Vº. )

- Eugénia Maria, nasceu a 5.2.1753 e foi baptisada a 13.2.1753, na Freguesia de Aldeia Gavinha, Concelho de
Alenquer. Foram seus padrinhos de baptismo: Sargento Mór João Gomes Tavares e sua filha Ana Maria Madalena de
Goes. Quanto ao seu falecimento nada sei.
( Fonte: Baptismo - ADLx. - RP - Aldeia Gavinha - Alenquer - Livro nº. 3, fls. 6 Vº. )


Tiveram :

1.1 Manuel da Costa [ seu tetravô e meu tio - tetravô ] Casou com Maria Gertrudes, filha de Domingos Pereira, natural da Moita do Ribatejo, e de Joaquina Rosa, natural de AGR


1.2 Ana Eugénia [ minha tetravó, irmã do seu Manuel da Costa ], nasceu a 10.2.1791 e foi baptisada a 20.2.1791 na
Freguesia de Aldeia Gavinha, Concelho de Alenquer. Foi seu padrinho de baptismo Caetano José dos Santos e madrinha a Senhora de Santa Ana, que tocou por devoção Eusébio Luis. Casou a 2.10.1822, na Paróquia do Divino Espirito Santo, AGR, com Joaquim da Piedade, natural de AGR. Foram seus padrinhos de casamento: José da Piedade e Ventura Soares. Faleceu a 13.6.1833 em AGR, vitima da Cólera Mórbus, tendo sido sepultada no Cemitério público de São Sebastião.
( Fonte: Baptismo - ADLx. - RP - Aldeia Gavinha - Alenquer - Livro nº. 4, fl. nº. 34 )
( Fonte: Casamento - ADSetúbal - RP - Montijo - Cota 7 - 1/3 - fl. nº. 224 )
( Fonte: Óbito - ADSetúbal - RP - Montijo - ano de 1833 )


Nota: O Manuel da Costa e a Maria Gertrudes, além da já conhecida Maria Antónia, tiveram: Manuel, baptisado a 1.8.1819 em AGR.


A Ana Eugénia e o Joaquim da Piedade, Tiveram: Maria Eugénia, B. 25.8.1823 em AGR (minha Trisavó, sua Tia Trisavó )

A seguir seguem: Inácio da Costa e Maria Josefa, pais do António da Costa e António Rodrigues de Moura e Quitéria Maria, pais da Eugénia Maria.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305286 | oilime | 08 Mai 2012 12:42 | Em resposta a: #305284

Caro Manuel Rufino

Um muito obrigado.
São informações preciosas uma vez que, os registos paroquiais de Alenquer, não estão disponiveis "online".
Um abraço amigo.

(a) Costa Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305308 | mfcr | 08 Mai 2012 16:30 | Em resposta a: #305121

Caro João Gaspar

Acabo de remeter as fotocópias dos alvarás referentes aos avós Alcaides.

Um abraço

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305315 | mfcr | 08 Mai 2012 17:46 | Em resposta a: #305284

Caro Costa Almeida

Pois é. A informação que tenho sobre a Aldeia Gavinha já é antiga, e pesquisei no IAN/TT, onde está o ADLx. Não consegui recuar mais, estou á espera que o Etombo recupere, porque o digitarq está entregue aos CI e de lá já não deve sair.

Continuação ( segue os 6ºs. avós ):

Pais do Pentavô António da Costa:

- Inácio da Costa, terá nascido cerca de 1705 na Aldeia Gavinha, Alenquer. Casou a 28.9.1730, com Maria Josefa, na Freguesia de Aldeia Gavinha, Concelho de Alenquer. Foram seus padrinhos de casamento: Manuel Carvalho e Manuel de Barros, do Lugar da Mansorânia. Quanto ao óbito nada sei.
( Fonte: Casamento - ADLx. - RP - Aldeia Gavinha - Alenquer - Livro C - 1, fl nº. 16 )


- Maria Josefa, Baptisada a 7.6.1703, em S. Lucas - Freguesia de Freiria, Concelho de Torres Vedras. Foram seus padrinhos de baptismo: João Gomes, da Cindieira e Antónia Maria, filha de João Gomes, do Casal do Romirão.
Moradores no Lugar da Mansorânia, Aldeia Gavinha.
( Fonte: Baptismo - ADLx. - RP - Aldeia Gavinha - Alenquer - Livro nº. 2 - fl. nº. 34 )



Pais da Pentavó Eugénia Maria:

- António Rodrigues Moura, terá nascido cerca de 1719 na Freguesia de Safara, Concelho de Moura. Casou a 30.9.1744, com Quitéria Maria, na Freguesia do Pereiro de Palhacana, Concelho de Alenquer. Óbito, desconheço.
( Fonte: Casamentos - ADLx. - RP - Pereiro de Palhacana - Alenquer - Livro nº C - 2, folha nº. 6 )


- Quitéria Maria, terá nascido cerca de 1724 na Freguesia Pereiro de Palhacana, Alenquer. Desconheço igualmente a data do óbito. Foram moradores na Quinta da cidade, Aldeia Gavinha, Alenquer.

Tem continuação.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305321 | mfcr | 08 Mai 2012 18:15 | Em resposta a: #305280

Caro Costa Almeida

Aqui á uns anos eu dizia que por aqui somos todos primos. Eu vejo por mim, dispensas em 3º. e 4º. grau são ás centenas, outros em dobrado grau, outros ainda em 2º. grau, é impressionante. Isto para dizer que também conheço aquele pessoal, eles estão ligados a diversos avós, como colaterais, mas como sabe, mais tarde, ou mais cedo desembocam num avô/avó.

Em linha recta, o Vicente Cardoso, é avô do confrade João Gaspar, que também investiga Aldeia Galega e do qual partilhamos alguns avós em comum. Neste momento, não tenho entroncamento com o Vicente Cardoso, amanhã, não me admira nada que aconteça. No entanto vou acompanhando este pessoal e tal como tenho feito para o João Gaspar, dando alguma informação, farei o mesmo consigo.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305323 | JoãoGaspar | 08 Mai 2012 18:17 | Em resposta a: #305280

Caro Costa Almeida,

Isso quer dizer que somos então todos parentes. Eu descendo também do casal Vicente Cardoso e de sua mulher. Esse casal já se encontra na base de dados do geneall e o caro confrade poderá completar a sua parte.

Com os melhores cumprimentos,

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305324 | JoãoGaspar | 08 Mai 2012 18:23 | Em resposta a: #305308

Caro Manuel Rufino,

Muito obrigado, aguardo atentamente os referidos documentos e mais uma vez fico em divida consigo.

Abraço

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305326 | oilime | 08 Mai 2012 18:50 | Em resposta a: #305323

Caro João Gaspar

Sou do tempo em que quase todas as famílias no Montijo, se conheciam.
Hoje, tudo é diferente.
Há muito, que não resido no Montijo.
O pai e a mãe, já faleceram, razão pela qual vou muito poucas vezes ao Montijo.
Porém, acompanho sempre que posso, através de bons amigos, nomeadamente, os da infância, o que aí se passa.

Um abraço amigo.

(a) Costa Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305328 | JoãoGaspar | 08 Mai 2012 18:56 | Em resposta a: #305326

Caro Costa Almeida,

Eu não sou morador no Montijo, no entanto sempre que posso vou a essa bela cidade visitar amigos e familia que ainda ai residem ou perto. Tenho muito orgulho nas minhas raizes Aldeanas e continuo à procura de descobrir mais sobre elas.
Disponha sempre.

Abraço fraterno

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305348 | oilime | 08 Mai 2012 21:41 | Em resposta a: #305321

Caro Manuel Rufino

É uma realidade.
Estarei sempre disponível para troca de informações.

Um abraço amigo.

(a) Costa Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305412 | mfcr | 09 Mai 2012 11:03 | Em resposta a: #305286

Caro Costa Almeida

Hoje seguem os 7º. avós, com muito pouco informação, pois é a informação possivel retirada dos RP de seus filhos e estou parado conforme já disse anteriormente.

Pais do Inácio da Costa ( 6º. avô );

- João da Costa, terá nascido cerca de 1675 na Freguesia de Aldeia Gavinha, Concelho de Alenquer.

- Mariana da Cruz, terá nascido cerca de 1680 na Freguesia de Aldeia Gavinha, Concelho de Alenquer.


Pais da Maria Josefa ( 6ª. avó casada com o Inácio da Costa ):

- Manuel Luis, terá nascido cerca de 1675 no Lugar de S. Lucas, Freguesia de Freiria, Concelho de Torres Vedras ou Aldeia Gavinha, Concelho de Alenquer.

- Isabel Francisca, terá nascido cerca de 1680 no Lugar de S. Lucas, Freguesia de Freiria, Concelho de Torres Vedras ou Aldeia Gavinha, Concelho de Alenquer.


Pais do 6º. avô António Rodrigues Moura;

- Manuel Rodrigues, terá nascido cerca de 1690 na Freguesia de Safara, Concelho de Moura

- Maria Rodrigues, terá nascido cerca de 1695 na Freguesia de Safara, Concelho de Moura


Pais da 6ª. avó Quitéria Maria, casada com o António Rodrigues Moura

- Manuel Gomes, terá nascido cerca de 1700 na Freguesia de S. Miguel de Palhacana, Concelho de Alenquer. Casou a 21.5.1725, com Maria das Candeias, na Freguesia de São Mamede da Ventosa, Torres Vedras. Foram seus padrinhos de casamento: Jacinto Miranda e o Padre Martim Roque. Estes avós foram Ermitões da Igreja de S. Miguel de Palhacana.
( fonte: Livro de casamento da Freguesia de Ventosa, anos de 1706 a 1768 )

- Maria das Candeias, baptisada a 23.1.1707 na Freguesia de S. Mamede da Ventosa, Torres Vedras. Foram seus padrinhos de baptismo: João Antunes e Maria Francisca.
( Fonte: Livro de baptismo de Ventosa, Torres Vedras, Página nº. 8, anos de 1706 a 1730 )


Com relação aos avós Manuel Gomes e Maria das Candeias, continua.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305414 | oilime | 09 Mai 2012 11:21 | Em resposta a: #305412

Caro Manuel Rufino

Mais uma vez o meu "muito obrigado", pela informação dsiponibilizada.
Tem sido extraordinária, a sua preciosa colaboração.

Um abraço amigo

(a) Almeida


P.S. seria possível uma informação sobre o programa informático que utiliza para as suas notas.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305426 | oilime | 09 Mai 2012 15:42 | Em resposta a: #305412

Caro Manuel Rufino

Peço desculpa, mas já devia ter enviado o meu endereço que é :
"emilioalmeida". O servidor é o bichino da pt.

Com um abraço amigo.

(a) Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305438 | mfcr | 09 Mai 2012 18:16 | Em resposta a: #305414

Caro Costa Almeida

Programa especifico sobre genealogia não tenho. Utilizo uma ficha ( que aumenta como um livro ) que um meu amigo informático fez e que permite incluir tudo o que quero. Identificando a ficha com o número de Stradonitz tenho os avós todos ordenados. Quando já não consigo recuar mais, faço os costados desses avós num livro - do passado para o presente - que está a crescer. Dou-lhe como exemplo: o nosso avô António costa, para mim é o nº. 174, o pai é nº. 348. o seu avô 696 e assim sucessivamente, estou contente com este sistema. Naturalmente tenho tudo isto, não só em suporte de papel como no sistema.

