No passado dia 27 de Novembro de 2011, a Unesco reconheceu o Fado como património imaterial da humanidade.

Geneall associa-se a este reconhecimento, desenvolvendo neste espaço um projecto específico de investigação genealógica sobre aqueles que lhe deram e lhe dão voz: os fadistas.

Com o apoio mecenático do Grupo Millenium BCP, o Banco e a Fundação, o Geneall irá divulgando no site ao longo do presente ano, o resultado progressivo destas investigações que constituirão o nosso contributo para a História do Fado.

Contamos naturalmente com a colaboração de todos os que habitualmente nos visitam e disponham de dados genealógicos de fadistas que possam contribuir para o desenvolvimento da acção que agora se inicia, comunicando-os através das respectivas páginas.

Como primeiro passo, elaborámos uma lista com os nomes de fadistas que, ao longo dos anos, mais se destacaram e deram publicamente voz ao Fado, sobre muitos dos quais as respectivas genealogias já se encontram aqui bem desenvolvidas. Essa lista, que estará em permanente construção durante este ano, pode ser consultada aqui.

São naturalmente bem vindas todas as sugestões que queiram enviar-nos para a completar.

Quanto às sugestões de nomes de fadistas eventualmente menos conhecidos do grande público, para podermos avaliar a sua inclusão é indispensável que nos enviem uma pequena resenha biográfica que evidencie as suas carreiras no Fado.

Como é nosso costume, vamos lançar mãos à obra com o maior empenho.

07 Junho 2012