Aproveito para lhe enviar o meu endereço: manuelpontorufinoarrobanetvisaopontopt

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305444 | mfcr | 09 Mai 2012 19:18 | Em resposta a: #305412

Caro Costa Almeida

Continuação

Pais do 7º. avô Manuel Gomes ( aproveitando a deixa este é o nr. 702 )

- Domingos Gomes ( nº. 1404 ), terá nascido cerca de 1670, na Freguesia de São Miguel de Palhacana, Alenquer;

- Sebastiana Francisca ( nº. 1405 ), terá nascido cerca de 1675 na Freguesia de São Miguel de Palhacana, Alenquer;
Moradores em Palhacana.

Pais da 7ª. avó Maria das Candeias ( nº. 703 )

- Domingos João ( nº. 1406 ), terá nascido cerca de 1664 na Freguesia de S. Miguel de Palhacana. Casou a 21.2.1689, na Freguesia de Ventosa, Torres Vedras. Moradores no Lugar do Fernandinho, Ventosa.
( Fonte: Livro dos casamentos de Ventosa, Torres Vedras)

- Domingas Antunes ( nº. 1407 ), terá nascido cerca de 1669 na Freguesia de São Miguel de Palhacana, Alenquer.


Pais do 8º. avô Domingos João ( nº. 1406 )

- João Rodrigues ( nº. 2812 ), terá nascido cerca de 1635 na Freguesia de São Miguel de Palhacana, Alenquer.
Moradores no Lugar da Recumeira, Ventosa

- Isabel Domingues ( nº. 2813 ), terá nascido cerca de 1640, na Freguesia de São Miguel de Palhacana, Alenquer.


Pais da 8ª. avó Domingas Antunes ( nº. 1407 )

- Manuel Antunes ( nº. 2814 ), terá nascido cerca de 1639 na Freguesia de São Miguel de Palhacana, Alenquer. Casou a 4.11.1664, na Freguesia de Ventosa, Torres Vedras.
( Fonte: Livro de casamentos de Ventosa, Torres Vedras, Página nº. 8, livro de 1658/1697 )

- Barbara Gomes ( nº. 2815 ), terá nascido cerca de 1644 na Freguesia de São Miguel de Palhacana.
Esta avó casou 2ª. vez a 11.5.1671 com Manuel Gomes.

Aqui é o final de linha destes avós, até ver, mas não tenho dúvidas que é o inicio de uma proficua colaboração e amizade de Aldeanos que um dia destes, talvez nas nossas Festas de S. Pedro se encontrarão para beber um café, que a vida está cara.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305446 | mfcr | 09 Mai 2012 19:39 | Em resposta a: #305426

Caro Costa Almeida

Só agora vi este post, também já enviei o meu.

Não sei se já conhece a Aldeia Gavinha. Há uns anos andei por lá, é um Lugar bonito, gostei.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305469 | mfcr | 09 Mai 2012 23:36 | Em resposta a: #305280

Caro Costa Almeida

Quando diz que a Antónia era irmã de Isabel Jacinta, casada com o Paulo Marques Soeiro, estava-se a referir á Maria Antónia ?, filha do Manuel da Costa e Maria Gertrudes ?.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305509 | oilime | 10 Mai 2012 11:39 | Em resposta a: #305315

Caro Manuel Rufino

Estou a pensar deslocar-me à Aldeia da Gavinha.
Sobre a aldeia da Gavinha, muitas buscas fiz, porém, só com a sua ajuda consegui lá chegar.
Por curiosidade, também, quero fazer uma deslocação a um local muito próximo, onde existiu a fraguesia de "Montesion", que hoje não existe, embora ali permaneça a igreja de "Nossa Senhora do Sião".
Na referida freguesia nasceu " Manuel Francisco", que casou "Gertrudes Theodora da Piedade", filha da "Isabel Jacinta ( Vicente Cardoso e Rosa Jesuino) e de Paulo Marques Soeiro"
Por outro lado não deixa de ser curioso o nome do lugar da residência dos padrinhos da "Maria Josefa".
Se digitar o referido lugar no "google" vai ter uma surpresa.
Respondendo a uma questão anteriormente levantada, a Antónia não era irmã de Isabel Jacinta.
Como anteriormente disse, o "mundo é pequeno".

Com um abraço amigo.

(a) Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305536 | mfcr | 10 Mai 2012 16:52 | Em resposta a: #305509

Caro Costa Almeida

Não se surpreenda. Vamos falar do seu avô Paulo Marques Soeiro e de sua mulher Isabel Jacinta.

O Paulo Marques Soeiro, é neto dos meus avós António Marques Peixinho e de Maria da Conceição [ Jesus ]. Assim, poderá consultar no GeneAll, a respectiva página da responsabilidade do meu amigo João Capella.


1. António Marques Peixinho, baptisado a 9.12.1692 em AGR. Foi seu padrinho de baptismo: António Sá Carvalho. Casou a 14.11.1725 em AGR com sua prima em 4º. grau de consanguinidade Maria da Conceição [ Jesus ]. Foram seus padrinhos de casamento: Manuel Prestes da Cruz e Domingos da Costa, profissão Tanoeiro. Faleceu a 18.11.1752 em AGR, tendo sido sepultado na Igreja Matriz.
Profissão Pescador.
( Fonte: ADSetubal - RP - Baptismo - Montijo - ano de 1692, folha nº. 71 )
( Fonte: ADSetúbal - RP - casamento - Montijo, ano 1725, folha nº. 47 )
( Fonte: ADSetúbal - RP - Óbito - Montijo - ano de 1752 - Cota 5935/2 )

- Maria da Conceição [ Jesus ], baptisada a 24.1.1700 em AGR. Faleceu a 7.1.1759 em AGR, tendo sido sepultada na Igreja Matriz.
( Fonte: ADSetúbal - RP - Montijo - baptismo, ano de 1700 - Cota 5913/6 )
( Fonte: Assento de óbito - documento 2220 - caixa nº. 111, Assistência a defuntos da Santa Casa da Misericórdia de Montijo, Arquivo Municipal de Montijo.
Tiveram sete filhos, vou colocar só a Paulina da Conceição, mãe do Paulo Marques Soeiro, seu avô.

1.1 Paulina da Conceição. Nasceu a 27.4.1732 em AGR. Faleceu a 15.12.1802 em AGR, no estado de viúva. Casou a 26.12.1754 em AGR com Eusébio Soeiro [ + 19.10.1800 ], filho de António Marques Furtado Soeiro e de Maria das Neves.
Tiveram:

1.1.1 Paulo Marques Soeiro, que faleceu a 12.7.1803 ( fonte: Folha nº. 101, livro nº. 100 de Assistência a Defuntos da Santa Casa da Misericórdia de Montijo. ( casou a 9.1.1788 em AGR com Isabel Jacinta, filha de Vicente Cardoso Cardoso e de Rosa Jezuvina ou Jesuina ou Rosa da Madre de Deus - este casamento é informação sua, porque eu desconhecia ).
Tiveram:

1.1.1.1 Gertrudes Teodora da Piedade ( informação do meu amigo, desconhecia a existência desta )
1.1.1.2 Angélica Rosa. Casou a 25.2.1811 com Manuel dos Santos, viúvo de Margarida Soares.


Isto e com o que está no GeneAll, já tem um grande serão, bom trabalho.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

PS: Alguma informação que não entenda pergunte logo, porque eu também falho.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305547 | oilime | 10 Mai 2012 19:05 | Em resposta a: #305536

Caro Manuel Rufino

O "Paulo Marques Soeiro" e a "Isabel Jacinta" são meus "pentávós".
A filha "Gertrudes Theodora da Piedade", que nasceu em Aldegalega a 15/02/1789, casou em 06/11/1805 com "Manoel Francisco", que nasceu na freguesia de Montesion - Amora, são meus "tetravós".
Do nomes já por si referidos, o de "Maria Prestes" e "Maria das Candeias", não são estranhos.
Já os encontrei em qualquer lado.

Um abraço amigo.

(a) Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305554 | JoãoGaspar | 10 Mai 2012 20:31 | Em resposta a: #305536

Caro Manuel Rufino,

Vi algures escrito por si neste tópico que António Cardoso, pai de Vicente Cardoso tinha como nome completo António Pereira Cardoso. Era este o nome completo?

Cumprimentos,

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305555 | JoãoGaspar | 10 Mai 2012 20:32 | Em resposta a: #305547

Caro Emilio Almeida,

A freguesia é do Monte Sião.

Abraço amigo

João Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305563 | mfcr | 10 Mai 2012 22:33 | Em resposta a: #304932

Caro João Gaspar

Penso que se reporta á minha resposta atrás. Veja: PT/ADSTB/PRQ/PMTJ02/001/00008 - TIF 202, página da direita, 1º. registo. Mais, este endereço foi obtido a partir do baptismo do Manuel, B. 22.10.1754 em AGR, onde diz ser neto de António Pereira Cardoso.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305572 | oilime | 10 Mai 2012 23:44 | Em resposta a: #305555

Caro João Gaspar

A freguesia de Monte Sião, em 1779 era designada de Montesion.

Um abraço amigo.

(a) Costa Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305921 | mfcr | 15 Mai 2012 17:20 | Em resposta a: #305142

Olá João Capella

Como vai ?

João, tenho em Alcochete um casal Marco António e Maria Preta, que terão casado entre 1690/1700, nunca se cruzou com eles ?. eu é que não consigo encontrálos. Se tiver novidades desta gente agradeço o que tiver, mesmo algum filho ou irmão.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#305995 | biblos | 16 Mai 2012 09:28 | Em resposta a: #305921

Olá Manuel,

Vou bem, obrigado. Espero que o Manuel também. Infelizmente, também não tenho nada... A única coisa que sei é que este casal teve a Antónia dos Santos, casada com Rafael do Pilar de Figueiredo (este filho de um Cardoso e uma Henriques). Estes foram os pais de Joana da Cruz de Santa Rita, casada com João Rodrigues.

A Maria Preta estará certamente relacionada com o casal João Ferreira (do Gayo? / del Pozo?), o Galego, e Inês Preta (se não me engano). Estes foram os pais de Maria Preta, a Galega, casada com Luís Álvares Manteiga.

No outro dia encontrei um óbito de uma Maria Preta, mas esta era casada com um Manuel, e não Marcos...

Talvez não se tenham casado em Alcochete... Vou continuar procurando!

Manuel, queria-lhe também perguntar o seguinte. Sabe se o Manuel Fernandes (aquele que casou com a avó Paulina Serrão), voltou a casar com uma Maria das Candeias? Procurei em casamentos de AGR e não encontrei... No entanto, há vi casamento de D. Antónia Teresa Clara de Aguiar (filha dos ditos Manuel Fernandes e Maria das Candeias) e Joaquim José Correia de Abreu Bacelar Barreto e Franca. Este voltou a casar com D. Mariana Rosa Barrocas, filha de António de Oliveira Barrocas Feio e D. Catarina Maria Inácia (filha de Manuel Fernandes e Paulina Serrão). Será que o Manuel Fernandes terá casado com uma Maria das Candeias, dos Aguiares do Samouco? No Samouco há de facto uma Maria das Candeias de Aguiar, casada com Rodrigo Cardoso...

Um abraço,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306024 | mfcr | 16 Mai 2012 18:13 | Em resposta a: #305995

Olá João Capella

Como sabe este Rafael do Pilar de Figueiredo, casado com a Antónia dos Santos, meus avós, estava parado e já tinhamos falado em tempo sobre isto. Rafael, nasce em AGR, casa em Alcochete, tinha a filiação, mas em nenhum destes registo faz menção da naturalidade dos pais. Como é óbvio para mim os pais deste teriam nascido em AGR, percorri as datas que interessavam e nada. Agora que ando por Alcochete, encontrei um irmão do Rafael, de nome Isidoro Cardoso da Silva, que casa com Isabel da Cruz de Santa Rosa, em 13.2.1724 e que esclarece tudo, eles são naturais da Freguesia de São Miguel de Alfama, Lisboa, agora é prosseguir.

Com relação aos apelidos " Pretos " tenho encontrado alguns, mas nada com ligação ao Marcos António/Maria Preto. A
possibilidade dos 2ºs. e 3º. casamentos e serem de fóra estão sempre em cima da mesa.

Quanto aos Aguiares, atenção que existe duas familias distintas, a nossa e a do Francisco Nunes de Aguiar, casado com a Iria Tavares.

Como o João sabe a avó Paulina Serrão casou duas vezes. A 1ª. vez com o José Neto, nosso avô, da qual há geração e a 2ª. vez com o Manuel Fernandes, cazeiro da Quinta do Saldanha, também com geração, 7 filhos encontrei eu. Naturalmente depois desta última relação da avó Paulina, já não " segui " o Manuel Fernandes, não tinha já interesse para as minhas pesquisas.

No entanto posso adiantar que destes 7 filhos da Paulina/Manuel, nenhum se chama Antónia, portanto poderemos estar na presença de uma filha da relação seguinte do Manuel Fernandes.

Tenho um Rodrigo Cardoso que casou cerca de 1670 em AGR com uma Leonor de Góes. Portanto, poderemos estar na presença de pai/filho com o mesmo nome o que era bantante comum.

Estive a ver os Aguiares, não dei noticia da Maria das Candeias de Aguiar, mas isso não quer dizer que não exista, eu é que não a tenho.

Já vi em Alcochete umas familias que nos interessam, mas preciso de ver melhor para poder editar.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306106 | oilime | 17 Mai 2012 12:49 | Em resposta a: #306024

Caro Rufino

Será que a Paulina Serrão que usava, também, o nome de Paulina Serrano, foi casada com "Joseph Netto" ?
São meus familiares.
Precisa do documento comprovativo ?

Com um abraço amigo.

(as) Emílio Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306120 | J.R. | 17 Mai 2012 14:58 | Em resposta a: #306106

http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=1304473

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306123 | J.R. | 17 Mai 2012 15:12 | Em resposta a: #306120

Boa tarde caros confrades

Para tirar algumas dúvidas , vejam a imagem ( moo22tif )

http://digitarq.adstb.dgarq.gov.pt/viewer?id=1208367

Saudações genealógicas do Joaquim R.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306145 | mfcr | 17 Mai 2012 18:32 | Em resposta a: #306106

Caro Emilio Almeida

Como vai ?

É verdade, temos uma Paulina Serrão, casada com o José Neto, que morreu muito novo. Esta Paulina Serrão, é neta de uma outra Paulina Serrão, que veio a casar com o Manuel Rodrigues, Senhor do Negro, embora noutros registos surja como o Senhor do Cabra. Estes Alcunhas, deve-se ao facto do escravo que ele teve ao seu serviço se chamar Domingos, fiz também esta pesquisa.

Agradeço a sua disponibilidade.

Já agora qual é o seu ascendente que o leva á minha avó Paulina/Jose Neto ? .

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306172 | oilime | 17 Mai 2012 22:35 | Em resposta a: #306145

Caro Rufino

A Paulina Serrâo (ou Serram) foi casada com Joseph Netto (octavós)
Eram pais de Maria da Conceição que por sua vez casou com António Marques em 14/11/1725 (heptavós) e, avós de Paulina Maria ou Paulina Serram, que casou com Eusébio Soeiro (Hexavós).

Um abraço amigo.

(a) Emilio Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306179 | J.R. | 17 Mai 2012 23:06 | Em resposta a: #306123

Boa noite amigos e confrades

Peço a atenção para a imagem m0025.tif do mesmo livro de casamentos em AGR , onde se encontra Simão Dias dos

Santos já viúvo de Maria da Ascensão , a casar em AGR com a tão procurada Maria das Candeias , filha de Manuel Gomes

Comprido e de Maria Rodrigues .

Na imagem m0006.tif está o assento de Manuel Roiz cc Teresa de Jesus , filha de Gaspar Nunes e de Sebastiana da Costa

e ele da freguesia de São Martinho , Bispado do Porto . Dados que também devem interessar a outras pessoas .

Saudações genealógicas do Joaquim R.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306196 | mfcr | 18 Mai 2012 00:10 | Em resposta a: #306172

Caro Emilio Almeida

Como já falámos esse avós são comuns. Agora a linha que lhe interessa - e que eu disponho de alguma informação , é a dos seus Hexavós Paulina da Conceição ou Maria e do Eusébio Soeiro. Devido ao adiantado da hora, amanhã coloco o que tenho.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306228 | A.Godinho | 18 Mai 2012 13:41 | Em resposta a: #306024

Caros confrades e parentes

Tenho como ascendentes algumas das pessoas aqui mencionadas. Vejamos ( escrevo de memória ou quase):

Descendo e Manuel José Marques , que foi casar a Avis e era filho de António Marques e de Maria da Conceição (casados em AGR em 1725) . Ele filho de José Marques e de Maria de Oliveira e ela de José Netto e Paulina Serrão (cas. 1699).
O José Neto era filho de Martinho Dias e Maria Netta e a Paulina Serrão de Alberto Pereira e de Maria Prestes. Casaram em Aldeia Galega do Ribatejo (Montijo) em 2 de Março de 1699.

Agradeço os elementos possíveis sobre estas gentes, de uma zona que não domino em termos genealógicos.

Cumprimentos
António Godinho de Carvalho

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306233 | mfcr | 18 Mai 2012 15:44 | Em resposta a: #306228

Caro confrade e parente António Godinho de Carvalho

Manuel José Marques, que deduzo seja o Manuel baptisado a 3.8.1737 em AGR e de que nada sabia, é meu tio avô de sangue.
Com relação a estes nossos avós comuns, eles estão no Geneia, de onde poderá tirar a informação disponival, pois ela é credivel. O que tenho é praticamente o que lá está, o que sinceramente lamento.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306234 | A.Godinho | 18 Mai 2012 15:51 | Em resposta a: #306233

Caro parente Manuel Rufino

Agradeço a gentil informação.

Tenho alguma da descendência do Manuel José Marques estudada, se a quiser diga que lha enviarei.

Presumo que o António Marques seja o António Marques Peixinho e a Maria da Conceição a Maria da Conceição da Piedade Neto. É assim ?

Constato que a Maria de Oliveira c.c. José Marques aparece como Maria de Oliveira Freme. Poderá indicar a fonte.

Aproveito para perguntar se sabe algo sobre o estatuto económico/social destes Prestes/Serrões/Netos etc...

O José Neto aparece creio que como pescador nos paroquiais...

Sobre a origem mais remota sabe algo?

Cumprimentos e antecipadamente grato.

António Godinho de Carvalho

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306237 | biblos | 18 Mai 2012 16:18 | Em resposta a: #306234

Caro António,

Bem-vindo família! O seu antepassado de AGR era tio-avô de minha avó Maria Angélica Eugénia.

Neste caso, fui eu quem introduziu os dados na base de dados. A nossa avó casada com António Marques Peixinho tanto surge como Maria da Piedade, como Maria da Conceição. O mesmo acontece com a mãe de Maria Joaquina da Conceição, que veio a casar com José Marques Peixinho, irmão do seu avô.

Cumprimentos,
João Capella Ramos

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306239 | A.Godinho | 18 Mai 2012 16:30 | Em resposta a: #306237

Caro parente João Capella Ramos

Muito grato pela informação.

Sabe o estatuto social/económico destes nossos antepassados?

O Alberto Pereira tb aparece como Alberto Serrão. Desconhece a filiação?

Segue a linha do Manuel José Marques que vai em titulo de Britos do meu livro "Genealogias Alentejanas-Apontamentos" (desculpe o texto ir desformatado) :

5. António Ferreira de Brito. Baptizado em Avis a 10.10.1754. Casou em Avis a 7.12.1778
com Joana Maria da Costa, filha de António Álvares da Costa e de Maria Joaquina dos
Santos, natural de Avis, sendo testemunhas o Capitão Manuel Aleixo de Brito, lavrador do
Vale da Telha, termo de Ervedal e Joaquim Lourenço, lavrador da Cascôta. Casou segunda
vez em Avis a 6.12.1790 com Eufémia de Jesus, filha de Manuel José Marques, de Aldeia
Galega (actual Montijo) e de Mariana da Silva, de Avis. Foi votado (não eleito) para
Procurador do Concelho de Avis para o triénio 1795/97479.
Teve do primeiro casamento:
6. Francisca Rosa de Brito. Casou com João de Deus, ajudante de ordenanças de Avis
em 1823, filho de Pedro António, de Lisboa, freguesia do Socorro e de Ana da Costa,
de Avis. Tiveram:
7. Manuel Máximo de Brito, que segue no § 5º.
Teve do segundo casamento:
6. Teresa de Jesus de Brito, que segue.
6. Teresa de Jesus de Brito. Baptizada em Avis a 23.11.1800 e nascida aí a 13.11. Casou em
Avis a 15.7.1822 com Joaquim Ferreira Lobato (ou Joaquim do Nascimento Lobato) natural
de Fronteira, que foi tesoureiro da Matriz de Galveias, filho de Serafim António Ferreira
Lobato e de Marcelina Rosa Afonso de Figueiredo480. Tiveram:
7. Francisco (de Brito) Lobato, que segue.
7. Luís de Brito Lobato. Casou em Avis a 25 de Agosto de 1873, sendo de 27 anos,
com sua prima, Francisca da Conceição, filha de Rodrigo Nunes e de Teresa Clara.
Foi ferreiro de profissão.
7. Gonçalo. Baptizado em Galveias a 27.6.1839 e aí nascido a 2.6.
7. Maria. Baptizada em Galveias a 8.10.1840 e aí nascida a 8.9.
7. Carlota de Jesus Lobato481. Baptizada em Galveias a 26.2.1843 e aí nascido a 31.1.
Casou em Seda em 1880 com António da Costa e Campos, natural de Salgueiro,
diocese de Castelo Branco e filho de José da Costa Campos, natural de Pedra
Cavaleira e de Maria Augusta da Cunha, natural de Louveira de Baixo.
7. António Máximo de Brito. Viveu casado em Seda e teve naturais de Luiza Antónia
(ou de Abreu), de Seda, filha de Francisco de Abreu e Maria José Cardoso, a:
8. Teresa. Baptizada em Avis a 7.9.1855.
8. José de Brito Lobato. Nasceu em Seda e casou em Avis, sendo de 24 anos
a 22.7.1888 com Vitória da Conceição, de Galveias, filha de Joaquim Clara e
de Mariana Vitória.
7. Francisco (de Brito) Lobato. Casou em Galveias a 29.10.1856 com Inácia de Jesus, filha
de António Elias e Maria Antónia. Deles:
8. Bernardo Francisco Lobato, que segue.
8. Bernardo Francisco Lobato. Baptizado em Galveias a 12.11.1868 onde nasceu a 22.10.
Casou com Maria Florinda, de Galveias, filha de Manuel António Ratinho e de Florinda
Maria. Esteve emigrado nos E. U. A. e regressou a Portugal. Deles:
9. António Francisco Lobato. Casou. Com geração.
9. Ana Lobato, que segue.
9. Maria Lobato. Casou. Com geração.
9. Francisco Lobato. Casou. Com geração.
9. José Francisco Lobato. Casou e viveu no Vimieiro. Com geração.
9. Custódia Lobato. Casou. Com geração.
9. Inácia Lobato. Casou. Com geração.
9. Ana Lobato. Nasceu em Galveias a 21.4.1907 e faleceu na freguesia dos Mártires em
Lisboa a 27.4.55. Casou em Ponte de Sôr a 24.5.1939 com Manuel Lourenço Prates nº 10 do
§ 2º do título e Raposos, filho de Gabriel Lourenço e Oliveira e de D. Antónia de Jesus
Prates. Deles:
10. António Nunes Lobato Lourenço. Nasceu em Montargil a 30.3.1929 e morreu
solteiro a 12.4.1986 em Ponte de Sôr.
10. D. Estrela Lobato Prates, que segue.
10. Manuela. Morreu criança.
10. Custódia. Morreu criança.
10. Maria Antónia. Morreu criança.
10. Joaquim. Morreu criança.
10. D. Estrela Lobato Prates. Nasceu em Montargil a 12.12.1934 onde casou a 26.8.1952
com seu parente Manuel Pires Godinho Prates de Carvalho nº9 do § 7 do título de Raposos,
filho de Manuel Godinho Prates e de D. Alice Prates de Macedo. Deles:
11. D. Maria Gabriela Prates Godinho Carvalho. Nasceu em Montargil a 27.2.1953.
Casou civilmente com Vasco Luís Vieira Botelho de Sousa (divorciados). Deles:
12. Gonçalo Prates Godinho Botelho de Sousa. Nasceu em Lisboa a 18.
4.1975.
12. D. Marta Prates Godinho Botelho de Sousa. Nasceu em Lisboa a
20.6.1976.
11. António Manuel Prates Godinho de Carvalho, que segue.
11. António Manuel Prates Godinho de Carvalho. Nasceu em Montargil a 17.8.1960.
Licenciado em Direito, advogado, sócio efectivo da Associação Portuguesa de Genealogia,
obteve do Conselho de Nobreza o reconhecimento do direito ao uso de brasão de armas, autor
deste trabalho. Senhor com sua mãe e irmã da Herdade da Pedreira. Casou a 5.9.1987 com
sua parente D. Paula Cristina Monteiro de Barros de Mattos e Silva nº13 do § 1º, que morreu
a 27.7.99 de desastre de automóvel, filha de José Manuel Pratas de Mattos e Silva e de D.
Maria Leonor Magno Monteiro de Barros. Deles:
12. Luís de Mattos e Silva Godinho de Carvalho, que segue.
12. José Maria de Mattos e Silva Godinho de Carvalho. Nasceu em Ponte de Sôr a
2.8.1994.
Tem de D. Cristina Maria Barradas de Matos, natural de Lisboa, filha de Casimiro de Matos
e de D. Maria Alice da Graça Barradas, naturais da freguesia de Belver:
12. D. Maria Carolina de Matos Godinho de Carvalho. Nasceu na freguesia de S.
Lourenço de Portalegre, em 30.9.2002.
12. Luís de Mattos e Silva Godinho de Carvalho. Nasceu em Ponte de Sôr a 24.6.1988.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306247 | mfcr | 18 Mai 2012 18:41 | Em resposta a: #306234

Caro parente António Godinho de Carvalho

Quem diria. Afinal " tinha aqui o Manuel José Marques, mesmo ao meu lado na página nº. 121 do livro Genealogias Alentejanas, edição de 2003 de que o parente é autor. Agradeço a sua disponobilidade na mesma.

Quanto ao António Marques/Maria da Conceição, está certo.

Fonte para Maria de Oliveira Freme: Livro de óbitos nº. 2, página nº. 36, do Montijo, cota 13/5935/2, ou ainda melhor PT/ADSTB/PRQ/PMTJ02/003/00007 ( peço desculpa esquecime do TIF, mas está na folha n. 36 ).

Prestes/Serrões/Netos e etc.
Percorrendo os fundos da Santa Casa da Misericórdia de Aldeia Galega do Ribatejo, em meados do Século XVII, encontramos pessoas com estes apelidos a desempenhar como Irmãos, diversos cargos ora como visitadoes, Mordomos da Capela e etc. Sabendo-se que a estes cargos só os Irmãos Cristãos Velhos, " Limpos de sangue mouro e de infesta nação e etc. " esta gente tinha que ter alguma preponderância na sociedade, penso eu, que não sou desta área.

Posso adiantar que estas famílias são antigas, no último quartel do Século XVI, já por aqui andavam. Aliás, no livro de apontamentos históricos sobre alcochetanos no Oriente " Fidalgos e Mareantes " da autoria de José Estevam, página nr. 43 - Capitulo VI " A Nobreza dos Netos " diz ele: Filho de Fernão Neto, senhor de salamanca, Diogo Neto, veio a Braga desposar Maria Araújo. Desse casal procederam os Netos Portugueses. O primeiro Neto de que há noticia em Alcochete chamava-se João, casado com Isabel Lourenço no ano de 1479 e residente no então lugar de Aldeia Galega (Montijo). E continua.

Vendo sómente os paroquiais, engana um pouco pois parece que havia só pescadores, Mareantes, Barqueiros, puro engano. Tenho muitos avós e tios avós Pescadores, mas, ao longo dos anos e pesquisando o Tombo das escrituras da Santa Casa da Misericórdia, para minha surpresa encontrei muitas transacções de vinhas e fazendas, o que indicia que uma grande parte das gentes do mar, tinham também actividade em terra, talvez possamos considerar uma actividade sazonal.

É só o que sei.

Cumprimentos

Manuel Rufino

PS: Quer dizer, naquela época, ainda que tardia, o Manuel José Marques, trocou AGR com o Afonso Soeiro de Albergaria, casado com a Catarina Varela, que era dai.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306269 | oilime | 18 Mai 2012 22:25 | Em resposta a: #306237

Caro João Capela Ramos

Uma curiosidade.

Os referidos "António Marques ou António Marques Peixinho" que casou com a "Maria da Conceição" em 14/11/1725, são meus "heptávós".

(a) Emílio Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306286 | biblos | 19 Mai 2012 00:11 | Em resposta a: #306269

Caro Emílio,

Obrigado pela sua mensagem. Somos assim parentes! Talvez tenhamos ainda outras ligações.

Cumps,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306310 | oilime | 19 Mai 2012 14:52 | Em resposta a: #306286

Caro Biblos.

Mais uma surpresa com esta informação.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#306311 | oilime | 19 Mai 2012 14:58 | Em resposta a: #306286

Caro João

Mais uma surpresa com esta informação.
Em relação ao parente "Manuel Rufino", sebemos que existe uma ligação entre as famílias "paterna" e "materna" de meu pai.

Um abraço amigo.

(a) Emilio Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#307400 | mfcr | 03 Jun 2012 18:13 | Em resposta a: #304560

Olá João Capella

Como vão ?

Ao fazer umas actualizações, encontrei:

Pedro Marques Paiva, casado com Ângela Marques ( Strad n. 1110/1111 ( 3.2. ), tiveram Francisco Marques Paiva, baptisado em AGR a 1 de Março de 1739. Casou em AGR a 18 de Janeiro de 1777 com Maria Eugénia, filha de Manuel dos Santos e de Maria Micaela. Se tiver interesse diga.

Um abraço amigo do

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#307464 | mfcr | 04 Jun 2012 19:44 | Em resposta a: #305324

Caro João Gaspar

Queria pedir-lhe duas coisas: 1ª.) Se é possivel fornecer as fontes sobre o avô Custódio Alcaide, onde diz ser Cavaleiro da Ordem de Santiago. 2ª. Se tem alguma informação sobre o Padre Francisco Leão de Pedrosa.

Antecipadamente grato pela atenção.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#307466 | J.R. | 04 Jun 2012 20:15 | Em resposta a: #307464

Boa tarde amigo Manuel

Sobre o Padre Francisco , penso que haverá algum entroncamento nesta ligação .

http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=1152796

Um abraço do Joaquim R.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#307474 | mfcr | 04 Jun 2012 21:49 | Em resposta a: #307466

Boa noite amigo Joaquim

Obrigado pela colaboração sempre prestimosa do meu bom amigo.

Pode haver ligação, é muito provável, mas não sei. Há muitas familias com os mesmos aplidos, muitas das vezes sem qualquer ligação e eu gosto de estar seguro, por isso tenho muita gente " pendurada " que não edito.

Tenho uma habilitação do meu avô António Marques [ sem Vargas ], onde se fala dele, mas tem tanta informação desencontrada que não sei o que pensar.

Um abraço amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#307500 | jorafael | 05 Jun 2012 11:24 | Em resposta a: #307474

Caro Manuel Rufino

Um antiquário de Beja, de que sou cliente, tem à venta uma série de documentos escritos do cartório particular da família Homem de Vasconcelos Hasse, descendentes de Pedro Hasse de Belém( * Lisboa, Lisboa 1648 + Lisboa, Lisboa 11.07.1717). Dentro deste documentos constam alguns que se referem a bens na Aldeia Galega do Ribatejo, vi com algum pormenor mas não comprei. Era um número enorme de documentos de bens imóveis em Lisboa, Loulé, Leiria, Évora e outras localidades. Dos referentes à Aldeia Galega do Ribatejo, recordo um inventário de um moinho de maré e escrituras várias de pinhais. Por oferta do antiquário fiquei com o catálogo referente a todo este cartório. Não sei o que resta por vender neste momento.

Cordialmente
José Rafael

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#307522 | mfcr | 05 Jun 2012 15:38 | Em resposta a: #307500

Caro José Rafael

Como está de saúde, e a familia, faz tempo que não contactavamos. Quero agradecer o seu contacto é sempre agradável, e mais quando temos ligações.
Ácerca dos Moinhos de maré e de vento, tenho um livro publicado a nivel local pela nossa Câmara Municipal, de qualquer modo os meus agradecimentos.

Como é do seu conhecimento alguns livros de Paroquiais de Entradas, já estão em on-line, e tenho tirado bom proveito com as pesquisas. Em Serpa e Brinches, também adiantei muito.

E os nossos Lanças, avançou mais ?. Já agora, por acaso tem conhecimento da data de casamento do Bento de Negreiros e a Inês Afonso ?

Antecipadamente grato

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#307576 | biblos | 06 Jun 2012 10:29 | Em resposta a: #307400

Caro Manuel,

Bom dia! Obrigado por mais esta informação. A Maria Eugénia é assim irmã da minha avoenga Teresa de Jesus, mãe do Francisco de Sousa Cravo. Vou guardar esta informação.

Um abraço,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#307940 | mfcr | 11 Jun 2012 22:25 | Em resposta a: #304561

Olá João Capella

Está tudo bem ?. O Primo Emidio Alcantara, acaba de me alertar para o facto do Francisco Marques Paiva, não ser filho, mas sim neto paterno do Pedro Marques de Paiva, e tem toda a razão. As minhas desculpas pelo lapso e aproveito para melhorar a informação então disponibilizada:

-Francisco Marques de Paiva, natural de Aldeia Galega do Ribatejo e aí baptizado a 1 de Março de 1739, casou em AGR a 18.1.1777 com Maria Eugénia, filha de Manuel dos Santos e de Maria Micaela. É filho do segundo casamento de José Marques de Paiva [ B. 8.12.1697 AGR ] [ C - 12.5.1738 AGR ] e de sua prima em 3º. e 4º. grau de consanguinidade, Antónia da Conceição, filha de Francisco Rodrigues Serrão e de Maria Prestes. Neto paterno de Pedro Marques de Paiva e Ângela Marques.

Um abraço amigo
Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#307977 | A.Godinho | 12 Jun 2012 14:26 | Em resposta a: #305279

Caros confrades

Não sei se vos dou alguma novidade, está on line este trabalho:

A “BANDA D`ALÉM” E A CIDADE DE LISBOA DURANTE O
ANTIGO REGIME: UMA PERSPECTIVA DE HISTÓRIA
ECONÓMICA REGIONAL COMPARADA
António Gonçalves Ventura
DOUTORAMENTO EM HISTÓRIA
ESPECIALIDADE: HISTÓRIA MODERNA

http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/536/1/16304_Tese%2520de%2520Doutoramento.pdf

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#308126 | mfcr | 13 Jun 2012 17:45 | Em resposta a: #307940

Caros Confrades

Nuno Álvares Botelho, o Grande, aqui em:

http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=43531

Nasceu em Aldeia Galega do Ribatejo ( Montijo ) onde foi baptizado a 14 de Janeiro de 1590, filho de D. Diogo Botelho, natural de Lisboa e de D. Maria Pereira. ( Fonte: Livro misto nº. 1, 1572/1610, folha 105 - Montijo - Arquivo Distrital de Setúbal ).

Foi Provedor da Santa Casa da Misericórdia de AGR, no período de 1616/1617. Prestou relevantes serviços à Pátria, não só como Governador no Estado da Índia, como combatente.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#311834 | mfcr | 13 Ago 2012 18:00 | Em resposta a: #304561

Olá João Capella

Encontrei o óbito de Carlota do Cravo, falecida a 15.1.1909 em AGR, com cerca de 80 anos, viúva de José Neto Bomba, filha legitima de Francisco Cravo e de Maria de São José.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#311891 | biblos | 14 Ago 2012 14:16 | Em resposta a: #311834

Caro Manuel,

Como está? Espero que bem! Não tenho tido disponibilidade para me dedicar a este hobby nos últimos tempos... Como sempre, obrigadíssimo pela sua atenção. Como sabe, trata-se de uma irmã da minha avó Guilhermina dos Ramos Cravo. Não consegui encontrar fotocópia do assento, mas julgo que existe ainda uma outra irmã, que utiliza também o apelido Cravo. Penso que se chamava Joana da Piedade Cravo e seria casada com Luís António Patrício.

Um abraço,
João

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#311943 | mfcr | 15 Ago 2012 17:57 | Em resposta a: #311891

Olá João Capella

Luis António Patricio, casou efectivamente com Joana da Piedade Cravo. Deste casamento houve Elvira Maria, que a 9.01.1896 casa em AGR com Joaquim de Bastos, filho de Manuel de Bastos Junior e de Rosa Angélica da Silva, neto paterno de Manuel de Bastos e de Antónia Maria de Bastos - meus avós - e neto materno de António da Silva e de Maria da Piedade.

Um abraço,
Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#312983 | J.R. | 02 Set 2012 16:35 | Em resposta a: #311943

Boa tarde amigo Manuel , não haverá aqui alteração nos dados do Manuel Nunes de Almada ? Ou será um homónimo .

http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=1234975

Recebe um abraço do amigo Joaquim

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#312993 | mfcr | 02 Set 2012 19:27 | Em resposta a: #312983

Boa tarde amigo Joaquim

Manuel Nunes de Almada e Catarina de Sousa, aqui nesta página, com os respectivos filhos, são meus ascendentes.
Este meu avô, desempenhou cargos de respeito na nossa Vila de Aldeia Galega do Ribatejo, tendo sido igualmente proprietário de fazendas na Lagoa da Pedra, São Francisco e no Samouco. Quando delegou no seu filho Lourenço de Sousa Almada, poderes para efectuar uma escritura, morava na Quinta de Luis Saldanha, juntamente com o filho e sua nora Antónia dos Santos Lima, filha do Feitor da mesma João de Lima.

O que está incompleto ou em falta são datas de baptismo, casamento e óbitos, que são do meu conhecimento e que são fàcilmente pesquisáveis nos Paroquiais do Montijo.

Quanto ao resto " alteração nos dados " desconheço, se o meu bom amigo quiser fazer o fazer de ser mais explicito e dizer-me que alterações são essas agradeço, quem sabe se estarei errado nalguma pesquisa, tenho consciência de que não sei tudo ácerca destes avós.

Um grande abraço Aldeano do amigo

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332485 | genasilva | 15 Jul 2013 19:46 | Em resposta a: #262114

Caro Sr. Manuel Rufino

Passo a responder á sua mensagem de ontem que muito agradeço sobre a Maria Netta

Filha de José Marques pescador e Maria Netta, dos quais apenas sei serem seus pais

Maria Netta nasceu a 8 janº de 1713 no Montijo, faleceu em 14 Abril de 1770 também no Montijo
Casou com Vicente da Silva em 28 Fevº de 1740 na igreja do Montijo
Este Vicente era filho de Domingos da Silva e Feliciana dos Santos , nasceu em 30 Novº de 1771 no lugar de Paio Pires e faleceu a 4 Julho de 1761, também no Montijo

A esta Maria Netta apenas encontrei duas irmãs, Margarida em 9 Maio de 1706 e Anna em 8 Julho de 1708, no Montijo

Teve um filho José da Silva, de alcunha "o pretinho" que era moleiro
Nasceu a 13 Julho de 1757 no Montijo, e faleceu em 22 Novº de 1830 no Barreiro
Casou com Paula Teresa de S.José em 6 Julho de 1779 na Igreja de Stº Cruz do Barreiro

Digamos que o que tenho sobre a Maria Netta é apenas isto, pois os restos dos descendentes já são do Barreiro e posteriormente de Lisboa, até chegar a mim

Agradeço desde já a ajuda em dar mais um passo atrás nos meus antepassados, se precisar de mais alguma informação estarei sempre ao dispor

Com os meus cumprimentos
Maria Eugénia F.Silva

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332492 | genasilva | 15 Jul 2013 21:23 | Em resposta a: #262114

Caro Sr. Manuel Rufino

Peço-lhe imensa desculpa mas enganei-me na data de nascimento do Vicente da Silva

Nasceu sim a 30 Novº de 1721 e não em 1771 como obviamente deve ter reparado no meu engano

Com os meus cumprimentos

Maria Eugénia F. Silva

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332508 | mfcr | 16 Jul 2013 01:20 | Em resposta a: #332492

Cara Srª. Maria Eugénia F. Silva

Já tinha dado pelo lapso, mas para esta análise não era importante. Aqueles nomes diziam-me qualquer coisa, mas como a Confreira Maria Eugénia, disse que no casamento de Maria Neta, seus pais eram moradores em AGR, estava a vê-los fóra de AGR, foi por isso que lhe solicitei toda a informação possível de Maria Neta. Com excepção do baptismo do Vicente da Silva, tudo o mais decorre em AGR. Com a indicação da Margarida da Conceição, tudo ficou claro, pois tenho várias ligações desta gente, vou colocar só o que lhe interessa pois os outros ramos não tem interesse:

1. António Marques, nasceu em Aldeia Galega do Ribatejo. Faleceu em AGR a 18 de Janeiro de 1708, tendo sido sepultado na Igreja Matriz, no estado de casado. Fez testamento. Foram seus padrinhos de baptismo: Pedro de Vasconcelos e Joana Cordeiro. Teve a profissão de Carpinteiro de barcos do rio e Pescador. Casou com Inácia Gomes, cuja data desconheço, foi baptizada em AGR a 8 de Agosto de 1633. Foram seus padrinhos de baptismo André Dias e Maria Caria ( meus avós também ). Faleceu em AGR a 10 de Agosto de 1708 e foi sepultada na Igreja Matriz, no estado de viúva.

Tiveram:

1.1. José Marques, baptizado em AGR a 15 de Maio de 1670. Casou em AGR entre 20 e 24 de Janeiro de 1706, a página do assento de casamento está deteriorada, ( PT/ADSTB/PRQ/PMTJ02/002/00005 - TIF 106 ), com sua prima em 4º. grau de consanguinidade Maria Neto [ + em AGR a 2.4.1728 ], filha de Manuel Neto Pangayo " O Velho " e de sua mulher Ana Soeiro Simôa.

Tiveram:

1.1.1. Margarida da Conceição, baptizada em AGR a 9 de Maio de 1706, casou em AGR a 13.11.1724, com Manuel de Matos, filho de Francisco de Matos e de Catarina Ferreira, com geração ( teve 8 filhos pelo menos ).

1.1.2. Ana, baptizada em AGR a 8 de Julho de 1708.

1.1.3. Maria Neto, baptizada em AGR a 8 de Janeiro de 1713.


Amanhã vou ver o que tenho do Manuel Pangayo e de sua mulher.

Com os melhores cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332512 | J.R. | 16 Jul 2013 03:26 | Em resposta a: #332508

Caro amigo Manuel

Peço a sua atenção para a imagem m0079.tif do mesmo livro que mencionou , e através deste assento alguma coisa se vai somar

aos dados já colectados , em que esta Ana Marques casa com o Manuel Neto em 29.10.1699 , que é filho do Manuel Neto

Pangayo e de Ana Simôa , e ela é filha de António Marques e de Inácia Gomes .

http://digitarq.adstb.dgarq.gov.pt/viewer?id=1208367

Saudações genealógicas do Joaquim R.

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332529 | mfcr | 16 Jul 2013 18:14 | Em resposta a: #332492

Cara Confreira Maria Eugénia F. Silva

Hoje segue a filiação de sua avó Maria Neta, casada com o José Marques, filho de António Marques e de Inácia Gomes.

1. Manuel Neto, " O Velho ", O Pangayo, de alcunha, nasceu em AGR cerca de 1643 e casou duas vezes. A 1ª. vez, em AGR a 8 de Fevereiro de 1668, com sua prima em 3º. e 4º. grau Dobrado de consanguinidade Ana Simôa Soeiro. Passou a segundas núpcias em AGR a 20.8.1681 com Mariana Mendes. Faleceu em AGR a 11.9.1720, tendo sido sepultado na Igreja Matriz. Ana Simôa Soeiro, primeira mulher e sua avó, nasceu em AGR cerca de 1648, tendo falecido a 22.6.1680 no estado de casada.

Filhos do primeiro casamento

1.1. Maria Neto, baptizada em AGR a 1.1.1669. Faleceu em AGR a 2.4.1728, no estado de viúva. Casou entre 20 e 24 de Janeiro de 1706, com seu primo em 4º. grau de consanguinidade José Marques, pescador, filho de António Marques e de Inácia Gomes. Nota: esta sua avó Maria Neto, teve mais 9 irmãos.

Peço desculpa, na mensagem anterior troquei o nome da Ana Simôa Soeiro, este é que está correcto.

Com os melhores cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332530 | genasilva | 16 Jul 2013 18:17 | Em resposta a: #332508

Caro Sr. Manuel Rufino

Nem sabe como lhe agradeço as informações que me deu
Em face disso acabei de encontrar o assento de baptismo da Maria Neta, filha de Manoel Netto e Anna Simoa , a 6 Janº de 1669

Agora irei continuando as pesquisas que neste ramo eu pensava não encontrar mais, pois falta o casamento do António Marques com a Inácia Gomes e o Manoel Netto com a Anna Simoa

Tenho uma duvida em relação ás informações que tão gentilmente me deu, quando diz


" 1. António Marques, nasceu em Aldeia Galega do Ribatejo. Faleceu em AGR a 18 de Janeiro de 1708, tendo sido sepultado na Igreja Matriz, no estado de casado. Fez testamento. Foram seus padrinhos de baptismo: Pedro de Vasconcelos e Joana Cordeiro. "

Suponho que ao falar dos padrinhos do António Marques tenho a data do assento de nascimento ou estou a presumir erradamente? se assim for esqueça a minha questão

Tenho todo o interesse em saber mais alguns pormenores sobre esta parte da família que o Sr. possa ter em seu poder
Pois estou a compilar e a imprimir todos os assentos e informações da família, para um dia deixar quem sabe aos meus netos
Mais uma vez os sinceros agradecimentos e estarei sempre ao dispor
Com os meus cumprimentos
Maria Eugénia F. Silva

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332531 | genasilva | 16 Jul 2013 18:31 | Em resposta a: #332529

Caro Sr. Manuel Rufino

Mais uma vez tenho a agradecer-lhe os dados que acaba de me fornecer e a prontidão dos mesmos
Em parte parece que até adivinhou os meus pensamentos sobre saber mais pormenores desta parte da família
Por acaso não sabe a origem desta alcunha do Manuel Netto? "Pangayo"? sinceramente não sei o que quer dizer


Com os meus cumprimentos

Maria Eugénia F. Silva

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332542 | mfcr | 16 Jul 2013 21:44 | Em resposta a: #332531

Cara Confreira Maria Eugénia F. Silva

Não tenho certezas. Muitos dos meus ascendentes foram Mareantes, Homens do Mar, Pescadores, Navegantes, Marítimos e Barqueiros, estes nomes foram variando ao longo dos anos. O rio, era um dos sustentos dos meus Aldeanos, que possuíam pequenas embarcações no rio para pescar, outros andaram nas carreiras de longo curso para India, Brasil, Guiné, isto a fazer fé num assento de casamento de um deles que diz ser ele residente na Nau Vasco da Gama.

Manuel Neto " O Velho " o Pangayo, de alcunha, sendo pescador, esta alcunha, pode ter origem numa pequena embarcação asiática engenhocamente coberta, que seria de sua propriedade. ( Fonte: Livro de António Miguel Ascensão Nunes, filha 296, ano de 1985 - Alcoutim. ), poderá ser uma pista, mas só isso.

Com os melhores cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Netos, Lavradio

#332546 | mosorio | 16 Jul 2013 22:52 | Em resposta a: #332542

Pode ter interesse.

Livro de bp. do Lavradio, Setembro de 1628
PT-ADSTB-PRQ-PBRR02-002-00001_m0028.tif
Bp. de Afonso, filho de Vicente Neto e de sua mulher Joana Gonçalves. Padrinho Francisco Gonçalves, morador na Aldeia Galega.
Cumprimentos.

MEmília

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332547 | roz | 16 Jul 2013 23:04 | Em resposta a: #332531

Ola Gena

Tirei da net: Pangayo quer dizer "perguntar, pedir, requerer, solicitar", numa das linguas das Filipinas (a lingua Visayan ou Bisayan particularmente usada pela zona do Mindanao).
Entretanto no Facebook encontra-se pessoas da Indonesia com esse nome! De qualquer forma a ligacao parece ser asiatica. Sera' que ele foi embarcado nas rotas do Oriente?

Rosario

Resposta

Link directo:

RE: Netos, Lavradio

#332548 | roz | 16 Jul 2013 23:18 | Em resposta a: #332546

Ola Mila!
Agora ficamos a saber por onde anda!!! Entao para ter noticias temos que vir ao Geneall?

A Gena Silva 'e uma "velha" amiga minha dos tempos de menina e moça e a quem "viciei" com a genealogia........ No que a possa ajudar 'e sempre agradecido.

Rosario

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332565 | J.R. | 17 Jul 2013 10:50 | Em resposta a: #332548

Bom dia caros confrades/as , a quem interessar a data de 8.2.1668 é do casamento em AGR de Manuel Neto com Ana Simôa .

Saudações genealógicas do Joaquim R.

Resposta

Link directo:

RE: Netos, Lavradio

#332569 | mosorio | 17 Jul 2013 12:25 | Em resposta a: #332548

Bom dia Roz !

Não, as meninas ocupam o meu tempo, só agora arranjei momentos para me dedicar à genealogia, tenho estado a ler, ao pormenor, os livros do Lavradio... a ver se consigo reconstituir os meus e colaterais que tenho aí.

Beijinho

Mila

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332573 | genasilva | 17 Jul 2013 14:50 | Em resposta a: #332542

Caro Sr. Manuel Rufino

Boa tarde
Muito obrigada pelas suas explicações tão detalhadas e interessantes de que não fazia a menor ideia, pois esta parte da família era para mim desconhecida e do seu modo de vida
Sempre que queira partilhar uma ou outra explicação sobre a vida destes antepassados, pode crer que lhe agradeço muitíssimo

Com os meus cumprimentos

Maria Eugénia F. Silva

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332575 | genasilva | 17 Jul 2013 15:29 | Em resposta a: #332547

Olá Rosario

Pois não sei nada se o Manuel Netto andou nas rotas do Oriente, mas gostava imenso de saber
O que sei foi o que o Sr. Manuel Rufino fez o favor de me disponibilizar, pois até há uns 2 dias atras eu nada sabia deste ramo da família

Mas achei interessantíssima toda a explicação sobre a vida desta gente muito ligada ao mar

Gena

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332603 | mfcr | 17 Jul 2013 23:35 | Em resposta a: #332530

Cara Senhora Maria Eugénia F. Silva

A sua dúvida tem razão de ser. Pedro de Vasconcelos e a Joana Cordeiro, são padrinhos de António, B. 16.2.1631, filho de Manuel Dias e de Maria Marques. Esta Maria Marques, que penso estar ligado ao António Marques e Netos Marques, são muitos, e tem-me dado muitas dôres de cabeça, mas ainda não sei nada de concreto, vou aguardando até ver e como tal não posso editar.

Com relação ao casamento do Manuel Neto e da Anna Simôa, o confrade J.R. teve a gentileza de colocar aqui no fórum, o que agradeço.

Com os melhores cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332634 | genasilva | 18 Jul 2013 18:23 | Em resposta a: #332603

Caro Sr. Manuel Rufino

Boa tarde

Como o Sr. já deve ter notado sou nova aqui no fórum, e também há bem pouco tempo que me venho dedicado a este hobby que é a genealogia, e que me está deixando verdadeiramente fascinada
Desde o inicio com muita ajuda da confreira Rosário "ROZ", e agora do Sr.

Fico-lhe imensamente agradecida pela ajuda que me tem estado a dar

Hoje mesmo procurei o casamento do António Marques com a Inácia Gomes
Não tenho a certeza de o ter encontrado pois a letra do padre é muito confusa e difícil para mim, mas se o Sr. estiver interessado o que encontrei está no C-3 TIF--66, mas até posso estar enganada
Teria sido 24 Agosto de 1650

http://digitarq.adstb.dgarq.gov.pt/viewer?id=1208369 , é o 3º do lado esquerdo

Por acaso não sabe quem são os pais do Manuel Netto "pangayo", pois esperava encontrar como em muitos assentos de casamento os nomes dos pais e em alguns já encontrei o nome dos avós, mas este não tem nada

Sempre que tenha novos dados e queira partilhar comigo, é uma grande ajuda e fico-lhe desde já agradecida

Com os meus cumprimentos e agradecimentos

Maria Eugénia F. Silva

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332636 | mfcr | 18 Jul 2013 19:05 | Em resposta a: #332634

Cara Senhora Maria Eugénia F. Silva

A filiação do Manuel Neto, continuo na expectativa de o encontrar através de colaterais. O mesmo se passa com o António Marques. A situação que encontrou, já é do meu conhecimento, era bom que fosse a Ignácia Gomes, mas não é, trata-se de uma Cna Gomes. Poderá até ser lapso do Padre, mas na leitura que faço não tenho dúvida que é Cna.

Melhores cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332696 | genasilva | 19 Jul 2013 19:30 | Em resposta a: #332636

Caro Sr. Manuel Rufino

Boa tarde
O seu esclarecimento acerca deste casamento do António Marques com a Inácia Gomes foi extramente oportuno para mim, pois estava induzida em erro, o que lhe agradeço imenso
Cna ...será Catarina?

Como pode constatar a minha inexperiência é muita, mas boa vontade é o que não me falta em dar uns passinhos mais atrás

Ficarei entretanto á espera que alguma coisa mais que saiba destes meus antepassados , me possa transmitir
Muito obrigada por tudo

Com os melhores cumprimentos

Maria Eugénia F. Silva

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332835 | genasilva | 22 Jul 2013 18:46 | Em resposta a: #332636

Caro Sr. Manuel Rufino

Boa tarde

Continuo na pesquisa de mais antepassados neste ramo da família
Então encontrei este casamento, mas como lhe digo quer parecer-me que seja do Manuel Dias com a Maria Marques, pais do António Marques, mas certezas também não tenho mas mesmo assim resolvi partilhar com o Sr.

http://digitarq.adstb.dgarq.gov.pt/viewer?id=1208411 TIF--106 é o 2º do lado esquerdo

De facto como o Sr. diz encontra-se muitos de apelido "Marques" " Nettos "
Tanto assim que encontrei o óbito de uma Maria Marques, mas não diz se era casada solteira ou viúva, apenas que era natural de Alcochete e vendedeira, só assim mesmo em 1668
Também encontrei o óbito de um Manuel Netto "o velho" barqueiro em 1652, talvez pertença á família

Provavelmente o Sr. Manuel Rufino talvez tenha mais informação da que eu disponho e quem sabe o que lhe estou a dizer não constitua nenhuma novidade, então desculpe a minha boa vontade em partilhar o que vou encontrando

Com os meus cumprimentos

Maria Eugénia F. Silva

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332858 | mfcr | 22 Jul 2013 23:58 | Em resposta a: #332835

Cara confreira Maria Eugénia F. Silva

Coloque sempre as dúvidas que tiver, se eu souber, tenho gosto em ajudar. Tenho conhecimento daquele casamento. Tenho conhecimento de um António, filho do Manuel Dias e de Maria Marques. Mas como entenderá a filiação constante no assento de casamento do António Marques com a Ignácia Gomes é que interessa, para podermos recuar, e esse ainda não encontrei em AGR.

Com os melhores cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332949 | genasilva | 24 Jul 2013 18:54 | Em resposta a: #332858

Caro Sr. Manuel Rufino

Boa tarde

Muito obrigada pela sua disponibilidade em me ajudar e dar como certo o casamento que encontrei

Ponho uma pergunta será que o António Marques não foi casar com a Ignacia Gomes noutra paroquia?

Digo isto porque tenho uns 6º avós que sendo baptizados em Barcarena não lhes encontrava o casamento nem ali nem nas paroquias mais próximas, só ao final do 7º filho como mudou o padre, resolveu escrever que tinham sido "recebidos" na paroquia da Encarnação em Lisboa, a partir daí foi fácil de descobrir

Tomara que neste caso fosse assim... seria tudo mais fácil de encontrar

Com os meus cumprimentos

Maria Eugénia F. Silva

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#332959 | mfcr | 24 Jul 2013 22:32 | Em resposta a: #332949

Cara confreira Maria Eugénia F. Silva

Boa noite

O casamento fóra de AGR, é uma hipótese. Tenho avós que enviuvaram e foram casar nos arredores, era muito corrente estes casamentos. Também não sei, se o António Marques ou a Ignácia Gomes, estariam naquela situação e estarmos na presença de um 2º. casamento de um deles. Outra hipótese é a de nunca virmos a saber a filiação, não sei se já reparou, naquela era o padre poupou muita tinta ao não colocar as filiações. Aliás, tenho alguns ramos parados, precisamente naquele período, e já não vou poder recuar mais, com pena minha.

Com os melhores cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337258 | JCatita | 25 Out 2013 20:36 | Em resposta a: #332959

Boa noite!
Penso que encontrei uma irmã de José Marques Peixinho.
Trata-se de Paulina Maria Serrão, que casou com Eusébio Soeiro em 26 de dezembro de 1754.

Catita

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337268 | oilime | 25 Out 2013 21:56 | Em resposta a: #337258

Caro Catita

A Paulina Maria ou Paulina da Conceição, filha de António Marques ou António Marques Peixinho e de Maria da Conceição de Jesus ou Maria da Conceição Piedade Neto, é minha " hexavó ".
Nasceu em 27/04/1732, casou com Eusébio Soeiro, no dia 26/09/1754 e, faleceu em 13/12/1802.

Com os cumprimentos.


(a) Emílio Almeida

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337273 | mfcr | 25 Out 2013 23:44 | Em resposta a: #337258

Caro Catita

Está correcto. Paulina Maria da Conceição, foi baptizada em AGR a 27 de Abril de 1732 é irmã do José Marques Peixinho. Faleceu em AGR a 15 de Dezembro de 1802, no estado de viúva.

Casou em AGR a 26 de Dezembro de 1754 com Euzébio Paulino Soeiro, falecido em AGR a 19 de Outubro de 1800, filho de António Marques Furtado [ Soeiro ] e de Maria das Neves [ ou Candeias ]

É filha de António Marques Peixinho, baptizado em AGR a 9 de Dezembro de 1692. Casou em AGR a 19 de Janeiro de 1724, com sua prima em 4º. grau de consanguinidade Maria da Conceição [ ou de Jesus ]. Faleceu em AGR a 18 de Novembro de 1752, tendo sido sepultado na Igreja Matriz. Foi seu padrinho de baptismo António Sá de Carvalho. Foram padrinhos de casamento: Manuel Prestes da Cruz e Domingos da Costa, de profissão Tanoeiro.

Maria da Conceição [ ou de Jesus ], foi baptizada em AGR a 24 de Janeiro de 1700. Faleceu em AGR a 7 de Janeiro de 1759, sendo sepultada na Igreja Matriz. Filha de José Neto e de Paulina Serrão.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337279 | JCatita | 26 Out 2013 00:14 | Em resposta a: #337273

Caro Manuel Rufino

Obrigado pela ajuda.

Ando a pesquisar a família Catita, mas de vez em quando, encontro outros parentes.

José Catita

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337291 | JCatita | 26 Out 2013 11:08 | Em resposta a: #337279

Bom dia!

Tenho registos de Manuel Marques, nascido em 28 maio 1768, neto materno de Bernardino Serrão e Maria do Espírito Santo.

Este Manuel Marques era filho de Lourença Soledade, filha de Bernardino Serrão, e casada com Joaquim Marques.


Catita

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337293 | mfcr | 26 Out 2013 14:55 | Em resposta a: #337291

Caro Catita

Bernardino dos Santos Serrão, é bisneto dos meus avós Luiz Rodrigues, natural de Palmela e de sua mulher Catarina Pinto, também de Palmela, e aqui fiquei parado. Deste seu avô Bernardino dos Santos Serrão, aqui no Geneall tem
muita informação. Se estiver interessado em saber mais destes nossos ascendentes diga.

Bernardino dos Santos Serrão, foi pai de 8 filhos, pelo menos. É filho primeiro de Simôa Marques Perdigão , do seu 1º. casamento, com Jerónimo dos Santos.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337310 | JoãoGaspar | 27 Out 2013 08:15 | Em resposta a: #337291

Bom dia caro Catita,

Bernardino dos Santos Serrão é meu hexa-avô, sendo que o poderá encontrar aqui no GENEALL com
A sua ascendência até agora conhecida e actualizados alguns dos descendentes, sendo que seria interessante partilhar o que tem sobre a filha Lourença da Soledade e sua descendência!
É Bernardino Santos Serrão seu antepassado também?

Votos de um Santo Domingo

Com os melhores cumprimentos

João Paulo Gaspar

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337312 | JoãoGaspar | 27 Out 2013 08:53 | Em resposta a: #337279

Catita,

Uma outra nota a título de curiosidade que ajudará a compreender melhor a trama familiar dos Santos Serrão ; um bisneto de Bernardino dos Santos Serrão , casou com uma prima e herdeira do Visconde de Alhos Vedros . Aliás estes Santos Serrão encerram alguns mistérios que procuro desvendar, os Santos Serrão descendem por varonia de António Gonçalves casado com Violante Gonçalves ,moradores em Sarilhos Pequenos , concelho da Moita do Ribatejo mas que naquele tempo era Concelho de Alhos Vedros!
De onde surge o apelido Serrão? Nada sei!
As ligações a Alhos Vedros são muitas, primeiro pensava que seria através do casamento da minha antepassada D. Francisca Maria Tomasia Santos Serrão com Eusébio António de Sousa, Regedor de Alhos Vedros e natural
E baptizado nessa Vila, neto de António Valentim de Sousa , natural da Aldeia Galega do Ribatejo , dos Sousas dessa Vila! Mas os Santos Serrão já tinham ligações através de casamentos com gente de Alhos Vedros e Azeitao , uma tia de D.Francisca , de seu nome
D.Mariana Teresa casa com Francisco de Paula de Mattos , sendo que estes MATTOS de Alhos Vedros eram uma das mais antigas e importantes famílias locais , com cargos e profissões diversas , com geração e depois de viúva casa novamente em
Alhos Vedros com José Alves da Silva, com geração . Outra tia de seu nome também Francisca Tomasia casa com João José Valério com geração , estes Valerios vêem de Azeitao e estabelecem-se em Alhos Vedros onde foram abastados Lavradores e equitadores sendo que ainda hoje têm a sua Quinta com
Cavalos e pode ser visto as vezes o Sr Valério a passear de coche pelas ruas de Alhos Vedros ao Domingo!
Quanto aos ramos que ficaram em
Aldeia Galega do Ribatejo pouco sei, e seria interessante cruzar toda essa informação para podermos reconstituir a história deste misterioso e discreto clã, existe um ramo descendente de Manuel dos Santos que esta igualmente actualizado aqui no GENEALL e pelos vistos Santos Serrão e Marques tiveram varias uniões na Aldeia galega do Ribatejo !

Cumprimentos
JPG

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337331 | JCatita | 27 Out 2013 20:55 | Em resposta a: #337310

Caro João Paulo Gaspar

Sou um bocado novato nestas matérias, mas penso Bernardino Santos Serrão era meu antepassado.

Lourença da Soledade era casada com Joaquim Marques (ainda não sei as datas)
Tiveram vários um filhos e um deles António Marques (3-3-1782) casou com Maria da Piedade (13-8-1787), em 10 de fevereiro de 1811.
Deste casamento nasceu António Marques Catita (5-6-1825), que casou com Florinda Rosa ( 2º casamento desta).
Florinda Roza era minha 5ª avó (não sei o termo correto (talves penta-avó).

Melhores cumprimentos
Catita

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337369 | JoãoGaspar | 28 Out 2013 18:11 | Em resposta a: #337331

Caro Catita,

A duvida que tenho é: o senhor descende do primeiro casamento ou do segundo casamento da sua penta-avó
Florinda Rosa? É que se for do segundo casamento então caro confrade, não pense, tenha a certeza que é um Santos Serrão também e assim sendo meu parente!

Cumprimentos

JPG

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337724 | mfcr | 06 Nov 2013 22:30 | Em resposta a: #337331

Caro Catita

Veja aqui em: http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=194564

Este João Marques, casado com Anna Maria de Oliveira Rijo, são pais do seu Joaquim Marques, casado com Lourença da Soledade, e do qual descende também o confrade João Gaspar.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337726 | mfcr | 06 Nov 2013 22:38 | Em resposta a: #337724

Caro Catita

Peço desculpa o endereço é este, mas aparece outra entidade.

Veja na própria página do geneall, s.f.f.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337727 | JCatita | 06 Nov 2013 22:49 | Em resposta a: #337724

Boa Noite!

Caro Manuel Rufino

O link que enviou vai parar a outra família (Castro).

Já agora aproveito para informar que o António Joaquim Leitão foi pai da minha trisavó Ana Augusta Sequeira.

Cumprimentos
Catita

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337729 | mfcr | 06 Nov 2013 23:31 | Em resposta a: #337727

Caro Catita

Já tinha reparado, mas não tenho explicação para isto.

Veja então a página do João Marques, casado com a Ana ( Anna ) Maria de Oliveira Rijo. Estes Rijos estão muito documentos em AGR. Tenho também muitos Sequeiras, se encontrar algum que se encaixe eu informo-o.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337740 | JCatita | 07 Nov 2013 09:53 | Em resposta a: #337729

Bom dia!

Manuel Rufino

Já encontrei. É pena não terem datas. Vou ver de encontro alguma coisa.

Obrigado
Catita

Resposta

Link directo:

RE: Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#337745 | mfcr | 07 Nov 2013 11:52 | Em resposta a: #337740

Caro José Catita

Tenho datas e mais informação dela, já que é filha de um avô comum.

Uma pergunta indiscreta, só responde se não for inconveniente, mora no Montijo ?, podemos encontrar-nos para eu lhe dar fotocópias, porque já não me sinto em condições de escrever textos longos.

Cumprimentos

Manuel Rufino

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#351968 | JCatita | 08 Nov 2014 21:23 | Em resposta a: #262114

Caro João Garpar

Passou um ano, mas a curiosidade manteve-se.
Agradeço desde já as suas notas.
Estive a rever estes assuntos e depois de alguma pesquisa fiquei com dúvidas em relação à nossa ligação ao Visconde de Alhos Vedros (Severino Alves da Silva).
Encontrei um registo de nascimento de um Severino (16-12-1771 - TIF 90) filho de uma Mariana Teresa que não é a nossa.
Este severino é neto paterno de José Alves Gramacho e Dionísia Maria, e neto materno de José Henrique e Angélica Rosa.
Tens dois irmão (Agapito - 1769 - TIF 74 e José - 1774 - TIF 105).

No entanto, fiquei muito admirado com nossa ligação a Alhos Vedros.
A nossa Mariana Teresa ao casar com o Francisco de Paula de Matos arranjou-nos uma grande quantiade de parentes de 'sangue azul'.

Cumprimentos
Catita

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352038 | JoãoGaspar | 11 Nov 2014 00:48 | Em resposta a: #262114

Caro parente,

Como está? Espero que bem.

Os registos que encontra são em Alhos Vedros ou Montijo?
Os registos que tenho são de Alhos Vedros, já que Mariana Teresa dos Santos Serrão, natural de Aldeia Galega do Ribatejo, veio a casar com dois homens de Alhos Vedros, onde foi moradora e deixou geração, e o Severino seu filho é natural de Alhos Vedros assim como os restantes filhos onde foram baptizados. Nos livros de confessos e nos paroquiais, a informação coincide, primeiro casou com Francisco de Paula (Pereira) de Matos e depois com José Alves da Silva e foram pais de Severino Alves da Silva com geração.
No entanto poderá existir alguma confusão com homónimos.

Poderia esquematizar aqui a sua arvore desde Lourença da Soledade dos Santos Serrão até si?

Com os melhores cumprimentos,

João Paulo Gaspar

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352045 | JCatita | 11 Nov 2014 09:35 | Em resposta a: #262114

Bom dia João Paulo

O Severino que encontrei foi em Alhos Vedros. Os nomes próprios dos pais José Alves e Mariana Teresa coincidem com a certidão de casamento, a diferença está nos avós que não coincidem com os nossos.

PT-ADSTB-PRQ-PMTA01-001-00005_m0090.tif (em 1771) - Certidão de nascimento.

Na certidão de casamento não tem os nomes dos avós e os nomes dos pais são semelhantes aos da certidão de nascimento.

PT-ADSTB-PRQ-PMTA01-002-00005_m0070.tif (em 1793) - Certidão de casamento.

Espero ter ajudado.

Em relação à Lourença Sodelade, vou fazer um esquema.

Um abraço
Catita

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352056 | JoãoGaspar | 11 Nov 2014 16:42 | Em resposta a: #262114

Boa tarde Catita,

Aguardo então o esquema da árvore de Lourença da Soledade.

Quanto a Mariana Teresa Santos Serrão, do casamento com Francisco de Paula de Mattos, foram pais de Manuel António Pereira de Mattos que foi homem de Negócios de sucesso, casado com Ana Joaquina, ela filha de Apolinário José e de sua mulher Carlota Joaquina. Apolinário José foi Presidente da Câmara de Alhos Vedros e esse é também um dado interessante para a história dos Santos Serrão.

Quanto ao casal José Alves Gramaxo e Dionizia Maria, pais de José Alves da Silva, deduzo que Dionisia Maria seja filha de Dionisia Rosa da Silva , que vivia em Alhos Vedros mas é apenas uma dedução ainda sem fundamento.

Abraço amigo,

João Paulo Gaspar

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352075 | JCatita | 12 Nov 2014 11:07 | Em resposta a: #262114

Caro João Paulo

Em relação ao Severino Alves da Silva, qual é a sua opinião.

Abraço
Catita

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352080 | JoãoGaspar | 12 Nov 2014 14:37 | Em resposta a: #262114

Caro Catita,

Antes demais gostaria de o poder tratar pelo primeiro nome invés de pelo apelido, como é habito neste forum entre confrades e mais ainda entre parentes. A curiosidade latente no encontro de um parente por muito afastado que seja, é natural e como tal devemos na minha opinião de nos apresentar de forma a facilitar o dialogo entre pares. Posto isto será que pode dizer como se chama, onde vive, explicar um pouco a história do seu ramo Santos Serrão até si?
Agradeço desde ja a sua amabilidade.

Em relação à minha opinião, não estou seguro se entendi onde quer chegar!
Será a minha opinião em relação a que do Severino Alves da Silva?
Se é filho de José Alves da Silva é e de Mariana Teresa ? é!
Se é neto de José Alves Gramaxo? é possível!
Se é um Santos Serrão?
Se sua mãe é Mariana Teresa Santos Serrão ou uma outra homónima é uma hipótese levantada por si, e que requer tempo para confirmar os registos e livros consultados por mim que me levaram a crer que Severino Alves da Silva era um Santos Serrão.
Ou melhor que Severino Alves da Silva neto de José Alves Gramaxo é o mesmo Severino Alves da Silva filho de Mariana Teresa Santos Serrão.

Tempo este que para nos presentear com o ramo de Lourença da Soledade até si é muito menor, quaisquer 10 minutos são suficientes e a mim terá um interesse muito maior, visto ser um ramo colateral meu que tem descendência actual, e como tal parentes ainda.
Pode ser que entretanto algum descendente se existir dos Severinos Alves da Silva, resolva este mistério, não concorda?

Abraço fraterno

João Paulo Gaspar

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352091 | JCatita | 12 Nov 2014 21:15 | Em resposta a: #262114

Caro João Paulo

Ao utilizar o meu apelido, talvez fosse para chamar a atenção para os Catitas que possam visitar o forum.
Penso que da primeira vez utilizei José Catita - José do avô paterno.
Nasci no Montijo em 1958 e moro em Corroios.

Feitas as apresentações vamos lá à Lourença da Soledade (1750) que casou com Joaquim Marques;
Tiveram (entre outros) o António Marques (1782) casado com Maria da Piedade (1787), pais de António Marques Catita (1825) casado com Florinda Roza (1811), viúva de António Rodrigues.
(não conheço descendentes do segundo casamento)

Portanto, os meus antepassados diretos são António Rodrigues e Florinda Roza, pais de:
Maria Rita Florinda casada com José Maria Lucas, pais de:
José Maria Lucas casado com Assunção Lucas, pais de:
Ana Lucas casada com José Augusto Catita, pais de:
Joaquim Catita casado com Adelaide Soares, meus pais.

Sou descendente direto de Paulina Serrão, filha de Alberto Pereira Serrão.
Penso que será outra família.
Vou continuar à procura...

Abraço
José Manuel Soares Catita

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352097 | JoãoGaspar | 13 Nov 2014 02:31 | Em resposta a: #262114

Caro José Catita,

Agradeço a resposta rápida. É muito gratificante encontrar parentes que se dediquem também à descoberta dos nossos antepassados e que com isso consigamos unir esforços no sentido de reconstruir a história comum da nossa família.

Sobre Alberto Pereira Serrão, já o conhecia e não sei qual a ligação destes Serrão aos Santos Serrão!

Com os melhores cumprimentos,

João Paulo Gaspar

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352124 | JoãoGaspar | 13 Nov 2014 19:48 | Em resposta a: #262114

Caro José,

Estive a ler com atenção a sua linha e tenho duas questões, a saber:

1 - Se os seus antepassados são António Rodrigues casado com Florinda Rosa, isso quer dizer que não é descendente de Lourença da Soledade dos Santos Serrão, certo? Já que seria António Marques Catita, o neto de Lourença. ?

"... Lourença da Soledade (1750) que casou com Joaquim Marques;
Tiveram (entre outros) o António Marques (1782) casado com Maria da Piedade (1787), pais de António Marques Catita (1825) casado com Florinda Roza (1811), viúva de António Rodrigues.
(não conheço descendentes do segundo casamento)

Portanto, os meus antepassados diretos são António Rodrigues e Florinda Rosa,"

2- Os seus Lucas são de onde?
Existe um Caetano Lucas em Alhos Vedros que casa com uma filha de António Valentim de Sousa, natural do Montijo.

Abraço fraterno

João Paulo Gaspar

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352167 | JCatita | 14 Nov 2014 20:46 | Em resposta a: #262114

Caro João Paulo

Cada vez mais afastados...
Vamos continuar a trabalhar.

Já estou a investigar o Caetano Lucas no Montijo, de onde são os meus Lucas.

Hoje encontrei um António (1753), filho de Bernardino Serrão,
e um Bartolomeu (1754) filho de Manuel dos Santos Serrão, ambos netos de Jerónimo dos Santos

Um abraço
José Catita

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352168 | biblos | 14 Nov 2014 21:05 | Em resposta a: #262114

Olá a todos,

Tenho acompanhado a discussão interesse. Como é do conhecimento de alguns, descendo do casal Manuel dos Santos e Maria Micaela da Piedade, ele filho de Jerónimo dos Santos e Simoa Marques Perdigão. Foram os avós de Francisco de Sousa Cravo.

Para mim é particularmente curioso o apelido "Serrão" nesse ramo colateral, atendendo a outros antepassados desse apelido (e.g. Alberto Pereira Serrão e Paulina Serrão), não claramente ligados a este ramo.

Abraço,
João Capella Ramos

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352182 | JoãoGaspar | 15 Nov 2014 19:45 | Em resposta a: #352168

Boa noite João Capella Ramos,

Como estas?

É de facto bastante curioso o uso do apelido Serrão, até porque Bernardino dos Santos Serrão, chega a aparecer apenas como Bernardino Serrão , não sei ate hoje o porquê do uso do apelido. Mas não é um caso único, como sabemos. Também é curioso nenhum dos ramos usar o Gonçalves, creio que Serrão fosse nome de família de António Gonçalves ou de sua mulher Violante Gonçalves, mas como não consegui ainda recuar mais, não tenho uma resposta para dar, mas acredita muita curiosidade tenho, até porque é o ramo pelo qual descendo.

abraço fraterno

João Paulo Gaspar

Para mim é particularmente curioso o apelido "Serrão" nesse ramo colateral, atendendo a outros antepassados desse apelido (e.g. Alberto Pereira Serrão e Paulina Serrão), não claramente ligados a este ramo.

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352222 | JCatita | 17 Nov 2014 12:13 | Em resposta a: #262114

Caro João Paulo Gaspar

Encontrei o Caetano Lucas (1788), mas não tem nada a ver com os meus Lucas.
Foi buscar o nome ao padrinho de baptismo, o Rev. Prior: Caetano José Lucas da Silva.

Casou em 1812 com Ana Roza e com Florinda de Jesus em 1833.
A Florinda de Jesus nasceu no Montijo em 1810 e era filha António Valentim casado com Inácia Joaquina.

Consegui entroncar o Caetano Lucas com a família do Visconde de Alhos Vedros.

Abraço
José Catita

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352224 | JoãoGaspar | 17 Nov 2014 13:53 | Em resposta a: #262114

Caro José,

Consegue confirmar o primeiro casamento de Caetano Lucas?

Se no segundo casamento , Florinda de Jesus é filha de António Valentim de Sousa, teria sido confusão ou o primeiro casamento a Ana Rosa ou Jacinta Rosa é também filha de António Valentim de Sousa e como tal irmã da segunda mulher de Caetano Lucas?
Pode partilhar a informação que tem então deste Caetano Lucas , sua ascendência e descendência visto ser um ramo meu colateral?

Obrigado e aguardo atentamente a sua resposta.

João

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352227 | A.Godinho | 17 Nov 2014 14:30 | Em resposta a: #262114

Caros confrades

Em tempos respondi neste tópico... Na altura pretendi ser notificado por email das respostas no tópico... Agora cada vez que alguem "posta" aqui alguma coisa sou notificado...
Alguém me sabe dizer como se desactiva agora essa opção e eventualmente deixar só actividada para resposta à minha mensagem ( e não ao tópico em geral)?

Grato
Antonio Godinho de Carvalho

Resposta

Link directo:

Aldeia Galega do Ribatejo - Actual Montijo

#352233 | JCatita | 17 Nov 2014 16:16 | Em resposta a: #262114

Caro João Gaspar

Penso que seja o mesmo Caetano Lucas!
Filho de Francisco António e Josefa Caetana.

Casa com Maria Roza (de Azeitão) em 1812, filha de Domingos Manuel e Maria Paula.

Em 1833, viúvo de Maria Roza, casa com Florinda de Jesus, filha de António Valentim, e ainda têm uns quantos filhos.

Apesar de haver uma grande diferença de idades, tudo bate certo.

Resposta

Link directo:

Mensagens ordenadas por data.
A hora apresentada corresponde ao fuso GMT.
Hora actual: 26 Dez 2014, 22:06

Enviar nova mensagem

Por favor, faça login ou registe-se para usar esta funcionalidade

Settings / Definiciones / Definições / Définitions / Definizioni / Definitionen